NOVAS ENERGIAS EM UM MUNDO VELHO
Mensagem de Maria Madalena canalizada por Pamela Kribbe,
15 fevereiro de 2019
 
LUZ DE GAIA
  Queridos e corajosos homens e mulheres,

Saúdo todos vocês. Sou Maria Madalena. Estive aqui na Terra em uma época de mudanças, uma época em que muitas pessoas estavam procurando uma saída de uma situação limitadora. A Terra estava, então, envolvida por uma energia que reprimia e desvalorizava as pessoas e lhes dava uma sensação de desmerecimento, de indignidade. Esse véu está se afinando agora, mais luz está vindo do alto, e essa luz vem da alma de cada um de vocês, a qual se mantêm fora do véu.

Ao encarnar na Terra, você se despede do seu eu maior, daquele que você realmente é. Você mergulha num mundo com estruturas de pensamentos e sentimentos que não são os da sua alma. A partir do mais profundo do seu ser, procure sentir de onde você veio, e como esse reino é infinito e abrangente. Sinta sua energia e puxe-a através do véu, porque você pode fazer isso. Você tem a capacidade de lembrar-se de quem você era e ainda é, dessa simplicidade e felicidade completa. Você não precisa se adaptar às estruturas que não são suas; você pode vivenciar a liberdade.

Imagine, simbolicamente, que você abre suas asas, como um grande pássaro, ou, talvez, um anjo. Como são essas asas? Que cores brilham e cintilam? Sinta o poder dessas asas! Você pode voar e muitas vezes faz isto em sua imaginação. Você não está sempre aqui na Terra, nestas estruturas feitas pelo homem; você viaja frequentemente. Você é sensível e sente as energias que não se encaixam nestas estruturas mundanas.

Você é visionário e vidente. Sinta, por um momento, o que estas palavras evocam em você, porque existe um velho tabu em relação a ser assim. Entretanto, saiba que existem duas razões para se enxergar através do véu, para observar o que é essencial e fala com você. O primeiro motivo de sentir-se compelido a fazer isto é o seu desejo de lembrar-se de quem você realmente é enquanto está nesta vida. Você não quer viver encoberto pela névoa espessa, você deseja ser autêntico consigo mesmo, experimentar a verdade, e dar passos decisivos no seu caminho interior como alma. Portanto, existe em você esse grande desejo de atravessar a neblina e avançar em direção ao que é parte da essência.

O segundo motivo desse impulso interior é o fato de você ser um precursor, um pioneiro em consciência. Você também está aqui para doar algo para os outros, para permitir que sua luz se irradie para o exterior, para superar as confusões, as dores e os medos nos quais a humanidade vive. Ainda existe um véu sobre a Terra e, embora ele esteja começando a tornar-se mais fino, existe uma necessidade de pessoas fortes como você, que deixem sua luz brilhar, para servirem de exemplo para os outros, a fim de que a névoa se dissolva.

É isto que você é e – como um precursor para outros – é isto o que sua alma queria alcançar nesta vida na Terra. Você experimenta o caminho para os outros seguirem, e com isto quero dizer que você não se encontra acima dos outros, mas próximo a eles. Você é o caminho, e então é intensamente desafiado a remover os obstáculos em sua vida, para penetrar profundamente na essência da vida e, assim fazendo, iluminar também o caminho para os outros, porque você é um exemplo para eles. Sinta a verdade destas palavras por um instante, e perceba como elas se aplicam a você.

Posso penetrar profundamente em seu ser, porque você está aberto para o que está do outro lado do véu. Você é um portador da luz; você está introduzindo uma nova era, e o que você chama de canalização cria aberturas na névoa espessa que envolve a Terra e que está preenchida por pensamentos amedrontadores e sombrios. Cada vez que ocorre uma abertura e mais luz consegue fluir por essa névoa, mais alegria preenche a atmosfera da Terra, e há mais esperança e encorajamento. E então as pessoas ficam mais dispostas a fitar os olhos umas das outras, a se darem as mãos, e a se reconhecerem umas nas outras – e este é o propósito desta canalização.

Você é um canal terreno e pode criar uma senda ao trilhar o caminho que leva à lembrança de si mesmo. Quando está aberto e entregue a esse caminho, energias externas à atmosfera terrestre vêm para sustentá-lo e fortalecê-lo. Estas energias, ou guias, podem ajudá-lo em seu próprio processo pessoal e, além disto, algumas delas querem transmitir alguma coisa para outras pessoas. Quando se reunir com outros, sintonize-se com essa corrente que transcende suas ideias pessoais e seu intelecto, de modo que novas ideias possam tomar uma forma mais universal. Este é um passo muito importante em direção à nova realidade. Sentir essa conexão com sua alma, com seu eu superior, que transcende a Terra e que sobrevive ao seu corpo, é um sinal de ser mentalmente saudável.

No mundo da alma, que é o seu lar natural, vivem muitos outros seres, inclusive guias e mestres, cuja missão sincera é ajudar a humanidade na Terra. Portanto, é natural e belo quando você, em colaboração com tais luzes orientadoras, transmite informações, calor e compaixão na Terra. Mas descobrirá que, uma vez que dê os primeiros passos nesse caminho, muito medo surgirá em você. Uma coisa é buscar sua própria libertação interior, seu próprio caminho pessoal; mas apresentar para outras pessoas sua sabedoria e conhecimento, relativos à energia etérea e à transformação interior, pode lhe causar profundo medo e resistência. Você, então, colide com opiniões e pontos de vista modernos sobre a vida.

Existem muitas razões profundas para estes trabalhos de energia – canalização, sensitividade, clarividência – terem sido vistos com suspeitas e terem encontrado resistência e rejeição no passado. No momento atual, essas suspeitas tomam a forma de uma ciência racional e autoritária, que afirma ter adquirido conhecimento objetivo do mundo e, portanto, rejeita o âmbito do sentimento e intuição como ilusório e subjetivo demais.

Mas existe uma tensão mais profunda na raiz dessa rejeição. Existe nas pessoas – e certamente naquelas em posição de poder – um grande medo de abandonar o controle. Muitas estruturas e hierarquias na Terra são baseadas no poder e controle, e aqueles que possuem o poder querem mantê-lo assim. Quando as pessoas começam a pensar por si mesmas – com base no que elas sentem ou desejam – isto é percebido como um perigo para a ordem existente. Há um certo apego ao poder no mundo humano, uma força reacionária que se opõe à mudança.

Você colide com esses poderes quando se levanta como indivíduo, quando segue seu próprio caminho e espalha sua mensagem no mundo. Na sociedade de hoje, pode não ser mais o caso de haver um ditador, ou um poder militar ou eclesiástico que o retenham, mas os padrões de medo, controle e poder acabam se internalizando nas pessoas, e assim você pode ser um alvo de rejeição da família, vizinhos ou patrão. E esta rejeição é amplamente baseada no medo, do qual brota a necessidade de controle, que tenta sufocar ou dissipar essa energia emocional.

O que se pode fazer a respeito da rejeição? Como encontrar um caminho através dessa rejeição em sua própria vida? Primeiro, quero que você compreenda quem você é, que você é um pioneiro no campo da consciência, que você é importante, destemido e corajoso, e que você já mostrou muita resistência às velhas energias que desejam atrai-lo de volta aos padrões antigos. Conscientize-se da sua própria coragem e perseverança. Agarre-se firmemente à sua inspiração, ao seu desejo, que são o motivo de você estar aqui e de estar vivendo sua vida como vem vivendo. Ao reconhecer sua própria grandiosidade e coragem, você já está dando um importante passo adiante. Não se permita ser modificado pelos ditames da sociedade; mantenha-se firme!

O passo seguinte é sentir onde sua energia é verdadeiramente bem-vinda, e então se deixar guiar por esse sentimento. Existem inúmeras pessoas neste mundo que precisam do que você tem para oferecer, que precisam exatamente daquilo que o torna único. Existem aberturas no campo de energia da Terra, e movimento e mudança no pensamento coletivo. Deixe-se guiar, pois a intenção não é você lutar contra a ordem existente, mas manter-se forte em seu próprio campo energético, guiado pelo que é bom e seguro para você; onde possa prosperar e se desenvolver, e não mais sentir necessidade de se esconder. Tais possibilidades e lugares existem agora aqui na Terra; essas pessoas estão aí.

Use sua intuição e abandone a ideia de desmerecimento, de indignidade. Não se trata de “ter que fazer o seu melhor” e “ter que provar a si mesmo”; trata-se de sentir onde você é bem-vindo, onde você não só doa e compartilha, mas também recebe inspiração e abundância em troca. Sinta o equilíbrio! Veja-se, por exemplo, em pé, num campo ou numa cidade, no meio de pessoas. Mantenha seus pés pisando firmemente o solo; permaneça ereto neste mundo! Sinta como você é diferente e como é certo divergir do que é velho, e seguir um caminho novo, o caminho do seu coração e dos seus sentimentos. Faça-se grandioso e sinta, sob seus pés, o poder do planeta que o sustenta.

Ao fazer isto, você irradia sua luz sobre a Terra como uma transferência energética, e faz isto com tranquilidade. Não reter mais sua energia, seu brilho natural, é um enorme passo à frente! Você pode despender muita energia restringindo seu próprio brilho e força – mas agora você os libera! Sinta quanta paz o envolve quando você não tem mais que se posicionar de maneira restritiva, e precisa simplesmente estar aqui e manter-se firme e ereto. Deixe que toda essa onda de energia se espalhe pela Terra. A Terra pode se conectar com a sua alma aqui; este é o seu propósito de vida.

Agora quero pedir-lhe que se concentre no tipo de energia que gostaria de fluir através do seu coração para o mundo. Sinta essa energia por um instante e tente colocá-la cuidadosamente em palavras. É uma energia de bondade e cura? Ou uma de clareza e determinação? É uma energia mais do tipo feminino? Ou mais do masculino? Talvez você possa, inclusive, perceber se essa energia é mais do que apenas a sua própria, ou se existe algo ou alguém ao seu lado que fortalece esse processo. Aproveite essa energia, porque agora você está conectado com sua essência e com seus mestres, guias ou energias com as quais trabalha e que estão alinhadas com você. É uma verdadeira colaboração, quando você não se sente separado deles e quando sente que todos são parte essencial deste canal.

Finalmente, gostaria de lhe perguntar: o que mundo deseja lhe dar, como uma bela e boa resposta positiva, em troca do que você tem a oferecer? Do mundo, da atmosfera da Terra e da humanidade, retornam para você energias que falam de validação, reconhecimento e gratidão. Veja se consegue receber isto.

Desta forma, você completa o círculo. Você forma um canal através da espessa névoa, através do véu, e se expõe totalmente. Você percorre o caminho interior para a libertação para além do medo e então irradia sua luz para fora. Você forma um canal com outros, toca-os com a sua energia, e recebe energia em troca. Você é um ser humano que participa de dois mundos: o da Terra e o do Céu, onde sua alma reside e de onde ela vem. Como ser humano terreno, você tem a necessidade de receber, para que se sinta bem aqui; receber em troca do que você é e doa. Abandone quaisquer ideias de desmerecimento e seja o centro radiante de doação e recebimento deste círculo.

Sinto-me profundamente conectada com você e respeito sua coragem! Eu o amo ternamente. Muito obrigada.

Maria Madalena
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
© Pamela Kribbe
www.jeshua.net
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Joshua Pamela  II - IIVoltar HomeII