A SOMBRA QUE PAIRA SOBRE A AMÉRICA
Mensagem de Julie Redstone
30 de Novembro de 2015
 
luz de gaia
 
  “O tesouro a ser procurado na vida política é a confiança. A confiança permite que os líderes sejam eficazes. A desconfiança interrompe todos os esforços. A desconfiança extrema provoca uma divisão entre os grupos que mantêm pontos de vista diferentes, de modo que eles já não mais servem, em conjunto, ao bem comum, mas se tornam partidários em seu próprio ponto de vista, em oposição ao resto.

Há uma sombra da escuridão cada vez mais presente na vida pública Americana. Seu efeito é o cinismo e a desilusão e a sua forma é a separação da verdade mais profunda do coração e da alma que cada habitante deste país detém. Esta verdade mais profunda mantém uma crença na possibilidade de um futuro positivo. Ela acredita na unidade desta nação e nos ideais em que foi fundada. A sombra que paira cria uma perda desta crença. No lugar da esperança, ela institui o cinismo e o desespero. No lugar do idealismo, ela convida a imersão no que é chamado de “realidade prática” que reivindica ser tanto estratégica, quanto eficaz, mas que está, ao mesmo tempo, desligada dos ideais e de um senso de retidão moral.

O cinismo, a decepção, a frustração e a raiva são os meios que a sombra da escuridão emprega para criar uma falsa sensação de capacitação. É falsa porque se baseia na ilusão de que a superioridade do poder é o único árbitro de como eliminar o medo e a impotência de nossa consciência coletiva. E assim, estes que representam esta posição se esforçam para incorporar em si mesmos, as qualidades da agressão, raiva, poder. Eles se esforçam para comunicar através de suas próprias personalidades e caráter que eles podem ser eficazes, que podem “assumir o comando” e fazer o medo desaparecer.

Por causa do desejo de eliminar o medo e de reduzir o desamparo, muitos neste país têm cada vez mais a tendência de assumir a expressão da combatividade, da positividade e da agressividade., tanto na linguagem política quanto nas qualidades pessoais dos candidatos políticos enquanto, ao mesmo tempo, ignoram o abandono dos ideais que podem estar também presentes – da civilidade, do respeito e da honra ao sagrado ofício daqueles encarregados da Administração. Desta maneira, a positividade e a agressão se tornaram, para muitos, um substituto para a generosidade, e o desprezo e a zombaria, um substituto para a fidelidade aos valores morais e sociais.

Este cultivo de manifestações externas do poder avilta a natureza do governo, tanto em sua linguagem, quanto em seus resultados. E assim como pode haver uma profanação daquilo que as várias religiões do mundo consideram como sagradas e santas, pode haver também uma profanação do que os Fundadores deste país consideravam como sagrado, no sentido moral mais elevado. A profanação dos ideais do cargo público está em exibição agora na atual corrida à eleição presidencial, e é necessário para todos que desejam algo que não seja esta de se agarrar firmemente à compreensão de que a “sombra” que sucedeu a este país, está criando um suporte emocional para o desaparecimento dos ideais, para o fim da crença na possibilidade e para o fim da noção de que o governo pode ser confiável. Sem esta crença e sem esta confiança, a América afunda na anarquia emocional, sentindo que não há nada a que se agarrar em seu centro que possa ser confiado.

O cinismo e a decepção – estas são as armas sutis da escuridão, armas que devemos enfrentar com a fé, a esperança e a confiança no possível. Aqueles que falam em palavras de ataque, acusação, desprezo, escárnio, zombaria, não estão simplesmente falando de sua mente, mas estão contribuindo com a perda da confiança nos cargos públicos que podem minar não apenas a atual eleição presidencial, mas o futuro deste país, também.

Na presença da escuridão que paira, somos agora convidados a encontrar em nós mesmos a fé e a esperança de nossa própria alma, crenças e valores sem os quais nunca estamos. Somos chamados para localizar e mantermos a nossa própria crença em um futuro possível que se baseia no amor. E somos convidados a lembrar que os nossos ideais são parte da verdade mais profunda que os nossos corações detêm. Somente isto pode criar a luz que é necessária neste momento para combater a sombra da escuridão que está se infiltrando na vida pública, e somente isto pode nos sustentar, enquanto aguardamos e nos esforçamos para trazer o momento em que o que é ideal pode se tornar real, e quando o que é mais desejado pode se tornar o que vemos ao nosso redor.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Julie Redstone

Fonte: http://lightomega.org/ 

Traduzido por: Regina Drumond Chichorro – reginamadrumond@yahoo.com.br 
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Luz Omega - Julie II - IIVoltar HomeII