O DESPERTAR DO CRISTO
Mensagem Jeshua ben Joseph (Jesus) canalizada por Judith Coates.
14 de Fevereiro de 2012
 
Amados, nós falamos ao longo dos anos de muitos conceitos, migalhas de pão, como eles seriam, levando-os ao espaço onde vocês se encontram agora em sua compreensão de Quem e O Que vocês são. Nós lhes demos pistas ao longo do caminho, idéias e conceitos que expandiram a sua mente e a sua compreensão, questões que algumas vezes lhes permitem pensar por muito tempo e tão difíceis que, finalmente, vocês se cansaram de pensar e permitiram que o coração soubesse a resposta. Em outras palavras, para sentirem a paz e a alegria de Cristo.

A cada vez que vocês escolhem reconhecer o poder de Cristo em vocês, mudam o padrão vibratório da consciência coletiva e a permitem ascender. E verdadeiramente em algum ponto, a consciência coletiva irá despertar e sentirá uma ascensão. Algumas vezes os corpos irão sentir isto também e haverá a ascensão física, mas este não é o objetivo importante. Isto pode acontecer, porque vocês chegarão a este espaço de “Ah”, onde tudo se dissolve na Luz e vocês não precisam/querem o corpo, e vocês ficam tão Leves que ascendem. Mas isto não é, como eu disse, o objetivo.
O objetivo é despertar para o espaço onde vocês têm o momento divino e sabem, verdadeiramente sabem: “Eu Sou Aquilo Que Eu Sou, aquilo que sempre fui. Eu Sou o Cristo e celebro o meu Cristo e – porque não há separação – o Cristo de todos que eu encontro.”

Todos que vocês encontram, vocês convidaram para estar em sua consciência. Todos que vocês encontram são da mesma energia e da mesma estrutura que vocês são. Todos são o Cristo, quer eles saibam disto ou não. E vocês, com o passar dos dias, estarão reconhecendo mais e mais os Cristos vivendo, interagindo com vocês, ao espaço onde estarão sorrindo e os recebendo.

Estivemos falando em épocas anteriores sobre as mudanças que estão acontecendo e as mudanças que estão previstas neste ano. E haverá mudanças; elas já estão acontecendo. Falamos da divisão, onde aquilo que não seja da Luz está se apresentando e convidando a luz sobre ele.

Vocês estão em um espaço onde estarão sentindo as mudanças, e algumas delas irão parecer boas e vocês as compreenderão. Algumas das mudanças exigirão que vocês tomem uma respiração profunda e permaneçam no espaço neutro do Espectador por um momento ou mais, a fim de ver como elas poderiam levar à compreensão do momento.
Mas algumas vezes vocês terão que dar mais do que uma respiração profunda. Assim, eu lhes sugeriria que neste próximo ano vocês reunissem, tantos quantos possível, aqueles de mente afim que apóiem o seu conhecimento de Cristo, que apóiem o seu sistema de crenças, a moldagem, a formação e a mudança deste sistema de crenças, enquanto eles moldam, mudam e transformam o sistema de crenças deles.

Tão frequentemente quanto possível, procurem aqueles de mente afim. Agora, eu sei que vocês estarão vivendo entre irmãos e irmãs que podem não usar a mesma linguagem ou que podem não ter o mesmo ponto de vista. Vocês os amarão e estarão com eles, mas tão frequentemente quanto possível, busquem aqueles de mentes afins que os apóiem como vocês os apóiam.

Vocês são muito fortes, assim não os machucará estar com outros que tenham pontos de vista diferentes, mas vocês irão querer retornar a um espaço onde podem baixar a defesa que colocaram durante muitas vidas e vocês irão querer estar apenas com os amigos porque eles os amam, eles os compreendem, eles sabem o que verdadeiramente está acontecendo: não o que parece estar acontecendo, mas o que está verdadeiramente acontecendo. Algumas das mudanças serão grandes. Elas serão para o bem, ainda que às vezes possam não parecer assim boas. E se estiverem com amigos e puderem afirmar que: “Isto, também, irá evoluir para a compreensão do Cristo”, então o que quer que esteja acontecendo, irá assumir uma aparência diferente, literalmente, em alguns casos.

Verdadeiramente, não há nada a temer. Ouçam isto bem, porque uma vez que tomem posse desta idéia, esta Verdade do seu ser, que não há nada, verdadeiramente nada a temer, o medo perde o seu poder. O medo foi a sua companhia durante muitas existências e vocês aprenderam como se proteger, porque pensavam que havia algo lá fora que era mais forte do que vocês.

Em primeiro lugar, não há nada “lá fora”. Está tudo dentro da sua consciência. Além disto, não há nada que vocês possam trazer que irá prejudicá-los, porque vocês são aqueles que o estão criando. E se vocês são aqueles que o criam, o que eu lhes garanto, vocês podem desfazê-lo, e assim o medo é banido, para fora do palco e não mais é necessário.

O medo não é uma verdade. É a verdade com “v” minúsculo, mas não é a Verdade com “V” maiúsculo. O medo é algo que vocês criaram a fim de terem uma aventura, para terem uma descarga de adrenalina. Não há nada fora de vocês e não há nada contra o qual precisam se defender.

Uma das grandes mudanças que está acontecendo neste ano é a liberação do medo. O medo não tem mais poder sobre vocês. Ele somente tem poder quando vocês lhe dão poder e acham que isto poderia ser verdade, mas não é.
A única Verdade do seu ser, é que vocês são energia, energia que eu chamei de Amor. Eu comparei esta energia com o Amor, porque quando vocês estão apaixonados, vocês se sentem expansivos. E quando estão apaixonados por alguém, vocês se esquecem do pequeno eu e ficam somente interessados no outro. Por um momento ou mais, vocês se percebem se esquecendo de si mesmos e da defesa que pensavam que era necessária e se sentem como Um com a pessoa que está diante de vocês. Vocês conhecem somente o Amor.

O Amor é expansivo. Amor é energia e vocês são energia. Vocês sempre foram energia e sempre tiveram a escolha de como usar esta energia, como formá-la. E então quando criaram, vocês se encontraram encantados com as suas criações ao espaço onde sentiram que tinham que defender estas criações. Vocês sentiram que talvez algo poderia vir e derrubar o seu castelo de areia ou o que vocês tivessem criado, e assim começaram a se identificar com as suas criações, ao espaço onde se esqueceram que criaram a criação em primeiro lugar.

Isto foi chamado de “a queda da graça”, a queda da lembrança de que: “Eu sou o Ser divino que criou isto em primeiro lugar.” Esta foi a queda na densidade. E agora vocês estão ascendendo, porque tiveram o suficiente. Vocês não são vulneráveis. Nunca o Filho sagrado precisa ser defendido. O Filho sagrado não é vulnerável. O Filho sagrado é Energia.

Agora vocês estão no espaço onde estão despertando para o Cristo de vocês, despertando para o espaço onde conhecem o seu poder; não como o mundo dita o poder. Isto está em uma dualidade. Vocês podem ter o poder um dia e perdê-lo no seguinte, aparentemente, no mundo.

Mas o verdadeiro poder de vocês se encontra na compreensão do Cristo de vocês que nunca esteve perdido. Vocês tiveram muitas aventuras, mas nunca estiveram perdidos. Além disto, vocês nunca pecaram. Vocês fizeram escolhas e viveram com o resultado daquelas escolhas e continuaram a fazer outras escolhas, mas na Verdade, vocês nunca pecaram. Vocês jogaram, da mesma forma que assistem os pequenos quando eles jogam na caixa de areia ou jogam com diferentes equipamentos. Eles fazem escolhas. Talvez eles subam nas barras e caiam. Mas eles se levantam, limpam-se, talvez chorem um pouco, porque eles querem que alguém reconheça quem eles são e que algo aconteceu a eles. E então o que eles fazem? Eles escapam e o fazem novamente muito frequentemente. Vocês fizeram a mesma coisa nas existências. Vocês passaram por aventuras.

Vocês não são apenas o corpo. Na verdade, vocês são muito mais do que o corpo. Quando os seus cientistas se movimentam para medir a aura, o que eles estão fazendo agora, eles vêem que vocês não estão terminando na pele. A pele é parte do corpo. É um dos órgãos do corpo. Acontece que está do lado de fora. Mas o físico não é tudo o que vocês são, e o corpo não está se ativando. Vocês estão ativando o corpo, e a Luz que vocês são, é extensa.
Na verdade, a sua energia divina, o Cristo de vocês se estende ainda mais do que possam imaginar. Vocês são parte do próprio cosmos. O cosmos, as constelações, tudo o que os seus cientistas estão trazendo a sua consciência, está lá somente por causa de vocês.

Estou expondo idéias para vocês, de modo que possam compreender que nada têm a temer. Como um sábio disse: “Não há nada a temer, além do próprio medo.” E novamente vocês chegam à conclusão de que nada há a temer – e não há – vocês são livres. Vocês não têm que se preocupar com o corpo. Vocês não têm que se preocupar que os amigos, os colegas de trabalho, os empregadores os deixem na mão. Vocês não têm que se preocupar que os líderes e o governo os derrubem. Vocês podem deixá-los ir e participarem dos próprios jogos deles, porque o seu sistema de crenças e a sua consciência, sabem que vocês estão bem e que sempre estarão.

Vocês não precisam do emprego, de alguém para lhes dar instruções, de modo que possam ganhar as moedas de ouro. Se vocês não estivessem neste emprego, estariam servindo em outro lugar, porque esta é a finalidade da vida: amar, servir e recordar. Se vocês não estivessem onde estão, estariam em outro lugar servindo e amando, e haveria uma troca de energia, porque tem que haver. Nunca há um vácuo. Há sempre uma troca de energia.

Agora, eu não lhes estou dizendo que devam ir amanhã, ou no dia seguinte e dizer ao seu patrão: “Ei, eu não preciso mais de você. Jeshua diz que estou livre para fazer as minhas próprias escolhas, assim eu acho que sairei.” Não estou dizendo isto, sob qualquer condição. Estou dizendo que apreciem onde vocês estão e compreendam e saibam que vocês servem de boa vontade. E sim, tem que haver uma troca de energia. A natureza, o seu verdadeiro ser, não permite o vácuo. Tem que haver uma troca de energia. Assim, em qualquer lugar que forem, em qualquer lugar que sirvam, tem que haver uma troca de energia. Pode ser na forma de moedas de ouro ou de outro modo, mas sempre há uma troca.

Sua responsabilidade é estar ciente de que haja uma troca e, ainda que possa não parecer as moedas de ouro, haverá uma troca; tem que haver uma troca. Nada é feito em um vácuo. E então vocês começam a compreender que as maneiras que estão sendo pagos, a troca de energia, pode ser tão variada quanto os grãos de areia na praia – muitas, muitas maneiras diferentes podem voltar para vocês e voltarão.

Vocês nunca irão ficar sem. Algumas vezes pode parecer um pouco apertado, mas nunca ficarão sem. Vocês serão sempre cuidados, porque assim o ordenaram.

Vocês nunca estarão perdidos. Uns temem deixar o corpo, porque eles questionam: “Para onde eu vou? Eu ainda terei a consciência? Será que ficarei perdido, à deriva no vazio, em algum lugar?” Não, vocês terão sempre a consciência. Vocês sempre conhecerão a si mesmos – o Eu maior, E com letra maiúscula – e de fato, muitos que despertam após terem liberado o corpo, sentem-se muito felizes porque eles estão livres. Eles se expandem.

A luz no final do túnel é a sua própria luz, e vocês se expandem nesta luz. Não há nada a temer. Agora eu não estou dizendo nesta mensagem que vocês irão liberar o corpo em breve. Na verdade, não irão, porque há muito trabalho a fazer. A colheita é grande e os trabalhadores são muito necessários.
Assim, vocês não deixarão o corpo, enquanto ainda haja trabalho a fazer. Mas quando chegarem ao espaço de saber que concluíram esta encarnação, nada há a temer. Haverá somente alegria, Luz, expansão – mas não ainda, porque eu preciso que vocês façam o meu trabalho. Vocês são as minhas mãos, os meus pés, o meu sorriso, as minhas palavras de conforto para aqueles que não podem me ver, que talvez ainda não tenham o sistema de crenças que lhes permita saber que eles não estão sozinhos.

Alguns deles me invocam e a minha mãe, Maria, e eles querem conhecer o conforto. Mas quando respondemos - e sempre estamos lá com eles, com vocês, com todos e cada um – eles não nos ouvem, porque há muito tempo lhes foi dito que eles não eram dignos de conhecer a Unidade. Eles não eram dignos de ter as suas preces atendidas. Se eles não pagassem aos sacerdotes e rabinos, fizessem sacrifícios no templo sagrado, então as suas preces nada adiantariam. Foi-lhes ensinado isto durante muitas vidas.

E assim quando respondemos, eles acham que não pode ser, porque eles ainda me vêem na cruz. Eu não estou na cruz. Eu somente permaneci lá por algumas horas. Isto foi o suficiente. Então eu desci de lá, ressuscitei o corpo, sabendo que ele era energia, e vivi novamente entre vocês para lhes provar, mostrar-lhes que vocês são a própria vida. Ela não pode ser extinta. Eu não serei extinto. A vida pode mudar de forma, mas a própria vida não pode ser extinta, assim nada há a temer; somente alegria.

Vocês são Vida. Sempre foram, sempre serão em uma forma ou outra, servindo sempre à Luz, porque vocês são a Luz e reconhecem aquilo que são.

E reconhecem outros que estão começando a despertar para a Luz que eles são. Celebrem a Luz com eles. É por isto que lhes digo: busquem aqueles de mentes afins e estejam com eles, tanto quanto possível, porque o sentimento da Luz e a consciência da divindade de vocês se expandem, quando vocês reafirmam a Verdade do seu Ser.

Se vocês se envolverem com - eu irei usar uma de suas palavras aqui – com pessoas negativas, vocês sabem como isto é. Parece opressivo, repressivo. Este tipo de energia tem ainda que despertar para Tudo O Que É.

Assim, tanto quanto possível, busquem aqueles que estejam preparados que tenham alegria em sua vida, conheçam a inocência, divirtam-se, riam, cantem, celebrem verdadeiramente o nascimento de Cristo. É o Cristo desperto que lê estas palavras. Vocês ordenaram em algum ponto no tempo linear que iriam conhecer o seu Cristo, e este é o momento.

Que assim seja.
 
.....ooo00000ooo.....

Direitos Autorais 2007 Universidade Oakbridge. O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço: www.oakbridge.org

Tradução:   Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Jesus/Yeshua - Judith|   |Voltar Home|