UMA IDEIA PARA A NOVA HISTÓRIA CULTURAL DA HUMANIDADE NO USO DA FORÇA
Mensagem de Neale Donald Walsch,
19 de Maio de 2011
 

Eu tive uma troca interessante no outro dia com uma leitora do Reino Unido. Ela queria saber acerca dos Seres Altamente Evoluídos (discutido como um conceito em Conversas Com Deus – Livro 3 e chamado “SAE” e se, ou como, reagiriam eles à violência. Eu gostaria de partilhar esta troca convosco hoje, como a Parte III da continuação da minha série aqui sobre a Nova História Cultural da Humanidade no que respeita ao uso da Força.

A minha leitora (aqui em itálico) escreveu…

Está certo que um Ser Altamente Evoluído se defenda a si mesmo contra a violência ou deva permiti-la?

A minha resposta:

O conceito de “certo” está aqui mal colocado. Não se trata de uma questão de uma coisa estar “certa”. Quem decidiria isso? Quem seria o juiz?

CCD diz, “Não existe tal coisa como Certo ou Errado.” Não é, portanto, uma questão de se algo está ou não está certo, é uma questão de se “funciona” ou “não funciona”, dependendo do que estais a tentar fazer.

Está totalmente “certo” conduzir para sul para São Diego ao longo da costa da Califórnia… mas isso não funciona se o que estais a tentar fazer é chegar a Seattle.

Portanto, a questão de “vos defenderdes” não é uma questão de se está “certo”fazê-lo, mas se isso “funciona” para gerar o resultado que procurais gerar e a vida que buscais criar.

Eu sei que tudo o que tenho não pode ser levado pela morte, mas não é loucura deixar que, negligentemente, as pessoas me magoem?

A “loucura” não é um conceito medido por um simples padrão com o qual todos podem concordar. Jesus deixou as pessoas ferirem-no negligentemente, não deixou? Ele era “louco”? Bem, de novo, isso depende do que ele estava a tentar fazer, não é?

A dificuldade com as vossas questões é que elas são consideradas dentro do quadro da vida, visto que a maior parte dos seres humanos na Terra estão agora a vivê-la. O nosso planeta não é agora povoado por Seres Altamente Evoluídos. E, assim, os nossos comportamentos podem ter que ser ajustados ao ambiente no qual nos encontramos.

As CCD dizem que, neste espaço terrestre, não é amoroso ou bondoso permitir que um abusador continue o seu abuso. Existe toda uma discussão acerca disto nas Conversas com Deus – Livro Um. Olhai com atenção para isso e acredito que ireis descobrir lá uma resposta que vos serve e esclarece sobre como viver melhor aqui na Terra durante este período da evolução da nossa espécie.

Eu tenho reparado que, quanto mais eu evoluo, mais as pessoas me odeiam e querem ferir-me – como Deus avisa no seu livro. As pessoas não suportam a luz ou a verdade. Eu quero sentir que está certo agir em auto-defesa e, contudo, ainda evoluir. Estou perdida. Por favor, sede um pastor e coloque aqui alguma luz.

As pessoas estão a agir a partir do medo. Elas vão rebelar-se, naturalmente, contra o desconhecido. O truque para vós é descobrirdes uma forma de continuardes o vosso caminho evolutivo sem exibir o que aprendestes e o que tendes vindo a experimentar, de tal maneira que os outros se sintam errados ou ameaçados. Procurai estar “neste mundo, mas não ser dele”.

Movei-vos através do espaço da vida sem julgamento e sem comentários de espécie alguma sobre a forma como os outros vivem as suas vidas. Movimentai-vos serenamente, falai pouco acerca da vossa jornada. Deixai que a vida, tal como a viveis, seja uma demonstração silenciosa, de não procura de atenção sobre Quem Vós Sois. Dessa forma, ensinais os outros. Pelo exemplo. Pelo exemplo bondoso. As pessoas irão ter menos medo e gostar mais de vós, e o número de pessoas que vos “odeiam” irá diminuir.

Deus vos abençoe por empreenderdes esta Jornada da Alma conscientemente, com plena percepção. É uma decisão corajosa.

Sede abençoados.

Neale

 
.....---==oo0II0oo==--......

© 2010 Fundação Recreation – http://www.cwg.org – Neale Donald Walsch é um mensageiro espiritual contemporâneo cujas palavras continuam a tocar o mundo. A sua série de livros Conversas com Deus foi traduzida para 27 línguas e tem inspirado importantes mudanças nas vidas de milhões de pessoas.

Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Neale Walsch| - |Voltar Home|