SEMPRE EXISTE UMA SAÍDA...
Por Rubia A. Dantés
 
Tenho uma amiga muito querida que é uma Sonhadora... Ela tem sonhos incríveis que ora se manifestam na realidade... ora trazem pistas preciosas...
Nesta semana, ela me telefonou e disse que teve um sonho comigo. E nele eu falava assim: Eu não sei o que fazer...
Então, ela me abraçava carinhosamente; em seguida mais duas amigas chegavam e também me abraçavam e ela dizia:
Somos seis.
Ela me disse que no sonho eu falava isso como se fosse uma situação aparentemente complicada...
Quando ela me contou este sonho, eu me encontrava em um momento muito tranquilo e nada em minha realidade poderia sugerir tal situação, onde eu não saberia o que fazer. Até comentei com ela que quando eu falava não sei o que fazer, parecia-me uma forma de entregar o controle à Divindade.

Mas como tudo na vida é impermanente... no dia seguinte, toda a tranqüilidade que me cercava foi bruscamente quebrada pela palavra de uma pessoa que, sem nenhuma intenção, acionou dentro de mim memórias de dor que eu nem podia imaginar...
Passei da calma interior a emoções tão antigas e tão fortes que me recolhi... e fiquei fazendo o Ho’oponopono... em meio àquele turbilhão de dor eu parecia uma criança...
Mas deixei tudo vir à tona sempre repetindo as frases do Ho’oponopono... chorei o que tinha que chorar... enquanto minha mente tentava encontrar solução para um problema que até a manhã daquele mesmo dia... não existia.
Nada mudou em minha realidade, mas dentro de mim, memórias equivocadas provocavam emoções que criaram um problema sem solução para a minha mente racional...
Até que... em determinado momento, vi-me completamente sem saída... e falei
Eu não sei o que fazer, mas o Grande Mistério sabe... e entreguei todas aquelas memórias na Luz. Imaginei-me entregando mesmo aquele problema ao Grande Mistério que se manifestou como uma Luz emitindo tantos raios que eu não conseguia nem olhar...
Mas senti que entregava...
Mais algumas lágrimas e apertos no coração... muito Ho’oponopono... e à noitinha tudo foi ficando suave e o problema... assim como surgiu... deixou de existir...
E deixou no seu lugar uma energia de Amor...

No dia seguinte, conversando com uma das amigas que também me abraçava no sonho, fiquei surpresa porque ela me conta que passou, no mesmo dia que eu, por uma situação parecida, no sentido de também falar Eu não sei o que fazer... e entregar o controle à Divindade... E ela nem sabia do sonho...
E nesse mesmo dia, mais á tardinha... conversando com a amiga que teve o sonho... ela me conta de uma situação que se configurou de repente, e ela me repete ao telefone... eu não sei que fazer...

O sonho dela me trouxe outra confirmação ligada ao número 6, pois eu já vinha recebendo sinais que tinham a ver com ele... mas o que mais importa, e que eu acredito, é a mensagem que o Universo quer nos passar, a da entrega do controle... do ego para a Divindade...

Lembrando-me de como fiquei enquanto em contato com memórias equivocadas e em como, realmente não via saída se a buscasse seguindo essas mesmas memórias, vi claramente como um problema que não existia, foi criado e depois se dissolveu, me mostrando que era mesmo ilusão e que... quando estamos sob o jugo dessas memórias, somos extremamente limitados, tanto em encontrar soluções, como na possibilidade de desfrutar de uma vida mais plena e suave.
Ali, me vi mesmo em um beco sem saída... um beco de ilusão que eu mesma havia criado me prendendo nele...
E quando entreguei ao Grande Mistério... pude ver claramente como as possibilidades que temos disponíveis sob o efeito de memórias, são só um pontinho extremamente pequeno se comparadas a todas as infinitas possibilidades às quais só podemos ter acesso através da conexão com a Divindade que habita em nós e em Tudo...

Sei que minha Alma pede por cada vez mais entrega... mais desapego... pela busca de uma conexão mais limpa e mais clara... para enfrentar os dias que se aproximam...
Sei que é hora de deixarmos ir de vez tudo que impede a passagem da Luz...
Mas sei que... sempre que não souber o que fazer... O grande Mistério sabe... e isso nos dá a certeza de que nunca estamos sozinhos e que sempre existe uma saída...
 
.....---ooo000ooo--......

Rubia A. Dantés é Designer, cria mandalas e ilustrações em conexão...

Trabalhos individuais e em grupo, com o Sagrado Feminino, o Dom e o Perdão...
Clique aqui e visite seu site,
medite on-line e conheça suas mandalas.
Email:
rubia.americano@terra.com.br

Fonte: http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=09208

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Ho'oponopono | - |Voltar Home|