JANELAS DO INFINITO – OS MEGA ECLIPSES DE OUTUBRO DE 2014
Entendendo a Natureza
e os Atributos da Sinergia Eclíptica Lunar e Solar.
Arcanjo Metatron através de James Tyberonn, Setembro de 2014
 
 
   
Querida Família! O texto abaixo foi extraído da nova canalização do Arcanjo Metatron sobre a natureza dos Eclipses e a importância da atual energia do planeta… os trechos relacionados ao período de outubro de 2014 estão aí incluídos. A canalização completa faz parte do novo livro de James Tyberonn que será lançado em breve e estará disponível on-line. Oferecido com amor… Aproveitem!

Saudações, Mestres! Eu sou Metatron, Anjo da Luz e os saúdo em Amor Incondicional!

Estamos prontos para o seu tema e perguntas.

James Tyberonn – Poderia falar profundamente sobre os eclipses que teremos em outubro?

Arcanjo Metatron – Certamente. Eclipses são aberturas que combinam luz, frequência planetária, geo-gravidades e pensamento coletivo. Os Eclipses oferecem uma paleta única para a impressão do Pensamento Divino e as vibrações superiores do Pensamento Humano Coletivo. Um eclipse lunar só pode ocorrer numa lua cheia, assim como um eclipse solar só pode ocorrer numa lua nova. Ambas fornecem uma potência adicional ao eclipse. Geralmente os eclipses são vistos pela humanidade como eventos singulares, mas gostaríamos de lhes dizer o contrário… quando um eclipse lunar e um solar estão em sequência linear direta, como ocorre atualmente (8 de outubro e 23 de outubro de 2014), forma-se um campo mais ampliado e uma concentração maior de energia.

Portanto, eclipses lineares (num período de 15 dias) têm uma intensidade enormemente ampliada. Forma-se um entrelaçamento simbiótico entre as características vibracionais lunar e solar, de efeito sinergético… ambas são amplificadas. Neste tipo de colaboração, qualquer forma de eclipse solar – seja parcial, anual ou total – é ampliada conjuntamente para um mega efeito, com todos os efeitos de um eclipse lunar total, e vice-versa. Isto significa que se o eclipse lunar é total e está em sequência linear com um eclipse solar parcial, o conjunto dos dois resulta numa mega energia que amplifica ambos, num efeito de “Totalidade Dual”.

Os eclipses eram conhecidos por sociedades mais avançadas como eventos extremamente significativos que permeavam a estrutura dimensional da realidade no plano terreno. Os atlantes se referiam a eles como pontos infinitos, porque durante o período de um eclipse, o tempo linear para por um breve interlúdio do infinito. (A palavra “eclipse” vem do idioma atlante e foi incorporada à linguagem da Grécia Antiga, querendo dizer “esconder” ou “deixar de existir”). Os eclipses alteram de forma singular os comprimentos de ondas da luz e afetam a gravidade. Durante os eclipses ocorrem anomalias gravitacionais, bem como efeitos de torção. Estes são analisados na sua ciência atual como efeitos “Allias” e “Saxi”.

Os eclipses emitem uma onda de energia “percussiva” de coerência codificada que permeia a Terra e afeta a humanidade. A coerência abre a pineal e suscita uma resposta específica, tanto das células do corpo físico humano quanto da estrutura energética do corpo etérico. De certo modo, o tempo, como vocês o conhecem, é alterado durante a fase de eclipses, especialmente quando um eclipse lunar e um solar ocorrem em relativa proximidade de pontos apicais como solstícios e equinócios. É o que está acontecendo agora. E ao mesmo tempo em que isso cria intensidades, também abre extraordinários “portais dimensionais” de consciência. Os estados oníricos são mais lúcidos nestas fases raras, e os estados alterados nos períodos de consciência desperta também são diferenciados. A cadência do pensamento, da força vital varia de forma sutil, mas muito significativa. Janelas de realidade se abrem, horizontes de existência se estendem. Tempo-espaço muda ligeiramente. Estados superiores de tempo simultâneo do “Eterno Agora” se intensificam, possibilitando uma fase verdadeiramente bela de clareza multidimensional.

Vocês sabem que “locais sagrados” são pontos de poder planetários em vetores da Terra enriquecidos com uma concentração maior de unidades de força vital (também chamadas de Essência Adamantina ou Akáshica). Os eclipses emitem, por um tempo, uma concentração de força vital criativa. Este bombardeamento de energia pode ser semeado com padrão Divino, bem como com a intenção mais elevada da humanidade, tanto no nível consciente quanto inconsciente. Mas o modo com que cada um a utiliza vai depender do seu foco e coeficiente de luz. Parte do que está acontecendo agora, e vai acontecer no aglomerado energético da dupla de mega-eclipses de outubro, será a liberação espontânea involuntária dos estados emocionais excessivamente tensos que ora se manifestam. Aspectos únicos e característicos de sentimentos são incorporados pela humanidade no campo vibratório ressonante de um eclipse. Tensões emocionais, como os extremos provocados pelo atual “coquetel de energias” do planeta, podem ser levadas de volta ao nível mais normal com maior facilidade. Os eclipses carregam uma energia que pode estabilizar desequilíbrios hormonais.

Pergunta de J. Tyberonn: Você está dizendo que os eclipses afetam a biologia humana e os estados emocionais?

Arcanjo Metatron: A biologia humana e, com certeza, os campos mental e emocional são totalmente influenciados pelo seu ambiente. Seu ambiente envolve muito mais do que o que vocês percebem conscientemente, incluindo ondas de gravidade, frequências de luz, proporções iônicas e as vibrações mineralógicas do planeta. Seu corpo físico possui uma consciência celular que funciona biologicamente, de modo que o equilíbrio hormonal e bioquímico é diretamente afetado pelo formato e matriz da luz do planeta. Os eclipses têm um impacto porque projetam luz diferenciada, alteram a gravidade e são codificados com força vital consciente que possibilita maior serenidade. Assim, pode ocorrer uma liberação bem como uma re-calibragem.

Colocado de forma simples, as células do seu corpo reagem à luz (e força vital) intensificada mais ou menos da mesma forma que as plantas na sombra heliotropicamente procuram crescer em direção à luz do sol. No entanto, o efeito é muito mais profundo do que no nível da pele, não é simplesmente biológico; ele alinha o ser integral e oferece uma janela prolífica para o Eu Superior, uma janela que é exclusiva e específica para o período de evolução e coeficiente de luz humanos.

Os eclipses atuais também estão conectados com os dois Eclipse Totais de 20 de março e 4 de abril de 2015. A intensidade do presente vai continuar alta, mas o que ocorrer em outubro possibilitará uma abertura necessária, uma espécie de liberação temporária da pressão dentro do atual caldeirão do caos.

Como já compartilhamos com vocês, os nodos dos solstícios e equinócios também são programáveis. Os eclipses que ocorrem em outubro são altamente codificados; muito mais codificados do que os que vocês vivenciaram no passado recente. Tal programação vai continuar a fim de formatar o Retorno da Luz em 2038. Existem Leis da Física, e certamente atributos científicos relacionados aos eclipses, que ainda não são reconhecidos ou totalmente compreendidos em seu meio acadêmico atual. Sua ciência não leva em consideração o sagrado, e, por sua vez, o sagrado omite o científico.

Cada um de vocês deveria dedicar algum tempo nas datas desses eclipses para voltar-se profundamente para o interior de si mesmo. Vocês descobrirão uma oportunidade extraordinária para vivenciar realidades superiores. Perceberão que os sonhos serão muito mais lúcidos e que terão a oportunidade de resolver questões pessoais. Mas é imperativo que dediquem tempo para isso.

Alguns de vocês aceitarão estas verdades com mais facilidade que outros, porque o que estamos compartilhando era compreendido em Atlântida entre os “Sacerdotes-Cientistas” da Lei do Um. Os inúmeros efeitos são particularmente propícios à recepção e ativação de códigos. E é por isto que os eclipses sempre foram aberturas nas quais frequências energéticas podem ser arrastadas para dentro de suas estruturas.

A conjunção (alinhamento direto) entre Terra, Lua e Sol, que possibilita eclipses, pode ocorrer entre quatro e sete vezes em cada ano. Quanto mais eclipses, maior a codificação de energia no ano. A próxima ocorrência de sete eclipses será em 2038, e isto é realmente significativo. Mas o que está acontecendo no seu presente é também extremamente importante. O Eclipse Lunar Total, na Lua Cheia do dia 8 de outubro, ocorrerá numa retrogradação muito incomum de Mercúrio, oferecendo clareza extraordinária e visão ampliada.

Por toda a sua História, os Eclipses Lunares e as Luas Cheias têm sido mencionados em termos de cor – Lua Azul, Lua Dourada, Lua de Sangue, etc… e lhes dizemos que essas cores são tons dos códigos e, se forem utilizadas com intenção, a energia do eclipse pode abrir a pineal e os sentidos dos chacras para uma percepção psíquica extraordinária e ideal. É por isto que os antigos sempre consideravam os Equinócios, Solstícios e Eclipses como Eventos Sagrados. Mesmo atualmente, muitas religiões ainda consideram esses dias como Dias Santos.

A Grade Cristalina funciona como lente focal para permitir que os códigos superiores sejam inseridos nas 12 dimensões da Matriz da Nova Terra, e assim ser recebidos por indução através da mente universal humana na qual todos vocês estão tão intricadamente conectados.

Mestres, vocês são Amados…

 
-.....---==II==----.....-
 
 
                                                               Direitos Autorais:
© 2012 James Tyberonn –
Todos os Direitos Reservados a www.Earth-Keeper.com
Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em sites da web é permitida, desde que seja apresentada em sua totalidade, sem alterações, e que os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas, Youtube e nem reimpresso sem a expressa autorização do autor. Para a devida e necessária autorização, escreva para Tyberonn@hotmail.com.

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Metatron - Tyberonn II - IIVoltar HomeII