luz de gaia   
 
   PERGUNTE AOS MESTRES - "101"
CONGREGAÇÃO DE PAZ E TRANSFORMAÇÃO
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.
Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
23 de junho de 2017
 
luz de gaia
  * Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site:http://www.pazetransformacao.com.br/.
O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.


 

COMO ME AUTOPROTEGER?

Pergunta:


Mestres, eu sou eternamente grata por tudo. Peço a orientação de vocês, em relação ao que está acontecendo comigo. É auto obsessão ou realmente tem alguma coisa? Por que quando fico muito tempo na minha casa não me sinto bem? Como faço para quando eu dormir, não entrar em vibrações densas?

Resposta:

Filha. Há algo tão simples que vocês aprenderam de forma equivocada em seu mundo. O escuro não é algo externo, mas um reflexo do que cada ser humano traz dentro de si. Quando sente vibrações mais densas a tomar seu ser, a primeira reação que tem é a negativa, é lutar por se fechar e afastar. Mas esse não é o processo. Sempre que sentir energias mais densas a seu redor, ao invés de negar e se proteger, centre-se no coração e busque qual o sentimento que nutre que está criando a ressonância a atrair essas energias. Imagine esse sentimento sendo iluminado de amor, de aceitação de sua própria imperfeição. Olhe com amor para você, e verá que essa energia começará a se aliviar. Vocês acreditam que a obsessão é algo a ser recusado, negado, lutando para que o mal não te atinja. Mas ao fazerem dessa forma, perde a oportunidade de reconhecerem em seus corações o mal, a falta de luz. O processo é ver o obsessor como um amigo que nos mostra e aponta nossa própria escuridão. Um irmão que vem, a sua maneira, nos trazer a cura. Esse é o processo. Irradiar amor e nada mais. Esteja em paz.

Sou Serapis Bey



POR QUE EU TENHO A SÍNDROME DO PÂNICO?

Pergunta:


Amados Mestres. Estou muito feliz por estar escrevendo para vocês. Gostaria de saber por que eu tenho a síndrome do pânico. O que eu tenho que fazer para me livrar disso na minha vida? Também quero saber se quando eu chamo os anjos e Arcanjos, vocês estão comigo e o que devo fazer para evoluir mais? Desejo sempre o bem, o amor e a harmonia. Obrigada imensamente por tudo. Amo a todos vocês. Com muito amor.

Resposta:

Filha. O seu coração ao longo de muitas existências ficou fechado a sua própria luz, em razão da forte manifestação da personalidade humana. Há traumas em seus registros, que sempre que enfrentamentos pessoais a conduzem a tomar contato com sua luz vem em sua mente o medo da morte. Você apenas tomou contato com essa luz quando de seu desencarne físico, entre as vidas que experimentou, e essa lembrança que é trazida de seu akashico. Ao menor sinal de tomar contato consigo mesma, essa lembrança irradia seu corpo, e junto vem o medo de se tornar luz novamente. Precisa filha, trabalhar com perseverança e resignação esse seu medo. Necessita se abrir a essa verdade. No início será sim um processo amedrontador, ameaçador de sua própria consciência, portanto, não force, caminhe em pequenas doses, respeitando-se sempre em pequenos passos em direção a esse contato mais profundo. Agora, filha, saiba que tudo está bem e que não há pressa nesse processo que já ocorre de forma natural. A sua luta é somente por se manter em equilíbrio, tentar manter-se em paz. A respiração, o parar é um ótimo remédio para quando esse sentimento vier com força em seu interior. Apenas respire e aguarde até que ele passe, mais nada. Lembre-se, esse medo é uma ilusão porque você é luz, sempre foi e sempre será. É apenas uma ilusão de seu registro que flameja sua mente lhe causando dor e sofrimento. Mas esse é um estado temporário, pois já iniciou o processo de cura, apenas se mantenha em equilíbrio. Isso é tudo. Esteja em paz.

Sou Serapis Bey



POR QUE SOU PREGUIÇOSA?

Pergunta:


Mestres queridos, gratidão novamente por todos os ensinamentos. Sinto que já estou conseguindo lidar muito melhor com algumas questões na minha vida, graças à ajuda que recebo aqui. O que me incomoda agora, é que não consigo de maneira alguma deixar de ser uma pessoa preguiçosa. Tenho muita dificuldade de fazer qualquer coisa na minha vida, principalmente trabalhar. Procrastino tudo que é importante e perco meu tempo com futilidades, vendo a vida dos outros pela internet e deixando o tempo passar. Falo muito sobre isso com a minha psicóloga, mas não conseguimos encontrar respostas e muito menos uma solução. Não tenho disposição e ânimo para realizar as coisas, fazer o trabalho que me pagam pra fazer e dar andamento nos meus projetos. Sinto que a vida está passando e eu não estou aproveitando. Isso me traz muita ansiedade. O que podem me dizer a respeito disso? Estou muito cansada de sempre tentar melhorar isso e não conseguir. Acabo perdendo a fé em mim mesma. Gratidão!

Resposta:

Salve fia. Esse pai veio aqui te trouxe uma prosa, pra mó de te mostrar a origem dessa preguiça. A preguiça é um sentimento que surge, porque as experiências da vida nos conduzem a olhar dentro de nós mesmos, a superar nossos bloqueios e olhar para aquilo que não gostamos. A preguiça fia, é uma muleta onde você não anda com as coisas justamente para não ter que se enfrentar. Esse comportamento causa um bloqueio no chacra coronário que reflete no travamento do plexo solar. Então as coisas na vida não andam. Agora fia, você pergunta como superar isso. O primeiro passo é olhar para sua luz, a reconhecer que você é luz e que é um grande ser como qualquer outro filho da criação. E como todos nesse cosmo vivem experiências para cuidar de sua própria evolução de alma. Então fia, ao reconhecer sua luz, você verá que a vida vai começar a desabrochar, porque isso vai te dar a força de iniciar o trabalho de trazer as experiências para sua vida a te ajudar a se superar. Você vai reconhecer a partir de sua luz a vontade de evolução. E isso filha, vai fazer você parar de procrastinar a vida, vai trazer a força da vida, dentro da vontade de sua própria evolução. Porque no fundo, essa preguiça, como esse pai veio disse, é a fuga de seu próprio enfrentamento, o medo de olhar para seu interior e resplandecer em luz. É assim fia, reconhecendo sua luz, focando em sua evolução que você mesma vai se transformar na cura de sua própria vida e assim vai se libertando da grade de sofrimento, vai ancorando luz e sua consciência para poder brilhar em amor. Esteja em paz fia.

Pai Benedito de Angola



DEVO CONTINUAR COM O MEU RELACIONAMENTO?

Pergunta
:

Mestres, Gratidão e Paz! Os Mestres têm estado comigo em todos os meus momentos atuais e tenho a ciência da presença de vocês nos momentos os quais eu tenho solicitado. Porém eu preciso de uma ajuda um pouco mais linear perante o dilema ao qual eu estou enfrentando atualmente, que é saber se eu devo continuar neste relacionamento que eu estou, ou não. Eu tenho recebido avisos e apoio para não mais continuar. Eu moro atualmente com a minha esposa e filho na cidade de Brasília-DF, mas sou de Campinas-SP. Eu já cheguei ao ponto de definir a minha saída daqui devido ao fato de ocorrerem certas coisas as quais me fazem sentir mal em casa e não ter paz. Porém a minha esposa veio e me pediu perdão por tudo e me implorou para ficar. Eu sei que ela me ama. Tenho ciência plena disso. E também me pesa a questão de saber que terei que deixar meu filho para trás na cidade de Brasília-DF, fato este que eu já fiz no passado. Eu preciso de um direcionamento mais assertivo dos mestres, pois é um grande desafio para mim, tomar uma decisão assim. O sentimento de culpa acaba vindo mesmo eu tendo a sabedoria de que a culpa nunca deve nos acompanhar. Enfrentei alguns problemas aqui dentro desta casa, principalmente relacionados a julgamentos nos momentos os quais eu tentei fazer o meu melhor. Mas eu também cometo erros e não quero aqui me fazer de vítima como única pessoa prejudicada, mesmo porque eu tenho uma maneira de ser que infelizmente desperta algo ruim nas mulheres com as quais eu convivo no casamento. Elas não conseguem entender que eu sou uma pessoa que gosta de estudar constantemente e não entendem a minha maneira de ser muitas vezes me julgando como preguiçoso e desatento com a família, gerando descontentamento nelas. O que eu devo fazer Mestres? Tenho um chamado muito forte a me interiorizar e não tomar esta decisão me faz ficar com este sentimento represado. Se eu sair deste relacionamento pretendo nunca mais entrar em um relacionamento em minha vida. Gratidão mestres. Obrigado por tudo.

Resposta:

Filho. Não te daremos uma resposta, pois assim estaríamos a prejudicar sua evolução. Perceba que tudo na vida tem um motivo e todas as experiências nos conduzem a estar envolvido dentro de nossas dores, daquilo que não nos sentimos bem em admitir. Você está na experiência perfeita para sua evolução. Mas perceba que são situações que se repetem e continuarão a repetir. A repetição, filho, é um sinal de que algo necessita ser superado, purificado e transcendido. Agora, filho, olhe para esse relacionamento, veja aquilo de bom que ele lhe traz, não foque naquilo que você gostaria, e que queria fazer, foque no bem, no bom. A partir disso você verá que o querer é nada mais que uma manifestação de sua personalidade terrena que muito pouco diz sobre você e que sempre o conduzirá a essa repetição de ciclos. Você pode ter o tempo de fazer aquilo que gosta desde que isso não se transforme numa fuga de seus próprios sentimentos e das verdades que não gostaria de tomar contato. Mantém assim esses sentimentos camuflados por uma personalidade que não lhe diz sobre o que é, mas que o leva a se esconder de si próprio. Ao continuar nas experiências que está, estará aprendendo a dar amor para aqueles que estão próximos de ti, abrindo mão do que é em favor dos seres que te amam, você se iniciará no trajeto de doar um pouco de você aos seus irmãos. E esse sentimento te ensinará algo muito mais rico, que é o abrir mão de si mesmo em prol de pessoas, de um objetivo maior. A sua personalidade não permite que assim você veja a vida, ela te impõe apenas o querer para si próprio sem olhar ao lado, sem ter a verdadeira compaixão no coração. A sua família, filho, está aí a te ensinar isso. Você é livre a seguir, mas a lição, de uma forma ou outra, sempre voltará a sua vida até que se modifique em seus comportamentos. Esteja em paz.


Sou Rowena
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:

Canais: Thiago Strapasson e Michele Martini
Colaboração: Ilza Barreto.
Fonte: www.pazetransformacao.com.br
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
 

luz de gaia