PÁSCOA
Mensagem de Josheph ben Jacob através de Judith Coates
(Originalmente publicado em abril 1998)
 
Meus bem amados amigos, que a paz esteja com vocês. Eu sou aquele conhecido como Josheph ben Jacob (José filho de Jacó) conhecido como pai de Joshua, Jesus, e eu lhes desejo Paz e alegria nesta data de celebração (Páscoa). Verdadeiramente esta é uma data de celebração e revelação por que Joshua (Jesus) quebrou as fronteiras da compreensão limitada do que a experiência humana pode ser.

E saibam que é por isto que ele é lembrado com honra e reconhecimento nesta época. E por que vocês relembram a história da páscoa? Precisamente vocês estão buscando lembrarem-se de que são também livres das crenças limitantes humanas de que o corpo morre e deve ser enterrado para tornar-se pó.

Esta era uma crença que eu também partilhava em minha época, por que não conhecia nada sobre a ressurreição do corpo. Quando vivi como José (pai de Jesus) nada conhecia sobre ressurreição do corpo. E já não estava mais encarnado para ver e participar da experiência da ressurreição do corpo de Jesus.

Foi dito a todos que Jesus seria o Messias para nosso povo. Eu conhecia as profecias e vivia as profecias; eu as via realizadas enquanto Jesus crescia em sabedoria e altura.

Eu soube quando ele retornou de suas viagens ao exterior de que as profecias seriam cumpridas, por que o que ele partilhava conosco em casa antecipava a libertação da escravidão humana em relação à compreensão de si mesmo e de sua imagem. Mas não estava no meu acordo ficar encarnado para vê-lo ressurgir da tumba.

Agora me digam, perdi aquela experiência? Não, não a perdi. Como já lhe falei anteriormente, quando se deixa o corpo, após a morte, vamos para uma experiência luminosa, onde nossa consciência se expande e temos pleno conhecimento do que se passa com aqueles que amamos. Você pode ver dentro desta consciência ampliada onde eles vão e o que lhes acontece, e sentir em seu coração tudo que lhes acontece, não existe separação.

Você segue a sua LUZ

Deixar o corpo não significa que cortamos ligações com aqueles que amamos e com tudo que eles estão vivendo. Quando saí do corpo tive uma consciência ampliada da LUZ, na verdade o túnel de luz e a luz no final dele é apenas você mesmo. É para a sua LUZ que você retorna. Quando se deixa o corpo e se sente que é aquela LUZ, você vai instantaneamente para ela.

Quando deixei o corpo aceitei um estado de expansão luminosa, eu queria conhecer a PAZ. Por que havia feito muitas viagens no corpo antes do desligamento final. Então me vi sentado ao lado de uma cachoeira cujas águas fluíam limpas e calmas. Então me recostei e descansei ali pelo que me pareceu pouco tempo. Então me veio um pensamento de que gostaria de saber o que minha amada Maria estaria fazendo, com aquele pensamento instantaneamente, estava ao seu lado. Podia ver onde estava, o que estava fazendo. Podia ver as crianças e o que estava vivendo e como estavam se sentido.

Então eu soube uma semana antes da demonstração da ressurreição de que Joshua havia compreendido, reconhecido e solicitado sua UNIDADE com o PAI. Também senti seus momentos de dúvidas sobre ele mesmo e sua força. E soube que ele havia vencido todas as dúvidas e estava cheio de LUZ.

Quando ele deixou o corpo e foi levado para a tumba, lavado, oleado e envolto nos panos e lacrado nela, ele teve uma experiência que vocês podem ter se quiserem, que foi a de olhar o corpo de cima. E acompanhou todo processo daqueles que o acompanharam durante o sepultamento e sentiu toda a confusão de seus sentimentos e o sofrimento dos que o amavam naquele momento.

A liberdade para expandir

Mas ele também sentiu a liberdade de expandir-se na LUZ que ele era. E se viu junto aos outros mestres que ele havia conhecido antes e mesmo enquanto no corpo humano. Havia muito júbilo, celebração, grande amizade, muito amor e muitas informações foram trocadas naquele momento. E quando Joshua pensou em seus entes queridos, pensou em mim, veio até onde meu estado de consciência estava e então, ficamos juntos com prazer e júbilo, partilhando nossas saudades e amizade.

E agora na Terra é tempo de Páscoa, e hoje pode ser a sua ressurreição, você não precisa esperar o dia de deixar o corpo definitivamente e ordenar em direção à sua LUZ, para entrar no túnel de LUZ. Na verdade, todos os dias vocês experimentam a entrada em um túnel de luz quando dormem. Mas quando vocês se permitirem ter a experiência expandida de Quem realmente são, vocês perceberão sua verdadeira LUZ. E todos os dias experimentarem sua própria ressurreição e perceber cada vez que vocês aumentam sua consciência sobre assuntos que antes sua consciência e compreensão eram restritas, sobre julgamentos fracos sobre vocês e sobre os outros.

Um dia de grande Júbilo

Hoje é um dia de grande alegria, por que você já está liberando as limitações que a sociedade, família, amigos vêm lhe impondo, para ser quem vocês verdadeiramente são. Vocês já estão no processo de pedir sua própria ressurreição mesmo estando ainda encarnados. Vocês já escolheram admitir para si mesmos que isto é possível. E saibam que logo após esta escolha e reconhecimento mental, vem a realização e ativação da ressurreição.

Vocês não precisam ficar presos à crença de que o corpo é tudo que existe. E, vocês já têm conhecimento e comungam com seres que deixaram seus corpos, e também vocês se comunicam e sabem de seres que tiveram seus corpos ativados poderosamente de forma que vocês pensariam que estaria distante de vocês. E até de seres de locais muito distantes daqui. Mas vocês encontraram meios de se comunicar com eles e chamá-los bem dentro de seus corações de forma bem mais acurada e próxima que seus atuais telefones. Antes mesmo de apertar as teclas do telefones vocês já os chamaram.

Permitam que esta páscoa seja significativa para vocês. E de fato, quero perguntar-lhes: - para que celebram um dia do ano como dia sagrado, dia da revelação, da ressurreição se no dia seguinte permanecem na mesma rotina, sem efetuar mudanças em seu self (SER), mantendo a mesma imagem dos dias anteriores? Quero perguntar-lhes, por que celebrar o dia da Páscoa como dia da vitória, e no dia seguinte dizem, Oh! está bem, de volta as mesmas velhas coisas? Vocês não precisam mais voltar às velhas crenças. Na verdade, uma vez que vocês tenham compreendido o significado da Páscoa, não pode mais retornar á velha maneira de pensar. Então, quando cumprimentar seus colegas de trabalho, os amigos com quem se associa, e seus amores com quem partilha a vida, permitam-se a liberdade de uma nova imagem, veja-os como o Christo, o Christo ressurreto, e percebendo também a sua ressurreição. Sabendo que a ressurreição de ambos será percebida logo mais a frente.

Vocês estão muito próximos da percepção de suas ressurreições, isto está logo à sua frente.

Hoje lembrem-se da Ascensão de Christo, lembrem-se de Jesus, por que vocês o elegeram como exemplo para lembrarem-se de Quem vocês são. Lembrem-se dos outros que também ressurgiram, que espiritualizaram seus corpos, sabendo que o corpo é a condensação da energia da Luz e do Christo. E Lembre-se do Christo Ascenso que vocês são. Vocês não mais precisam permanecer na sua antiga compreensão limitada. As fronteiras foram alargadas e vocês estão prontos para reconhecer seus Christos ressurgidos bem dentro de seus corações.

Levantem-se e andem meus amigos!!

Que a paz esteja com vocês!!

Josheph ben Jacob
 
.....ooo00000ooo.....
Direitos Autorais 2007 Universidade Oakbridge. O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço: www.oakbridge.org

Tradução: Vania de Moura Carvalho Mendes <mendesmcvania@hotmail.com>

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Jesus/Yeshua - Judith|   |Voltar Home|