COMO VOCÊ PODE MUDAR A SOCIEDADE?
Mensagem da Terra canalizada por Pamela Kribbe em
setembro de 2014
 
  Queridas e lindas pessoas, eu saúdo todas vocês. Sou a voz da Terra. Recebam-me em seu meio, pois sou sua mãe. Abram as células de seus corpos para mim, para que eu possa sustentá-las.

Gostaria que vocês relaxassem. E peço a cada um de vocês que faça isto agora. Deixe de lado toda a tensão, todos os pensamentos e preocupações repetitivas que ocupam sua mente; deixe que elas se desvaneçam. Permita que o ar flua através de você e ao seu redor.

Você me é tão querido! Eu o amo muito e o acolho. Confie em mim… coisa que nunca lhe foi ensinada. Na verdade, você foi ensinado a desconfiar de mim. Quando criança, aprendeu muito cedo a contar com a energia e recursos da sua mente para organizar a vida de modo a poder administrá-la.

Grande parte da criação e educação das suas crianças tem o objetivo de tornar a vida gerenciável e fazer com que as pessoas se adaptem a um sistema social já firmemente estabelecido. Este tipo de criação e educação confunde as crianças, porque nelas ainda vive um fluxo espontâneo e intuitivo, que é intensamente conectado com suas emoções, as quais geralmente ainda são bem diretas e rudes. E isto assusta os adultos. À medida que vai crescendo, a criança acaba se tornando cautelosa em relação às suas emoções, ao poder que elas possuem, à paixão que elas contêm, e à sua falta de limites.

Mas será que as emoções realmente não têm limites? Não, as emoções têm sua própria dinâmica. Se deixarmos que sigam seu curso, com o tempo elas encontrarão o equilíbrio natural, por si mesmas. Quando se permite que uma criança desabafe quando está com raiva – porque se sente tratada injustamente, por exemplo – com o tempo ela voltará naturalmente a um estado de silêncio, de reflexão. Às vezes é necessário ajudar a criança a fazer isto, mas o que acontecia muito no passado, e ainda está acontecendo hoje, é que esse tipo de emoção é suprimida e impedida de se manifestar. Quando se faz isto desde muito cedo com uma criança, sua vida emocional natural fica reprimida.

Você é tão pressionado a se tornar um adulto controlado, não acostumado a confiar em suas emoções espontâneas, em seus desejos, cuidados ou paixões, que acaba se tornando alienado das suas motivações mais profundas. Elas são empurradas para um canto escuro, por assim dizer, onde você não ousa ir. No entanto, mais cedo ou mais tarde, o que estava escondido vai querer vir à tona. A voz do seu coração, da sua alma, não será negada para sempre.

Parece que, neste momento, neste dia e época, essa voz da alma está despertando simultaneamente em muitas pessoas. Pode-se dizer que está ocorrendo uma espécie de revolta. As pessoas querem viver, não apenas sobreviver, e não somente organizar a vida, mas participar plenamente dela. Existe a necessidade de uma experiência real, intensa, e isto pode dar origem a grandes oscilações em sua vida emocional.

Você está no processo de retorno ao seu centro, à sua essência, que é tanto celestial quanto terrena. Você carrega dentro de si uma alma imortal, que é infinita, e isto não é algo que possa ser compreendido intelectualmente. Existe esta luz em você que é infinita, que não está limitada por tempo nem espaço, que não está presa a este corpo. Entretanto, esta centelha infinita de luz optou por entrar numa dança com o corpo, comigo, a Terra, e com a natureza. E por que isto? A alma desce ao corpo para vivenciar algo especial, que não pode ser experimentado nos reinos celestiais. A luz quer tomar forma e assumir um corpo para experienciar a vida e a criatividade na forma material e crescer com isto.

Ao tomar uma forma, você se torna visível para os outros e aparece para eles como um ser individual. Passam a existir, então, você e os outros, e também a comunicação entre os seres vivos, além de interação, necessidade de compreensão e possibilidade de divertimento. O fato da alma se manifestar na Terra torna possível a criação com sua incrível diversidade que torna a vida realmente interessante e emocionante – uma aventura! O propósito do encontro entre o Céu e a Terra, da fusão da alma com o corpo, e o objetivo da humanidade é criar e vivenciar a magia desta aventura.

Você pode perguntar agora, como é possível que a vida humana na Terra tenha se tornado um exemplo de controle da vida, de manipulação da vida, causando o sofrimento de muitas pessoas – e da natureza também – sob uma energia repressiva e julgadora. O que aconteceu com aquela magia original, aquela aventura que você podia sentir tão claramente quando criança, e que pertence à criança?

O sofrimento da humanidade e da natureza me deixa triste. Há tanto anseio, tanta dor, tanta emoção reprimida nas pessoas aqui! No entanto, existe esperança. Há mudanças acontecendo. Falo com você que está lendo isto, porque sei que é um pioneiro. Você sente que mudanças estão chegando e que, quando elas se manifestarem através de muitos indivíduos, algo de novo poderá surgir na Terra.

Quero convidá-lo a vivenciar esse sentimento dentro de si mesmo. Vá para dentro do seu próprio ser e siga com sua respiração até o abdome. Conecte-se com a energia brincalhona da criança que existe em você. Essa criança entende de magia e aventura; essa criança confia nas forças maiores; essa criança não precisa dominar e supervisionar tudo com a mente; e essa criança ainda está aí dentro de você – viva – e você não pode matá-la.

Imagine, por um momento, que você vê essa criança e a cumprimenta! Sinta como essa sua criança está conectada comigo. Sinta quanto essa criança sabe que quer estar na Terra e ser uma ponte humana entre o Céu e a Terra. Redescubra a magia e traga-a de volta à sua vida.

O que você pode fazer na sua vida diária para criar uma sensação de magia e aventura? Pergunte à sua criança interior o que ela precisa para vir participar da sua vida. Pode ser algo muito simples, portanto não o transforme numa coisa grande, mantenha-o divertido e pequeno. Sua mente geralmente pensa que tem que acontecer alguma coisa grande para mudar a consciência da humanidade na Terra. Mas eu lhe digo: volte ao que é simples – à magia da criança que existe em você – esta é a resposta. Aí se encontra a sua conexão com os maiores poderes, celestiais e terrenos. É assim que você dá a si mesmo algo que é maior do que você mesmo. Infelizmente, você perdeu a fé nessa possibilidade, mas ela pode ser muito tangível em sua vida.

Muitas pessoas estão lutando para estarem presentes na Terra, especialmente na realidade social. Mas a maneira que essa realidade está atualmente estabelecida, estruturada e determinada por leis e regras, expectativas e exigências, muitas vezes reprime e restringe a sua criatividade. Essa realidade é o oposto da magia e do espírito aventureiro, e geralmente oprime você.

Alguns se sentem tão alienados da sociedade, que duvidam se de fato pertencem à Terra. É precisamente para cada uma destas pessoas que quero dizer: você está em seu Lar aqui, em mim e comigo. Eu sou a alma da Terra e você me ama. Faça a distinção entre a realidade social, com seus conceitos e regras humanos, e a energia da natureza em seu estado selvagem – a energia das florestas, mares, pássaros e flores. Esta é a energia original da Terra, e é aí que está seu Lar. Você entende essa energia e gosta dela. Sinto que você me valoriza e eu o respeito por isto.

Não brigue com a sociedade, porque no momento em que entra numa batalha, você quer agir, estruturar, organizar, e geralmente forçar algo a mudar. Mas muito do que prevalece hoje na sociedade, por meio de controle, de velhos julgamentos e coerção, só pode entrar em colapso através de uma crise. Às vezes, alguma coisa precisa morrer completamente antes que possa ocorrer uma verdadeira mudança. No seu dia-a-dia, você pode sustentar a mudança de consciência na Terra, voltando para a sua fonte, para a criança que existe dentro de você – para a sua originalidade. Ouse vivenciar suas emoções e trabalhe junto com elas; ouse sonhar novamente; atreva-se a ser passional, a acreditar nas possibilidades que a vida oferece, mesmo que a sociedade lhe diga que isto não é possível, que isto não é viável.

Tanta coisa é possível quando você vive a partir do seu coração, quando você ousa confiar incondicionalmente em seus sentimentos. Isto não quer dizer que deva agir de acordo com cada impulso que se apresente, mas que seja sensível àquilo que o afeta e emociona; que se volte para dentro de si mesmo e olhe para sua criança interior, não apenas quando ela está brava, ansiosa ou triste, mas também quando está entusiasmada e apaixonada; que trabalhe com essa criança e realmente se atreva a viver de acordo com seus ideais e motivações mais profundos. Tudo isto acabará mudando a sociedade – não através da luta contra alguma coisa, mas através do retorno à sua própria verdade, ao seu ser original.

Finalmente, peço-lhe que leve sua atenção aos seus pés e sinta como eles tocam o solo. Imagine que respira pelos pés. Cada vez que inspira, você leva a energia da Terra para dentro dos seus pés. Sinta como eles ficam pesados e como eles o carregam. Sinta como você é sustentado por mim, a Terra. Você não precisa fazer isto sozinho. Existem forças maiores que desejam ajudá-lo, que desejam apoiá-lo no caminho da sua alma.

Sinta essas forças por um momento, e perceba a minha força para sustentá-lo. Em seguida, sinta as forças celestiais que também estão aqui em forma de guias, anjos e sua própria alma, embora você não precise saber exatamente como nem o que está aqui, mas apenas experimentar uma força maior que é suave e alegre; uma força que não é crítica com você, mas que tem simpatia e compaixão pelos seus sentimentos.

Sinta, por um momento, esse poder que vem de trás de você e entra em seu coração, peito e ombros. Permita esse apoio, conforto e encorajamento em sua vida. Perceba como a sua mente se torna mais tranquila quando você se sintoniza com essas energias sustentadoras e carinhosas. Confie nos sinais, os sinais que você recebe constantemente do seu corpo e sentidos. Existe um poder mágico na vida que pode guiá-lo, um poder que está focalizado na alegria e na força da criação. É este o poder mágico que transformará a vida na Terra.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
© Pamela Kribbe
www.jeshua.net
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Joshua Pamela  II - IIVoltar HomeII