AS RESSONÂNCIAS INTERNAS
Mensagem da Amada Maria e Lorde Melquisedeque
Canalizada por Elsa Farrus
Em 27 de outubro de 2014
 
 
  Agora mais do que nunca vocês receberão as ressonâncias internas com todos aqueles seres de Luz com quem vocês fizeram o acordo de se reconhecer ou se encontrar.

Isto ocorrerá em geral, alguns viverão internamente, reconhecendo a alguém que neste momento sincrônico aparecerá para lhes ajudar e talvez a outra pessoa não se dê conta da importância do encontro, ou talvez ambas estarão conscientes.

Em outras pessoas somente acontecerão sincronias que lhes permitem transformar o passado sem perder a atenção aos fatos, quase que como alguém que chega e os completa, lhes dá as palavras exatas e vai embora.

Esses pactos de alma foram feitos há milhares de anos, são pactos energéticos para vocês se ajudarem no trânsito de 2015, onde vocês sabem que vão se consolidar sem mais demora, vão constituir-se em pessoas com consciência própria.

Nestes dias de 21 a 26 de outubro regularam-se seus centros de energia em uma das maiores mudanças pessoais nos últimos anos; vocês estarão conscientes disso em alguns dias.

Por isso nós os convidamos a escutar seu coração e a estar presentes em meditação ou simplesmente respirando algumas horas por dia.

É muito importante dedicar um tempo para regular seus centros de energia através da respiração: é a chave para todos os seus corpos de luz; quando seus sete chakras se regulam e alcançam o chakra estrela de Gaia e o estrela da alma é quando se produz a conexão com suas raízes, ou seja, aquilo que vieram para trabalhar, seu contrato espiritual e pessoal neste plano de dualidade através do chakra estrela da alma e sua compreensão do plano e suas ferramentas e memória da árvore genealógica de que procede o chakra estrela de Gaia.

Os dois contêm tudo que vocês necessitam para se alinhar com esta atual encarnação, eles são a parte ativa de sua memória universal e física, são a parte ativa em seu despertar.

Recordem-se de que esta vida é um trânsito de alguns anos físicos para experimentar a energia dual, voltar depois à sua origem, mas em particular esta vida é a maior oportunidade de experimentar a dita dualidade na transformação para a unidade consciente, ou seja, a ascensão física.

Por isso agora é esse instante universal em que se produz tal oportunidade, e para isso o grande motor do seu veículo físico deve estar livre energeticamente de cargas emocionais de tristeza, de rancor e de raiva.

Ao meditar em união com os dois centros de energia se produz em vocês a visão global para que de seu nascimento se produza a oportunidade de transcender a dualidade.

O raio branco lhes permite cancelar as visões parciais das realidades e os devolve para a sua frequência de unidade, por isso nós lhes propomos este exercício de meditação que provém de Luxor etéreo em comunhão com o raio branco e a frequência esmeralda.

Respirem fundo por várias vezes com suas costas retas (tenham um copo de água perto).

E sintam como podem imaginar o núcleo cristalino de Gaia como um grande cristal ou um grande sol ou uma grande esfera de luz que os enche de energia e luz, recebam toda essa grande frequência de luz do núcleo de Gaia enquanto respiram fundo por várias vezes...

E sintam como um dos feixes de luz do núcleo de Gaia sobe em direção à crosta da Terra gerando um tubo de luz branca que, ao sair à superfície, se unirá ao seu prana, ou tubo de luz, onde estão seus chakras.

Respirem fundo por várias vezes e sintam como a energia vai se aproximando até um palmo abaixo da sola de seus pés onde se encontra o chakra estrela de Gaia.

Respirem nove vezes enquanto sentem como uma bolinha de luz vai se intensificando abaixo da sola de seus pés, consolidando a abertura de tal chakra como depósito e comunicação com toda a sua energia física ancestral e seu mapa de vida e continuem respirando suavemente.

Uma vez terminadas as nove respirações, poderão sentir como desse núcleo energético, o seu chakra estrela de Gaia, nascem três raios de energia – um vai direto para a sola do seu pé esquerdo, o outro vai direto para a sola do seu pé direito e um terceiro se situa no chakra base, na ponte entre suas pernas – novamente respirem fundo por nove vezes enquanto essas luzes giram sobre si mesmas e formam um infinito vertical que gira sobre ele mesmo entre os três pontos e o chakra estrela de Gaia, restaurando as fibras de luz que recebem essa informação.

Subimos a energia em vertical depois das respirações, respirando uma vez por chakra até o chakra da coroa, e uma vez aí, sentimos como a energia sobe em vertical ao encontro do chakra estrela da alma, um palmo acima de nossa cabeça, em vertical até esse ponto e vemos como se ilumina uma pequena esfera de luz que termina sendo uma linda esfera de luz depois de nove respirações, restabelecendo o centro de energia que nos conecta com nosso ser de luz e toda a informação estelar de como escolhemos viver esta experiência e respiramos fundo novamente por três vezes, para formar um novo infinito; uma vez que esta esfera de energia se ativa, nos restabelece a comunicação com o chakra estrela da alma e o chakra da coroa para que possamos acessar todas as respostas e orientações necessárias para realizar a encarnação presente em nós.

E permanecemos aí por nove respirações enquanto o infinito gira.

À medida que vamos respirando sentimos como a luz branca do prana nos envolve e como se expande em nossa aura formando uma grande esfera de luz.

Respiramos fundo de novo e pedimos ao universo uma frequência de luz do raio turquesa que baixa em vertical para nós, a recebemos e a encontramos no interior de nosso prana, pouco a pouco descendo até parar no chakra do coração; respiramos nove vezes enquanto um ponto de luz vai se transformando em um cristal em forma de octaedro turquesa e esse cristal vai se consolidando em nosso interior, no chakra do coração e respiramos novamente por três vezes enquanto o octaedro turquesa se consolida.

Depois damos a ordem de ajustar nossa energia e nossa aura à realidade presente, respiramos e movemos todo nosso corpo sem abrir os olhos, sentimos como se movem nossos músculos e costas para estarmos presentes o máximo possível em nosso corpo físico...

E abrimos os olhos suavemente sem nos levantarmos, inclusive é bom beber esse copo de água que nos ajudará a estarmos mais físicos em nosso corpo.

A função desta câmara de luz é:

O octaedro turquesa é o seu cristal interno do coração, um dos cristais de sua consciência diamantina; ele lhes permitirá encontrar o equilíbrio dentro da dualidade para restabelecer sua energia original, e o raio branco lhes permitirá transcender tal dualidade.

Vocês podem realizar esta câmara de luz uma vez por mês e se se sentirem perante um desafio muito extremo de sua constelação familiar, vocês podem realizá-la uma vez por dia durante uma semana e depois uma vez por semana quatro vezes e depois voltar ao ritmo natural de uma vez por mês.

E também lhes permitirá integrar suas personalidades e suas carências tanto emocionais, como pessoais, como físicas se transformarão em equilíbrio.

Amada irmã, agora sim vocês estão no período de transformação mais lindo que podem chegar a experimentar em Gaia.

Sim, está certo que aparentemente há muito caos em seus ambientes, mas tudo isso se cancela no momento que cada dia vocês se posicionam em sua vibração, se posicionam em ser vocês mesmos, em integrar seu ser na rede de luz universal; quanto mais aumentam sua frequência, mais seres receberão a luz de seus corações e despertarão pela vibração, não pela sua insistência; não focalizem seu ser e seus pensamentos em lutar contra, ensinar e demonstrar que... focalizem seu ser em vibrar, em estar e ser presente, deixem ao plano divino trabalhar cada um em sua consciência... o chamado é universal, assim que está tudo previsto desde o amor mais infinito, tudo tem um por quê... permitam que aconteça.

Brilhem em seu coração e a forma de seus cristais se unirá à dos demais criando um campo energético que ressoará em todo o universo; esse é o despertar massivo que tanto buscam, mas não se pode encontrar, nem datar, há de se criar desde o coração, desde a paz interna e então acontecerá.

Obrigado, amados, por sua contribuição ao Akasha durante tantos milhares de anos.

Obrigado, seres de luz por sua existência.

Feliz viagem de volta.

Desde o Sol Central de Alcyon,
Amada Maria e Melquisedeque.


Obrigada a todos por compartilhar esta canalização quando sentirem.
Feliz dia a todos,
Elsa
 
 
-.....---==II==----.....-
 
  Direitos Autorais:
Fonte: http://www.ascensiongaia.es/
Tradução: Blog Sintese http://blogsintese.blogspot.com
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Elsa FarrusII - IIVoltar HomeII