VIVENDO COM O DESCONHECIDO
Por Julie Redstone
Setembro de 2011
 
Muitos estão enfrentando hoje circunstâncias pessoais que envolvem lidar com o desconhecido em áreas significativas da vida. A entrega ao desconhecido envolve a confiança no invisível. Envolve uma conexão com o eu mais profundo que mantém a verdade da realidade Divina.

Este é um momento no qual muito está mudando e muito precisa ser liberado. Uma nova energia de luz está transformando a Terra e chamando para si mesmo tudo o que possa ressoar com ela, pedindo que tudo o que não possa, seja liberado. Esta é a razão para as liberações que estão ocorrendo. Em um nível se trata de receber o novo. Em outro nível trata-se de estar disposto a confiar no que está acontecendo até quando o novo ainda não tenha se tornado visível. É o intervalo entre o deixar ir do velho e a chegada do novo que cria uma passagem para o desconhecido, uma passagem que é essencial para o ser encarnado em seu profundo relacionamento com Deus.

A entrega ao desconhecido envolve a confiança no desconhecido. Envolve uma conexão com o eu mais profundo que mantém a verdade da realidade Divina. Esta entrega é mais difícil para aqueles que se acostumaram a contar com os seus próprios esforços na vida e no senso de controle que eles trouxeram. Para tais pessoas “fazer” a fim de realizar as coisas, tem sido uma característica central da vida, e esperar ou se sentir impotente por até breves períodos de tempo tem sido muito evitado. Entretanto, até mesmo onde a ênfase do controle não tem sido uma grande parte do eu consciente, mesmo então tem sido parte do eu inconsciente. Pois a experiência humana como ela tem evoluído ao longo do tempo, tem dado ao ego um grande poder para gerir a vida e este poder tem sido usado para garantir que o que se desejou pudesse vir à existência através do próprio esforço e vontade. Agora, na presença da grande mudança, esta vontade do ego deve ser entregue à vontade da alma, e qualquer desamparo ou espera que ocorram, devem ser compreendidos por qualquer período de tempo que se torne necessário. Esta não é uma proscrição para a passividade, mas para a espera em um estado de confiança Divina, quando isto for necessário.

Aprender a confiar no desconhecido não é tanto uma prática espiritual como um chamado da alma. A alma mantém a verdade da realidade Divina desde que ela é parte desta realidade. Ela também mantém a verdade da bondade Divina. Não importa qual seja a cena exterior da vida, a alma mantém a verdade do amor Divino. Na presença do desconhecido e diante do novo que tenha se manifestado, muitas almas estão sendo chamadas hoje para confiar no que ainda não apareceu – manter dentro delas mesmas um sentimento de segurança, baseada não em uma realidade externa, mas em uma sabedoria interior. Esta conexão com a sabedoria da alma está sendo chamada ao ser hoje. Com a luz se expandindo na Terra, ela está se tornando cada vez mais disponível para aqueles que a buscam.

O principal obstáculo para confiar no desconhecido é o medo. O medo emana do eu pessoal que se acostumou à previsibilidade. Agora, quando muito não é previsível, o eu pessoal pode sofrer intensamente e querer tornar as coisas previsíveis novamente. Algumas vezes, isto é possível, mas frequentemente não é, porque algo novo está surgindo, e grandes forças estão operando, tanto nos níveis pessoais, quando nos níveis planetários para criar a mudança.

O medo, quando ele ocorre, pode ser tratado buscando fervorosamente se conectar frequentemente com o eu mais profundo, com o espaço da verdade interior, com a vida da alma. Esta é a tarefa que muitos enfrentam hoje e é uma tarefa espiritual de grande importância. Ela cria a possibilidade para viver com incerteza, sem o medo, sabendo que a própria incerteza é parte da realidade em mudança que está surgindo, e isto pode ser realizado com Deus e não distante de Deus.

Todos que são confrontados com a necessidade de confiar no desconhecido, hoje, estão enfrentando estes dilemas, e todos estão precisando, tanto de formas exteriores, quanto interiores, de manter quaisquer situações que enfrentem, com os meios interiores como os mais importantes. Muitos estão sendo chamados a se entregarem mais profundamente e não estão conscientes deste chamado. Entretanto, conscientes ou não conscientes, para todos os habitantes da Terra um novo relacionamento com a realidade Divina está surgindo, e cada um deve fazer a escolha quanto a como participar deste novo relacionamento. Para a Terra é um novo despertar, e para cada um que vive no planeta é um despertar espiritual para a verdade que vive em sua própria alma.
 
----.....---==||.....---ooo000ooo--......||==----.....----
 
http://lightomega.org/NL/20110826-Living-With-the-Unknown.html

You Tube – Agora Estamos Livres - http://www.youtube.com/watch?v=rn4cumfOgJk

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Luz Omega| - |Voltar Home|