A ESFINGE FALA: A MÚSICA DOS ANJOS
Por Petra Margolis
Em 07 de agosto de 2013
 
 
  A música dos anjos, e vocês dirão: quem pode não gostar da música dos anjos?

Mas há muitos que dirão que não gostam.

Esta é a diversidade humana que é apresente.

Se existe uma coisa que com certeza está dentro de sua realidade humana, ela é que sempre haverá alguém que não gosta.

Por outro lado, vocês podem dizer: pode haver alguém que goste.

Vamos tomá-los, como humanos, por exemplo: pode haver algumas pessoas que gostam de vocês, mas com certeza há pessoas que não gostarão de vocês.

Vocês, como humanos, têm essas escolhas também.

Vocês podem dizer que há algumas pessoas de que vocês gostam, mas vocês com certeza podem dizer que há pessoas que vocês não gostam.

Isto é verdadeiro para muitas partes da realidade humana: sempre haverá pessoas que gostam de andar descalças na grama, mas com certeza há pessoas que não gostam.

A noção de que as pessoas deveriam respeitar o caminho de cada um dos outros é uma orientação para muitos: mas, muitos não têm uma noção real de como lidar com esse respeito.

Vocês têm suas escolhas e muitos criaram seu próprio espaço dentro desta realidade.

Todos os outros que parecem estar fora desta realidade às vezes são aceitos e às vezes não o são.

Nós vemos isto pelas muitas discussões que acontecem entre os humanos.

Muitos podem concordar em discordar, mas quando entra no seu próprio espaço, ou parece entrar no seu próprio espaço, eles se empinam como um cavalo que se assusta com um rato.

Todos vocês sabem o que acontece em seguida: o cavalo tenta pisotear o rato.

Há julgamento demais com relação ao que é o respeito, o que é gentileza, o que é amor.

Quem decide que o seu respeito é um respeito maior do que o respeito de outro?

Quando nós falamos em liberdade, nós falamos sobre liberdade em todos os níveis, isto inclui literalmente todos os níveis.

Quando nós falamos sobre equilíbrio e encontrar o equilíbrio, vocês terão que encontrar esse equilíbrio entre tudo que está acontecendo ao seu redor e até dentro de vocês.

Ter seu próprio espaço sagrado envolve o equilíbrio real que pode ser encontrado, é possível permanecer em equilíbrio dentro do mundo inteiro e não apenas no seu próprio interior.

Isto é feito por aceitar que cada pessoa é diferente, que há tantas diferenças quanto há tons de cinza ou até tons de branco.

Sim, o branco tem muitos tons que vocês podem não notar, pois muitas vezes vocês estão absorvidos demais por seus próprios tons de branco e se esquecem de que às vezes esse respeito por esses outros tons é importante também.

Vocês deseja aceitar tantas coisas e fazem isto sob o disfarce de serem gentis e respeitosos, mas o que vocês aceitam em sua maioria está de acordo com o que vocês veem como gentil e respeitoso.

Tudo que sai fora de seu modo predeterminado de ver é considerado como não aceitável às vezes e muitos ainda têm presente dentro de si este julgamento.

Ter respeito pelas escolhas dos outros, o caminho dos outros, significa exatamente o que nós dizemos.

Respeito e disposição para aceitar que os outros façam escolhas diferentes.

Vocês podem desejar que toda pessoa na Terra seja gentil, seja bondosa, jogue limpo.

Mas a realidade é que o que vocês veem como ser gentil, ser bondoso, jogar limpo nem sempre é como os outros veem isso.

Há uma tendência de tentar controlar como os outros deveriam considerar respeito, gentileza e escolhas do caminho.

Nós sabemos que muitos terão alguns problemas com esta realidade de encontrar equilíbrio para se mover livremente ao redor das escolhas dos outros, mas quando vocês estão completamente convencidos de que o respeito pelos outros é o que vocês escolheram, mantenham isto em mente: respeito realmente significa respeito, não importa quais escolhas os outros fazem.

Isto significa que o desacordo é permitido, ele é permitido para vocês darem sua opinião do seu próprio modo, ela pode não ser respeitosa de acordo com os outros, mas, dar respeito é também dar respeito à sua opinião.

Isto também significa que o desacordo é permitido, ele é permitido para vocês darem sua opinião do seu próprio modo, ela pode não ser respeitosa de acordo com os outros, mas, dar respeito é também dar respeito ao fato de que os outros podem ver o respeito de uma maneira diferente.

Se vocês estiverem tendo problema para permanecer em equilíbrio no mundo exterior, sim, é bom ter seu próprio espaço interior.

Mas se lembrem de que vocês não podem permanecer nele eternamente.

A Terra é um lugar para aprender o equilíbrio e aprender evitar que a realidade fora de vocês não complete esse processo.

Esse espaço interior pode ajudá-los, e vocês podem dar uma saída e correr de volta para ele quando fica difícil demais no mundo exterior.

Mas em um momento vocês terão que estar nessa realidade o tempo todo para concluir o processo de equilíbrio dentro de vocês.

Porém, não façam como o cavalo que se assusta e pisoteia o rato para controlar o ambiente, pois nesse momento vocês estão pisoteando o livre arbítrio dos outros, as escolhas deles e o caminho deles.

De uma fonte para outra

Petra Margolis
 
 
-.....---==II==----.....-
 
Direitos Autorais:

http://www.ascendedmasters.org/ 
Fonte: http://lightworkers.org/channeling/ 
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Mundo Mestres - Petra   II - IIVoltar HomeII