Quando Ajudamos Alguém, Movimentamos a Corrente da Energia do Bem João Luiz Spósito 02.05.18

Luz de Gaia - Ajudando Você a encontrar a SUA verdade.

Siga o seu coração que não haverá erro - O Criador/Fonte está em Você.

Assuma o SEU poder.

QUANDO AJUDAMOS ALGUÉM,

MOVIMENTAMOS A CORRENTE DA ENERGIA DO BEM

João Luiz Spósito

02 de Maio de 2018

luz de gaia 

 

É importante refletirmos que alguns, mais do que outros, são constantemente solicitados a ajudar o nosso próximo, de alguma maneira, porém, todos nós estamos de alguma forma ajudando alguém.

Embora muitas vezes não percebamos, em nosso dia a dia, mesmo inconscientes estamos ajudando a alguém, seja através do nosso exemplo, através do nosso trabalho, dos nossos conhecimentos, experiências de vida e até mesmo quando só observamos, porque, muitas vezes, não se manifestar pode ser também uma forma de ajudar o próximo.

Então, é importante também saber que quando ajudamos alguém, nós movimentamos a corrente de energia do bem, que, em algum momento da vida, retornará a nós como forma de ajuda. É um ajudando o outro, sempre.

Importante ressaltar que quando ajudamos alguém não é preciso e nem devemos dar a conhecimento público sobre essas ajudas.

Lembremos do trecho bíblico em Mateus, 6:2: “Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão”.

É preciso liberar a energia de fazer o bem, sem ver a quem e sem esperar reconhecimento, porque tudo que fazemos nesta vida é imediatamente registrado e estas informações não se perdem, mas abastecem o banco de informações universais.

Neste banco de informações estão os nossos créditos pelos atos benéficos que realizamos, porém, também os débitos pelos atos de desamor e maldades, se porventura os cometermos.

Todas estas informações formam o nosso arquivo pessoal, é quem somos nós, é a nossa verdade nua e crua.

Uma verdade que teremos que nos confrontar em algum momento de nossas vidas, quer saibamos disso ou não.

Portanto, se ajudarmos sempre, fazendo o bem, teremos bons créditos a nosso favor e se fizermos o mal, teremos os débitos a pagar, tanto de um lado, como do outro teremos uma bola de neve descendo a montanha, que só aumentará em tamanho e força.

Portanto, o que queremos e criamos para nossas vidas é nossa responsabilidade, tão somente nossa.

Cientes que somos das causas e dos efeitos de nossos atos, devemos nos esforçar em participar sempre da corrente do bem, do amor incondicional, do perdão, da humildade e da tolerância.

Sejam felizes participando e movimentando a corrente de energia do bem.

 

         -.....---==II==----.....-