luz de gaia  
 
     
EXERCÍCIOS PARA AJUDAR A MELHORAR O SEU ÂNIMO
Mensagem de Louise Hay
7 de Dezembro de 2016
luz de gaia
 
“Ao escolher pensamentos amorosos e alegres, eu crio um mundo amoroso e alegre. Estou seguro e livre.” – Louise Hay

Um dos distúrbios comuns em nossa cultura é a dor emocional. Emoções como a tristeza, a frustração e a opressão têm a mesma energia cerebral (ou química) e todas vêm sob o título de depressão.

Mas o que causa a dor emocional da tristeza, a frustração e a depressão? Às vezes, você sente que perdeu alguém para sempre. Às vezes, você se sente inútil. Em outros momentos, você se sente desrespeitado no trabalho. Você foi tratado injustamente. Você ficará irritado, revoltado, achando que as coisas deveriam ser diferentes. Este mau humor, solidão e irritabilidade são sabores da tristeza. E, então, o seu corpo sente isto. Você fica com raiva. Fica cansado. Movimenta-se com lentidão. Você se vê batendo portas. Pequenas coisas o fazem falar de forma ríspida. Você se critica. Critica os outros. Você olha no espelho e diz: “Eu não gosto de mim mesmo”. Você não consegue descobrir se está triste ou irritado. É difícil saber onde a tristeza termina, a irritabilidade começa e a raiva irrompe.

Nossos sentimentos são uma parte intuitiva de nosso bem-estar, deixando-nos saber que alguma necessidade não está sendo satisfeita. Quando nos sentimos tristes ou com raiva, isto pode nos oprimir, assumir as nossas vidas e tornar os nossos relacionamentos um campo de batalha. Podemos nos prejudicar com a comida, a bebida e com relacionamentos ruins. Muitas vezes, quando estamos de mau humor, sentimos que não somos “suficientemente bons”, porque a depressão, a raiva e a irritabilidade não se referem a estar de mau humor. Elas não se referem a ter alegria e amor suficiente.

Os meses de inverno podem ser um período do ano particularmente difícil, pois muitas destas emoções vêm à tona durante reuniões familiares ou quantidades excessivas de tempo dentro de casa. É fundamental quando estiver se sentindo deprimido (e até mesmo antes), encontrar a alegria e o amor em sua vida, e você pode fazer isto através da prática da gratidão:

- Passe dez minutos todas as manhãs sendo grato por todo o bem em sua vida. Pelo que você é grato? Como você começa cada dia? Qual é a primeira coisa que você diz de manhã?

- Faça uma lista de pelo menos 10 coisas em sua vida pelas quais é grato.

Feche os olhos e pense realmente antes de escrever. Pode levar um mês a escrever isto. Não há problema algum. Não há limite de tempo, e você poderá adicionar coisas à lista, a qualquer momento. O ponto é que é difícil ser grato e estar chateado ao mesmo tempo.

Outro exercício para ajudar a mudar os seus pensamentos e emoções é escrever 50 sentimentos positivos sobre si mesmo. Sei que pode ser difícil escrever sentimentos positivos sobre si mesmo quando você está se sentindo triste, irritado ou deprimido, mas se concentrar no que é bom sobre você ajuda a neutralizar estas emoções. Certifique-se de prestar atenção aos seus sentimentos enquanto estiver fazendo estes exercícios. Há resistência? É difícil se ver em uma luz positiva? Continue, lembrando-se de como você é poderoso.

Em vez de pensar sobre por que você não se ama, se foi porque alguém o magoou, ou porque você esteve em um ambiente que estava cheio de ódio, concentre-se, em vez disto, em amar quem você é, onde você estiver. A chave para transformar problemas de humor, como a tristeza, a depressão e a raiva, é optar por adicionar amor e alegria a sua vida. Porque quando nos amamos, estamos amando as expressões divinas e magníficas da vida que somos. Quando nos amamos, sabemos que estamos entrando em sintonia com o universo e com o amor inerente que flui através da vida. Quando nos amamos, até mesmo durante os nossos momentos mais desafiadores, estamos respeitando e estimando o milagre incrível que cada um de nós é.

Com Amor,

Louise
 
 
  Direitos Autorais:Luz de Gaia

Louise Hay
Site Oficial: http://www.louisehay.com/ - Informações Pessoais: http://www.louisehay.com/about/

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
 
 
 
 
LUZ DE GAIA