TRANSFORMAÇÃO PLANETÁRIA: O MOMENTO EM QUE ESTAMOS
Julie Redstone
2 de Janeiro de 2012
 
Nunca antes na história da Humanidade o tempo trouxe uma mudança tão grande na natureza da realidade física/espiritual para o povo da Terra. Há períodos no passado em que despertaram os mais esclarecidos – os iniciados, os devotos e os seguidores dos caminhos espirituais de vários tipos – mas as mudanças que se apresentam hoje estão afetando a todos, desde aqueles que estão buscando um caminho deliberado e consciente para o Mais Alto, como para aqueles para quem um caminho espiritual é apenas um conceito distante. Todos, em toda parte, estão sendo transformados pelas atuais mudanças estruturais e energéticas nas propriedades físicas da matéria, bem como na consciência.

Este momento de grande mudança continua a passar despercebido pela maioria, pois o cenário dos eventos em grande escala que envolveriam as massas da humanidade não começou de um modo claro ainda, e estes seriam mais influentes na transmissão da mensagem de mudança para muitos, com as suas implicações de que a velha ordem estava sendo substituída por algo novo. No entanto, mesmo sem estas manifestações em grande escala, a transformação da matéria física do planeta para um veículo que possa manter uma vibração mais elevada da luz, começou a mudar o ar que respiramos, preenchendo-o com mais luz, a superfície da Terra com que interagimos, e as maneiras pelas quais estamos predispostos a nos comportarmos uns com os outros.

Estas mudanças que a luz traz, não demonstram uniformemente o amor e a bondade, entretanto, porque a luz traz com ela a função de dizer a verdade que ela mantém, acarreta uma separação de tudo o que não seja da Luz, a fim de revelá-la tanto na consciência individual, quanto na coletiva. Quando isto ocorre, certos aspectos das trevas provavelmente ganham espaço para atuarem no plano físico, correspondendo às motivações internas do coração, mente e vontade.

No entanto, o momento do despertar da humanidade para a Vida maior da qual é uma parte, já começou, e continuará a infundir a consciência humana com um sentimento de esperança além da razão, e da fé além da esperança, o que permitirá que todos nós saibamos, a partir do menos elevado para o mais elevado em estatura e em status, que não há uma única pessoa na Terra que viva separada de qualquer outro, e que não há uma única pessoa na Terra que não surja da mesma Fonte Divina, que é o Criador de tudo.

No meio desta imensa mudança que está ocorrendo, pequenos fluxos já estão corroendo as estruturas outrora sólidas do velho, e no despertar da luz maior, há também a presença das forças de energia que buscam neutralizar a expansão da luz, tanto restabelecendo os velhos modos, como também incitando a consciência, sempre que possível, para o aumento de conflitos e um enfraquecimento do princípio do amor. Embora estas forças não possam, em última análise, dominarem, até que elas sejam derrotadas pela força mais poderosa da luz incorporada, elas são capazes de criar muito sofrimento, confusão, caos e desespero na Terra, e elas continuam a serem capazes de persuadir a muitos de que Deus não é real e que o ser só precisa cuidar de si mesmo.

O momento da transformação está aqui, e em seu despertar muitos serão solicitados a deixar ir as coisas a que se apegaram a partir do medo de enfrentarem o desconhecido. E muito mais será pedido para se acomodarem às novas condições na vida que afetarão os modos nos quais as atividades comuns são realizadas. Esta padronização de nossas vidas diárias que tomamos por certo – de forma diferente, naturalmente, em culturas diferentes – ainda mantém uma linha comum de orientação em direção a uma realidade física dentro do tempo e do espaço com que estamos familiarizados. Todas estas percepções continuarão a mudar enquanto a luz se intensifica. No ar que respiramos virá uma nova brisa que trará aspectos ocultos do mundo invisível do Espírito, e estes aspectos anteriormente ocultos se revelarão para que tenham uma maior influência na vida do que anteriormente se pensava possível.

À medida que nos voltamos para o novo e deixamos ir o velho, o desafio para o coração deve ser o de aprender a permanecer no espaço do amor, não no espaço do medo, e permanecermos firmes em nossa confiança na sabedoria Divina e no amor para nos guiar através das transformações que se encontram à frente. O caminho a seguir pode ser um desafio, em termos dos níveis de dificuldades que ele apresenta, tanto individualmente, quanto para o planeta, mas a possibilidade de fazer a passagem será dada a todos que tenham escolhido estar na Terra neste momento. No nível mais profundo, é uma questão de escolher a realidade de Deus e a realidade do amor, acima e além de tudo, e permitir que desapareçam todos os outros motivos, decisões, prioridades e valores, em relação à importância disto.

Com o princípio do Amor Divino sustentando-a, a humanidade será capaz de enfrentar o que deve ser enfrentado em tempos à frente, e será capaz de encarar cada desafio com uma força da Luz e da Verdade, que não pode ser derrotada por qualquer força contrária que busque extingui-la.

Que toda a vida compreenda que a Luz e o Amor de Deus são as forças mais poderosas no Universo, e que a tarefa de permanecer fiel a estes seja o caminho através de todas as dificuldades em direção ao lar.
 
----.....---==||.....---ooo000ooo--......||==----.....----
 
http://lightomega.org/NL/20110826-Living-With-the-Unknown.html

You Tube – Agora Estamos Livres - http://www.youtube.com/watch?v=rn4cumfOgJk

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
Gostou! Indique para seus amigos.
|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Luz Omega| - |Voltar Home|