CELEBRIDADES, PRESIDENTES E REVERÊNCIA, ADORAÇÃO
Mensagem de Jeshua ben Joseph (Jesus) através de Judith Coates
Maio de 2006
 
Meus bem amados, hoje vou falar com vocês a respeito dos seus presidentes, das celebridades e lideres e da sua tendência á reverenciá-los, adorá-los. Por algumas décadas seus jornais televisivos e escritos têm lhes dado “as Estrelas” pessoas famosas para observar e reverenciar, como se eles estivessem acima de alguma forma. Existe uma fascinação para saber o que estão fazendo, onde estiveram, com quem estão se relacionando, etc. Tem havido uma tendência nos pensamentos humanos de manter uma superioridade para os presidentes, líderes, reis rainhas, padres, rabinos, como se eles tivessem poderes sobre vocês. Vocês os reverenciam algumas vezes como se eles fossem pessoas com poderes especiais, que sabem tudo e até são divinos. Vocês estão recriando este mesmo cenário muitas vezes na história da humanidade.

Agora vou falar-lhes sobre o verdadeiro significado da Reverência, e por que através dos tempos tem sempre havido um chamado dentro de vocês para a reverência.

Na verdade, existe um chamado bem dentro de vocês, para o qual estão respondendo que é um chamado ao reconhecimento de que existe algo além do pensamento básico: este algo mais que está além do que vocês vêm como individual, que está além do que acontece no mundo á sua volta.

Nos tempos antigos havia um chamado a se reverenciar DEUS, a DEUSA, as forças naturais, tudo aquilo que não era compreendido ou que se supunha estar acima do humano. E por muitas eras vocês mantiveram certos objetos para adorar, reverenciar. E em certos aspectos isto ainda acontece hoje.

Vocês imputaram qualidades aos seus líderes e celebridades que vocês acharam que eles deveriam ter, que vocês desejavam que eles tivessem, que quando percebem que eles têm pés de barro, ou que são falíveis vocês os julgam duramente.

Valorizar

A verdadeira reverência significa perceber valor, por que de fato, a palavra (worship) reverência é uma derivação para a palavra (worthship) valorização. Procurem em seus dicionários os sinônimos e as origens das palavras e verão que elas derivam de valorização perceber valor.

E agora por um longo, muito longo tempo vocês têm valorizado demais as coisas que estão acima de vocês, fora de vocês, e esqueceram de reconhecer valor ao que está dentro de vocês. E talvez também não vendo muito valor em seus irmãos e irmãs. Exceto àqueles que clamam e dizem estar mais próximos de DEUS, mais próximos de mim. Hierarquicamente num patamar um pouco acima da média de vocês por que eles têm uma maior conexão com DEUS.

Nestes últimos 2000 anos eu tenho sido colocado em um pedestal pela maioria de vocês, Agora nem todos que ativaram seus corpos e caminham na face de nossa sagrada MÃE Terra carregam esta linhagem sagrada. E muitos de vocês têm me colocado muito acima de vocês me identificando como o único filho de DEUS, o que EU SOU, e se colocam como muito inferiores, sem entender que de fato: SOMOS IRMÃOS.

Mas, desejei eu ser reverenciado? Sim, mas não desta forma da dualidade, que o coloca tão afastado de mim e me coloca acima de tudo, sentado à direita de DEUS PAI. Quero valorizá-los e melhor equalizar a valorização.

É chegado o tempo de reverências com o correto entendimento. Reverenciar a vocês tanto quanto a mim? Sim. Quero se reverenciado e reconhecido como a sagrada criança de DEUS PAI, mas quero também que vocês reconheçam e reverenciem seu valor e ao compreenderem seu valor que se realizem sejam inteiros, ativando seus corpos e que então expandam esta realização de sua inteireza para seus irmãos e irmãs, ativando também os animais, as plantas e a todos os seres viventes.

Há uma passagem nas escrituras onde converso com uma mulher frente a um poço, e Me refiro à reverência (João 4:19-24): Ela dizia que seus antepassados preferiam fazer reverências e orações nas montanhas que em Jerusalém, e eu lhe disse e reafirmo a vocês agora: tanto faz que se reverencie a DEUS PAI nas montanhas ou em Jerusalém, mas que se faça isto em qualquer lugar. Por que naquele tempo se pensava que era necessário ir a um lugar sagrado para rezar a DEUS. Ainda hoje é assim quando muitos ainda vão às igrejas, sinagogas, mesquitas para reverenciar a DEUS e rezar.

Mas eu lhes digo que podem e devem reverenciar e orar a DEUS em uma cachoeira, num campo de golf, em contato com a natureza ou em seu local de trabalho. Pense nisto por alguns minutos.

Abba

Deus, o Pai, quando usei a palavra Abba = PAI, usei uma palavra que não existe tradução para suas línguas de hoje, Usei a palavra Abba que tem sua tradução estrita para PAI, mas como sabem as palavras têm muitas miríades de significados, e a palavra Abba que é das mais lindas e carrega consigo muito amor, significa a fonte de tudo, o ponto de amor na criação, o grande início: sim, O PAI, sim mas muito mais do que vocês entenderiam como PAI, Abba carrega consigo o significado da TOTALIDADE, a fonte de onde tudo foi creado e de onde tudo deriva desde o início até agora.

Quando lerem em suas escrituras as palavras DEUS ou PAI, substituam-nas em suas mentes por ABBA. Pois o significado é muito mais amplo, não apenas uma tradução.

E continuando, eu disse àquela mulher, para reverenciar à Deus em qualquer lugar, tanto na montanha como em Jerusalém mas que chegaria um tempo em que isto pareceria não ser suficiente. (You worship, you know not what.); isto tem ocorrido por tanto tempo, há um sentimento profundo dentro de cada um de vocês para ser reverenciado. Um sentimento de querer voltar para casa. Um sentimento de querer despertar, de compreender verdadeiramente quem vocês são. Este sentimento os levou por muito tempo a reverenciar algo que parecia estar fora, longe de vocês, melhor e maior que vocês, e através dos tempos esta reverencia tomou muitas formas, rituais, cerimônias e criou o sentido da separatividade.

Mas a motivação para reverência veio do profundo desejo interno de conhecer sua totalidade, de conhecer sua fonte, origem, de conhecer e compreender seu EU verdadeiro. E por muito tempo vocês reverenciaram aquilo de que desconheciam. “Mas a hora é chegada de reverenciarem verdadeiramente DEUS PAI em espírito e verdade. Por que o PAI busca esta maneira de reverencia.

Mas vejam bem, o PAI não vai atrás do filho, como um pai na Terra para que o filho o reverencie. Abba não vai atrás de vocês para que se lembrem dele, e, o reverenciem como algo acima, fora e longe de vocês. Mas ele aparece para vocês como um campo de energia, como um imã – esta é uma boa analogia – buscando vocês em seus corações, no coração profundo da sua alma, atraindo vocês para a compreensão e despertar de seu EU verdadeiro, para que então possam reverenciá-lo. Em outras palavras para que compreendam seu verdadeiro valor e que possam reverenciar-se, sabendo que DEUS está dentro de vocês, desta forma estarão verdadeiramente reverenciando a DEUS PAI/MÃE dentro de vocês. Sabendo que ELE é uma expansão de energia amorosa da qual vocês provém. É a sua energia interior EU interno que muitas vezes falamos sobre o conceito de amor.

“Deus é Espírito, e aqueles que o veneram devem venerá-lo em Espírito e Verdade”. Então, quando falamos que DEUS é Espírito queremos dizer que ele é uma energia que está além do plano compreensível nesta dimensão. Por isto a palavra espírito foi usada. Significa algo que está além do que possa ser compreendido nesta realidade. Pois vocês entendem e falam dos espíritos dos entes queridos que desencarnaram, dos antepassados, dos anjos e arcanjos e vocês os explicam como energias além deste plano de realidade.

ABBA é Espírito

ABBA, DEUS, PAI é uma espírito e deve ser reverenciado como espírito, em outras palavras vocês devem reconhecer o verdadeiro sentido disto para reverenciar ABBA. Vocês devem compreender que ele está além desta realidade, saibam quão expandido e ilimitado ELE É. Reconheçam sua ilimitada expansão em um lugar onde tudo é júbilo, alegria, celebração e amor aí começarão a ter uma idéia do que é ABBA e de como reverenciá-LO. Todo resto de reverencia e oração é vão e apenas ritual, baseado em palavras vazias em falsas e limitadas crenças.

Vocês vêm de muitas vidas vividas, e mesmo nesta vida vocês fizeram muitos rituais onde proferiram as palavras certas, mas mesmo assim sentiram que seus corações não foram tocados, nem abertos ao Divino Amor.

Quando vocês chegarem ao ponto dentro de vocês onde realização de sua vontade e de seu valor, este local interno de realização onde vocês se sente parte ou uma extensão de ABBA/DEUS, então, aí vocês terão entrado na verdadeira REVERÊNCIA. Então, sua vida diária se torna a própria reverência, Não necessariamente ajoelhando-se para reverênciá-LO, mas fazendo de cada ser que vocês encontram um Christo a ser reverenciado, agradecendo por todas as bênçãos diárias.

A verdadeira reverência/oração se torna então, um estilo de vida, uma compreensão ampliada do verdadeiro valor de todas as coisas e acontecimentos. E isto não é para ser feito só num dia da semana ou do mês ou em feriados santos, uma vez por ano, mas TODOS OS DIAS em tudo que vocês fazem e com todos que encontram, enquanto compreendem que são a MARAVILHOSA, SAGRADA E AMADA CRIANÇA DE DEUS!!

Na próxima vez em que contemplarem, pensarem em suas celebridades, presidentes e líderes contemplem o Christo dentro deles. Vocês podem ou não concordar com seus comportamentos, maneiras de agir, mas tudo pode servir como uma expiação da paciência e do amor. Dar a Cesar o que é de Cesar e depois, ampliar a consciência para compreender a divindade em tudo que nos cerca. Aplaudir o drama, premiar a comenda de cada indivíduo no mundo, sacudir a poeira e seguir andando totalmente pleno de AMOR.

Que Assim Seja

- Jeshua ben Joseph (Jesus)
in expression through Judith
 
.....ooo00000ooo.....
Direitos Autorais 2007 Universidade Oakbridge. O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço: www.oakbridge.org

Tradução: Vania de Moura Carvalho Mendes <mendesmcvania@hotmail.com>

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Jesus/Yeshua - Judith|   |Voltar Home|