O QUE VOCÊS ESTÃO ESPERANDO?
Uma mensagem de Jesus/Yeshua, canalizada por Judith Coates
6 de Junho de 2009
 

Amado, sagrado e único Filho de nosso Pai Celestial, Filho da Fonte, Filho da Luz, divino. É isto que vocês são. Absorvam isto na consciência e contemplem o que isto significa.

Eu sou aquele conhecido como Jeshua ben Joseph, Jesus, como me chamavam, e é com grande alegria que eu venho interagir com vocês nesta noite, em seu tempo, pois vocês escolheram novamente me chamar. Sempre com grande alegria, pois esta é a sua verdadeira natureza.

Quando vocês se sentiram felizes com algo, quando sentiram uma liberdade, quando conheceram a expansibilidade da verdadeira alegria, vocês tocaram este espaço da divindade e trouxeram isto a esta experiência humana, esta experiência humana que conhece muito bem a opressão do mundo. Mas de tempos em tempos, vocês se permitem o riso, o sentimento espontâneo da expansibilidade quando encontram um amigo, quando algo agradável acontece e que vocês não esperavam, e isto acontece e traz alegria do fundo do abdome. Vocês podem senti-la se elevando e se sentem expandindo nesta luz. Esta é a sua verdadeira natureza.

Assim riam freqüentemente, alto e com espontaneidade, porque esta é a sua divindade chegando a esta experiência humana. Permitam que outros sintam o seu riso, pois é um presente que vocês dão aos outros, e assim vocês ficam alegres e levam a alegria aos outros também. Pois, freqüentemente, como vocês experienciaram, eles lhes apresentarão todas as dificuldades que eles vêem - todos os transtornos do mundo, todos os problemas da vida individual que eles estão vivenciando - e é nisto que eles estão se concentrando, e isto os deprime.

Se vocês disserem: "Eu compreendo; eu sei de onde você está vindo, mas e se olhássemos para isto de um modo diferente ou se pretendêssemos rir de algo disto e nos afastarmos disto?" Este é um presente que vocês lhes dão; não de rirem para eles, mas levá-los ao espaço onde eles possam rir com vocês e, talvez, deixá-los um pouco mais alegres e passarem pela vida com um pouco mais de leveza. A vida humana, por muito, muito, muito tempo se tem emaranhado, se entrincheirado em uma perspectiva muito densa. Os pais, bem intencionados como eles eram, lhes deram a sua perspectiva de como a vida era, e ela nem sempre foi fácil para eles. Para aqueles que tiveram a experiência de serem pais nesta existência, nem sempre foi fácil ter o filho e imaginar: "O que eu faço com esta nova vida? Como eu faço agora com esta criança? Onde está o manual de instruções?" Mas então vocês aprendem; vocês crescem juntos com o pequeno.

Assim vocês nasceram em um mundo que acredita na dualidade e se focalizam na aflição do que possivelmente poderia sair errado, o que provavelmente sairá errado, pois o mundo o vê. Assim vocês assimilaram coletivamente para si mesmos muito do reforço de amigos que lhes dirão que tudo está saindo errado no mundo e que tudo se desintegrará, e alguns de vocês se exultaram com isto, porque compreenderam que vocês querem algo novo, assim o velho tem que se transformar. Seu noticiário tem uma grande experiência, ao lhes trazer o pior que possivelmente poderia ser, e algumas vezes um pouco de notícias agradáveis, para que não sejam criticados por serem parciais. Mas eles são muito pressionados em lhes trazer o material opressivo. Há experiência que está acontecendo no mundo que é aparentemente de tragédia e desumanidade, e não é preciso observar muito a fim de encontrá-las, mas há também a luz e alegria se quiserem e se permitirem a procurarem por ela. Ela está aí.

Muitos de vocês aqui nesta sala, nesta noite e no som da minha voz, tiveram a experiência de encontrar a alegria com outro ou com um livro, ou com as suas próprias revelações interiores, um sentimento de paz que descerá em vocês quase sem razão, aparentemente sem razão sob qualquer condição, e vocês se sentem felizes.

E então vocês dizem ao ego: "Bem, por que eu me sinto feliz? Deve haver algo errado aqui. O que há de errado por estar me sentindo bem? Oh, oh." Porque vocês se treinaram durante muitas existências a estarem de guarda, a tentarem se proteger contra um possível sofrimento que poderia vir em seu caminho. Assim vocês se tornaram especialistas em se proteger e de vez em quando, quando há uma fenda na armadura e passa um pouco de luz, e vocês sentem um pouco de alegria e de paz. Vocês então imaginam porque isto parece estranho algumas vezes: "De onde vem isto? Eu posso realmente confiar nisto? Isto continuará?"

Freqüentemente, através do tempo, vocês fizeram estas perguntas e isto começou a desaparecer um pouco. Assim eu lhes aconselho, como uma sugestão, que sempre que sentirem alguma alegria em seu coração, se sintam livres, e digam: "Uau, isto é realmente magnífico!" e permaneçam neste estado. Sintam apreciação por sua vida, por tudo que está bom em sua vida.

Vocês podem achar coisas em sua vida que talvez pudessem estar um pouco melhores, mas se vocês se focarem nestas, sempre estarão em um espaço de querer mudar, melhorar, e estarão ignorando aquilo que é verdadeiramente harmonioso e bom em sua vida. Assim se concentrem no que é agradável. Focalizem-se em seu poder, no poder divino, no poder da escolha, pois em cada momento vocês têm poder. Ninguém pode tirá-lo de vocês.

Vocês têm o poder da escolha quanto a onde viverão; se permanecerão em um espaço de: "Uau, este sou eu: olhem todos os desafios que eu tenho; olhem todas as possíveis coisas que poderiam sair errado", ou "Uau, isto é realmente maravilhoso. Olhem o que eu estou manifestando para mim mesmo. Olhem o que eu estou trazendo de bom em minha vida."

Vocês podem olhar em volta da sala nesta noite e verem todos os amigos que vocês atraíram para si mesmos, aqueles que estão mais dispostos a lhes darem um abraço, uma palavra de encorajamento se precisarem disto, ou de estarem com vocês no riso espontâneo de como a vida pode ser simples de tempos em tempos, e vocês terem a possibilidade de rir de tudo, embora algumas vezes, ela possa ter alguns desafios, mas vocês podem rir disto. É uma experiência, e isto lhes dá a oportunidade de ver como vocês são abençoados; a oportunidade de escolherem.

Seu poder está no poder da escolha. Tudo, a cada momento, é uma escolha quanto a como se sentirão, como perceberão as coisas, como gostarão que as coisas sejam no momento seguinte. Vocês são poderosos. O mundo lhes dirá que há muito quanto a se prevenir, e muito a que vocês têm que estar atentos. Mas a cada momento vocês têm o poder da escolha, o poder de dizer "Não", para aquilo que pudesse vir e ameaçar a sua paz; ao dizer: "Não, eu não permanecerei neste espaço de aflição, este espaço que parece um esquife. Eu me erguerei e viverei esta vida do modo que eu gostaria que ela fosse, ainda que ela pareça como um conto de fadas e eu não posso realmente vivê-la deste modo." Vocês podem, porque uma existência é feita de escolhas, uma a uma. E verdadeiramente, cada escolha, quando escolhem ou estar deprimidos ou entusiasmados, leva à próxima escolha e torna a próxima escolha mais fácil. Assim se vocês continuarem escolhendo a estarem na alegria, imaginem qual será a próxima escolha. Será muito mais fácil viver na alegria.

Se vocês fazem a escolha de contemplarem todas as coisas que estão aparentemente saindo errado, então imaginem que a próxima escolha será como uma negligência. Vocês têm isto em sua linguagem de computador, que há uma falha no mecanismo que volta ao que tem sido o usual, o estabelecido, à omissão. Mas se o seu costume foi sempre procurar aquilo que vocês têm sempre que se defender ou o que "eles" poderiam dizer que lhes poderia ser prejudicial, ou que escolha "eles" poderiam fazer que perturbaria o que vocês queriam fazer, então a próxima escolha os levará primeiro a esta perspectiva.

Mas vocês não têm que permanecer lá. Este é o seu poder divino, porque vocês não têm que permanecer neste espaço. Vocês podem ter a escolha de se afastar dele facilmente. E a cada vez que escolherem conhecer o seu poder, e a viver com gratidão e apreciação por todas as bênçãos que vocês têm em sua vida, imaginem o que? Vocês viverão mais e mais neste espaço de gratidão e de apreciação, e isto se desenvolverá e se tornará muito mais fácil a cada vez.

Assim como uma sugestão que vocês poderiam querer praticar, é tentar isto, ver como é. Vocês podem sentir o que está acontecendo em sua vida; muitas mudanças estão acontecendo em sua vida; vocês passaram por muitas mudanças recentemente.

O mundo como um todo, o coletivo, está passando por uma transformação na perspectiva, nas mudanças, e haverá - como é profetizado - até mais aumento nestas mudanças e transformações que já se tornaram visíveis. Vocês têm um líder a quem escolheram, que se expressa do coração e quer se focar no que pode ser; não no que foi, e nem na possibilidade do usual erro de ter que estabelecer tudo pela força, mas de ser capaz de ter transparência, honestidade e diálogo. E assim, com esta nova energia que vocês trouxeram, vocês como um coletivo, disseram: "Nós queremos a mudança". Vocês exigiram a mudança e ela está acontecendo. Muito está surgindo da mudança que vocês declararam e apoiaram, muita mudança onde surgem organizações, grupos de pessoas para concentrarem a sua luz nas injustiças que estiveram no velho paradigma. A cada dia vocês encontrarão notícias de um novo ponto focal, onde pode haver nova energia trazida para disseminar nova luz em situações que foram varridas sob o tapete por muito, muito tempo.

Há muito poder que vocês, individual e coletivamente, estão aceitando novamente. Por muito tempo vocês se sentiram sob o domínio das autoridades, autoridades religiosas/filosóficas, dos padres da igreja, de outros que tinham mais moedas de ouro. Vocês se sentiram sob o seu domínio, porque aparentemente eles tinham mais poder mundano e vocês não estavam despertos, como estão chegando a ser agora, quanto ao seu próprio poder e ao seu próprio poder coletivo como um grupo. Vocês estão despertando, finalmente, novamente, porque verdadeiramente o despertar acontece em um ciclo do tempo. Há - o que eu chamei outras vezes em que lhes falei - uma colheita que acontece, onde as sementes são plantadas e vocês passam por existências, individual e coletivamente, onde as sementes germinam e há novo pensamento.

Vocês têm o que é chamado em sua história mais recente do Renascimento, onde começaram a ser curiosos quanto ao seu próprio poder e a sua criatividade, e tiveram uma Era do Ouro, quando a criatividade floresceu. E então, enquanto o ciclo continua, aqueles que eram iluminados - e vocês tiveram eras de iluminação - se permitiram a ascender a uma vibração mais elevada e freqüentemente até levaram o físico a uma vibração mais elevada.

Todos vocês colheram, todos vocês ao som da minha voz, fizeram isto. Vocês fizeram a própria colheita em outras eras e em outros períodos do tempo. E então, tiveram a oportunidade entre as vidas de ver o que os irmãos e irmãs estavam fazendo, e vocês disseram: "Ei, eu sei que isto pode ser melhor. Deixe-me prosseguir mais uma vez - sim, vocês fizeram, vocês pediram, vocês se dispuseram - deixe-me prosseguir mais uma vez e trazer a minha Luz à experiência humana."

E assim aqui estão vocês. Vocês disseram: "Eu assumirei o manto do esquecimento a um determinado grau; não completamente, porque haverá uma inspiração em mim que saberá que há algo mais. Haverá um discurso intuitivo em minha alma, até em minha mente, que me dirá que é o momento para avançar, que é o momento de me mover até fisicamente do lugar de moradia e ir a algum outro lugar para estar em associação com aqueles que estão me chamando para estar lá." E assim vocês moveram o corpo físico. Foi-lhes dito através do seu conhecimento interior que vocês eram necessários em uma determinada área. Até quando o ego separado está lhes dizendo: "Mas isto não faz sentido. Eu tenho tudo estabelecido aqui onde estou agora. Não faz sentido eu me erguer, partir e ir a algum outro lugar. O que? Você quer dizer arrumar as coisas e ir encontrar novas pessoas e começar tudo novamente?", entretanto o cutucão não pararia até que finalmente vocês empacotassem tudo, ou um pouco e se movessem.

Então vocês encontraram aqueles de mentes afins e perceberam que, sim, que vocês deveriam estar em um novo lugar, associados a novas pessoas, e assim encontraram um propósito que não conheciam, mas que suspeitavam que tinham que estar lá. Vocês seguem o que a sua orientação interior lhes diz. Algumas vezes vocês se firmam em seus pés e dizem: "Não, eu não farei isto", mas no que vocês firmam os seus pés é usualmente confuso, e isto não permite que os pés permaneçam, e vocês se percebem se movendo descuidadamente, como concordaram que fariam.

Assim vocês colheram - ascenderam. Eu uso a palavra colheita como ascensão - vocês receberam o que experienciaram nas existências e compreenderam que se moveram para uma vibração mais elevada, para uma compreensão mais elevada de si mesmos, de quem vocês são e de quem os outros são, e porque as coisas estão acontecendo.

Agora, vocês tinham profetizado que em um número determinado de anos, poucos agora, em um determinado tempo, chamado 2012, haveria subitamente outra colheita, outra era de iluminação, outro tempo em que haveria paz e harmonia, todo o bem na Terra. Isto é verdade para alguns. É verdade para aqueles que conhecem, ao nível da alma, este plano. Outros estarão trabalhando ainda através de suas coisas, porque isto é o que eles decretaram que experienciarão. Minha pergunta a vocês nesta noite, é: "O que vocês estão esperando?" Por que vocês estão esperando o 2012? Por que não tê-lo no dia seguinte? Se tiverem em seu plano conhecer a paz e o amor, e projetarem esta visão, por que esperar?

Por que esperar? Vocês estão esperando que um salvador venha e faça tudo certo? Bem, o salvador já está aqui. O salvador está atrás da fila... à frente da fila... e do lado da fila... Você é o seu próprio salvador.

Eu não descerei, como foi profetizado em alguns dos seus ensinamentos religiosos/filosóficos, em uma carruagem de luz branca e direi: "Você, você, você e você, venham comigo. O resto de vocês, tem mais trabalho a fazer." Isto não acontecerá deste modo. Você é o seu próprio salvador, pois você faz a escolha de ser o seu próprio salvador, pois você faz a escolha ao dizer: "Ei, eu sou muito mais do que pensei que era. Eu pensei que era apenas humano." Bem, isto é parte de vocês, e é uma parte abençoada de vocês, a experiência humana, mas isto não é tudo que vocês são. É, entretanto, a ponta do iceberg.

A parte que vocês estão começando a compreender e a perceber é a parte que está abaixo das águas, abaixo do óbvio. É a parte de vocês que cresce com a escolha de se tornar desperto, de ficar estimulado. Por que esperar?

Vocês podem esperar se quiserem. Vocês podem esperar até 2012, assim como aqueles que esperavam a virada da era, do novo milênio, conhecido como o seu 2000, e havia muitas profecias feitas antes, de que seria ou uma Era do Ouro ou que tudo se desintegraria. Os computadores não funcionariam mais. Suas máquinas de lavar, seus veículos não funcionariam mais. Todas as suas coisas técnicas teriam cumprido a sua finalidade. Haveria uma pane em tudo. Mas o que aconteceu? 2001veio e os veículos estavam ainda rodando. As máquinas de lavar estavam ainda funcionando. Assim, em 2012, algumas pessoas sentirão que este é o seu ano de nascimento, o seu ano do despertar. Mas, por que esperar? Por que não 2009, agora? O que vocês estão esperando? Vocês estão esperando até que todo o coletivo participe junto? Bem, isto pode levar mais tempo. Pode levar um pouco mais, porque há ainda aqueles que querem uma experiência humana e querem conhecer a conclusão de cada nuance da experiência humana, e isto pode requerer delas mais algumas existências. Mas isto significa que vocês têm que permanecer e sofrer com elas? Vocês têm uma citação de um de seus musicais: "Então você teve uma semana desagradável? Por que eu deveria sofrer?" Todos vocês estão familiarizados com este musical, O Violinista no Telhado. É uma declaração adequada, onde aquele que está pedindo a esmola, o mendigo, recebe somente uma pequena moeda do homem, e o homem diz: "Bem, é tudo o que eu lhe posso dar nesta semana. Eu tive uma semana desagradável. As vendas não foram boas." E o mendigo diz: "Então você teve uma semana desagradável? Por que eu deveria sofrer?" Em outras palavras, não é minha culpa se você teve uma semana desagradável.

Vocês podem aplicar isto quando olham com respeito seus irmãos e irmãs. Vocês querem para eles o melhor da vida. Vocês querem que eles conheçam a alegria e o seu poder de escolha. Mas vocês têm também que dizer a eles algumas vezes, seja em palavras ou mentalmente: "Então você está tendo um momento difícil? Por que eu deveria sofrer?" porque vocês não têm que cair no abismo com eles e sofrer. Se caírem no abismo com eles e participarem do seu jogo, onde vocês ficam neste ponto? Vocês estão no abismo. Isto os ajuda a se erguer? Não. Isto somente acrescenta mais crédito ao que eles pensavam ser verdade, que a vida significa sofrimento. Seria melhor que vocês permanecessem fora do abismo, e se eles escolheram estar no abismo por algum tempo ou de participar dos jogos, os deixem participar dos seus jogos, mas o que é isto para vocês?

Escolham onde estarão. Escolham-me. Há uma citação em suas Escrituras que diz algo assim, o que significa escolher o bem, a felicidade, a apreciação de todas as bênçãos em sua vida, e de não descerem ao abismo. Ou se vocês se perceberem caindo no abismo de vez em quando, alcancem a sua escada divina; subam-na e saiam dele. Subam rapidamente ao topo. O que vocês estão esperando? "Bem, eu não tenho moedas de ouro suficientes. Eu tenho esta visão do que quero fazer; eu tenho uma viagem que adoraria fazer para uma terra estranha e ver se há irmãos e irmãs lá que sejam de mente afim, mas eu não tenho moedas de ouro para isto." E vocês nunca irão, se esperarem que tudo isto se reúna.

Comecem com o que vocês têm; comecem a economizar - isto é chamado de poupar. O que mais vocês gostariam de fazer? O que vocês planejaram que querem fazer? "Bem, eu não sou tão jovem como antes. Eu não acho que possa realmente realizar este projeto. Talvez há dez anos eu pudesse, mas agora eu acho que isto passou." Bem, contanto que vocês façam a respiração no corpo, vocês podem fazer qualquer coisa que queiram, não importa quantos anos o calendário lhes diga que tiveram. Contanto que vocês estejam respirando, vocês podem fazer, prosseguir, realizar aquilo que estiverem desejando fazer.

Bem, eu não posso fazer isto, porque a minha família não gostaria se eu fizesse isto. Eles não compreenderiam, e eles me criticariam." O que é isto para vocês? Eles os criticarão de qualquer modo. Vocês já discerniram isto em sua experiência.

A família biológica... freqüentemente vocês escolhem a família biológica a fim de corrigirem algumas imperfeições em si mesmos. Vocês imaginaram algumas vezes: "Por que eu escolhi nascer nesta família, esta família que não me compreende? Eles não se preocupam. E se eles começarem a me perguntar o que eu estou fazendo, então eles têm todos os tipos de questões e críticas em relação a isto."

Bem, como eu disse, vocês freqüentemente escolhem a sua família biológica pela correção. Assim, vocês podem olhar para eles e dizer: "Garoto, obrigada, você realmente fez um bom trabalho de correção. Sim, eu não compreendia que tinha este ponto imperfeito, mas você realmente o corrigiu, e algumas vezes isto machuca, mas agora isto foi corrigido, e agora eu encontrei a minha verdadeira família, aqueles de mente afim, aqueles com os quais eu posso me exultar.

Esta é a sua família, a sua família reunida aqui nesta noite. É por isto que vocês vieram. Vocês acham que vieram ouvir as minhas sábias palavras. Bem, elas são sábias palavras, mas verdadeiramente vocês vieram para estar com a família e receber a sustentação dos abraços, o riso e as revelações que aqueles tiveram nas últimas semanas. É por isto que vocês se reúnem. É por isto que vocês querem viajar algumas vezes, para visitar os amigos que são de mente afim, porque eles são a sua família, e vocês voltaram, reencarnaram muitas existências ao mesmo tempo, de modo que pudessem estar com eles e encontrá-los novamente. Vocês até disseram isto àqueles quando os encontram. Vocês sentem que eles são família e se sentem no lar com eles. Vocês disseram: "Garoto, eu estou realmente alegre por nos encontrarmos. Sim, é maravilhoso nos encontrarmos novamente." Porque vocês são família, e têm passado juntos muitas existências, assim se rejubilem com isto. Permitam-se a se sentirem felizes, pois têm a família que os compreende. A família biológica freqüentemente não os compreende. Este não é o seu trabalho. A sua missão é aparar as arestas. Sua missão não é compreendê-los; nem mesmo encorajá-los; nem mesmo estar aí por vocês, exceto para corrigir. Sua missão, sua missão fundamental, é aparar as arestas. E se vocês encontrarem aqueles da família biológica que sejam de mente afim, se considerem mais abençoados, porque é um pouco raro. Usualmente, o trabalho deles é corrigir as imperfeições. Se vocês observarem a família biológica com esta compreensão, torna-se mais fácil lhes permitir que façam a sua função, e lhes agradeçam pelo que estiverem fazendo. Quais são as outras desculpas por que vocês não podem fazer? O que vocês estão esperando? "Bem, eu estou esperando que um grupo se reúna e que tenha a energia coletiva, de modo que possamos trabalhar como um grupo e formemos uma comunidade. Eu quero ser capaz de estar em uma comunidade onde aqueles sejam de mente afim, e quero viver próximo o suficiente de modo que eu possa estar em comunicação com eles."

Mas, verdadeiramente, vocês já têm isto. A sua tecnologia lhes permite com o telefone, com a internet, e com a mente, a estarem conectados todo o tempo. E quando vocês forem capazes de se desfazer de alguma limitação da falta de moedas de ouro, vocês serão capazes de fazer a viagem para estarem juntos, quando tiverem uma reunião surgindo em duas semanas, onde estarão encontrando aqueles de mente afim e passando dias juntos, cinco dias de renovação da conexão das existências.

Bem, eu não tenho as moedas de ouro." Vocês têm. Qualquer coisa - e vocês provaram isto para si mesmos - qualquer coisa que verdadeiramente queiram fazer, vocês têm o poder para isto. Vocês já realizaram milagres em sua vida. Vocês podem recordar toda a vida e ver que realizaram milagres e que pensaram: "Bem, isto nunca acontecerá. Isto não pode ser. Eu não viajarei para uma terra estranha." E então vocês o fizeram.

"Eu não serei capaz de voltar à escola e aprender um novo negócio. Eu estou muito velho para isto". Não, o cérebro continua funcionando, contanto que estejam respirando. Ainda que decidam ter um descanso da mente e temos o que é chamado de Alzheimer, vocês estão ainda funcionando. Vocês estão ainda tendo propósito. Pode não ser o propósito que outros julguem, mas vocês ainda têm propósito.

Eu compartilharei com vocês que quando aqueles não estão mais aparentemente com vocês mentalmente, quando eles podem estar em um estado do Alzheimer, há uma consciência, uma consciência interior que está viva e bem. Eles podem não ser capazes de comunicar isto, eles podem não ser capazes de fazer todas as coisas que fizeram em outros anos, mas há ainda uma consciência interior que está viva, um diálogo interior que eles mantêm com eles mesmos.

Agora, eles podem não expressá-lo, assim vocês podem não sabê-lo, mas está aí. Contanto que eles respirem, há consciência. Assim, algumas vezes quando vocês observam alguém em seu asilo e o vê sentado lá, vocês pensam: "Bem eles terminaram." Eles não terminaram. Há muito que ainda está acontecendo em sua consciência que vocês não vêem. Eles estão completando determinadas coisas que os confundiram durante uma existência, e agora eles têm tempo para se sentarem e contemplarem. Eles podem não ser capazes de expressar isto para vocês, mas isto não importa. É a própria consciência deles, não a sua, assim vocês não têm que sabê-lo, mas eles estão fazendo o seu próprio trabalho. Contanto que vocês respirem, contanto que haja vida sendo expressa, há propósito.

Assim o que vocês estão esperando? Vocês estão esperando alguém para lhes dar permissão? Bem, eu tirarei isto de vocês. Eu lhes dou permissão, a partir de agora, para fazer aquilo que sonharam, esperaram, quiseram fazer nesta existência. Eu lhes dou permissão para se sentirem livres para navegarem pelo resto desta existência, nas escolhas da felicidade, escolhas da criatividade, onde vocês conheçam o seu poder de criar o que for agradável. Eu lhes dou permissão.

Agora, quando vocês eram pequenos, era vantajoso que vocês conseguissem a permissão dos pais para fazer várias coisas; caso contrário, poderia haver um pouco de reação da parte deles. Mas vocês agora ultrapassaram este estágio, e se dão permissão. Vocês têm a permissão daquele que tem o poder de lhes dar permissão. Aquilo que quiserem fazer, sigam a orientação interior. Esta é verdadeiramente a sua força, o poder da escolha de seguir a sua orientação interior. Se algo não parecer certo para vocês, em 99% das vezes, é devido à regulação do tempo. Não é que o sonho, a esperança, a visão, estejam errados, mas tem a ver em 99,99% das vezes com a regulação do tempo. Assim, como eu lhes disse muitas, muitas vezes: "Paciência". Cultivem o poder da paciência. Saibam que tudo está em sua ordem divina. Tudo está se revelando para melhor. Se vocês sentirem que foram impedidos de fazer algo, permitam-se a compreender o presente do tempo. Nós falamos como vocês formaram isto em sua realidade, esta realidade, como um aborrecimento, mas também como uma rede de segurança.

Assim ouçam a sua orientação interior e se perguntem: "O que eu estou esperando?" Pode ser o tempo. Assim vocês usam um pouco de bom senso, junto com a impulsividade da criatividade para moldar para si mesmos o melhor resultado.

Mas eu lhes peço para se perguntarem: "O que vocês estão esperando?". Sejam claros quanto ao que estão esperando. Talvez o que vocês estejam esperando esteja no futuro, porque há ainda algo que vocês querem completar onde vocês estão, e isto é um dos desafios mais difíceis, é ter uma visão, querer avançar com ela, conhecer a criatividade, saber que vocês têm o poder de fazê-lo, e então se submeter ao tempo, ser paciente e confiar. Mas, enquanto vocês estão esperando e estão confiando, comecem a trabalhar com uma atitude positiva, comecem a reservar algumas economias, comecem a mudar o pensamento, de modo que quando o tempo for adequado, vocês possam avançar rapidamente.

Todos vocês estão colocando tudo em ordem, possam vê-lo ou não. Algumas vezes há desapontamento, porque não chega tão rapidamente como gostariam. Algumas vezes vocês fazem um retrospecto dos anos e dizem: "Bem, todas aquelas idéias que eu tive há uma década, há duas décadas, bem, elas foram grandes idéias, mas não aconteceram". Isto não significa que não acontecerá. A coisa importante é conhecer a paciência, a confiança, e começar como se vocês fossem se mover direto para esta visão no dia seguinte, e aumentar a energia, de modo que quando o tempo fosse adequado, vocês e qualquer outra pessoa que pudesse estar trabalhando com vocês ou que vocês convidassem para trabalhar com vocês, estivessem preparados para avançar rapidamente e manifestar.

Há um tempo divino em relação a tudo, e isto é muito desafiador nos problemas do mundo, nesta realidade do mundo, porque aparentemente vocês todos têm que estar de acordo ao puxar a carroça pela encosta acima da montanha, todos puxando juntos. Na verdade, vocês estão. Há uma mudança evolutiva que está ocorrendo, e todos vocês estão puxando juntos a carroça pela encosta acima da montanha, ainda que possa parecer que muitos a estejam puxando para trás. Mas, na verdade, vocês estão fazendo progresso com isto.

Na verdade, a mudança já se torna visível. Vocês podem ver algumas mudanças que estão acontecendo. Assim, se animem com o que podem ver, e então confiem que o que é invisível está se revelando como deve no plano divino.

É por isto que lhes falamos muito freqüentemente de serem o observador, de serem capazes de recuar daquilo que parecia estar bem a sua frente e observarem o drama, as escolhas, e verem como tudo funciona junto, ainda que vocês pensassem que queriam tal e tal, e então não o conseguiram, e algo melhor chegou. E vocês disseram: "Uau, eu estou realmente alegre por não ter recebido este apartamento, e ele teria sido certo, mas a casa é muito melhor."

Alguma coisa com as carreiras. Vocês se colocam em marcha quando são pequenos, quando são adolescentes e as pessoas lhes perguntam: "O que você quer ser quando crescer?" Alguns de vocês têm idéias do que querem. Freqüentemente vocês nem sabem realmente, porque aquilo que os movimentam a fazer não foi criado ainda. Esta carreira, esta área de especialidade não foi criada. Mas vocês iniciam e fazem uma área de algo, e então têm oportunidades, algumas vezes outros lhes dão um cutucão e eles dirão: "Você não é mais necessário neste lugar", e vocês dizem: "Oh, agora eu tenho que encontrar outra coisa que me traga as moedas de ouro". E vocês avançam para outro lugar onde possam desenvolver outras habilidades criativas que tenham e que permitam que outras habilidades suas apareçam.

Observem a sua vida, esta vida, e vejam como vocês foram orientados. Tudo o que fizeram nesta existência os conduziu bem aqui onde vocês estão agora, e o mesmo será verdade quanto ao futuro. Vocês podem confiar no futuro, porque sabem quem mantém o futuro: vocês.

Vocês fazem um retrospecto da sua vida e vêem as coisas que algumas vezes julgaram talvez como escolhas erradas ou não como as melhores escolhas no momento - é isto o que julgaram no momento - mas então vocês recordam agora e dizem: "Bem, se eu não tivesse feito isto, e se eu não tivesse encontrado um amigo, eu não teria conhecido e eu não teria ido, etc", ao que os conduziu onde vocês estão agora.

Assim, tudo em sua vida que vocês formaram e reuniram, foi a escolha certa. Ela os conduziu a este lugar. E este lugar, ainda que vocês possam dizer que tem alguns obstáculos, desafios, coisas que possivelmente poderiam ser julgadas como não tão agradáveis, este lugar os está conduzindo e preparando para uma escolha até mais positiva.

A cada momento vocês têm escolha. A cada momento vocês têm o poder de escolher onde querem viver. Ninguém pode tirar isto de vocês. Eles podem tirar tudo o mais de vocês - o lugar de moradia, a carreira, o emprego, até pedir para que liberem o corpo - mas eles não podem tirar o seu poder da escolha de como vocês percebem o que está acontecendo. Então, pensem nisto. Façam as suas escolhas com consciência. Façam as suas escolhas com confiança e paciência se o tempo não parecer correto. Sigam a sugestão interior que vocês têm, porque ela vem do seu Eu, esta sugestão interior que os conduziu a este espaço onde vocês estão agora.

Assim, se tiverem um determinado sentimento em relação a algo, sigam este sentimento. Vocês não teriam este sentimento se não fosse uma mensagem, um cutucão do Eu Superior. Vocês saberão quando for o momento. Mas, enquanto isto, como o amado ancião lhes disse algumas vezes: "Saibam, enquanto estiverem planejando o futuro, movam os seus pés." Em outras palavras, comecem a se preparar. Reservem algumas moedas de ouro. Comecem a mudar a atitude sobre: "Oh, bem, eu estou muito velho para fazer."Nunca se é muito velho. "Bem, todos aqueles em minha família liberaram o corpo aproximadamente nesta época, assim provavelmente me restam somente um ano ou dois. Eu não posso fazer muito. Eu poderia também partir agora. "

Bem, onde está a paz e a alegria nisto? Contanto que vocês respirem, vocês têm o poder. E contanto que saibam que têm este poder, vocês podem fazer a escolha de viver em paz, na alegria, na iluminação. em um estado desperto, despertando para quem e para o que vocês são. Isto não significa que vocês não viverão com os irmãos e irmãs, e que não serão vistos como humanos, a menos, naturalmente, que escolham lhes mostrar algo que os surpreendam... e vocês podem fazer isto. Alguns de vocês farão isto até nos próximos anos do seu tempo. Vocês estenderão a mão, e haverá um cacho de uvas na mão, e eles dirão: "Como você fez isto?" E vocês dirão: "Eu apenas pensei nisto e elas apareceram", porque tudo é energia.

Vocês farão todas as coisas que eu fiz e até mais. Vocês já estão fazendo. Sua tecnologia lhes permite. A tecnologia que vocês trazem, lhes permite fazer muito mais do que eu fiz. Vocês realizam a cura de modos diferentes. Vocês se lembram dos velhos modos, isto tudo é energia, tudo que é pensado se manifesta. Mas então vocês trazem um pequeno tom nisto e alguma tecnologia, e permitem que outros saibam que eles lhes servem ao trazerem a tecnologia para ela.

Nada é realizado por acaso; é tudo pelo plano divino. Assim se perguntem: "O que eu estou esperando? É alguém que me diga para avançar? Eu estou esperando porque a minha orientação interior me diz que eu deveria esperar?" Ouçam-na se ela estiver lhes falando. Se a orientação interior estiver dizendo: "Trabalhe", se vocês não puderem fazer A, B, C, façam D, E e F, enquanto estiverem esperando que o ABC se reunam". Acima de tudo, tornem agradável, desperta, e feliz a sua espera, sabendo onde está o seu poder. Não adie até amanhã a sua felicidade. Ela está bem aí ao seu alcance, para agarrar e viver. Isto é quem vocês são: alegres, despertos, enérgicos. Assim seja.

 
.....ooo00000ooo.....

Direitos Autorais 2007 Universidade Oakbridge. O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço: www.oakbridge.org

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Jesus/Yeshua - Judith|   |Voltar Home|