luz de gaia   
 
  PERGUNTE AOS MESTRES - "72"
CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.
Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
04 de maio de 2017
 
luz de gaia
  * Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/.
O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


 

SOU CASADA E APAIXONEI-ME POR OUTRA PESSOA

Pergunta:


Amados Mestres, há algo que me perturba e muito. Há um ano, apaixonei-me por outra pessoa e desde então, não consigo esquecê-lo. Sou casada há 19 anos. Sentia que a pessoa tinha interesse, eu também, mas nada ocorreu. Nenhum contato físico. Deixamos de conviver no mesmo espaço profissional. O que me incomoda Mestres é que não consigo esquecê-lo, e chego a pensar que pode ser amor mesmo, há 7 meses sem vê-lo. Por que não consigo deixar essa pessoa para trás? O que ele me ensina neste caminhar?

Resposta:

Querida. O espaço que habita nesse planeta é seu e também de tantos outros que decidem trilhar a mesma jornada de aprendizado. Por isso, pode ocorrer que os sentimentos que são despertados em você, muitas vezes não sejam apenas seus, mas sim resultado de uma grande forma de pensamento criada pela grande massa. O que acontece contigo filha, é que tem a sensibilidade aflorada, o que se intensificou no último ano, e por isso está com a emoção mais intensa, o que chama de amor, mas na verdade é apenas algo que já sentia, mas em proporções muito menores. Tudo o que sente, é multiplicado quando está em contato com a energia planetária. O que sente não é seu, filha. Precisa apenas aprender a identificar quais são as sensações e sentimentos que nascem no seu interior, daquelas que chegam a ti pelo externo, que são apenas superficiais. A forma de encontrares esse equilíbrio: é meditação, centrar-se em seu interior, e buscar a sua verdade. Reserve tempo para ti mesma, e dedique os seus esforços e pensamentos apenas para trazer mais paz e felicidade a sua vida, fazendo o que a agrada e traz a sensação de equilíbrio e proteção. O seu desenvolvimento está apenas iniciando, essas são as primeiras sensações, e com o tempo aprenderá a diferenciar as energias e também a trabalhar com elas para que possa ajudar a si mesma e aos outros.

Arcangelina Esperança


PROBLEMA DE SAÚDE, EMOCIONAL E PROFISSIONAL

Pergunta:


Amados Mestres, desde já, minha gratidão. Venho mais uma vez, com algumas questões que me incomodam muito. Estou afastada do trabalho por questões já citadas aqui, acontece que não me sinto bem com as medicações que o especialista que me assiste, prescreve para mim. Não me sinto bem ingerindo esses remédios. Sinto como se não devesse tomar. E fazem mais mal do que bem. Por que me sinto assim? Quero na verdade, dar outro rumo profissional à minha vida, meu coração não ressoa mais com essa função que, um dia, abracei. Estou buscando ouvir meu Eu Superior, e algumas ideias com relação a outro tipo de trabalho que me faça bem, já estão tomando forma no meu interior, estou animada. Estou no caminho certo? Outra questão que gostaria de entender é sobre essa claustrofobia que me acompanha há alguns anos. O sonho que tive quando criança, no qual alguém muito próximo de mim me trancava num armário, tem a ver com isso? Essa claustrofobia, às vezes, é tão intensa que sinto claramente meu espírito como se estivesse sufocando dentro do corpo, uma vontade de sair, se libertar. Chega a doer! O que eu faço para me curar disso? Tenho vontade de viajar de avião, mais com esse problema, não dá. Ainda tem a questão da fobia com alguns bichos, principalmente, com gafanhoto, qual a origem disso? Vocês poderiam me ajudar? E essas dores que sinto principalmente nos braços? O que estou fazendo de errado para que elas persistam por tanto tempo? Qual o caminho para me curar delas? É algo de fundo energético? E, por fim, se puderem me dar uma luz sobre mais essa questão. O que acontece entre mim e esse meu último relacionamento, por que esse homem está sempre a me buscar, se não tem a intenção de permanecer numa relação? Se não sente amor por mim? Por que insiste? Só por oportunismo? Será que já não fiz a minha parte, junto a ele? E esse sentimento por ele, porque insiste dentro de mim, apesar de eu me afastar e estar me trabalhando, acordando para mim mesma. Somos almas gêmeas? Meus queridos, mais uma vez, vos agradeço imensamente. Desta filha, que vos AMA. Meu respeito com ternura.

Resposta:

Salve filha! O pai velho vem dessa vez para ajudar a filha a clarear as ideias. Tudo na vida da filha tá errado é filha? Será que tudo tá errado em volta da fia, ou é essa fia que não deixa que as coisas se acertem, permanecendo no pensamento antigo de sempre? Será que não é isso, fia? A fia, em primeiro lugar, precisa olhar para a vida da fia. Olha para o que tem, olha pra o que tá certo, o que faz a fia ganhar o pão de cada dia, o que faz a fia feliz, e vai rumo a esse caminho, filha. Para de encher de caraminhola nessa cabeça, fia. A fia não pode vim pedi socorro porque começa a coloca caraminhola na cabeça da fia. A vida da fia é perfeita e o preto aqui não tem nada que precise fazer pra ajuda-la. A única coisa que está errada aí é a cabeça da fia que precisa deixar os problemas de lado, e que foram tudo criado pela mente, e passar a cultivar o sentimento de gratidão. Sabe como fazer isso, fia? Praticar caridade, mas sem argumentação, tá certo, fia? Praticar caridade e simplesmente se doar em amor, sem esperar nada, e agradecer a oportunidade de ajudar e agradecer também por tudo o que tem na vida. Salve!

Pai Benedito de Angola


DÚVIDA SOBRE ENERGIAS

Pergunta:


Energias que atrapalham. Fui informada que, a falta de energia e a sensação de desfalecimento que ocorre muito frequentemente, e há muito tempo, é por causa de contatos com certo tipo de energias que me acompanha, com o objetivo de atrapalhar o meu dia a dia, e para bloquear o meu desenvolvimento. Suponho que atualmente há seres humanos que veem com desagrado o sucesso do projeto que eu, o meu marido e a minha filha recentemente iniciamos. 1. É esse tipo de energia que me atrapalha ou há outro tipo de energia? Sou alvo de magia negra ou somente da energia do pensamento das pessoas? 2. O meu marido e os meus dois filhos também são atingidos? 3. Quando é referido que há energias que pretendem bloquear o meu desenvolvimento, referem-se ao desenvolvimento espiritual ou à abundância e prosperidade na vida terrena? 4. Se se trata do desenvolvimento espiritual, será que para travar o meu desenvolvimento sou alvo de energias de medo lançadas por seres de outras dimensões? Grata por mais um esclarecimento.

Resposta:

Minha amada irmã. Quando estamos bem conosco mesmo, em equilíbrio, e firmes em nosso propósito não há energia capaz de nos atingir. Vive em um mundo de livre arbítrio, onde nenhum ser tem permissão para interferir em sua vida se não for através de sua própria autorização. Poderia dizer, então, que jamais autorizou qualquer ser a interferir energeticamente em seus dias. Mas veja seus pensamentos, seu estado emocional e tente compreender o tipo de energia que atrai para sua vida. Seja sincera com você mesma e verá que se há algo que interfere e atrai a seus dias é unicamente por uma questão de ressonância. Se vibrar no medo, na falta de confiança, na energia do controle, da escassez, se prende a energias ancoradas nesse mundo e são elas que afetam seu estado de equilíbrio. Mas não há nada capaz de atacar um mestre em equilíbrio. Ele é pleno em si, e não permite que a mente o conduza à dúvida e a energia da escassez. Há apenas a confiança e a aceitação. Pratique o amor, através da doação, torne-se um canal de amor que estará bloqueando tudo que possa te atingir. Pratique a humildade e a gratidão, seja benevolente com seus irmãos. Eu lhe asseguro que não há proteção maior que essa. Esteja nessa confiança. Seu irmão de amor.

Jesus


NÃO CONSIGO ENCONTRAR UM CAMINHO

Pergunta:


Olá meus queridos Mestres! Eu sei que me têm ouvido queixar, mas mais parece que andei a fazer muito mal em vidas passadas. Acho que agora estou a começar a acordar do pesadelo onde o meu ego me colocou, logo depois de um despertar tão bonito. Agora começo a ver outra vez a beleza por detrás de tanto sofrimento, tudo parece agora fazer sentido. Mas às vezes com tanta coisa disponível para nos orientar, parece que ainda não consegui encontrar um caminho onde me leve a ser outra vez, aquela luz brilhante de puro amor. O que devo fazer? Eu sei que talvez me digam "sofrer menos." Mas onde posso focar para me libertar deste ciclo que parece que me prende? Obrigada por estarem conosco e um obrigado para aqueles que dispõem do seu tempo e energia, para vos canalizar, e nos ajudar.

Resposta:

Namastê filha da luz. É natural que sinta não pertencer a nada, ou que não se identifique com nenhuma linha espiritual, pois a nenhuma pertence. O que está gravado em seu DNA, filha, é o não pertencimento a regras ou crenças. Você veio para mostrar o novo. Para ser livre e caminhar dentre tantos meios sem se deixar iludir. Você está sim livre dos apegos emocionais da matéria. Mas como está encarnada nesse corpo físico, sente o reflexo desse não pertencimento a algo. Pois é da natureza humana pertencer. Por isso, filha, a sua busca deve ser apenas viver as experiências da forma que compreender ser melhor para você, mas permitindo que ocorram as experiências que se apresentarem. Não há necessidade de envolver-se como as outras pessoas, mas sim seguir a sua intuição. O que a faz se sentir mal, é apenas o fato de não conseguir ser como os demais e acabar cobrando de si mesma pensando que há algo errado contigo. Mas não há filha. O que há, apenas é seu próprio auto julgamento por não estar caminhando conforme os demais. Sem perceber que esse é o seu estado natural. Apenas respeite a si mesma, confie na sua intuição. Com o tempo adquirirá confiança em você mesma e então essas sensações não mais farão parte de sua vida. Você é uma bela representante da luz, e está livre nesse planeta a seguir a sua experiência de forma leve.

Sou Hilarion


APAIXONE-ME POR ALGUÉM QUE NÃO CONHEÇO PESSOALMENTE

Pergunta:


Bom dia Mestres queridos. Queria agradecer a cada um de vocês por tantas transformações que tem acontecido na minha vida. Sinto-me crescer a cada semana, me sinto mais leve, mais conectada com o amor. Gostaria que uma vibração de amor que sai do meu cardíaco alcançasse a cada um de vocês e a minha amada Mestra Pórtia, que tem estado tão próxima e me trouxe tantas chaves. Que os médiuns desse trabalho também sejam envolvidos por esse amor. A questão que trago hoje é a seguinte: apaixonei-me por uma pessoa que não conheço pessoalmente. Foi uma identificação, uma afinidade muito forte e ouso dizer que sinto amor. Algo puro e diferente de tudo que já senti, porque vem envolto numa atmosfera de confiança. Sinto-me compreendida. Essa pessoa está em um relacionamento. Conversamos sobre, e não vamos fazer nada até que uma decisão seja tomada. Todos envolvidos precisam ser respeitados. No entanto temos muito medo. E dúvida. O que foi isso que sentimos? É só uma ilusão? Algo do ego? Temos medo de nos encontrarmos e dissolver todo esse sentimento que existe, de ver que não é nada disso. Por outro lado, encontrar antes do término não seria certo. Tenho outros medos também, que vocês conhecem. Amados, perdão. Sinto que tem tantas pessoas precisando de auxilio, e eu trago essa questão do coração. Infelizmente foi sempre algo que pesou para mim. E confio muito em vocês e no direcionamento de vocês. Tenho medo de não conseguir me ater aos meus princípios, e ferir outra pessoa. Já estive nessa situação e sei o quanto dói. Seria incoerente da minha parte. Gratidão, queridos!

Resposta:

Filha. Quando busca a sua evolução e entrega à conexão com o Eu Sou, não há necessidade de sentir-se amada por outro. Você se completa e apenas atrai a ti a perfeição e o que vibra com a sua energia. Demoramos a responder seu questionamento, para que se desenrolassem alguns fatos e então compreendesse melhor as nossas palavras de amor, a tocar o seu coração. Perceba filha, que o que é seu vibra contigo em ressonância, não há motivo para questionar, pois há a certeza dentro do seu coração. Assim também ocorre com todos os personagens que fazem parte da experiência. O que pode vir a distanciar você ou os que vibram conforme você, do seu verdadeiro propósito, é apenas medo. São os traumas guardados e então expostos nos relacionamentos. Observe o que ocorre em seu coração. Já não se sente encaixar em meios onde antes se encaixava, e aí está sua insatisfação do Eu personalidade, que quer pertencer a algo. Por isso a busca por um relacionamento. Perceba minha amada, que a energia que vibra, não é compatível com os meios onde vivia anteriormente, e aos poucos vai perceber como se abrirão para vocês novas oportunidades, novos caminhos, tanto em relacionamentos com pessoas, quanto trabalho. Mas para isso, permaneça apenas na busca interior, onde encontrará os meios para se fortalecer, pois a verdade apenas será exposta a ti, quando souberes que você é. Enquanto a busca for externa, filha, apenas adiará o seu verdadeiro propósito, com as distrações da matéria e acabará por distanciar o seu estado de plenitude. Permaneça na busca interior, não haverá dúvidas, filha. As dúvidas são apenas da personagem que veste esse corpo material, mas perceba que esse sim é provisório, e a única verdade contida aí é a que está em seu interior, e a verdadeira busca é pela sua identidade. Fica em paz filha.

Mestra Pórtia


SOBRE ENERGIA DO REIKI OU SEICHIM

Pergunta:


Bom dia a todos. Agradeço de coração por terem respondido à minha pergunta anterior, e por ela ter chegado no dia do meu aniversário. Fiquei muito feliz. Hoje eu peço que me expliquem por que é necessário que sejamos iniciados para ter acesso às energias Reiki, Seichim e todas as outras energias? Eu aprendi que as energias são diferentes e que cada símbolo também tem uma energia diferente, mas não sinto essa diferença, pois a energia que flui das minhas mãos é a mesma quando uso os símbolos do Reiki ou do Seichim, e mesmo quando não uso nenhum símbolo a energia que sinto fluir das minhas mãos é a mesma. Durante a minha iniciação de Reiki, tive um pensamento de que essa seria a forma de eu praticar o amor incondicional, mas eu parei de participar das sessões de doação de Reiki e tenho usado muito pouco em mim mesma, uso apenas quando não estou bem. Esse pensamento foi uma mensagem que recebi ou foi apenas o meu desejo de me sentir importante? Gratidão a todos.

Resposta:

Amada filha, a sintonização de símbolos e códigos são ajustes energéticos que são realizados e sintonizados junto ao campo áurico do ser, para que receba uma determinada energia, bem como para que a mesma seja potencializada e possa fluir com naturalidade. A sintonização pode ocorrer através de um canal de amor fraterno. É por isso que muitas vezes, vocês são sintonizados por outros irmãos. O mestre utiliza o outro ser como canal de ancoramento, para realizar o trabalho. Todos vocês, no entanto, filha, são canais de amor e não precisam de nada externo, a não ser o que esteja guardado em seu coração. A sintonização é um facilitador, digamos assim. Mas nada impede que a sintonização seja feita diretamente do Mestre a um ser. Isso pode ser feito por inúmeras razões, como merecimento cármico, missão de alma, ajuste energético de trabalho. Enfim, a sintonização não é um ritual obrigatório, mas sim um facilitador, onde o mestre se utiliza de um canal energético para realizar o trabalho. O que é importante filha, é que uma vez sintonizada não deixe de usar essas energias, você precisa dar vazão a isso, pois caso contrário ela se acumula em seu campo áurico em prejuízo ao seu ser. Uma vez sintonizada com determinada energia, é importante que dê vazão a isso através da doação pessoal. Há um propósito na sintonização que deve ser cumprido, através do trabalho de amor. Esteja em paz.


Sou Hilarion
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
 

luz de gaia