A ASCENSÃO DA CONSCIÊNCIA COLETIVA
Uma mensagem de Jesus/Jeshua por Judith Coates
12 de Abril de 2011
 

Amados, há muita coisa acontecendo em seu mundo agora que está exigindo a sua cura na Luz e no amor, muita coisa que está requerendo que a sua consciência perceba além das aparências e saiba que tudo, verdadeiramente, está em seu próprio e perfeito despertar.

Agora, pode não parecer assim. Quando a sua mídia estiver ativa, fazendo o que se atribuiu fazer, permitam-se dizer: “Sim, isto é um  aspecto do que está acontecendo, mas há muito mais que está acontecendo sob a superfície das aparências. Há muito mais que, verdadeiramente, está chegando para ser curado.”

Geopoliticamente, por um longo tempo, tem havido ensinamentos de gerações, de separação. Agora, vocês vêem aqueles ressurgindo em um despertar, sem saber bem o que eles estão pedindo, mas sabendo que eles querem uma mudança. E vocês vêem a oposição. Em um mundo que acredita na dualidade, vocês encontrarão oposição a qualquer coisa que venha à tona.

Estas são as revoltas que eu disse que vocês veriam, e eu sugeri que vocês olhem além dos motins para saber que verdadeiramente, quando o agricultor sair para cultivar a sua terra e plantar um novo jardim, a primeira coisa que ele terá que fazer é lavrar a terra. Ele terá que revolver a terra e preparar este solo para as novas sementes e o crescimento de novas plantas.

A Mãe Terra estará fazendo algumas mudanças. Vocês estiveram vendo alguns vulcões que estão sendo despertos, e um pouco de massas de terra se deslocando. Enquanto o despertar acontece no interior, vocês observarão mudanças no exterior. Permitam-se o ponto de vista do espectador, tanto quanto possível, e se houver orientação para que sejam ativos, permitam-se serem produtivos, ajudando outros.

Neste ano do seu tempo, vocês verão muitas revoltas, e um pouco disto chegando ao seu litoral, as suas montanhas, aos seus locais de habitação. Algumas vezes, vocês as reconhecerão pelo ego separado; em outras palavras, vocês sentirão um pouco de medo. Mas na maior parte do tempo, vocês se lembrarão do que eu disse.

Eu desejo continuar agora a nossa conversa sobre a evolução da consciência e a evolução do despertar. Temos falado com vocês, como vocês, como uma consciência humana coletiva, estiveram no lugar mais denso. Vocês desceram até à maior densidade que poderiam imaginar, porque queriam saber: “Como é criar aquilo que aparentemente é distinto do divino?”

E as vidas foram curtas, porque vocês não queriam estar naquelas existências. Gradualmente, vocês saíram daquela densidade, a primeira dimensão, a  mais densa, e disseram: “Deve haver algo mais que eu possa experienciar. Deve haver algo que seja mais fácil, mais gratificante do que eu estou experienciando.”

E assim com este pensamento, com este vislumbre de que poderia haver algo diferente, vocês entraram na realidade da segunda dimensão, em um espaço que não era tão denso, mas que estava ainda cheio de desafios e sem estarem despertos, sem nem mesmo terem um vislumbre por muito tempo, de que poderia haver algo além daquilo.

E então, novamente, veio o pensamento: “O que mais eu posso criar? O que pode ser diferente disto?” E vocês entraram na realidade da terceira dimensão, que é onde agora habita o seu mundo. A consciência coletiva, na sua maior parte, está na terceira dimensão, tendo saído da grande densidade.

Agora vocês têm idéias, lembranças, anseiam dentro de si mesmos ver o que mais poderia haver: “Talvez eu possa viver em paz e na amizade com os meus irmãos e irmãs. Talvez eu possa viver em um espaço de saúde; saúde do corpo, saúde da mente, saúde nas amizades e relacionamentos. Talvez eu possa ser o amor do que eu tenho ouvido falar.” A cada vez que este pensamento surge em sua mente, vocês entram nas possibilidades da quinta dimensão.

Vocês ainda têm o pé na terceira dimensão, porque há muita coisa que têm que cuidar no mundo, então vocês não renegam o mundo. Quando eu estive aqui há dois mil anos, eu não rejeitei o mundo. Eu vi as manifestações de irmão contra irmão. Eu vi a crueldade. Eu vi o julgamento. Eu vi a raiva e a inveja. Mas eu também vi a divindade de irmãos e irmãs. Eu também vi o potencial do Cristo viver e ser expresso por cada um dos irmãos e irmãs, incluindo aqueles que pareciam estar na oposição.

Eu conhecia o potencial do Cristo ressurgir. E é onde vocês estão agora. Vocês sabem que há o potencial para aqueles resolverem a sua oposição e a sua separação, um do outro. Saibam, ainda que não o vejam ainda, que é possível que aqueles possam viver lado a lado, em paz, ainda que eles não possam acreditar no mesmo conjunto de idéias, mas eles podem ainda assim respeitar as diferenças nas idéias e eles podem permitir que aqueles tenham diferenças. Quando vocês fizerem isto, entrarão em um espaço expansivo para si e também para a consciência coletiva.

A quarta dimensão ocorre quando há este vislumbre da possibilidade de que poderia haver algo mais expansivo, diferente do que os pais, dos seus pares e daqueles que aparentemente estão no controle, lhes disseram como a vida tem que ser. E quando refletem sobre esta possibilidade, vocês pedem que seja uma probabilidade. Quando acreditam na probabilidade com a intenção de que ela se manifeste, torna-se a realidade.

Então, agora vocês estão em um espaço mais maravilhoso, porque conhecem a possibilidade e têm a intenção de conhecer a probabilidade. Quanto mais se concentram em algo, mais real ele se torna para vocês e por vocês.

Nos próximos doze meses do seu tempo, vocês verão uma grande mudança na consciência coletiva. Isto está acontecendo agora; está em processo. Alguns estão buscando, como vocês estão.

Há muitos grupos em toda a face de nossa sagrada Mãe Terra, que estão pedindo para ver algo diferente do que eles foram educados para acreditar; ver a paz, o amor, a amizade, o respeito; conhecer a compaixão.

Ao longo de eons de tempo em que a nossa sagrada Mãe Terra tem conhecido a vida na superfície e no interior, tem havido civilizações que chegaram em seu despertar. Vocês conhecem algumas destas em sua história, principalmente na história mitológica e lendária. Aqueles que vivem agora dizem: “Oh, sim. Aquelas são apenas histórias. Lemúria é apenas uma história.” Bem, é uma história, mas é também e foi uma realidade, e muitos de vocês viveram na Lemúria. Muitos de vocês conheceram a proximidade da natureza e a vibração da Natureza, na Lemúria, e vocês a adoravam na Unidade, porque se conheciam como a vibração da natureza, e sabiam como incentivar as plantas, as árvores, a vegetação, as montanhas, a crescerem, a se comunicarem com vocês. Vocês conheciam a Unidade da comunicação. E assim, Lemúria cumpriu o seu contrato.

A Atlântida tem outro foco de atenção, e cumpriu o seu contrato. O mesmo acontece com muitas civilizações que vieram e desapareceram, e vocês têm escritos delas que parecem ser apenas histórias.

Vocês foram todas as coisas e muito mais do que agora se lembram. Vocês são mais eruditos, mais poderosos, mais grandiosos do que se conhecem ser, e é isto que estão vivendo na consciência agora. Vocês estão vivendo em uma consciência expandida, chamada de energia da quinta dimensão, e continuarão a partir desta energia, enquanto desejarem conhecer mais e mais a expansão. E isto se difundirá para a consciência coletiva. Isto se difundirá aos locais onde saberão verdadeiramente como viver com amor, na expansão, momento a momento.

O ego separado será uma história. Ele terá desempenhado o seu papel e vocês lhe agradecerão por ser parte do script do teste que vocês fizeram, mas dirão a ele: “O seu contrato está terminado. Eu não preciso mais de você. Lembro-me da Unidade com a minha divindade criativa. Agora o que poderei criar?”

E porque vocês estarão em um estado de amor, criarão mais e mais amor, porque o amor é expansivo. Quando se apaixonaram por alguém, vocês se esqueceram do pequeno eu. Vocês estavam tão presos no amor do outro, ou de um animal de estimação, talvez, que se expandiram para um espaço de Unidade com eles, e isto foi sentido de forma maravilhosa.

Quando eram jovens e tolos e de nada sabiam, vocês se apaixonaram e algo de vocês permaneceu lá. A maior parte de vocês foi chamada de volta ao mundo e vocês colocaram limitações em torno do amor, mas ele está sempre com vocês, e a qualquer momento que queiram se lembrar do amor, vocês podem.

A qualquer momento que queiram conhecer o amor, invoquem-me, pois eu os amo com um amor que é eterno e imutável. Eu sou o seu amante. Estou sempre com vocês. Assim, se quiserem conhecer o amor e sentirem que não há mais amor no mundo, invoquem-me. Eu não os abandonarei. Eu nunca os abandonei.

Mesmo durante a crucificação, quando, aparentemente, era o meu fim, o que eu fiz? Eu voltei. Eu disse que não os deixaria. Nunca os deixarei. Estou sempre com vocês. Não importa para onde mudem, não importa onde vocês viajem, não importa como as coisas pareçam ser agradáveis ou desagradáveis, eu estou sempre com vocês.

A consciência coletiva está pedindo agora este tipo de amor. Ela está evocando, está buscando em livros, em seus filmes, nas gravações magnéticas, em seus grupos. A consciência coletiva quer conhecer o próximo estágio do ser, e assim vocês o anteciparão, em um processo de ascensão, uma ascensão na consciência.

Vocês são poderosos. Vocês são grandiosos. Assim se permitam a cada vez que houver um sentimento de questionamento, de querer saber para onde ir, o que fazer, tomem uma respiração profunda e digam para si mesmos. “Eu sou amado”, porque vocês são. E então dêem um passo mais longe: “Eu sou Amor”, porque é isto que vocês verdadeiramente são.

Vocês são a expansibilidade do amor. Eu uso esta palavra porque é o conceito mais próximo para conhecer a divindade de vocês. Quando se apaixonam, quando se sentem amados, permitem uma fresta da porta, a janela se abre um pouco, e vocês têm um vislumbre da vastidão, da expansibilidade que vocês são, a paz que vocês são. Este próximo ano testará a sua paz.

Nos próximos meses vocês estarão percebendo uma aceleração do tempo. Vocês experienciarão uma aceleração dos acontecimentos, das revoltas, coisas acontecendo e se resolvendo, mesmo onde o ego separado disse que não poderia haver resolução; que levaria outra geração ou mais para resolver.

Acreditem que a resolução pode vir rapidamente. Saibam que ela pode vir rapidamente, porque vocês são os mestres do destino da consciência coletiva. Ouçam bem isto: vocês são os mestres de sua realidade e da realidade da consciência coletiva. Vocês são os mestres do destino e da rapidez com que isto pode vir.

Tenham a intenção de viver na divindade do amor que vocês são. Tenham a intenção. Definam isto para si a cada manhã, logo ao despertarem e darem o seu primeiro bocejo. Ao darem este primeiro bocejo, permitam-se  sentir expansivos. Absorvam todo o ar a sua volta e saibam que vocês estão preenchendo a energia do ser com o amor que vocês são, e vocês ficarão muito entusiasmados ao sair neste dia e compartilhá-lo com todos. Permitam que o seu amor envolva o globo. Visualizem-no.

Vocês se lembrarão. Vocês lerão histórias que os entusiasmarão. Lerão conceitos intelectuais que os animarão. Usarão a mente para servir ao coração. O coração quer amar, absorver todos como Um – “U” maiúsculo. E assim vocês usarão a sua mente, a capacidade intelectual que está chegando muito rapidamente agora, com toda a sua tecnologia, para provar para si mesmos, que estão conectados.

O despertar da consciência – é onde vocês estão neste ano. É o processo de ascensão na consciência, de estar em paz, estar apaixonado, conhecer a divindade que a tudo ativa; ser o observador que recua e sabe, que proclama a Unidade, a verdadeira Unidade de tudo o que está acontecendo. Tudo serve à Reconciliação.

Permitam-se ter os pés na terceira dimensão ainda, porque há coisas mundanas que têm que ser cuidadas. Mas permitam que o ser interior de vocês esteja em paz, sabendo que, verdadeiramente, vocês moldaram todas as atividades ao redor de vocês e podem contemplar o seu verdadeiro significado.

Permitam-se viver em uma consciência em ascensão, mesmo enquanto estiverem fazendo as coisas mundanas que têm que ser atendidas. Sintam a expansão. Sintam o amor. Permaneçam no amor. Permaneçam no não julgamento. E se vocês devem julgar, julguem a partir do espaço do Observador que a tudo vê a partir de t-o-d-a a visão sagrada. E saibam que sempre, enquanto vocês viverem neste espaço, o espaço sagrado em ascensão, eu estarei sempre com vocês.

 Nada temas, pois o Cristo os está guiando.

Que assim seja.

Jeshua bem Joseph (Jesus)

Expressando-se através de Judith Coates

 
.....ooo00000ooo.....
Direitos Autorais 2007 Universidade Oakbridge. O material de Oakbridge é protegido por direitos autorais, mas gratuito para qualquer pessoa que queira usá-lo, contanto que os créditos apropriados sejam listados, incluindo o nosso endereço: www.oakbridge.org

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página|    |Voltar Menu Jesus/Yeshua - Judith|   |Voltar Home|