A EXPANSÃO DA REALIDADE
Mensagem de Jesus/Jeshua canalizada por Judith Coates
9 de Dezembro de 2015
 
luz de gaia
 
  Amado, agora, iremos nos divertir. Falaremos de algo que é a expansão da mente, algo que irá permitir que o coração se abra e ressoe. Falaremos de algo que os seus cientistas, aqueles que estudam o céu e as forças divinas, descobriram: o universo está se expandindo.

Além disto, eles estudaram as várias galáxias no universo, e eles estão percebendo que as galáxias não ficam em uma posição, mas estão se movendo e se expandindo, como todo o universo está se expandindo. Além disto, eles encontraram maneiras de medir o quanto as várias galáxias estão se movendo.

Agora, geralmente, você está muito ocupado em sua própria esfera, aqui. Você não pensa muito a respeito do que está lá fora, até mesmo o que está acontecendo com a estrela brilhante em sua galáxia. Pare por um momento e pense em como é maravilhoso você estar aqui como um ponto de Inteligência e saber sobre a sua estrela. Você sabe que a sua estrela está entre muitas no que é chamada de Galáxia da Via Láctea, a Galáxia onde você está. Pense em como isto é imenso, que você é um ponto de Inteligência aqui, no entanto, a qualquer momento, você pode expandir a sua compreensão para saber que o seu sol é uma estrela brilhante; não a mais brilhante na Via Láctea, mas ele serve a um bom propósito. Ele o mantém quente e permite que as colheitas se desenvolvam. É uma estrela entre muitas em sua galáxia.

Pense em como isto é imenso! Pare por um momento e assimile o que isto significa. Você não apenas criou uma estrela ao redor do qual o seu planeta gira, mas você começa a mudar tudo com as estações enquanto a sagrada Mãe Terra gira enquanto ela circula a estrela. Agora pense em outros planetas. Pense nas outras estrelas nesta galáxia, e, então, reconheça que esta galáxia não é a única galáxia. Como isto é vasto! A partir de um ponto de Inteligência, enquanto você está aqui agora, usando o que é chamado de imaginação, você absorve o que isto significa apenas em pequena medida.

Há muitas galáxias, e em cada galáxia há muitos sóis. Ao redor dos muitos sóis, há planetas circulando em sua ordem. E aqui você está. Você criou isto tudo! Está em sua realidade. Está em sua realidade – com “r” minúsculo– como falamos dela. Está em sua Realidade – com “R” maiúsculo – porque, novamente, ela vem da Fonte da Realidade que você é.

Agora, isto é ótimo, não é, estar aqui e contemplar aquilo que você pode criar, aquilo que você criou, aquilo que você pode, talvez, compreender um pouco?

Agora, os seus cientistas estiveram estudando as galáxias, porque eles querem saber o que é uma galáxia. Quantas estrelas estão nas galáxias? Eles planejaram como medir, como ver, como estudar isto. Porque, quando você era o pastor (e você foi), sentado em seu campo, observando os seus rebanhos à noite, você estudava os céus, e conseguia ver as estrelas mais brilhantes. Você observava a mudança das estações e via que as posições da estrela mudavam. Conforme o tempo passava, você quis saber mais. Portanto, você pediu aos irmãos e irmãs: “Crie para mim alguns meios para que eu possa ver um pouco mais, um pouco mais claramente, um pouco mais do que deve estar lá em cima.”

Assim, ao longo do tempo, todos vocês trabalhando juntos, trouxeram a tecnologia, de modo que agora possam ver, aqui na sagrada Mãe Terra, o que está lá fora, quase tanto quanto possam imaginar. Então, você disse: “Como seria estar entre algumas destas formações estelares?” E assim você enviou um ser mecanizado, tal como a sua ficção científica fala. E, por falar nisto, de onde vem a sua ficção científica? Ela vem de você. Ela vem de sua imaginação de dar mais um passo à frente e dizer: “E se...?”

Seus cientistas agora, porque eles podem medir o movimento das próprias galáxias – não apenas as estrelas, mas também as próprias galáxias – estão prevendo que se tudo permanecer em seu curso, em três ou quatro bilhões de anos, a Galáxia Andrômeda irá cruzar com a Galáxia da Via Láctea. Isto será um grande show!

Prevê-se que em três ou quatro bilhões de anos – mais próximo a quatro bilhões de anos – elas irão se cruzar, e em seis bilhões de anos, as duas galáxias se fundirão em uma, trazendo todas as formações estelares e todos os planetas que estão em rotação ao redor deles em um novo curso, por causa da atração gravitacional dos diferentes sistemas estelares e com a matéria escura que os seus cientistas têm ainda que compreender. A força gravitacional estará operando nas duas galáxias enquanto elas se cruzam.

Agora, você diz: “O que isto tem a ver comigo? Provavelmente, eu não estarei por perto em seis bilhões de anos, ou mesmo em três ou quatro bilhões de anos. Eu nem consigo imaginar o quão distante isto tem que ser.” Mas eu lhe digo agora, porque todo o tempo é Agora, está acontecendo agora. E aquilo que você está compreendendo que os seus cientistas dizem, está acontecendo, e a sua Inteligência está aí agora.

Sua Inteligência está aí na Galáxia Andrômeda, bem como na Galáxia Via Láctea. Por quê? Porque há somente uma extensão do Princípio criativo. Há somente uma Inteligência – com “I” maiúsculo – e esta é você. Agora, antes que o ego separado se empolgue e diga: “Bem, não pode realmente ser eu. Eu não sei nem metade disto”, venha comigo. Você é muito mais – esta é a mensagem – você é muito mais do que se considerava ser. Você não está separado de toda a Inteligência, e nem está separado do que parece ser bilhões de anos de distância. Aí está você, neste momento, vivendo na Galáxia Andrômeda. É um pensamento em expansão.

Em sua próxima meditação, gostaria de convidá-lo para falar com a sua Inteligência, que é você em um corpo na Galáxia Andrômeda e que diz: “Ei, eu ouço que em um determinado período de tempo eu irei me encontrar com você.” Porque você é. E porque o tempo é sempre Agora e ele pode ser até amanhã.

A revelação que eu quero que você tire desta mensagem é: Como você é grandioso! Não apenas o pequeno grão de areia que você se percebe ser, correndo por aí, tentando chegar a algum lugar no tempo, tentando concluir as coisas que precisam ser feitas. Você é muito mais do que isto. Você não o reconhece, em sua maior parte, mas pode. E você não irá explodir todos os circuitos quando estiver em meditação e expandirá a sua receptividade para absorver mais de si mesmo.

Alguns perguntaram: “Se eu me ligar a Quem eu sou, e eu estiver em algum lugar muito, muito distante e em um sistema estelar distante, bem distante, isto irá afetar o que eu estou fazendo aqui?” Sim e não.

Você estará acordando pela manhã. Você estará ainda tomando o café da manhã, estará ainda tomando o seu chá, café, mocha, ou seja o que for. Você estará ainda fazendo aquilo que planejou para o dia, a menos, é claro, que isto mude. Você estará ainda continuando com a rotina, mas terá uma nova maneira de encarar isto.

O que você estará vendo é o quão grandioso a Inteligência – com “I” maiúsculo – tem que ser se tudo isto que foi criado, se tudo isto que existe, dentro do que? Em uma minúscula bolha da realidade. Isto é como você é grandioso.

Você tem um foco muito específico no corpo, na mente, naquilo que você pensa que tem que fazer para terminar o que planejou para o dia. Você tem a capacidade mais milagrosa de foco de continuar seguindo em frente.

Você tem exemplos neste dia e momentos de seus amigos, aqueles que você conheceu, que liberaram o foco no corpo, e eles se mudaram para o que você chamaria de outro lado do véu. Nós lhe falamos em tempos anteriores, que o véu está se tornando mais e mais fino, o tempo todo, e haverá um momento em que você será capaz de ter uma conversa com eles. Você será capaz de senti-los – isto virá primeiro – e, então, será capaz de vê-los.

“Eu os reconhecerei?” Sim, você irá reconhecê-los. Haverá uma energia neles que você reconhecerá, e haverá uma amorosa união, um acolhimento, porque o seu coração anseia por eles.

Agora, eu lhe pergunto: Por que o seu coração anseia por eles? Por que você quer ver determinados entes queridos novamente?Porque, realmente, vocês estão unidos no amor. Você é aquele no espaço do amor. Houve aqueles em sua vida onde vocês estiveram muito, muito próximos, e você os amou como o seu próprio ser. E é verdade: eles são o seu próprio ser. Você não está separado de qualquer coisa, sob qualquer condição, e você não está separado de ninguém ou de qualquer coisa que tenha amado. Você tem sempre este amor, não importa se é uma pessoa, ou um animal de quatro patas, ou qualquer exemplo que permita que o seu coração se abra.

Você tem um foco, um foco muito específico, e eu lhe falei muitas vezes que é um milagre que você faz para manter o foco tão específico, para dizer: “Bem, este sou eu. Estou aqui. Estes são os meus amigos. Estas são as paredes, e esta é uma casa, etc, enquanto impede a entrada de toda a Totalidade, toda a grandeza da qual temos falado. E, no entanto, em um momento, você pode trazer isto de volta com um pensamento.

É um milagre que você faz, e, geralmente, você não se concentra no milagre. Você se concentra no que poderia estar faltando, no que poderia ter dito que poderia ter sido dito melhor, no que você deveria ter feito, onde deveria ter ido, etc. Você se concentra em todas as coisas que parecem não ser absolutamente perfeitas, esforçando-se por torná-las perfeitas, e, na verdade, elas já são.

É preciso somente a mudança de foco de que falamos tantas vezes, a mudança de foco de retornar ao coração, de volta ao espaço que sabe. NÃO à mente. A mente gosta de se divertir e lhe enviar grandes viagens de aventuras, jornadas, locais diferentes, ao ponto onde você diz: “Pare isto já! Estou cansado.”

Então, o coração fala. E o que diz o coração? O coração expressa a verdade. Ele fala de amor. Ele diz que você é amado. Tudo o que você já pensou que fez, o que os outros podem ter feito, realmente não aconteceu. “Uau! Como você pode dizer isto? Não aconteceu realmente?”

Porque isto realmente não aconteceu. Aconteceu em sua mente. Você o inventou. E a parte maravilhosa disto, é que se você o inventou, você pode mudá-lo. Você pode voltar a qualquer tempo e reescrever a sua história. Você pode retornar e mudar aquilo que você disse, aquilo que eles disseram, aquilo que parece em sua memória: “Isto é o que eu acho que eles disseram. Isto é o que eu acho que eles fizeram. Mas, sabe, tudo isto está no passado. Eu posso mudar isto.” E você pode.

Estas não são apenas palavras poéticas. Esta é a Verdade do seu ser. Você é o criador, aqui neste ponto de foco. Você está criando aquilo que experiencia. Você está interpretando aquilo que experiencia, e, muitas vezes, a sua interpretação é falsa. Você pode colocá-la atrás de você.

Há um ditado muito famoso que você tem em seu livro sagrado, onde eu disse para Satã: “Fique longe de mim, Satanás. Para trás de mim. Este é o passado. Eu estou seguindo em frente.” Não foi tanto que Satã tivesse que ficar longe de mim, mas que eu estava me distanciando da possibilidade de que poderia haver algo de errado.

Nada está errado. Ninguém nunca faz ou diz algo de errado para você. Mas você o interpreta como se eles o fizessem. E, muitas vezes, por causa da inclinação passada, você diz: “Bem, isto não foi tão bom. Eu não gosto disto.” Ou você diz: “Ei, isto é realmente bom. Quero mais disto!” Tudo isto se resume à interpretação, e pode variar, não apenas de existência a existência, mas até mesmo de dia a dia, a respeito de como você vê algo. Algo pode acontecer, e um dia você dirá: “Oh, eu gostaria que isto não tivesse acontecido. Não gosto disto, realmente.” Mas no dia seguinte, você diz: “Oh, bem, é assim que isto se encaixa. OK. E, então, isto faz mais sentido.

Você é um criador poderoso. Este é o ponto. Você é mais poderoso do que já se reconheceu ser. Você acha que é um ponto de Inteligência separado de tudo, mas não é. Você é a Inteligência do Universo. Você ouviu o que eu disse, mas o que isto significa? Você é a Inteligência que reconhece que você é mais grandioso do que já considerou ser.

Está bem. A sua Galáxia Andrômeda está em curso de colisão com a Galáxia da Via Láctea. “Uau! Mas o que isto tem a ver comigo?” Tudo! Tudo. Isto tem a ver com tudo o que você é, porque lhe traz claramente, para o seu reconhecimento, o poder que deve estar em ordem para criar e reconhecer que poderia haver tal coisa como duas galáxias – e há mais do que duas – e você é o criador daquilo que leva para a sua realidade. Você é o criador de tudo o que toca em sua mente, em sua realidade.

Agora, há outras realidades que não experienciam a possibilidade das galáxias colidindo e se fundindo? É claro. Há outras realidades que não têm na força imaginativa, a idéia das galáxias ou estrelas. Há outras realidades que fluem como cristal líquido. Nós falamos disto em outros momentos, algo que parece um pouco diferente do que você fez como a carne e os ossos do corpo, e, no entanto, isto tem Inteligência. E é tanto um aspecto da Inteligência como você é. Você conheceu, e conhecerá, outras formas de Inteligência como seres. É disto que se trata a mensagem. Isto deve expandir a sua mente ao espaço onde pede a verificação do coração: “Será que isto é verdade?” E o coração diz: “Sim, é verdade.”

É o momento agora que você desperta mais o Que você é – não somente quem você é. Nós falamos outras vezes das várias personalidades que você representou quando estaria em cima do palco e em um determinado script. Você foi os vários “Quem”. Agora você está encarando as suas criações, o que cria, o que representa, como idéias na mente, e o poder que você tem: o poder que você tem de se colocar à frente em um aspecto onde pode imaginar um momento, de três a quatro bilhões de anos a partir de agora, quando as galáxias se unem. Você é aquele que está escrevendo o script. Será uma grande colisão? Será que irá destruir tudo o que já existiu? Pode ser. Provavelmente não. O Amor não escreve um roteiro bem assim. A fusão dos dois é o mais provável.

Divirta-se com isto em sua próxima meditação. Como seria ver duas galáxias com milhões de estrelas, milhões de sistemas solares se unindo? Bem, depende, não é? Se você quiser um filme de ação – Uau! Aí você teria um script! Ou se quiser um filme onde tudo acontece com paz e ordem, você pode ter isto. E, na verdade, você não tem que escolher, porque você pode ter tudo isto. Você vive em uma realidade em constante expansão.

É assim que você é grandioso. Que assim seja!

Jeshua ben Joseph (Jesus) expressando-se através de Judith Coates.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais 2012 Universidade Oakbridge.

O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço:
www.oakbridge.org 

Traduzido por: Regina Drumond  – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.
 
 
 

IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Joshua - Judith II - IIVoltar HomeII