luz de gaia  
 
  SABEDORIA INFINITA DA ALMA
Mensagem de Michele Martini
06 de março de 2018
 
luz de gaia
 
 
É necessário abster-se de questionamentos, de indagações da mente que trazem insegurança diante do que é apresentado a cada dia. Lembrando que somos a centelha divina, devemos permanecer nesse estado por todo o tempo. E apenas confiar no que chegar à mente.

Tornamos a mente um instrumento de nossa conexão com a consciência, que por sua vez é a chave para o acesso da sabedoria da alma. Tomamos contato com ondas de energia vindas do coletivo, mas a um nível vibracional mais elevado, e ali permanecemos em paz.

Isso faz com que nossos dias sejam sempre um estado de paz e plenitude, sem os altos e baixos emocionais gerados pelo contato com a matriz de sofrimento, e permanecemos plenos em nós mesmos no aqui e agora. Precisamos exercitar a confiança, em tudo o que chegar a nós em forma de intuição, e seguirmos as orientações que recebemos.

A malha de sofrimento e o ego nos impedem de receber informações da Nova Era, justamente porque não compreendem tais informações. Por vezes elas chegam de níveis sublimes de manifestação do espirito, mas não conseguimos compreender porque tentamos encaixar nos moldes da dualidade, da vida material e limitada.

Mas a verdade é que a sabedoria apenas pode ser recebida de forma útil, quando é compreendida e aceita com humildade daquele que está disposto a colocar de lado tudo o que conheceu até aquele momento, toda a sua história de vida, tudo o que aprendeu ser certo ou errado. Cada caminho de revelação é único, e sempre surpreendente. Não existem regras e nem histórias de vida iguais entre as pessoas. Por isso nós humanos não conseguimos encontrar solução para os problemas da humanidade com base nos livros já escritos a partir de teses comprovadas desse mundo material.

O saber divino, para ser expressado em palavras, primeiramente deve ser compreendido. E para aquele que é capaz de escrever está muito claro, mas para aquele que lê, muitas vezes é necessário um processo longo de experiências de vida que o farão compreender tais palavras, pois necessitam primeiramente serem reveladas através de sua consciência.

Todos os esforços da mente em encontrar respostas e soluções para os problemas serão em vão, pois a busca dentro da biblioteca do cérebro humano trará apenas informações que já são conhecidas, então não poderiam trazer a solução ou a cura. Se pudessem, o individuo já estaria curado e não necessitaria buscar em sua mente as informações guardadas das experiências vividas.

Tudo o que é matéria pode ser armazenado dentro do cérebro como recordação de algo vivido e, portanto, se foi vivido o aprendizado está concluído. Quando necessário, tal informação virá sem a necessidade de procurar dentro dos caminhos da mente tais informações. Isso chamamos de memória, mas que é restrita ao mundo material e egóico.

O espaço para armazenamento de tais informações é escasso, e está restrito pelos muros do ego e da malha planetária, e por isso nada realmente novo poderá surgir. Tudo isso só foi útil no momento que foi experimentado, e é isso. Na vida, haverá mais tantas outras inúmeras experiências que mostrarão à mente material mais informações, e que serão úteis naquele momento especifico, e só por isso já serviram para o seu propósito. Pois em seguida passam a fazer parte da experiência de vida, sem necessidade de serem consultadas.

O que não percebemos é que cada pequena experiência na matéria, e mesmo um simples ato de ler uma frase em um livro, é um chamado ao despertar da sabedoria da alma. Pois não somos máquinas onde são inseridas informações para serem armazenadas, e sim somos seres conscientes e criativos, onde os impulsos são gerados para que ocorra a ativação de um nível superior de compreensão e criatividade.

Cada frase lida, antes mesmo de ser decorada e armazenada na memória, deve ser sentida, levada à compreensão da supraconsciência, que então trará a revelação para aquele individuo, de todas as informações acerca daquele tema, que não estão contidas naquelas palavras, mas que apenas podem ser acessadas com o despertar de consciência.

O que ocorre é que grande parte da humanidade está programada para viver de forma automática, sem questionar. E quando questionam são sempre movidos por um impulso gerado de uma dor, um trauma ou restrição já vivido, que busca novamente afirmar algo que já é conhecido, ou ajustar o que foi recebido dentro dos moldes que é capaz de compreender, que o ego aceita. Os questionamentos que chegam são todos baseados em instintos defesa do ego, e não trazidos por inspiração de sua consciência.

O estímulo então deve ser em silenciar diante de uma pequena leitura, de ouvir com amor e sem as armaduras do ego e da personalidade, que atuam exatamente da mesma forma.

O que impede de acessarmos a sabedoria infinita da alma são as certezas, as afirmações, as informações que observamos, lemos, aprendemos nessa vida material, e que devem ser todas deixadas de lado para que recebamos o novo. Para realmente nos colocarmos à disposição de receber informações inovadoras de formas de cura para a humanidade, de transformação de todo o sistema de vida do planeta, devemos em primeiro lugar desacreditar em tudo que acreditamos, esvaziar o copo de emoções e certezas, deixar que a memória fique lá no cantinho, ocupando o lugar dela, mas sem atuar como um agente que boicotará nosso processo de transformação para a condição de seres cristalinos capazes de nos conectar com níveis elevados de consciência.

É fato que para transformarmos o planeta onde vivemos, e movimentarmos toda a energia de sofrimento, modificá-la e curá-la, precisamos nos colocar à disposição de Gaia para sermos os experimentos dessa grande missão. São milhares e milhares de anos vivendo em um sistema de crenças e padrões repetidos, que para serem transmutados e modificados demandarão um certo esforço daqueles que se dispuserem a serem os desbravadores da Nova Era, trazendo informações totalmente novas à humanidade.

Como seria explicável que um indivíduo possa viver de luz? Como seria explicável que um indivíduo que retire de sua alimentação todos os derivados de origem animal, sem suplementação alimentar, ainda apresente em seus exames todos os níveis de vitaminas em perfeito equilíbrio e condição de saúde plena? Isso estaria escrito nos livros? É explicado pela medicina?

Tudo isso e muito mais será explicado por aqueles que permitirem que suas vidas sejam guiadas pela voz de sua intuição. Que, deixando de lado as certezas da vida, e até mesmo o que é comprovado diante de seus olhos, ainda acreditam no que é recebido através do seu coração.

E para manter esse canal do coração em perfeita comunicação conosco basta uma coisa: que permitamos que ele flua. Que deixemos que aquilo que chega a nós seja mostrado, seja escrito e falado, pois isso tornará essa comunicação mais fluída e estável. Não serão apenas em momentos de meditação que obteremos respostas para as dores de nossa vida, mas sim em todos os momentos, tudo o que fizermos será resultado da informação que chega ao coração, e que movimenta todo o nosso sistema corporal a realizar uma ação. Se tornando um fluxo ininterrupto de energia em nós, que acabará por beneficiar toda a humanidade.

São poucos aqueles que permitem que essa energia flua. Pois as informações trazidas geralmente não são aceitas por tantos que estão presos na energia do ego, e por vezes podem ser taxados como loucos. Mas a verdade é que são capazes de ver o mundo com outros olhos, de trazer a cura à humanidade e transformar a forma que vivemos hoje.

Tudo o que a humanidade recebe como novo, como totalmente transformador, primeiramente será interpretado como loucura, mas esse ainda é o berço das inovações e invenções no planeta.

Ao acessar a sabedoria da alma, podemos nos deparar com restrições, dores, informações dolorosas de se enfrentar, e isso pode nos levar a desistir do processo, de abandonar a busca por uma conexão suprema. Nos vemos frágeis e vulneráveis diante da vida, justamente porque nos tornamos cristalinos, sensíveis. E essa sensibilidade é que nos ajudará a descobrir alguns aspectos que sempre estiveram presentes em nossa vida e não percebíamos, são as restrições que carregamos. Esses se tornam pequenos obstáculos no nosso processo de compreensão das informações recebidas de um nível mais supremo de comunicação.

É necessário trabalhar cada desbloqueio de crença e padrão repetido em sua própria vida, e que irá se manifestar nesse processo de descoberta. A cada entrave do caminho, a cada momento de parada onde nos vemos impedidos de seguir em frente nos soltando na imensidão da sabedoria da alma, devemos parar e observar, buscar a causa de tais reações do ego diante do novo que se apresenta, perguntar a nós mesmos o que nos impede de entender o que a sabedoria da alma quer nos ensinar, essa busca interna será um processo gradativo de descoberta e cura, e a cada cura realizada, um padrão é removido, e mais uma informação da sabedoria da alma é acessada, assim compreendemos o processo de acesso aos registros akashicos.

É o início de uma nova fase, onde é imprescindível o comprometimento daquele que quer ser curado em investigar dentro de si mesmo descobrindo os estímulos, mesmo que tímidos, mas que são o início do processo que irá gerar um sentimento. É um processo de reforma íntima, vigiando e conhecendo a si mesmo, a cura dependerá de cada um. Esse processo não é apenas para ser vivenciado pelos pacientes, mas sim em primeiro lugar por todos aqueles que se colocam à disposição para curar o outro, pois o verdadeiro terapeuta e médico da humanidade, é aquele comprometido com sua própria cura interior, que vê nas próprias experiências oportunidades de trabalhar a sua cura e abrir as portas para a revelação de técnicas completamente novas a beneficiar a todos.

Não há uma fórmula mágica para se curar, ou mesmo para remover todas as restrições que carrega e acessar todas as informações da Nova Era, mas sim há o processo de auto cura, onde o indivíduo cessa o olhar externo, ou a busca por respostas e soluções que venham de fora. Nada mais fará sentido, os livros e os terapeutas não serão mais capazes de trazer as soluções, os medicamentos e médicos não terão a resposta para as nossas dores. E seremos obrigados a nos voltarmos para nós mesmos e assumirmos tudo o que negamos durante muito tempo. É o início do trabalho de acesso aos registros cósmicos por cada um de nós.

Michele

* Esse texto é parte do livro "Os Segredos do Vazio da Mente", que será lançado em breve.
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Michele Martini
Sou um canal em harmonia à luz violeta. Ancoro nesse plano o desejo de elevação planetária pela transmutação de toda densidade que bloqueia o livre fluir da luz e amor nessa dimensão. Em comunhão com os mestres ascensos, seres de luz e a partir da fé humana varreremos e transmutaremos os estados mentais densos em alegria, tranquilidade e amor. Com a ajuda da amada Mestra Portia, coloco-me a serviço da liberação de toda escuridão humana e planetária, buscando ser um instrumento de alivio da dor física, emocional e mental daqueles que se colocarem sob nosso campo de irradiação.


Fonte: http://www.pazetransformacao.com.br/
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
 

luz de gaia