luz de gaia   
 
   PERGUNTE AOS MESTRES - "140"
CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.
Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
01 de setembro de 2017
 
luz de gaia
  * Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/.
O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


 

GOSTARIA DE SABER SOBRE O MEU PAI

Pergunta:


Olá, Mestres! Primeiramente, obrigada. Por muitos anos seria incapaz de perguntar pelo meio pai, por receio, medo da resposta ou coisa assim. Hoje sinto que já o perdoei e gostaria de saber como ele está. Também gostaria de saber se estou com a alma gêmea ou se não a encontrarei nessa vida. A minha gratidão.

Resposta:

A alma gêmea é apenas uma energia que complementa a sua em nível de aprendizado de alma. Mas não é o que compreende por esse nome, filha amada. O que sente é um aperto no coração e a sensação de que não sente algo forte o suficiente por alguém no momento atual, e a digo que não sentirá filha. Tem expectativa de sentir uma emoção descontrolada, além do amor por si mesmo, e o estado de alegria suprema apenas por estar com alguém, e isso pensa ser o estar com a sua alma gêmea, mas essa informação está distorcida, minha filha. O sentimento por alguém para que lhe traga o estado de felicidade, deve ser sereno, deve ser apenas como um pedaço seu, que permite que seja como você é, e a deixe livre a alimentar o amor apenas por si mesmo. O seu par amoroso perfeito é apenas aquele que está ao seu lado sem manifestar mudanças em você, apenas aceitando o seu estado natural, observando a amparando, mas mostrando a ti que necessita amar a você mesma, e não projetar expectativas de felicidade nesse outro alguém. Esse sentimento, filha, encontrará apenas dentro de si, essa é a sua busca. Carrega mágoas em seu coração, e por isso impede que seja feliz, mas isso não está relacionado ao seu par amoroso, e sim apenas a si mesma. Perdoe e libere. Vou lhe mostrar uma forma, minha filha querida. Escreva uma carta a ele, ao seu pai, diga a ele tudo o que sente, desde os sentimentos mais inferiores até os mais leves, deixe soltar tudo, minha filha querida. Então, ao terminar, faça um ritual que será marcado pela sua liberação, será o dia em que não mais guardará mágoas. Nesse ritual, ofereça essa carta a ele, recitando o Ho’oponopono. Queime a carta em uma vela, e a deixe ir, a energia contida ali será queimada no elemento fogo, e será transmutada pelo seu perdão. Encerre agradecendo aos elementos que trabalham para que a cura aconteça e então silencie. Tome um banho relaxante com alecrim, e adormeça. E estará pronta para um novo dia onde se sentirá mais leve, livre, para começar a alimentar o amor dentro de si. Estarei contigo em amor, em energia, e lhe darei força para abrir todas as emoções ao escrever, filha querida. Então, apenas entregue.

Sou Rowena


A OPINIÃO DOS OUTROS A MEU RESPEITO ME INCOMODA

Pergunta:


Queridos Mestres. Estou há anos buscando o autoconhecimento, e me espiritualizar, busco apoio com psicólogo. É certo que tenho muito que melhorar ainda. Mas tenho muita dificuldade para vencer minhas limitações, e devido a essas penso que não consigo avançar na minha vida de um modo geral, em todas as áreas. Não consigo alcançar um estado de paz. Meu maior problema é com relacionamentos interpessoais, os colegas da vida que encontro, seja no trabalho ou em outros locais. Começa bem, e depois as pessoas vão tomando antipatia de mim por causa das minhas opiniões que diferem da delas na maioria das vezes. Não consigo evitar, de ficar chateada, acabo por me sentir deslocada nos lugares, sentindo que ninguém gosta de mim e não me aceita como sou. Outra coisa que me incomoda, é que não me casei, e pessoas que eu conheço, que são esses mesmos colegas, não entendem quando eu explico que não dei muita sorte nos meus relacionamentos afetivos, e que por fim desisti de ficar tentando encontrar um companheiro. Inclusive tem pessoas que acham que gosto de mulheres e que não saí do armário. Totalmente errados, não sou homossexual, apenas decidi levar a vida na solitude. Mas essa desconfiança me chateia e me deixa triste porque não gosto que pensem que sou uma coisa que não sou na realidade. Por causa dessa situação não confio nas pessoas. Estou sempre tentando justificar cada opinião minha, cada gesto meu, porque isso, porque aquilo. Enfim, me ajudem a lidar com essas situações.

Resposta:

Filha, como poderá justificar aos outros, algo que você não aceita em si mesma? O que ocorre filha, é que apenas não encontrou em si a aceitação do que é. Tem a sua explicação e justificativa, mas não é feliz com essa escolha. Então, diante disso lhe pergunto: Porque nega as suas vontades? Porque nega os seus sonhos e os seus desejos? Quando começar a trabalhar a aceitação real da sua vida, e então passar a aceitar os seus sentimentos diante da sua própria vida, verá como todo esse meio externo não mais a afetará. As pessoas não vão mais buscar por respostas em você, e se ocorrer, você estará em paz na sua certeza, e isso não a incomodará. O que necessita buscar filha, para que a cura aconteça, é apenas aceitar os seus sentimentos a respeito da sua própria vida. E após identificá-los e aceitá-los, então vá em frente sem medo, em direção ao que descobrir a respeito de si mesma e o que a faz feliz.

Sou Mestra Pórtia


IREI CONSEGUIR PAGAR MINHAS DÍVIDAS?

Pergunta:


Gostaria de saber se vou conseguir pagar todas minhas dividas, pois estou me divorciando e estou passando por dificuldades.

Resposta:

Filha, a resposta que busca é se tomou a decisão certa ao se divorciar, certo? Pois bem, o que diz o seu coração? A sensação é de medo sim, mas de liberdade. Sabemos que ainda se sente presa aos assuntos que estão pendentes, como a parte financeira, mas lembre-se que o medo não poderá impedi-la de viver a sua verdade e a sua liberdade. Portanto, lembre-se que o dinheiro é apenas matéria, que pode ser manipulada como uma energia, mas para isso necessita estar em equilíbrio. Enquanto vivendo em prisão mental, sentindo-se obrigada a manter qualquer tipo de relação para garantir a segurança material, era impedida de manifestar a sua paz e equilíbrio, o estado de plenitude de consciência. Mas então liberta do que a fazia sofrer, agora está apta a acessar o seu estado de plenitude, e manifestar a abundância. Mas para isso necessita desapegar do medo da escassez, que ficou apenas como um resquício de algo que já passou. É apenas uma fase, mas que será superada pelo seu estado de transcendência do medo da escassez, e trará o aprendizado necessário para continuar a sua caminhada.

Sou Saint Germain


DÚVIDAS QUANTO AO MEU CASAMENTO

Pergunta:


Queridos Mestres, ando muito triste com o meu casamento, meu marido não tem diálogo comigo. Só fico feliz quando chego a noite para me deitar, e fazer as minhas meditações e ouvir os vídeos do meu querido Gabriel Raio Lunar. Acho que estou a passar por uma transformação no meu ser, gosto de estar só com os meus pensamentos. Queria saber se o meu casamento vai continuar. Gratidão.

Resposta:

Filha. Está passando por um processo não só de transformação, mas de cura interior. Esse processo é marcado pelo recolhimento sim. Por momentos que estará a só consigo mesma, buscando o encontro com a sua verdade. O que necessita nesse período é apenas encontrar o equilíbrio em manter as suas relações externas ao seu Eu Interior, e reservar um período para o recolhimento. Isso é natural. Apenas aceite as relações como elas se apresentam no aqui e agora, e permaneça centrada na sua busca interna. Busque esse equilíbrio em momentos de recolhimento, mas sem a culpa por estar vivendo para si, isso não significa um término de relacionamento, mas sim apenas uma fase em que está se acostumando a uma nova vida, uma nova rotina, onde tomará mais contato com o seu Eu Sou.

Sou Hilarion
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
 

luz de gaia