luz de gaia   
 
   PERGUNTE AOS MESTRES - "197"
CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.
Canais: André Kosoniscs e Michele Martini
28 de dezembro de 2017
 
luz de gaia
  * Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/.
O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


 
GOSTARIA DE SABER PORQUÊ MINHA FILHA MAIS VELHA SOFRE COM TANTAS DOENÇAS GRAVES

Pergunta:


Amados, gostaria de entender por que minha filha mais velha casada, tem dois filhos, sofre com tantas doenças graves...Já está na cadeira de rodas, tem infeções por todo corpo, toma inúmeros remédios e não melhora, ela sofre muito com dores e com o marido e filhos. Agradeço muito.

Resposta:

Filha da luz e do amor. Lembre-se do ensinamento básico do Cristo, que esteve sobre essa Terra onde pisas com muita gratidão, pelo nome de Jesus. Amar ao próximo como a ti mesmo. Mas esse lembrete invoca também um pensamento mais profundo, de como entende o significado do amor.
O amor é simplesmente aceitar tudo o que a vida coloca diante de ti, assim como o sol é sol e a lua é lua, você e sua filha tem estradas de aprendizado diferentes. E nem assim o que observa ocorrer na história dela é o sofrimento. Pode parecer a ti, que está envolvida em uma experiência material, que tudo o que ocorre no processo de lapidação e cura da alma é sofrimento. Mas isso é apenas o exemplo de que não aprendeste a amar a vida. Amar ao próximo não se trata apenas de proteger um filho, mas sim de amar a vida assim como ela se apresenta, amar as experiências, e assim conseguir viver de forma alegre e livre em quaisquer circunstâncias.
Por isso, minha filha querida, para amar a sua filha, apenas compreenda que todo o processo de cura da alma pode parecer doloroso, mas é belo porque traz ao espírito a oportunidade de brilhar e encontrar-se com sua verdadeira essência crística interior.
Esse processo é belo, assim como a vida. Exercite esse pensamento, essa visão em relação à vida, e perceberá como as suas palavras a partir daí serão sempre de apoio na caminhada da sua filha, sem questionar os desígnios que a vida coloca para que a purificação ocorra.

Sou Seu irmão Francisco de Assis


SOU MÉDIUM DE INCORPORAÇÃO MESMO OU NÃO?

Pergunta:

Amados Mestres, muita gratidão por suas respostas anteriores. Estou aprendendo muito com vossa ajuda. Hoje venho perguntar a respeito de minha mediunidade. Sou bem sensitiva, as vezes tenho sentimentos que parecem não serem meus, muitas pessoas já me falaram que tenho mediunidade ostensiva. Frequentei durante pouco tempo um Centro Espírita, no qual participei das reuniões mediúnicas de assistência aos espíritos sofredores. Eu não via nada apenas sentia muitas coisas, dores, frio, medo, aflições, etc., e vinha o que tinha que falar. Parei de frequentar este CE porque estava me sentindo muito cansada, sem energias. Agora surgiu o convite para participar num grupo fechado de mesa branca. Semana passada fui e senti as mesmas coisas. O que ocorre é que ainda fico na dúvida se sou médium de incorporação mesmo ou não. Também se devo continuar participando deste grupo. Gratidão amados, paz e luz!!!

Resposta:

Filha amada, o coração não é morada para dúvidas, essas, são criadas apenas em sua mente. O homem cria padrões, dá nomes a processos que ainda não compreende. Não se preocupe com seu estado mediúnico, filha, deixe seu coração dizer o que ressoa com você, filha, isso é tudo que importa.
Mantenha seu coração dentro da humildade, no amor em ajudar. O Ego é muito presente na caminhada espiritual de vocês, filha, mas somente porque não permitem serem guiados pelo coração. Permita apenas sentir, filha, deixe o fluxo tomar o seu rumo, e tudo ficará bem.
Observe seus padrões, filha, observe-os para que possa compreender o aprendizado que necessitas. Tudo é uma lapidação em seu mundo, todas as lições são valiosas, e se pautadas na gratidão, tudo floresce. Apenas sinta, e deixe o fluxo lhe guiar.

Sou El Morya


PASSEI MUITAS COISAS COMPLICADAS E DIFÍCEIS E POR ISSO PERDI A VONTADE DE FAZER TUDO O QUE FAZIA

Pergunta:


Eu tenho andado mal...os últimos meses passei muitas coisas complicadas, difíceis....o meu corpo de dor está forte e estou muito deprimida....por isso perdi a vontade de fazer tudo o que fazia...

Resposta:

Hihihihi
Minha filha, que saudade, minha filha!
A filha andava sumida de perto desse pai, não é, filha? Hihihi
Foram muitas andanças não é, filha, foram muitas andanças nessa vida.
A filha está procurando, a filha está andando, a filha pega uma estrada, então, a filha vai, e depois a filha vai por outra estrada. Não é, filha?
Mas, filha, o pai vem aqui primeiro para conectar no seu coração que está aí... assim... iludido. Iludido porquê o pai sabe que a filha é luz, que a filha é muito, muito doce, uma menina cheia de luz, e a filha acha que está aí, está triste, na ilusão, na sombra. Mas, filha, esse processo é bom, filha. Sabe porquê? Sabe o que é que a filha aprende com tudo isso, filha? Tem uma lição muito grande, e que se a filha entender o que o pai está querendo explicá aqui, a filha não vai mais sofrer, filha. Porquê a filha já passou muito, muito por essa lição por muito tempo e já está na hora da filha se libertar, filha!
A filha entende o que o pai quer explicar? O que o pai está querendo dizer para a filha, é que não adianta procurar, filha, não adianta procurar. A filha faz um trabalho lindo de amor. A filha ajudou muita gente, a fia tem muita luz. E os trabaio mais lindo que a fia fez até hoje para si mesma, na sua própria vida, e para as pessoas, foi sempre vindo do coração, filha, não foi buscando nada não, filha. Tudo veio do coração.
Então, quando a filha começou a procurar, procurar, procurar; então, a filha se perde. Porquê a filha já estava encontrada no coração. Mas, então, a filha saiu e foi procurar na vida. O que é que a filha tem que fazer, então, filha? Voltar para o coração, filha. Voltar para dentro de si e encontrar a sua própria força.
A filha tem que lembrar de toda a luz que irradia, filha. A filha sabe que o pai está com a filha, não é, filha? Hihihi... O pai trás alegria para a filha, trás esperança. O pai já falou várias coisas para a filha, não é?
E o pai vem aqui especialmente, filha, de presente de natal. Porquê hoje, filha, esse pai dará para a filha esse presente de natal. Que é estar com a filha, ao lado, dando a mão, filha. Eu estarei com você nessa nova jornada. E sabe qual que é a nova jornada, minha filha? É a jornada de soltar tudo. Soltar tudo e se jogar no seu coração. Pega tudo isso que está ativando essa tristeza, todas as “caramilholas” dessa cabecinha, não é, filha, e joga tudo fora, tudo fora, porquê não serve mais, filha.
É tudo no aqui e agora, filha. É tudo!
A filha tem que ver, que a filha está vivendo no passado e no futuro, a filha está sofrendo pelo que foi, a filha lembra o que já fez de lindo e tem saudade, ao mesmo tempo a filha deseja voltar para aquilo, mas a filha fica lá, pensando e pensando, não é, filha?
E a filha sabe que o pensamento, filha, é só a prisão na mente. A filha tem que se libertar, filha. Se liberta e segue o caminho. Segue o caminho, abraça com muito amor o que esse pai velho vem te trazer. É só se soltar. O pai está aqui para ajudar a filha. E eu vim especialmente trazer através dessa irmãzinha aqui, porquê eu irei atuar na filha nesse momento. Eu vou limpar tudo dessa filha. Vou limpar com o meu galhinho de arruda, filha. Vou limpar, filha... hihihihihi a filha está toda limpa dessas forma-pensamento, dessas sombras que atingem o coração, o pai está aqui limpando o coração da filha; a filha vai ficar toda limpinha... hihihihihi...
Não precisa de mestre não, filha. Não precisa de arcanjo, não precisa de ninguém, não, precisa só deixa brilhar a sua luz.
Eu vim e já limpei toda a filha. Então, agora, deixa que a tua luz te guie. Porquê esse natal, filha, vai ser de muita luz, e você vai brilhar, você vai ser feliz, eu quero ver essa filha dando risada. Tá bom, filha? Então, fica com Deus, fica com Jesus, fica com o amor da grandíssima Mãe Maria, Mãe Iemanjá, que envolva essa filha em muito amor e luz, e compreensão, aceitação da própria luz interior. E que a filha seja levada com muito amor por todos os anjos, por toda energia boa que vai nascer desse coração.
Salve, filha!
Salve, povo de Aruanda!
Salve, mamãe Iemanjá!
Salve a luz interior dessa filha, e salve!

Pai José de Aruanda


PENSO COISAS NEGATIVAS SOBRE MEU CORPO QUANDO ESTOU JUNTO COM MINHA FAMÍLIA

Pergunta:


Queridos mestres-canalizadores, agradeço novamente pela oportunidade de poder contatar-nos, principalmente nessa época do ano tão intensa. Vivo em uma casa durante quase todo o ano, em outra cidade, onde estudo e construo uma vida muito diferente da que vivo com minha família, numa cidade do litoral. Todo final de ano passo as férias com eles por um longo período e é parece sempre ser um tempo em que coloco à prova todos meus aprendizados - tentando lidar de forma mais pacífica com eles, procurando ter um pouco mais de confiança, de liberdade pra falar o que penso sem ferir ninguém. Junto com isso, e principalmente no verão, a minha consciência sobre meu corpo físico fica muito mais exacerbada e acabo pensando coisas muito negativas sobre ele. Esses pensamentos sobre meu corpo acabam sempre acompanhados de muita vergonha, com problemas pra se socializar, mas eles não ficam tão fortes quando estou na minha outra cidade, longe desse ambiente familiar. Gostaria de saber por que isso acontece logo nesse período, logo nesse acolhimento familiar, e como poderia trabalhar melhor essa vaidade que me impede de conviver harmoniosamente.

Resposta:

Filha abençoada da luz e do amor de Krishna. Lembre-se que você está aqui nessa experiência vivendo apenas uma parte da sua história, e que não há clareza de quem você realmente é, e do motivo de estar aqui. Mas quando observa as suas relações e as conexões que estabelece, passa a trabalhar em sua própria cura e reencontro com a sua verdade. E é exatamente nesse processo que você se encontra. O de reencontro com a sua verdade interior. Quando observa as suas relações e percebe o que elas causam em seu inconsciente gerando emoções que surgem além de seu controle, começa a compreender que está vivendo em uma escravidão mental ligada ao sistema, minha filha. Percebe que é luz, pois tem as experiências de alegria e desprendimento quando afastada de conexões que ainda a relembram de sua história limitada material nessa vida, mas quando se liberta, se permite ser você mesma, livre de todos os paradigmas impostos mesmos que inconscientemente pelo seu núcleo familiar. E dessa forma, minha querida, não significa que passará a observar as suas ligações familiares como pontos de conexão de sofrimento, mas sim como pontos de libertação, pois estão ali para ressaltar aquilo que a impede de seguir sendo a sua própria luz. O desconforto gerado em ti, é um desconforto que alimenta dentro de si mesma e a impede de subir mais um degrau em sua escala evolutiva. Portanto, minha irmã querida, perceba a oportunidade de cura que se coloca diante de ti, de apenas observar o seu núcleo familiar e, ao invés de culpar essas relações pelo seu sofrimento, começa a focar nas suas próprias emoções, e assumi-las para você mesma. e isso é uma grande conquista, minha filha, alcançada por tão poucos nessa experiência de vida.
Perceba essa oportunidade e trabalhe para purificar, limpar qualquer ilusão criada em sua mente a respeito de si mesma, que é ressaltada nesses momentos. Olhe para dentro de sua mente e perceba como ela tem criado essas ilusões, que a impedem de se libertar completamente sendo a sua própria verdade. Liberte-se filha.


Sou Krishna, seu elo com a luz divina, com o seu cristo interno.

Respostas canalizadas e material revisado pela equipe de voluntários da Congregação de Paz e Transformação. - Dezembro de 2017

 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Canais: André Kosoniscs e Michele Martini
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
 

luz de gaia