O QUE É A PERFEIÇÃO REAL?
Por Petra Margolis
Em 18 de janeiro de 2013
 
 
 
O que é a perfeição real?

Esta pergunta simples lhes dá muitas respostas.

Mas olhem para o real ponto de início: nós somos energia, somente energia, energia da fonte, todas as partículas de nós são criadas ou de algum modo transformadas para ser o que são.

Elas criaram o corpo humano por transformar a energia para formar o que ele é agora.

Mas no momento, exatamente antes de transformar alguma dessa energia para assumir certo papel, ou no nosso corpo físico ou no corpo espiritual, é somente isso, energia da fonte.

Um só tijolo de construção que contém tudo o que pode existir: pode se tornar tudo o que nós somos, pode ser transformado nas tantas coisas que nós vemos como uma realidade.

Nosso corpo é energia e toda partícula de energia é energia da fonte transformada em algo que nós podemos ver, sentir e tocar.

É igual com os nossos corpos espirituais: eles são partículas da energia da fonte, transformadas em chakras, corpos de energia e mais.

Nós criamos este corpo físico, estes corpos de energia para termos experiências na Terra, ou em algum outro lugar, apesar de que podemos somente usar estes corpos apenas dentro deste universo.

Esta é outra possibilidade.

E se somente criamos este corpo físico, estes corpos de energia apenas para o propósito específico de termos experiência na Terra, nesta realidade?

Agora, criar tudo isto é algo que aprendemos: tal como aprendemos na Terra, nós aprendemos no mundo espiritual.

Agora, a pergunta é: o que nós criamos é ou não é perfeito?

Algo ser perfeito significa que nós criamos uma visão da dualidade, não apenas aqui na Terra, mas também no espírito.

No espírito não há essa coisa de não ser perfeito ou ser perfeito.

Há somente uma consciência sempre se expandindo, aprendendo, ensinando, tornando-se tudo que existe de muitas formas que, creio eu, vão muito além da nossa compreensão humana.

No mundo humano nós compreendemos que realmente não existe essa coisa de perfeição, pois sabemos que cada humano tem uma experiência diferente em cada momento.

Vou dar um exemplo: quando olhamos para o céu e muitos estão olhando para o mesmo céu e ao mesmo tempo. Cada pessoa experimentará este céu diferente: verá o céu em cores diferentes, mesmo que tenhamos dado uma cor geral. Muitos dirão que é um céu perfeito, mas cada pessoa vê e sente de modos diferentes e assim há muitos modos diferentes de perfeição, como poderíamos dizer. Apesar de poder haver outros que apenas pensem nele como um belo céu e não o vejam como perfeito.

A perfeição está somente na mente humana, no espírito não existe essa coisa que até remotamente seja percebida como perfeição.

No espírito existe o movimento de energia, o fluxo de energia, a criação com a energia que nos traz para uma conscientização mais expandida, estados mais expandidos de consciência.

Tudo que acontece na Terra é de um modo criado, parte pelo nosso próprio ser, parte pelos outros, pois cada movimento ou fluxo de energia está envolvido no que nos está acontecendo aqui como humanos, mas também no espírito.

Parte nós escolhemos antes de virmos para cá, parte nós escolhemos enquanto estamos aqui e parte é apenas porque outros também fazem escolhas.

Talvez seja a hora de parar de dizer a todos que tudo está acontecendo por alguma razão: você escolheu, aconteceu porque você escolheu, porque esta não é a verdade real. Parte aconteceu somente porque você estava lá; alguns chamariam de lugar e hora errados ou de lugar e hora certos.

Nós estamos colocando rótulos demais; nós estamos usando a dualidade de um modo que nos dá algo que realmente não se aplica de forma alguma ao que estamos aqui para fazer.

A dualidade é usada para manter as pessoas sob controle; vocês veem isto nas escolas onde se diz constantemente às crianças que elas estão indo bem e se não forem, são punidas por não poderem ir a um trabalho de campo ou não ganham doces, seja lá o que os professores estão usando naqueles dias.

Perfeição é uma realidade da dualidade, tal como ser chamado de um ser divino é uma realidade da dualidade.

De fato, não existe essa coisa de perfeição, não existe essa coisa de divino.

Trata-se de uma percepção da mente humana.

Tal como viver do coração é uma percepção da mente humana, e muitos outros chamados ensinamentos da nova era que são somente uma percepção da mente humana.

Tudo que nós fazemos, e todos nós sabemos disto, é, na verdade, uma percepção no modo da mente humana.

O único espaço original intacto seria, se nós fôssemos apenas energia da fonte, a energia que não foi transformada ou não assumiu o papel de alguma coisa que nós queremos criar, experimentar e mais.

E até ele não seria realmente um espaço real de ser, pois nós estamos sempre expandindo e é isto que nós fazemos: nós transformamos, criamos, expandimos e experimentamos a energia o tempo todo.

Se nós somos perfeitos ou não, ninguém realmente se importa no espírito, pois não é por isso que lutamos, isso não está no sistema de pensamento ou até é parte do que nós experimentamos no espírito.

De fato, o sistema de pensamento que nós temos como humanos provavelmente nem é comparável com o nosso sistema de pensamento em espírito.

Ele é o que é: o sistema de pensamento humano, e tudo que nós podemos fazer neste momento é explicar tudo através deste sistema de pensamento.

Mas, como nós estamos tentando explicar e estamos tentando sair do sistema de pensamento da dualidade, nós temos que manter em mente que qualquer rótulo, como ser perfeito, faz parte do sistema de pensamento da dualidade.

Não existe essa coisa de que tudo é perfeito.

Somente existimos nós, como humanos, tentando nos conectar interiormente, não importa o modo como façamos a conexão.

Na verdade, até conexão é uma palavra errada para se usar, pois nós já somos tudo, então não há necessidade de conexão.

Não há o modo perfeito, não há o modo imperfeito.

Somente há o nosso próprio modo.

De uma fonte para outra
Petra Margolis
 
----.....---==II==----.....----
 
http://www.ascendedmasters.org/ 


Fonte: http://lightworkers.org/channeling/ 
Tradução: SINTESE
http://blogsintese.blogspot.com/ 
 
Gostou! Indique para seus amigos.
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Mundo Mestres - Petra   II - IIVoltar HomeII