luz de gaia   
 
  PERGUNTE AOS MESTRES - "67"
CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.
Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
28 de abril de 2017
 
luz de gaia
  * Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/.
O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


 


SINCRONICIDADE, SÍMBOLOS E TELEPATIA

Pergunta:


Queridos Mestres, entendo que não podem me dar uma resposta pronta, pois faz parte de minha evolução aprender a ouvir o coração, a ler os sinais e a ser responsável por minhas escolhas. No entanto, gostaria de obter um direcionamento. Em 2013 uma linda alma que está também nesse plano terreno, foi responsável pelo meu despertar. Desde então recebo sinais, sincronicidades ocorrem e há símbolos que parecem ser enviados de forma telepática. Trabalhei com esse irmão em outras vidas? Temos alguma missão a ser realizada em conjunto ainda nessa existência? Gratidão! Amor e Luz!

Resposta:

Amada filha. Na vida terrestre não há encontros ou desencontros ao acaso. Cada alma que cruza seu caminho tem um propósito divino em sua vida e pode ser visto como um mestre a trazer algo. Por questões de afinidade energética, com alguns irmãos temos uma ressonância maior de propósito, onde nos identificamos com a forma de agir, pensar e, por isso, passamos a o admirar. Mas isso não significa que qualquer um tenha um propósito maior em nossa vida, pois no fundo o caminho é de se encontrar e se amar por si mesma, de caminhar rumo à aquilo que te chama o coração. Veja todas as experiências materiais como transitórias algumas ressoarão por um tempo, depois pode ser que deixe de se identificar e continue seu caminho. Não há um único aprendizado porque a criação está em constante modificação e amigos se vão e outros chegam aqui na experiência terrestre. Há ainda aqueles que criamos um laço mais profundo, mas ainda assim é passageiro. E nesse trajeto todas essas experiências que lhe são trazidas, vão a deixando mais próxima de si mesma. Observe filha, como é belo o caminhar e não se prenda a nada, apenas permita que a vida flua em confiança, pois você também é uma linda alma em toda sua essência. Esteja em paz.

Sou Rowena

COMO IDENTIFICAR BARREIRAS INTERNA

Pergunta:


Mestres, obrigada pela oportunidade de estar aqui convosco e ouvir sua sabedoria. Tenho passado por decepções e tristezas na área profissional da minha vida, há alguns anos. Sempre fui uma profissional dedicada e valorizo minha carreira, mas me vejo hoje completamente perdida. Peço o auxílio de vocês para identificar minhas barreiras interna, que está me colocando nesta situação, e em qual direção devo investir os meus esforços. Quero encontrar meu verdadeiro propósito, me realizar no meu trabalho, e ter estabilidade financeira. Obrigada senhores, pelo seu amor e luz.

Resposta:

Amada filha. Esteja em paz. A ansiedade que sente por agir é o que bloqueia seu caminho. Entra com muita ansiedade nas opções que toma. E isso a impede que sinta as situações e veja as oportunidades. É um ciclo que se apresenta diante de sua vida que precisa ser rompido, quebrado, para que então possa agir com maior facilidade. Sempre que as oportunidades aparecem a ti, você as observa com os olhos da vida material, andando pelo caminho do medo, do receio que gera em ti expectativas por resultados. Esse é o bloqueio que necessita transcender. Você o fará quando passar a sentir as situações de sua vida. E isso se dará naturalmente em sua vida, quando transcender esse ciclo de ansiedade e expectativas quanto aos resultados que se apresentam. A partir do momento que permanecer em paz diante das situações, verá os sinais e estará aberta a os sentir, e isso a conduzirá ao caminho mais suave e leve. O rompimento que necessita transcender, no entanto, é interior, da ressonância energética que vibra diante das situações. Esteja em paz.

Sou Lanto

O QUE POSSO FAZER PARA ME DESENVOLVER?

Pergunta:


Queridos Mestres e canalizadores, minha gratidão profunda por este trabalho sério que tanto nos apoia. A minha pergunta é sobre a minha conexão com as pessoas. Sou uma pessoa introvertida, mas a despeito disso, às vezes, sinto uma dificuldade grande de me conectar com outras pessoas e ao mesmo tempo sei que tenho uma grande missão de servir. O que eu posso fazer para me desenvolver? Não sei se é uma percepção ou realidade, mas de qualquer forma, sempre podemos aprender e nos desenvolver. Gratidão.

Resposta:

Filha, eu sou Clara. Cada alma possui sua própria forma de recarregar suas energias. Algumas precisam de mais tempo solitárias, outras podem fazer isso mais rapidamente e até mesmo na presença de milhares de pessoas. Não significa que um caminho seja melhor que outro. Há a apenas a forma que sua alma se sente mais a vontade em ancorar as energias necessárias ao seu dia. O fato de ser introvertida não significa que não saiba se relacionar, mas tão somente que necessita de mais tempo em sua solidão para que ancore as energias necessárias aos relacionamentos que surgem em seu dia. Cada ser em sua essência deve aprender a se respeitar nesse aspecto. Mas veja que todos nós somos unos com o planeta e natureza. Então o relacionar é algo que se dará naturalmente em sua vida a partir do momento que encontrar o equilíbrio necessário entre ancorar as energias necessárias ao seu dia e estar em meio a todos. Ao buscar por esse equilíbrio, aprendendo a sentir seu corpo e se respeitar em seus limites, sem culpa, mas apenas permitindo que seja como é, estará contribuindo ao seu desenvolvimento. Esteja em Paz.

Sou Clara

DÚVIDAS QUANTO AO MEU CAMINHAR

Pergunta:


Queridos Mestres! Imensa gratidão pela oportunidade! Tenho buscado me aceitar e ascender espiritualmente. Às vezes ainda caio na armadilha do desânimo, desespero e depressão. Sempre me achei uma pessoa esquisita com um sentimento de não pertencimento nesse mundo. Sou grata a Deus pela minha beleza física e saúde perfeita. Contudo, nunca me realizei na vida pessoal e afetiva. Já estou em idade madura, não me casei não tive filhos, estou sozinha há muito tempo. Já me acostumei e gosto muito da minha companhia. Voltei a morar no interior com minha família e não estou feliz aqui. Sou grata por todo amor deles para comigo. Eu os amo muito. Mas não consigo me adaptar. Sou tida como a maluca da família. Não gosto de sair de casa. Prefiro ficar com os meus animais e a natureza. Sempre me sentindo estranha como se não pertencesse a este mundo. Mas estou estudando e buscando minha ascensão. Pergunto aos amados Mestres: Estou no caminho certo? Estou sendo egoísta? Como melhorar-me e não cair na depressão, não me deixar levar pela energia escura? Não sei se são as perguntas certas. Mas está no meu coração. Muitas dúvidas quanto ao meu caminhar. Obrigada. Namastê!

Resposta:

Filha. Se veja como livre em seu caminhar. Como o ar que passa nas frestas a adentrar todos os ambientes. Você é livre para fazer aquilo que sente e não há nada que exija o contrário. A vida física nos impõe muitos deveres, obrigações, pesos e cobranças. Mas isso só nos atinge se ressoarmos com essa energia. Caso contrário não, pois somos sabedores de nossa verdade e felicidade. Se a dizem como louca, pergunte-se com sinceridade. Esses estão sãos? Percebe que tudo dependente de um ponto de vista e daquilo que aceitamos que nos imponham. É muito simples. A tristeza que sente é simplesmente porque aceita que te imponham essas obrigações, esses deveres sociais. Apenas siga sua vida filha, da forma como te faça bem e não se importe tanto com a visão que trazem de ti. Há apenas a verdade de seu coração e nada mais. Para que esteja sempre nessa confiança, passe a observar os momentos que cai em tristeza. Medite sobre os fatos que a conduzem a isso. Peça por minha presença que estarei a te irradiar com a chama dourada da sabedoria a iluminar seus pensamentos. Esteja em paz filha.

Lord Maitreya

QUE EU POSSA SER UM SER DE LUZ E PAZ NA TERRA

Pergunta:


Amados Mestres, primeiro desejo agradecer todo o amor que tem nos dado, quando penso em vocês sinto doçura e Paz. Eu tenho buscado ficar acordada, mas às vezes é difícil entender e ouvir o meu Eu Superior, ou compreender a verdadeira mensagem, e muitas vezes me sinto confusa. Preciso que vocês me ajudem a olhar para essa relação com mais clareza, uma hora sinto que devo seguir sem olhar para trás, outras horas sinto que devo ficar e persistir, outras horas não sei o que pensar. Na verdade, sinto que preciso de um olhar externo como de vocês para me ajudar a clarear essa situação, para buscar entender melhor até o que sinto, para que eu possa seguir. Pergunto: O que significa essa relação? O que tenho ainda a aprender? Se puder me clareia também o que vejo nas cartas e no pêndulo, até que ponto é indução ou intuição. Que eu possa ser um ser de Luz e Paz na terra. Amo vocês!

Resposta:

Olá minha irmã, sou Clara. Hoje venho te dizer algo simples, porém sútil e singelo. Ao invés de se fixar somente no processo mental, aprenda a sentir seu corpo, a buscar pelas energias que atrai a si com as formas de pensamento. A linguagem humana se manifesta somente através da fala, da escrita. Mas nos reinos ascensos, temos muitas outras formas de comunicação além da verbal. A manifestação telepática é muito mais profunda que pensamentos que passam por sua mente em forma de palavras. E ao aprender a sentir a forma-pensamento que permeia sua mente, energeticamente, saberá distinguir o que provém da presença Eu Sou daquela matéria ancorada na mente por meio das tradições humanas. Busque em seu corpo pela linguagem mais ampla que se converterá numa forma sútil de intuição e então vocês verá com clareza a distinção e origem das formas de pensamento que sustenta. Esteja em Paz.

Sou Clara

COMO SABER O TRABALHO IMPORTANTE QUE TENHO A FAZER?

Pergunta:

Olá queridos Mestres. Há alguns meses, pessoas que trabalham canalizando seres de luz, me disseram que eu tinha um trabalho importante a fazer, e que “é tarde, mas nunca é tarde”. Fiquei bem surpresa e não sei qual é esse trabalho. Ultimamente sinto uma quentura na região do coração, plexo solar e mãos. Também vejo constantemente uma sombra azul/violeta no espelho. Gostaria que vocês me dissessem o que significa essas sensações, e se estou no caminho que deveria estar, e que trabalho é esse. Agradeço imensamente.

Resposta:

Saudações filha. O maior trabalho que pode realizar é consigo mesma. Entenda de uma vez por todas, não existe ajuda maior que sua autoajuda, porque somente assim estará a se libertar e se permitindo deixar seu rastro de luz que ajudará a muitos. O trabalho que deve realizar é o de se libertar de formas de pensamento que de alguma forma te vinculam a compromissos materiais. Ao se sentir solta e leve, sentirá uma paz profunda em seu coração. Esse estado te permitirá ouvir mais claramente sua intuição, que é nada mais que a irradiação da presença Eu Sou em sua vida. Apenas busque por esse silêncio, pois esses sinais que passa a identificar no presente é apenas seu coração a chamando para a libertação. Ao ancorar esse sentimento poderá então se libertar para que descubra o real propósito. Mas filha, não fará isso de forma mental. Lembre-se que há muita benevolência ao seu redor, e a liberdade das formas de pensamento que a vinculam naturalmente a conduzirá a ancorar um propósito de ajuda na libertação daqueles que baterão a sua porta em busca de esclarecimentos. Esteja em paz.

Sou Saint Germain
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
 

luz de gaia