A INTERPRETAÇÃO ERRÔNEA DA “QUEDA”
Mensagem do Arcanjo Metatron canalizada por James Tyberonn
em março de 2015
 
  Saudações, Mestres!

Eu sou Metatron, Arcanjo da Luz… e nós os saudamos num vetor de Amor Incondicional.

Querido Ser Humano, uma das suposições mais confusas para uma humanidade em ascensão é o conceito da “Queda do Estado de Graça”… a interpretação de que o ser humano foi levado de volta a um estado de “des-graça”, de pecado original.

Você há de reconhecer que escolher a experiência na Terra como Universidade da Dualidade é escolher um curso incrivelmente credenciado… que não serve para os covardes. A vida no plano terreno é difícil, e isto é uma grande verdade. Mas você não está enfrentando as dificuldades da dualidade como castigo. Os testes da dualidade não são uma sentença que lhe foi imposta porque você “caiu do estado de graça”. O reino da polaridade não é o paraíso perdido… mas sim o Paraíso aprendido.

A maioria das suas religiões organizadas ensina que, no passado, o ser humano conheceu a perfeição, viveu num belo e Paradisíaco Jardim do Éden e perdeu tudo isso devido ao “pecado”, caindo na densidade da experiência terrena através de suas más ações. Embora seja verdade que a humanidade usa filtros na realidade da terceira dimensão, esta realidade é um curso de mestrado. A terceira dimensão é um ponto de partida, que ensina a co-criação responsável. Ela ensina que o pensamento concentrado na crença manifesta a realidade… e a co-criação é aprendida de baixo para cima.

Mas a crença que evoluiu da maioria das religiões transmite uma ideia distorcida de falta de merecimento… e esta acabou se tornando uma crença programada, que se for adotada totalmente, poderá prejudicar o seu desenvolvimento; poderá fazer com que você duvide da divindade essencial do eu; poderá leva-lo a questionar até o que sua própria alma lhe diz que é verdade. Na terceira dimensão você aprende de diversas maneiras, e uma delas é através da escola das dificuldades.

Quando você comete um erro, deve aprender com ele e não impor a si mesmo uma penitência que o machuque. Não há nenhuma virtude na autoflagelação. A crença na existência do pecado original é a base de uma corrente de desestabilização que perturba o seu processo de pensamento.

A roda de reencarnações, de nascimento e renascimento, garante que você receba uma nova “clareza” antes de cada jornada encarnatória. A ausência de lembrança consciente das jornadas passadas tem o propósito específico de permitir que você progrida sem a desvantagem da falta de confiança devido a erros do passado. Certamente você escolherá lições a aprender em cada nova encarnação, que de fato serão uma continuação do aprendizado do passado, entretanto elas serão projetadas por você. A "Lei de Causa e Efeito" é um recurso para o ensino do currículo. Não é um castigo.

A humanidade tem uma lembrança subconsciente da perfeição, da vida num paraíso virtual. Isto é realmente verdade, mas a experiência não era a da dualidade; não era a do “livre–arbítrio”.

ACEITANDO O DESAFIO DA DUALIDADE

Embora seja verdade que os seus pensamentos criam a realidade que você vivencia na dualidade, você mesmo, num aspecto mais elevado, compõe e cria, ponderada e cuidadosamente, os desafios que enfrenta. Estes têm um propósito grandioso e nobre. Quer acredite verdadeiramente ou não, você é o autor dos seus próprios testes. Então, embora o “pensamento positivo” seja uma frequência importante, sua finalidade é ajuda-lo a enfrentar suas lições de vida e não evitar o processo de aprendizagem em si. Você não pode simplesmente ignorar ou eliminar por um passe de mágica as lições de crescimento que você mesmo planejou para o seu progresso. Isto porque, na maioria dos casos, estas situações que você escolheu estão fora e além da capacidade do aspecto dual da mente do ego de removê-las ou eliminá-las como por encanto. Você as enfrentará porque, em seu Eu Divino, você desejou-as a partir de uma perspectiva mais elevada.

Nós lhe garantimos que não há nada mais estimulante, mais digno de realização do que seu desejo manifestado de evoluir, de mudar para melhor. Esta é, de fato, a missão de cada uma de suas encarnações. Não basta meditar apenas, ou visualizar a meta desejada sendo atingida, se você não agir de acordo com a voz interior da qual provém o impulso para meditar e visualizar… não é suficiente; é necessário agir!

Intenção, foco e meditação devem ser absolutamente acompanhados de ação. Tornar-se impecável e finalmente alcançar a iluminação não significa (como algumas religiões dão a entender indiretamente) que de repente você passe a viver num estado abençoado de esquecimento, ou em algum estado distante de Nirvana. Mestre, nós lhe dizemos que você faz parte do Nirvana agora e sempre fará; basta descobri-lo dentro de si.

Realmente, haverá ciclos no seu estado emocional, que fazem parte da condição humana. Haverá momentos em que se sentirá apático e deprimido. Estes estados poderão ser causados não só por problemas que você enfrenta, mas até por certos aspectos astronômicos. Tudo isto deve ser enfrentado e pode ser superado. Então, saiba que o “Nirvana” é alcançado através da atitude – não através de rejeição, ignorância ou fuga, mas através da avaliação impecável da projeção da realidade que o envolve.

Nós lhe dizemos mais uma vez que a experiência na Terra, a maestria da dualidade, é difícil. Esta é uma grande verdade, uma das maiores verdades da dualidade, mas que normalmente é mal compreendida. O estudo e domínio da vida exigem trabalho. Você não pode simplesmente colocar o livro debaixo do travesseiro e dormir sobre ele; é preciso que ele seja lido e entendido, uma página de cada vez, momento a momento… Só então, virá o entendimento e aceitação plena de que sua vida é feita de “situações” que você planejou a fim de possibilitar seu crescimento espiritual.

Quando aceitar esta nobre verdade, você terá a oportunidade de transcende-la. Aquilo que você chama de “destino” é, na realidade, uma série de situações que você planejou antecipadamente para sua lição de vida. E, Querido, o próprio “destino” que você escreveu para si o ajudará a enfrentar seus desafios e também a manifestar seus desejos, mas não porque você reclamou daquilo que não gosta. Para vivenciar a luz do seu desejo, você deve acender sua paixão que o libertará da prisão onde ele estava trancado. O melhor caminho é aceitar o desafio da autopurificação, sendo um exemplo vivo da sua própria luz, em vez de protestar contra as trevas que ainda existem no mundo da terceira dimensão e escolher isolar-se dele.

ACEITAÇÃO

Mestre, ao aceitar que está aqui para enfrentar desafios, você pode criar mais firmemente a energia necessária para enfrenta-los. Porque, uma vez aceito, o fato de que a vida pode ser difícil não mais o assustará; pelo contrário, isto motivará o seu guerreiro espiritual a buscar soluções.

O maior problema que você tem para reconhecer e assumir a responsabilidade por suas ações está em seu desejo de evitar a dor das consequências desse comportamento. Mas lhe dizemos que a coragem de enfrentar e solucionar impecavelmente os problemas é o que provê e realmente alimenta um crescimento significativo em sua vida. Enfrentar os problemas é o que distingue sucesso de fracasso, ou melhor, crescimento de estagnação. Os problemas trazem à tona os seus melhores esforços para resolvê-los e aprimoram a coragem e a sabedoria do buscador impecável.

Sem dúvida, os eventos estressantes e obstruções é que o levam a progredir mental e espiritualmente. É através da dor do confronto e da busca de resolução dos quebra-cabeças e das situações pré-programadas da vida, que você aprende o maior significado da ciência do amor. Meu Querido, o fato é que suas realizações mais difíceis, e certamente seu maior crescimento, são gerados quando você se encontra nas inquietantes encruzilhadas do problema. Suas maiores provas e revelações acontecem em momentos em que você se encontra fora da sua “zona de conforto”, sentindo-se desnorteado, insatisfeito, ou até num estado de angustiante desespero. Pois é nesses momentos, impulsionado pelo desconforto, que você é levado a arrombar a jaula confinadora em que se encontra e procurar um modo de vida melhor e espiritualmente mais satisfatório.

IMPECABILIDADE – O ESTADO DE GRAÇA

Então, o que é Impecabilidade? Não estamos entendendo a premissa básica quando definimos impecabilidade simplesmente como “tentar sempre fazer o melhor”. Permanecer impecável exige mais esforço, à medida que a abrangência da sabedoria e consciência que você adquiriu se expandem. Quanto maior a sua consciência, mais você “sabe”. Quanto mais você sabe, maior a responsabilidade de viver em conformidade. Você está num processo de expansão da sua percepção vibratória, de tornar-se um participante consciente da alma. Você está se tornando aquilo que sua alma é, descobrindo sua identidade maior.

Querido, quando você cresce espiritualmente, é porque se abriu para buscar o crescimento e está tomando uma atitude, trabalhando para consegui-lo. A impecabilidade envolve a expansão deliberada do seu Ser em evolução. A impecabilidade coloca-o em estado de graça. Impecabilidade não significa que você tenha alcançado a iluminação ou aprendido tudo o que precisa aprender, mas que você está no único caminho, no caminho certo para chegar lá.

Então vamos definir a impecabilidade em dois níveis, duas fases:

1) IMPECABILIDADE CONDICIONAL – É quando o indivíduo não é muito adiantado, mas está trabalhando para atingir a maestria; está fazendo o melhor; utilizando o conhecimento na medida da sua capacidade, para fazer a coisa certa, mesmo quando há ignorância e concepção errada e inocente. Isto é, quando ele acredita realmente que o que está fazendo é o caminho certo, mesmo que esta não seja a verdade plena e expansiva. Todo mundo passa por esta fase. Nesta fase, se você comete um engano, é um engano honesto, no qual você acredita genuinamente que está fazendo o que sentiu que era correto.

2) IMPECABILIDADE DE MAESTRIA – Esta é a fase da alma na existência humana, que é o ápice da Maestria. É quando o indivíduo é muito adiantado e está vivendo de acordo com o que prega, sem nenhum conflito interno entre o que ele acredita ser o caminho certo e sua forma de agir.

As duas fases ativam o que poderíamos chamar de estado de graça acelerado. A graça é a ajuda do Eu Divino no resultado das situações, quando a pessoa está tentando fazer o melhor. Você pode pensar nela como um “Anjo da Guarda”, porque em muitos casos um Anjo da Guarda é isso – o seu Eu Divino intervindo providencialmente nas situações para ajudá-lo em seu caminho.

Se fôssemos redefinir o que os seus textos religiosos consideram pecado, não o faríamos em termos de mandamentos, mas de “conhecimento não utilizado”, isto é, tomar atitudes que você sabe que são incorretas, atitudes que estão em conflito com suas crenças mais elevadas.

A SABEDORIA ESTÁ NO INTERIOR

A maioria das pessoas deseja uma sabedoria maior do que a sua própria. Procure e a encontrará. Você pode encontrá-la “escondida” dentro de si mesmo, Mestre. Infelizmente, este é o último lugar onde a maioria das pessoas procura, pois dá trabalho. O ponto divino de contato entre Deus e o ser humano está naquilo que os acadêmicos chamam de subconsciente. Até mesmo os seus textos religiosos lhe dizem que Deus está no seu interior, que você é uma centelha do Divino. A mente subconsciente, ou “cérebro posterior”, em seus termos, é a parte de você que é Deus, a porção do seu Eu Maior que contém o conhecimento de “Tudo O Que É”, a parte de você que contém os Registros Akáshicos, a memória da sua alma.

Como o subconsciente é a Mente Divina em você, a meta do crescimento espiritual é alcançada entrando-se no sagrado “Jardim da Sabedoria”. Isto se consegue aquietando-se a mente do ego. A meditação sempre foi o portal; ela é a chave para aquietar a conversa do ego-personalidade e permitir que a “Voz da Alma Divina” seja ouvida. Repetimos que é necessário esforço. Não existe nenhum atalho.

Reconquistar a condição Divina é o propósito da sua existência individual no plano da polaridade. Você nasceu para poder se transformar, como consciência individual, numa expressão física de Deus; uma expressão divina em Estado de Ser. Este desafio é o objetivo da sua alma, seu verdadeiro propósito e, nas jornadas físicas, o relógio está sempre correndo. A conquista da qualidade Divina na fisicalidade é conseguida com o tempo, através do desejo imaculado que é acionado no reino físico por meio da fusão com a sabedoria do não-físico. O tempo é importante.

Na polaridade, a atual mudança de paradigmas e energias pode tirá-lo do centro com muita facilidade nestes tempos acelerados. Muitas vezes, o seu propósito verdadeiro é difícil de ser definido subjetivamente e o seu entendimento e lastro ficam justapostos entre a ilusão e a realidade percebida. Você pode sentir que está vivendo numa distorção e que nada é exatamente como parece ser. Neste processo, você pode ficar confuso e complacente. E pode perder a noção do tempo.

Querido, cada instante da sua vida física é precioso, muito mais do que você pode imaginar; muito mais do que você aproveita. O tempo é um bem precioso, e é finito na dualidade em que você vive. Todas as pessoas, em algum ponto do futuro, farão a transição para fora do físico. Ou, de acordo com a sua linguagem, todos experienciarão a morte, todos morrerão. Esta é uma condição da fisicalidade, você sabe. Entretanto, muitos agem como se fossem viver para sempre. É verdade que a alma é eterna, mas você não será sempre a mesma pessoa, a mesma personalidade ou expressão que é agora, em qualquer outra vida, em qualquer outro aspecto da sua existência.

ENCERRANDO

Você está aqui para aprender, Querido; está aqui para aprender as expressões da sua própria Divindade dentro da dualidade. E realmente, a dualidade é uma dádiva. A vida é uma dádiva. Você está aqui para aprender a co-criar, pois, na verdade, você e todos os seres humanos são co-criadores do Universo, do Cosmos e estão aqui para alcançarem a Maestria. E muitos já estão bem perto dessa conquista. Mas, Mestre, enquanto não amar e valorizar a si mesmo, você não alcançará a Divindade interior; não reconhecerá que é uma parte de Deus. Você é realmente um ser espiritual poderoso, usando vestes biológicas… você é muito mais do que pode imaginar. Você é Divino!

Para encerrar, nós lhe oferecemos nossas bênçãos e gratidão pela sua busca.

O que há de mais precioso além da sua vida e seu propósito divino?

Seu papel agora e amanhã é sempre buscar realização, entendimento e desenvolvimento impecável. Sua missão divina pode e vai criar uma bela fusão da realidade experimental proposital… da dança na alegre luz das estrelas e da projeção de raios dessa beleza cristalina para tudo ao seu redor.

Mestre, quando nada o deixar feliz, você terá dado um salto quântico. E isto significa simplesmente que criar sua felicidade faz parte da lição; a felicidade não pode ser desgastada.

Não existe nenhum êxtase mais supremo do que alcançar a mente Divina. É por isto que todos vocês estão aqui. Vocês são do reino da Criação, da Maestria, e estão muito mais perto do que pensam da manifestação física disso. Queridos, VOCÊS criaram a Ascensão e ela está surgindo agora. Nós os honramos. O momento anunciado, com o qual tanto sonharam, os espera, Queridos.

Eu sou Metatron, e compartilho com vocês estas Verdades. Vocês são Amados.

E assim é… E é Assim.
 
 
 
 
© James Tyberonn – Todos os Direitos Reservados a www.Earth-Keeper.com
Fonte: http://www.earth-keeper.com/EKchronicles_97pdf.pdf
Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em sites da web é permitida, desde que seja apresentada em sua totalidade, sem alterações, e que os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas, Youtube e nem reimpresso sem a expressa autorização do autor. Para a devida e necessária autorização, entre em contato com Bobby escrevendo para Tyberonn@hotmail.com .
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Metatron - Tyberonn II - IIVoltar HomeII