luz de gaia   
 
   PERGUNTE AOS MESTRES - "134"
CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.
Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
22 de agosto de 2017
 
luz de gaia
  * Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/.
O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


 
ANDO INSEGURA COM MEDO E TRISTE

Pergunta:


Queridos Mestres, quando vou me libertar desse período que me deixa totalmente insegura, com medo e triste? Quero voltar a ser a mulher que sempre fui determinada, otimista, sonhadora. Nesta fase estou vivendo por viver. Como tiro forças de dentro de mim? Parece que tudo é tão assustador, que muitas vezes eu estou em outro planeta. Como agir?

Resposta:

Querida irmã, sou Clara, e venho trazer a você palavras singelas que trarão o resgate daquele brilho no olhar, e do amor pela vida simplesmente como ela é e se apresenta. Precisa compreender irmã, que vem carregando muita cobrança a si mesma, que se mostram como planejamento, sonhos não concretizados, projeções da mente em direção a um futuro incerto, e que não a deixa permanecer inteiramente em seu momento presente. Você minha amada, necessita apenas trabalhar a aceitação do seu momento, a projeção em sonhos e futuros incertos a tira da realidade. Necessita aceitar o momento atual, transformar o seu olhar em beleza e alegria em direção ao que está diante de ti agora, e apenas assim poderá construir um futuro ainda mais belo. Essa fase é de um novo aprendizado, onde deixa de apenas sonhar com um futuro belo, mas que aprende a transformar o seu olhar em beleza no aqui e agora. Trabalhe dentro de ti esse sentimento e conseguirá mudar a energia em torno de ti. Amo-te minha querida.

Sou Clara de Assis



GOSTARIA DE SABER SOBRE MINHA VIDA FINANCEIRA

Pergunta:


Gratidão pela oportunidade. Gostaria de saber sobre a minha vida financeira, até quando vou sofrer por não ter dinheiro suficiente? Porque o bloqueio? É algum karma? Tenho que ter mais fé? Falta gratidão? Tenho feito cursos, e lido bastante tentando entender como posso desbloquear essa área em minha vida, o que estou fazendo de errado? Agora que tenho um bebê recém-nascido e não podendo sair para trabalhar, estava pensando em fazer doces em casa para vender, isso trará um resultado positivo? Gratidão!

Resposta:

Saudações amada. Você já possui o suficiente ou por acaso lhe falta ar, água, o pão de cada dia? O suficiente é aquilo que se abre a receber a partir da liberdade de sua intuição, de sua vida. Não percebe que projeta medo em sua vida e, por isso, sofre. Projeta dúvidas no que pretende realizar e é essa a energia que transmite. Faça ao contrário. Reconheça a abundância que há no presente. Olhe, respire fundo e a sinta entrando em seu ser. Não deixa que essa energia se vá pelos seus pensamentos. Persista diante dos desafios. Ame-se e a deixe vir magicamente. Essa energia está agora a te envolver. Não a deixe ir quando se vincula à ingratidão pela vida que possui. Você está viva, quer maior prova de abundância que isso? Viva esse sentimento minha irmã. Viva-o, amando-se e leve contigo a cada dia em tudo que se propor a fazer. Venha comigo, segure em minha mão agora. Estou a conduzindo a essa energia. Ela é sua, ela é você e toma todo seu ser nesse agora. Você é linda, é abundante, é feliz. Sinta isso! Tudo que fizer, seja o que for, incorpore essa energia e a transmita ao objeto que está a trabalhar. Afaste o medo! Confie que é assim. Por um momento sentiu isso? Pronto, é isso que a conduzirá à felicidade. Apenas não deixe que esse sentimento se vá. Não permita. Não faça isso com você mesma. Mais uma leve respiração e pronto. Está tudo bem. Você não possui mais restrições, senão em sua mente que não se cansa de temer. Está tudo bem, sempre. Faça suas atividades com esse sentimento, persistindo que assim será feliz e verá o resultado que obterá. Sou seu irmão de amor.

Lord Emanuel



CAUSA DE BRUXISMO E DOR CERVICAL

Pergunta:


Queridos Mestres, saudações e gratidão. Nos últimos 2 anos venho tendo muita dificuldade para dormir, e passei a fazer uso (por orientação médica) de ansiolítico, porque, como desenvolvi o bruxismo, o remédio me ajuda a relaxar a musculatura e assim conseguia dormir. Acontece que esse medicamento (tarja preta) não vem mais fazendo muito efeito. Acordo a noite, sinto dores, principalmente na região cervical onde já tenho problemas, enfim, passo o dia mal, o que vem atrapalhando minha rotina diária completamente. Não quero mudar para uma medicação mais forte, nunca precisei tomar remédios para dormir e me sinto muito frustrada com o que está acontecendo. Tenho um filho adolescente que é Asperger (do espectro do autismo) uma situação em que convivo há alguns anos e que me gera muita preocupação. Sei que isso tem relação, mas preciso encontrar uma solução porque a falta de um sono "reparador" vem mudando a minha vida completamente. Porque isso está acontecendo comigo? Gratidão

Resposta:

Amada irmã. Você carrega em sua alma as dores da incompreensão, por estar passando pela experiência que se apresenta. Não compreende e não aceita o que é colocado a ti. Mas necessita compreender que as experiências são colocadas a ti para que as vivencie. E quando escolhe seguir pelo caminho da fuga da experiência, que no caso foi a utilização de medicação, entende-se que não está preparada para lidar com tal situação em sua vida, e então se utiliza desse recurso para adiar o encontro com essa experiência. Mas o fato filha, é que a experiência continuará a fazer parte da sua vida, e que qualquer desequilíbrio gerado no corpo físico é resultado de causas emocionais que decide não olhar ou mesmo que não se sente preparada a olhar. O tempo de adiar já passou minha filha. Agora necessita enfrentar os seus medos, limpar-se do uso de medicação, para olhar de frente a causa do seu sofrimento, da sua dificuldade em dormir de forma relaxada, buscar a fundo a causa e curar-se definitivamente. Procure meditar em seus sentimentos, e compreender que necessita aceitá-los para encontrar a causa da sua tensão. Procure reservar um espaço na sua vida a você mesma, onde possa recarregar a sua energia, respirar fundo e simplesmente sentir o prazer de viver. Priorize você e busque encontrar o equilíbrio entre as suas obrigações e os momentos para estar a só consigo mesma, isso fará com que gradativamente, se cure de todos os seus sintomas. Estarei contigo se me chamares, pois sou seu irmão.

Francisco de Assis



MEU NAMORADO ESTÁ DESEMPREGADO E ESTAMOS NOS DESENTENDENDO

Pergunta:


Bom dia! Primeiramente agradeço imensamente a oportunidade! Tenho um namorado em outro país, que eu amo muito, e muitas vezes tenho a certeza que ele me ama, porém temos uma divergência de pensamentos sobre profissional e trabalho, que sempre que entramos nesse assunto, gera briga. Ele ainda não tem muito senso de maturidade e responsabilidade com isso, ainda mais agora que está quase um ano desempregado, está ainda mais desmotivado, eu tentei de alguma forma ajudar, mas sempre que falamos ele acha que estou cobrando algo. Estou fora do país que ele vive, então conversamos à distância, o que deixa tudo mais complicado e mais intenso. Quando conversamos sobre coisas boas, tenho certeza que vamos ficar juntos, que é com ele que eu quero casar, é ele para o resto da vida. Mas aí acontecem essas brigas por causa de emprego, que me incomoda muito, e eu não sei mais. Queria saber se realmente eu tenho um futuro com ele ou se estou gastando minhas energias em algo que nunca dará certo, eu queria que ele mudasse, amadurecesse, eu não perdi a fé nele e nem em nós, sei que ele pode ser muita coisa e nós podemos ser muito mais juntos. Toda vez que brigamos por isso, ele me afasta, fala que eu tenho que viver minha vida aqui no meu país mesmo e ele tentar a dele lá no país dele mesmo, isso me magoa muito, e não entendo como uma pessoa que fala que me ama e tudo mais, de repente muda, quer romper o relacionamento. Queria saber se eu estou certa em insistir nele, tentar fazer algo dar certo, ou estou dando murro em ponta de faca. Eu gosto mesmo dele, sinto muita falta dele, mas estou confusa e não consigo me entender ou me achar, sei que ele move muita coisa na minha vida, e que talvez eu não tenha esgotado minhas energias, mas em outro momento acho que ele não vai mudar e por mais que doa, tenho que seguir meu rumo. Ele é o homem da minha vida, eu devo insistir? Obrigada!

Resposta:

Filha. Nós que a perguntamos: o que diz o seu coração? As emoções que esse relacionamento tem despertado em ti estão contribuindo para o seu aprendizado? Lembre-se filha, que o maior aprendizado nessa vida é o do próprio equilíbrio interior. E essa experiência está sendo uma grande escola para ti. Você está aprendendo a observar apenas, assim como nós os mestres, e enviar amor e paz, mas sem se deixar envolver. O que a faz sofrer é o envolvimento no problema de outro, e o aprendizado está em desconectar-se desse padrão de sofrimento que pertence somente a ele, e absorver dessa relação apenas o que contribui para a sua felicidade, vivendo apenas no momento presente. Seja feliz, filha! Viva no agora sem sofrer com o que poderá ou não vir. Alimente dentro de si o estado de maestria, que não espera nada do outro, e permite que viva as próprias experiências. Siga em paz filha.


Pai José de Arimatéia
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
 

luz de gaia