LIBERANDO O ESFORÇO DA SUA VIDA
Mensagem de Jeshua canalizado por Pamela Kribbe
22 de Novembro de 2007, Tilburg, Holanda
 
Queridos amigos,

Hoje estamos reunidos aqui para lhes trazer uma mensagem de amor e esperança, pois sabemos quantas dificuldades vocês estão vivenciando neste momento. Quem está lhes falando sou eu, Jeshua, mas hoje represento firmemente o aspecto feminino da energia crística.

De uns quatro meses para cá, está havendo um enorme influxo de energia feminina nos domínios da Terra. Esta onda de energia ajuda a criar um novo nascimento, um renascimento, tanto de vocês quanto da Terra. Gostaríamos de falar um pouco mais sobre o desenrolar dos acontecimentos atuais, que freqüentemente criam resistência, desarmonia e insegurança em vocês.

Todos vocês estão envolvidos em uma profunda transformação interior. Esta foi uma escolha consciente que fizeram. Havia um desejo em seus corações, mesmo antes de nascerem, de limpar o passado e abrir espaço para o nascimento de uma nova realidade energética na Terra. Sabiam de antemão que esta encarnação lhes ofereceria as maiores oportunidades de crescimento e cura. Sentiram, antes de começar esta encarnação, que a Terra estava chegando ao final de um longo ciclo de abuso de poder e de destruição.

Vocês fizeram parte deste ciclo, em muitas vidas passadas na Terra, e agora tanto vocês quanto a Terra atingiram um ponto de saída, uma oportunidade para fechar o ciclo e seguir adiante. Foi por isto que quiseram nascer nesta era e neste momento, porque a oportunidade só poderia ser aproveitada vivendo-se na Terra. O ciclo só poderia chegar a um final, se encarnassem mais uma vez e integrassem as energias de todo este ciclo nesta encarnação. Vocês ainda se perguntam por que esta vida é pesada às vezes?!

Antes mesmo de assumirem esta missão de um modo minimamente consciente, vocês têm primeiro que nascer num corpo humano, numa personalidade que é parcialmente moldada por influências externas, tais como seus pais, sua comunidade e a sociedade em que vivem. Durante a infância, ao serem influenciados e praticamente hipnotizados pelas convicções e ansiedades daqueles que os criam,vocês geralmente se esquecem quem são. Em geral são rodeados de energias antigas e severas, provenientes de uma tradição de medo e inconsciência. A energia original de suas almas se apequena e geralmente se oculta por algum tempo.

Agora, a sua intenção para esta encarnação foi se elevar acima destas restrições e se libertar dela. E isto não apenas para si mesmos, mas também para serem uma ponte viva para um novo nível de consciência na Terra. Cada um de vocês está aqui para si mesmo, mas enquanto cresce e evolui, está ajudando a elevar a consciência da humanidade. Vocês estão sustentando o movimento da Terra, como o ser de luz que ela é, e estão contribuindo para os acontecimentos que afetam todo o seu sistema solar e mais além.

Mas, para fazer parte desta transformação e contribuir com ela, vocês tiveram primeiro que encarnar em uma personalidade terrena, com todo o peso da tradição sobre seus ombros, para que lidassem com isso. Vocês realmente são bravos guerreiros! Nós os amamos. E agora atingiram um ponto em que desejam verdadeira e profundamente se libertar do antigo. Vocês não podem mais suportar a energia do passado. Cada um de vocês está no meio de um trabalho de parto; está nascendo outra vez neste mesmo corpo em que vive há décadas, mas agora como um novo Você. Na verdade, você está em um processo de reencarnar enquanto ainda está neste corpo, mas agora como o você mais elevado, o você expansivo que queria conscientemente estar aqui para aproveitar a oportunidade de terminar o ciclo.

O seu desejo agora é permitir que o seu conhecimento interior mais profundo, o seu eu verdadeiro, nasça na Terra e se manifeste com alegria e criatividade. Este desejo radical, mas “predeterminado”, trouxe-o ao lugar onde você está agora. E sabemos que é difícil. Você está se virando de cabeça para baixo, sem deixar de virar nenhuma “pedra” da sua vida, e para os outros, pode parecer que você está caminhando ao ritmo de um tambor intangível.

Dentro de cada um de vocês está havendo uma enorme batalha entre o antigo e o novo. Vocês estão levando o antigo para o túmulo, mas antes que consigam fazer isto, precisarão olhar o antigo nos olhos e fazer as pazes com ele. Do contrário, ele não descansará em paz. Então, vocês precisam aceitar a escuridão que existe em si mesmos e no mundo, antes de poderem se elevar sobre ela e serem livres. Na realidade, não existe tal coisa como a escuridão, mas como vocês se sentem amarrados pelas emoções pesadas de tristeza, medo e raiva, parece-lhes que estão lidando com os demônios das trevas. No entanto, em geral vocês estão lidando com sua própria resistência a encarar esses demônios, a fitá-los nos olhos e aceitá-los como uma presença viável. Eles são uma parte de vocês, a parte que foi ferida, frustrada e mal-orientada. Eles estão chamando-os, para que os reconheçam e compreendam! Vocês são os guias deles, não seus inimigos! Enquanto resistirem a eles, eles continuarão batendo cada vez mais forte na sua porta. Só quando os abraçarem com sua amorosa compaixão, é que eles poderão encontrar a paz e vocês poderão colocá-los para descansar.

Enquanto estão passando por este intenso processo purificador de encarar seus demônios internos e criar espaço para o novo, seus corpos são afetados pelos movimentos da sua consciência. Eles podem reagir de maneiras estranhas, provocando-lhes desconforto e dor, mas, em geral, tudo é passageiro. Tudo é parte do processo purificador. Emocionalmente, vocês passam por altos e baixos e se defrontam com profundos medos e dúvidas, enquanto tudo que lhes era familiar parece escorregar das suas mãos em algum ponto. Vocês têm que se desapegar de tudo isso. Não há como equilibrar o velho e o novo. Este é verdadeiramente um novo começo. A única bússola pela qual podem se orientar é a sua própria alma. Os trabalhadores da luz, principalmente, que são os pioneiros, encontrarão pouco ou nenhum apoio e reconhecimento do ambiente ao seu redor. Cada um de vocês tem que contar consigo mesmo. No fundo, vocês sabem para onde estão se dirigindo, pois planejaram isto antes de nascer. Seus instintos e conhecimentos inatos nesta área os levarão ao lar.

Como seres humanos vivendo na Terra, vocês foram hipnotizados pelo padrão de crença coletivo e pela energia traumatizada que envolve a Terra. O conceito humano coletivo a respeito da vida cultiva a idéia de que a vida se relaciona com esforço e sofrimento: “Você tem que lutar para sobreviver; você não pode confiar no seu colega humano; você precisa estar atento o tempo todos.” Todas estas crenças e estruturas emocionais estão vindo à tona, principalmente agora que vocês querem se libertar delas. À medida que desejam confiar e se entregar, todos os seus hábitos de desconfiança e controle começam a levantar suas cabeças em protesto. À medida que desejam se abrir e expressar sua inspiração mais íntima, o medo e a rejeição parecem bloqueá-los e calá-los. Estão ocorrendo muitos conflitos internos, causando caos nas suas mentes e corações. Os velhos padrões de pensamento não morrem com tanta facilidade, pois estão incrustados no seu modo de ser. Este é um processo gradual e vocês estão se movendo para frente. A chave da qual devem se lembrar é que não se pode superar o antigo através do esforço ou da luta.

Liberando o esforço

Vocês passaram por muitas vidas na Terra, nas quais a luta foi sua marca registrada. Muitas vezes tentaram acender a luz da consciência na Terra e muitos de vocês foram inspirados pela energia Crística de alguma forma, sendo profundamente tocados pela visão de um mundo melhor, baseado na igualdade, paz e harmonia. Ao mesmo tempo, estavam profundamente envolvidos na luta: geralmente sentiam que eram diferentes e tinham que encontrar o seu próprio modo de vida. Tinham que se esforçar para entender a si mesmos, e depois se expressar num mundo que parecia seguir um ritmo totalmente diferente. Vocês eram “estranhos”, por assim dizer; viviam à frente do seu tempo e, em muitas encarnações, foram perseguidos ou rejeitados violentamente devido ao seu modo diferente de enxergar as coisas. Assim, para vocês, a espiritualidade e a luta parecem andar de mãos dadas.

O que é pedido a cada um de vocês agora, é que libere esse esforço. Esta é uma época diferente. Esta é a sua época. Você não está aqui para lutar ou se defender, nem para convencer ninguém. Está aqui para se libertar e se entregar ao nascimento de Você, do seu Eu Superior, que estava esperando que isto acontecesse.

Muitos de vocês sentem muito esforço e resistência em suas vidas, como se as coisas não estivessem fluindo facilmente. Se este é o seu caso, você precisa se aprofundar ainda mais em si mesmo e relaxar dentro desse Ser Interior ilimitado, que não é deste mundo. A energia da sua alma está à sua disposição e pode ajudá-lo a se lembrar por que você está aqui agora. Lembre-se como você sabia claramente, antes de mergulhar nesta encarnação, que esta seria uma encarnação profunda e significativa, incluindo as frustrações e dificuldades. Lembre-se que você não veio aqui para lutar, mas para liberar a luta e o esforço e voltar para o Lar. O Lar é aqui e agora, onde a sua consciência se encontra. Onde quer que você esteja, existe a possibilidade de se libertar e liberar o esforço e a luta. Você pode aceitar o espaço onde se encontra neste momento e se desapegar das expectativas. Este é quem você é agora. Coloque-se atrás de si mesmo e conforte-se com o conhecimento de que está muito próximo daquilo que veio fazer aqui. Para chegar lá, você só precisa desistir da sua resistência, da idéia de que precisa chegar em algum lugar através do esforço. Vocês estão tão amarrados ao conceito do crescimento através da dor, que realmente pensam que estão fazendo um bom trabalho quando estão sofrendo, dando duro ou se esforçando, no seu processo de crescimento espiritual. No entanto, principalmente quando se confrontam com energias pesadas e densas do passado, a solução é encontrar o ponto de quietude dentro de si mesmos. Não é “não fazer nada”, mas recolher-se num ponto de neutralidade, de consciência neutra, “apenas sendo”. A partir desse ponto, vocês olharão para si mesmos e não tentarão mudar nada. Simplesmente se permitirão ser.

Uma das coisas que fazem parte do seu último ciclo de encarnações e que ainda estão agarradas em vocês é uma energia forte, masculina, de “fazer”. Muitas vezes vocês foram “guerreiros da luz” que desejavam mudar as coisas para melhor, com muito entusiasmo e paixão. E nisso também foram um tanto autoritários. Agora é pedido a essa energia masculina, voltada para a ação, que se aquiete e entre em um novo equilíbrio com o lado feminino. O aspecto feminino, neste contexto, é o portador da leveza, calma e alegria. Ele lhes diz para seguirem o fluxo dos seus sentimentos, para não focarem demais os resultados, mas sim aquilo que lhes parece certo no momento.

Ao permitirem que a energia feminina entre, vocês vão se perguntar como os fluxos de doar e de receber se relacionam entre si, em suas vidas. Podem vocês fazer o que lhes parece certo, sem se preocuparem com as expectativas das outras pessoas ou as suas próprias exigências internas a respeito de vocês mesmos? Podem realmente cuidar de si mesmos e lhes oferecer tudo aquilo que verdadeiramente desejam em suas vidas? Estas não são perguntas típicas de um trabalhador da luz. Vocês têm se concentrado demais no mundo exterior, desejando mudá-lo, melhorá-lo, etc. “Qual é a minha missão na Terra?” e “Como posso contribuir para um mundo melhor?” – estas são as suas perguntas favoritas. E geralmente abordam estas questões com uma atitude guerreira, que já se tornou parte da natureza de vocês. Para a maioria de vocês, a idéia de que também estão aqui para cuidar de si mesmos, aproveitar e seguir o fluxo da vida, é difícil de engolir! Se você se reconhece nisto, quer dizer que realmente existe um desequilíbrio entre dar e receber na sua vida. Você está doando demais.

Se estiver doando muito, trabalhando pelo bem dos outros e sentindo-se muito responsável pelas necessidades deles, então você está freqüentemente se esforçando e “fazendo” demais. Você tem dificuldade para receber e está perdendo de vista a sua própria condição de ser humano. Provavelmente vai acabar frustrado e vazio. Para equilibrar as energias masculina e feminina, você precisa alcançar aquele fluxo de vida em que se sente inspirado e feliz com o que faz, sem se sentir pressionado a fazê-lo. A pressão indica que você não é livre, que está preso aos resultados. Sempre que sentir pressão, retire-se e vá para a quietude interna.

Especialmente nestes meses – na verdade durante toda a segunda metade de 2007 - muitas coisas estão mudando no nível interno dos trabalhadores da luz e você pode achar difícil encontrar o modo correto de se expressar ou de se manifestar neste momento. Em tempos como este, é mais fácil, leve e sábio permanecer calmo e não fazer demais. Simplesmente sinta o que está se passando no seu interior. Este novo nascimento que você está vivenciando pede muito de você em todos os níveis – emocionalmente, mentalmente e fisicamente – então talvez este não seja o momento de se expressar abundantemente no mundo exterior. Aqui, a chave é entregar-se, e isto é o que a energia feminina realmente é. Você está no caminho certo e podemos lhe assegurar que as mudanças pelas quais está passando não podem acontecer mais rápido do que já estão acontecendo. Principalmente quando você se sente “empacado” e parece que as coisas não estão mais correndo suavemente, isto quer dizer que está havendo grandes transformações no nível interno. Confie nisto e, pelo menos uma vez, pare de se analisar constantemente! Vá com o fluxo e confie.

Pense no nascimento físico de uma criança. Forças primárias da natureza guiam este processo. Você não pode controlar estas forças, não pode decidir quando vai ter uma contração, mas pode resistir ou fluir com elas. Fluir com elas significa permitir que a dor da contração passe por você, confiando que daqui a pouco ela vai amainar e você vai poder tomar fôlego. O que pode fazer é se alinhar com o fluxo interno dos seus sentimentos e assim tornar todo o processo mais fácil e suave. Então, em vez de se julgar de um ponto de vista externo, medindo-se com base em todo tipo de expectativas e exigências, sinta o que realmente está acontecendo no seu interior. Sinta a verdade disto e veja como a sua realidade externa reflete isto de um modo adequado.

Agora eu gostaria de convidá-lo a viajar um pouco comigo. Quero levá-lo para uma realidade futura, que poderá ajudá-lo a se sentir mais relaxado e confiante no Agora. Simplesmente viaje comigo na sua imaginação. Vamos visitar a Nova Terra.

Visitando a Nova Terra

A Nova Terra é uma realidade energética que pouco a pouco está adquirindo uma base mais sólida, graças ao trabalho interior de todos vocês. Agora, vamos entrar nesse mundo e penetrar na sua energia. Imagine-se caminhando por uma linda floresta, com belas árvores antigas e sentindo uma brisa suave em sua pele. Você sente como os pesos do seu passado e os pesos do seu presente caíram dos seus ombros. Você é um você diferente. Você já nasceu nesta Nova Era. Você se sente leve, com um conhecimento interior claro, e percebe que tudo teve um sentido. Você aprendeu com tudo o que passou, e sua alma tornou-se profunda e sábia por causa disso. Você se sente leve e confortável, e seu coração está aberto, em alegre antecipação. Você gosta da natureza e, ao sentir a terra sob seus pés, sente paz e calma. Alguma coisa mudou no planeta. Agora as pessoas aprenderam a viver em paz e harmonia
com a natureza.

Agora você está se aproximando de um povoado, uma pequena comunidade, numa área aberta que se funde naturalmente com a floresta. É aqui que você mora. Você sente seu coração se abrir e repara nas pessoas que moram aí com você. São seus amigos e companheiros de alma. O seu parentesco é antigo, vocês se encontraram em muitas vidas e eles são como irmãos e irmãs para você. É sempre uma bênção estar com eles. Você não precisa fingir nem se esconder na presença deles; você pode simplesmente ser quem você é. Vocês todos se entendem facilmente e conversam uns com os outros quase telepaticamente, usando pouquíssimas palavras. Você também tem a sua própria casa aí. Dê uma olhada nela. Em algum lugar desse povoado há um canto só para você e você vai lá agora e observa alguns detalhes da sua casa. Ela é grande ou pequena? De que materiais é feita? E especialmente… como você se sente nesta casa? A Terra lhe ofereceu os materiais para construí-la. Sinta como as cores, os materiais e a vista o alimentam. Esta casa é uma extensão energética de você mesmo. Sempre que sente necessidade de se afastar, você se senta nesta casa. Ela lhe permite entrar em conexão com o seu próprio Ser, enquanto é sustentado pela Terra em segurança.

Agora vamos dar uma olhada mais de perto no grupo de pessoas com as quais você está envolvido. No meio deste povoado há uma praça, onde as pessoas se encontram e se reúnem para atividades em comum. Esse lugar mantém a “energia do junto” e alguma coisa está acontecendo ali neste momento. Vamos ver do que se trata. Você se aproxima da praça com uma sensação de curiosidade e as pessoas o acolhem com um sorriso aberto e amoroso. Há um grande círculo de pessoas de mãos dadas e duas imediatamente abrem espaço para você participar também. Você sente uma energia profundamente vibrante percorrendo o grupo do qual faz parte. Sente a unidade, o companheirismo e a alegria de terem conseguido realizar isto juntos. Agora vocês são os habitantes da Nova Terra e há muitas coisas para fazerem. Vocês estão envolvidos em várias atividades, na área da construção, da plantação de alimentos, da comunicação, da cura – em qualquer área em que tenham competência. Mas todas as atividades são realizadas dentro de um clima de harmonia que tudo permeia. Nenhuma luta, só paz. Vocês se deixam guiar pela intuição do momento. Também há bastante espaço para brincar e relaxar.

Aqui estão vocês juntos, e podem sentir como cada um passou por aquele processo de nascimento que foi descrito hoje. Uma identidade antiga deu lugar a uma nova presença. Vocês nasceram na luz da Nova Era.

E agora você ouve um chamado. Enquanto está lá, junto com seus irmãos e irmãs, você escuta um chamado vindo da velha Terra. É o seu próprio chamado, que vem do presente, deste local onde estamos sentados hoje. Enquanto estamos aqui, todos juntos, algumas vezes você pode se sentir cansado e exausto pela intensidade do seu processo de nascimento. Então pode pedir ao seu eu futuro e à sua família de alma, que estão “lá”, que lhe dêem sustentação e amor. O você do futuro pode sentir este apelo e tem a capacidade de enviar amor e sabedoria para o antigo você. Feche os olhos e faça isto por uns instantes. Seja o seu eu futuro e envie amor para o seu eu presente. E poderá sentir que a energia do grupo da realidade futura sabe exatamente o que cada um de vocês precisa neste momento, pois eles foram vocês e passaram por aquela noite escura da alma.

Agora mudem o ponto de vista e voltem para o presente. Estejam no lado que recebe. Aceitem o amor e consolação que vêm de suas famílias de alma, e rejubilem-se com o fato de realmente terem “conseguido”. Sintam o respeito que eles lhes dedicam, pois vocês são aqueles que perseveraram e mantiveram a fé em si mesmos, enquanto davam à luz a Nova Terra. E agora, cada um pergunte ao seu eu futuro se ele tem uma mensagem para você. O que é importante que você saiba agora? Deixe que a resposta venha a você facilmente, suavemente. Não são necessárias palavras, nem imagens; simplesmente sinta a energia. Visualize como o seu eu futuro toma as suas mãos e fita-o profundamente nos olhos, transmitindo-lhe esperança e confiança. Sinta como você realmente pode liberar, seguir o fluxo das contrações do trabalho de parto, e tome um tempo para integrar e ancorar as novas energias.

Nós acreditamos em você! Dedique-se a um dia de cada vez e ouse ser verdadeiramente doce e gentil consigo mesmo. Toda vez que se torna duro consigo, sendo impaciente e crítico a respeito de si próprio, você escorrega de volta para a antiga energia e para o esforço. Você pode liberá-lo agora; o momento é propício para gentileza e bondade para com você mesmo. Seja a face da compaixão por si próprio, e a sua radiância abençoará os outros também. Seja o anjo que você é e tudo o mais se encaixará no seu devido lugar.
 
++==))0((==++

© Pamela Kribbe 2008

Tradução de Vera Corrêa 
veracorrea46@ig.com.br -

Revisão de Luiz Corrêa

Direitos Autorais Pamela Kribbe - A permissão é concedida para cópia e distribuição deste artigo na condição de que o endereço www.jeshua.net,  esteja incluído como recurso e que ele seja distribuído livremente.    E-mail: aurelia@jeshua.net 

 

Gostou! Indique para seus Amigos

|Topo da Página|   |Voltar Menu Pamela|   |Voltar Home|