Luz de Gaia - Ajudando Você a encontrar a SUA verdade.

Siga o seu coração que não haverá erro - O Criador/Fonte está em Você.

Assuma o SEU poder.

O EFEITO ZENÃO:

PENSOU, ACREDITOU E SENTIU?! ENTÃO… SOLTE!

Rosana Bouleh

06 de setembro de 2018

luz de gaia 

Mas quem era Zenão e por que esse fenômeno quântico leva esse nome?

Lembram quando éramos adolescentes que ouvíamos falar: “Solte o passarinho, pois se ele voltar… é porque sempre foi seu!”

É mais ou menos por essa linha que tentarei explicar o efeito Zenão, porém com uma mudança: solte, pois se você pensou, acreditou e sentiu, ele COM CERTEZA, voltará!

Mas quem era Zenão e por que esse fenômeno quântico leva esse nome?

Zenão de Eleia foi um filósofo pré-socrático da filosofia grega. Considerado por Aristóteles como o criador da dialética, ele criava paradoxos, ao invés de contestar direto as teses das quais discordava. Um dos seus paradoxos mais complexos baseava-se em provar que o movimento não existe. Dentro desse contexto, existe o paradoxo da flecha imóvel que consiste em afirmar que uma fecha em voo está a qualquer instante em repouso.

Instigante, não? Mas o que isso interessa a física quântica e a realização dos nossos sonhos?

Bem, esse efeito quântico Zenão, que foi chamado anteriormente de paradoxo de Turing, muitas vezes é interpretado como: “um sistema não pode mudar enquanto você o observa”.

Ou seja, cada vez que nós observamos um sistema ou o medimos, ocorre o colapso da Onda quântica. Calma! Tentarei facilitar: pegaremos, como exemplo, um núcleo radiotivo. Se medíssemos a cada hora quantos átomos decairiam, é muito provável que 50% o teria feito. Porém, se passássemos a medir o decaimento por minuto, ao final de uma hora, somente 1% o faria. É possível, que se continuássemos a observar, nenhum deles decairia. Isso fisicamente indica que a nossa observação constante, congela o estado quântico do sistema.

Em suma, o EZQ (O efeito Zenão quântico) significa para nós que, quanto mais ansiosos pelos resultados, quanto mais pensarmos nele ou falarmos nele, nós estaremos congelando-os! Isso mesmo! Não adianta fazer a fórmula toda: pensar + acreditar = sentir, se você não SOLTAR. È aquela história do carro na garagem… você pediu, imaginou os detalhes, acreditou que ele é real, criou tudo que vai poder fazer com ele e depois sentiu-se feliz por já possuir aquele automóvel. Porém, a cada uma hora vai ver se ele já está na garagem ou, em todas as oportunidades, você fala dele!

Isso significa que está ansioso pelos resultados e ansiedade envia mensagens de carência para o universo, de que algo está faltando e que tem que acontecer.

Jesus Cristo, o maior físico quântico de todos os tempos, já nos ensinava: (Mateus 6:27) “Quem de vocês, por estar ansioso, pode acrescentar um só côncavo à duração de sua vida? Também, com respeito à roupa, por que estão ansiosos? Aprendam uma lição dos lírios do campo, de como eles crescem; não trabalham nem fiam. Mas eu lhes digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestia como um deles.”

Dessa forma, podemos entender que a nossa ansiedade de que o processo se conclua e conceba logo, trava/paralisa a manifestação dos nossos sonhos. E isso pode estar acontecendo com você! Mentaliza, pensa, acredita e de novo… mentaliza, pensa, acredita e NADA! As coisas não acontecem, pois você está travando o processo de criação.

Então, pense na metáfora do passarinho e solte… deixe-o (seu pedido) voar até o universo, que ele voltará, COM CERTEZA, em forma de materialização dos seus sonhos!

Rosana

 

         -.....---==II==----.....-