QUAL É O SEU MAIOR DESEJO?
Mensagem de Judith Coates
25 de Novembro de 2016
 
luz de gaia 
 
  Amado, vamos falar agora sobre o seu sagrado Filho e o que realmente lhe importa. Eu senti a sua energia. Senti a energia dos irmãos e irmãs neste momento. Há muita confusão. Há muita tristeza. Há muitos que tentam fugir das ideias e dos sentimentos.

Alguns chegaram a um espaço mais maravilhoso – como você decretou – um espaço mais maravilhoso de escolha, onde estão sendo forçados a escolher onde irão permanecer. Se eles sentirão que tudo está caindo em cima deles e não há nada para esperar, ou eles estão escolhendo saber que eles estão realmente aqui com um propósito. Não por acaso, mas com um propósito. E se eles estão aqui com um propósito, eles estão curiosos para saber: “Qual é o meu propósito?” Eles sabem que realmente eles fazem parte de um projeto grandioso. Em outras palavras, não por uma casualidade, mas eles são parte de toda a energia que está neste plano, neste momento.

As energias que estão chegando agora neste plano são energias de confusão, de tristeza, de medo, de querer proteger, de querer ter tudo em ordem. Quando alguém chega e diz que eles cuidarão disto, que eles cuidarão de você e eles tomarão todas as decisões, há uma tendência natural a dizer: “Oh, está bem, eu quero um salvador”.

Eu ouvi isto muitas vezes, pois queriam que eu fosse o seu salvador. Na verdade, eu não posso ser o seu salvador. Você é o seu próprio salvador. Na verdade, ninguém fora de você pode ser o seu salvador. Eu ouvi os seus apelos e de seus irmãos e irmãs. Ouvi aqueles em grande tormento e angústia me pedindo para tirá-los de alguma situação em que eles estão se vendo. E, no entanto, como lhe dissemos, muitas vezes, você cria a sua realidade – com “r” minúsculo – momento a momento.

Você é quem está formulando o que é esta realidade, e você é quem está interpretando esta realidade momento a momento. Você teve os experimentos onde participou, como se estivessem em uma fila, com pessoas que ficavam lado a lado, e uma extremidade começará com uma determinada história e a passará adiante, mais, mais e mais, até o momento em que a história chega ao final da fila, e esta carrega pouca semelhança, em alguns casos, com o que era no início.

Todos interpretam a sua realidade de forma diferente, dependendo de circunstâncias passadas e de experiências passadas e como eles julgaram as coisas no passado, e, também, pelo ensino de gerações que eles ouviram de outros na família ou no grupo próximo. Este é um momento agora em que muitos estão olhando para os ensinamentos passados, ensinamentos que foram transmitidos, ou consciente ou inconscientemente, e eles estão tentando decidir se as formas de pensar com que eles cresceram são apropriadas agora.

Seus irmãos e irmãs, a cada dia, estão fazendo a escolha como as coisas são apresentadas a eles. Às vezes, eles sentem que eles não têm informação suficiente e, no entanto, eles são chamados para fazer a escolha, e isto parece muito opressivo. Você tem grande importância sobre os outros, até mesmo pelos seus pensamentos, enquanto está no lugar em que mora e, talvez, nem saia e se misture. Sua energia o faz.

Você conhece o poder da prece? O que você acha que acontece na prece? Quando você mantém alguém em sua prece e tem um bom pensamento sobre ele e lhe envia pensamentos amorosos porque ele disse que está passando por algo, a sua energia vai imediatamente até ele. Sua energia sabe como encontrar a pessoa, onde for necessário. Sua energia vai até ela. É disto que se trata a prece. É estar enviando conscientemente os seus bons pensamentos e boas intenções para o outro.

Eu ouvi alguém dizer: “Qual é o bem da prece?” “Estou sentado aqui em minha casa e oro, mas tenho certeza de que ela não sai das paredes.” Ah, pense novamente. Como dissemos muitas vezes, não há separação. Na Verdade, não há separação. Sua energia flui, ela tem que fluir. Assim eu lhe sugiro que mantenha a sua energia feliz.

Ouvi os gritos do meu povo, e quem é o meu povo? Cada um de vocês. Ouvi os lamentos que têm acontecido, e eu respondo. Mas, quando eu respondo, com frequência, eles não me ouvem, porque eles estão esperando que esta resposta venha de certa maneira, ou eles estão esperando não ouvir de mim.

Afinal, eu me elevei nas alturas para me sentar à direita de meu Pai/Deus/Deusa, assim eu estou separado de você. Como eu poderia ouvir? Como eu poderia saber o que você está passando? Mas eu lhe digo: desde que não há separação, como eu não poderia saber o que você está passando e a angústia e o tédio que você sente de tempos em tempos?

Eu lhe digo que a energia do tédio é apenas a energia à espera de ser usada, assim ocupe-se e a use, ainda que ela apenas saia e, talvez, colha um dente-de-leão. Sabe que os dentes-de-leão são o seu presente para si mesmo? Eles são um pouco do sol lá fora. Assim, saia e diga ao dente de leão, a coisa mais prodigiosa e maravilhosa: “Olhe como você é lindo. Obrigado por estar no meu mundo.”

Agora, eu sei que alguns irmãos e irmãs diriam: “Bem, isto é uma coisa estúpida a fazer, desperdiçar a energia com um dente-de-leão.” Mas o dente-de-leão está colocando a energia para você, não é? Sim, ao florescer. Está fazendo a sua coisa e expressando a divindade de sua própria maneira. Veja isto de uma nova maneira. Agradeça-lhe. Sim, fique de joelhos e realmente olhe para ele. Estarei observando. Eu brinco com você, e, no entanto, há uma seriedade na sugestão.

Tudo o que você contempla está em sua consciência. Você o colocou lá com um propósito, e o propósito é de modo que você possa exaltá-lo e a si mesmo, porque você o criou em sua realidade. Você sabe o verdadeiro significado do louvor? É para aumentar. Aquilo que você vê, quando você o exalta, cresce em sua consciência.

Eu lhe falo isto porque você ficou tão focado em correr ao longo de cada dia que se esqueceu de ver os milagres. Você se esqueceu de ver os milagres que está trazendo e aqueles que estão se expressando bem diante dos seus olhos. Tudo o que você contempla é um milagre. Reserve um tempo para respirar. Veja se pode entrar em sincronia com a respiração do dente-de-leão. É uma questão muito filosófica, muito profunda. Muito profunda.

Agora, eu lhe pediria que se interiorize e verifique: Qual é o seu maior desejo? O que você pediria se pudesse ter algo: alguma pergunta respondida, alguma situação explicada, algum desejo de algo em que esteja trabalhando? Qual é o seu maior desejo? Qual é o seu maior desejo? Ainda que pareça: “Isto nunca poderia acontecer.” Seja claro sobre o que você quer saber, o que quer experienciar. Qual é o seu maior desejo? Se um gênio estivesse diante de você e ele lhe pudesse satisfazer algum desejo, pudesse fazer com que algo lhe acontecesse, o que você pediria? Qual é o seu maior desejo? O que você quer realmente? Eu lhe darei um momento para pensar.

Agora pegue um pedaço de papel e anote o seu maior desejo.

Você não precisará escrever muito. Você pode anotar algumas ideias ou algumas palavras que sejam como pistas. Isto é apenas para os seus olhos, assim não precisa se preocupar. Apenas escreva uma palavra ou duas, ou uma sentença inteira se o desejar, algo simbólico do que esteve pensando. Qual é o seu maior desejo?

Pense sobre isto. Escreva-o. Então, coloque-o em um livro, em algum lugar, ou em seu diário. Em um momento posterior, nós retornaremos a ele e veremos se e como ele se manifestou. Eu irei lembrá-lo.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus), expressando-se através de Judith Coates.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
2012 Universidade Oakbridge.

Judith Coates
O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço:
www.oakbridge.org 

Traduzido por: Regina Drumond  – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 

IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Joshua - Judith II - IIVoltar HomeII