O PILAR DE LUZ DO CORAÇÃO
Mensagem de Salusa Canalizada por Elsa Farrus
Em 07 de junho de 2014
 
 
  Amada menina, sou Salusa.

São dias de profunda interiorização para você e para muitos.

São dias de concluir processos que vêm de muito tempo e que abrem a porta da liberdade pessoal.

São dias de ir para dentro, no chakra do coração, onde vocês encontrarão registros e memórias ancestrais de seu comportamento pessoal que marcaram mais de uma encarnação.

O medo da solidão, o medo da perda, o medo de serem vocês mesmos...

Este processo abre uma manifestação muito profunda de vocês.

Ele abre novas vias de comunicação com o ambiente, por isso: alguns estão passando por processos de limpeza para fora nas vias respiratórias.

Propomos a vocês uma combinação de frequências de luz que os ajudará a transformar ou acelerar esses processos:

Exercício:

Respiramos profundamente três ou quatro vezes, sentindo como somos parte da realidade que nos rodeia, continuamos respirando e pedimos ao universo um feixe de luz do raio Lilás, a combinação do raio platino e do violeta.

Sentimos como desce em vertical sobre nós e se deposita no chakra estrela da alma, um palmo acima de nossas cabeças, vamos respirando fundo e de pouco a pouco, sentimos como se abre um ponto de luz acima de nossas cabeças.

Continuamos respirando e vemos como ele desce para o nosso chakra da coroa.

Respiramos três vezes e abaixamos a frequência da luz, em vertical, para o chakra Agna e assim consecutivamente até chegar ao chakra base.

Respiramos de novo e desenhamos um tubo de luz que desce em vertical em direção do núcleo da terra e que passa pelo chakra estrela de Gaia, um palmo abaixo de nossos pés, reconectando-o e abrindo-o ao respirarmos novamente três ou quatro vezes.

Ao conectar com o núcleo de Gaia, pediremos um raio de luz cristalino, respirando profundamente por três vezes e que sobe por todo o prana que reativamos com o raio lilás e que vai depositando cristais de luz em nosso prana à medida que respiramos e o fazemos subir até para fora de nosso chakra da coroa.

Respiramos fundo por sete vezes e sentimos como a energia do raio cristal se distribui em todos os sentidos do nosso campo eletromagnético desde o chakra da coroa para o exterior, formando uma grande esfera cheia de luz e de milhares de pontos de luz ou fractais que refletem toda a energia cristal arco-íris.

Respiramos três vezes e pedimos um raio de luz turquesa ao universo e ao núcleo da terra ao mesmo tempo.

Sentimos como ambos entram em nosso prana e se unem em nosso chakra do coração formando uma pequena esfera de luz turquesa à medida que vamos respirando, pouco a pouco.

Continuamos respirando e a cada vez essa esfera de luz turquesa vai se fortalecendo no interior de nosso chakra do coração.

Respiramos de novo quando a vemos consolidada e veremos como dela saem dois fios de luz em forma de espiral que vão se movendo circularmente enquanto respiramos mais nove vezes e esses espirais de luz se abrem para frente de nosso tórax, no timo e para trás saindo pelo chakra do coração nos omoplatas e sai no ponto da alma, bem no interior do chakra do coração em nossa coluna.

Continuamos respirando e vendo a luz que renova as conexões com nosso campo eletromagnético no eixo de nossa consciência diamantina, ou seja, o eixo que nos une ao nosso autoempoderamento pessoal, com toda a nossa bagagem no passado e a sabedoria adquirida vida atrás de vida.

E o canal frontal de união para a nossa possibilidade infinita de trilhar caminhos que nascem do coração (nossos caminhos futuros).

Depois respiramos três vezes novamente e chamamos os mestres Uriel e Zadquiel, ou seja, cada um como desejar, chama os Arcanjos Uriel e Zadquiel.

Proponho um protocolo: Em nome do Eu Sou em mim, chamo o Arcanjo Uriel... (três vezes).

E nome do Eu Sou em mim, chamo o Arcanjo Zadquiel... (três vezes).

Uma vez chamados, respiramos de novo e com amor perguntamos: É Uriel em nome do amor e da luz?

Se a energia permanecer, são os seres de luz que nos apoiam.

Se se diluir ou não dizer que sim, repetimos o chamado, pois era somente energia astral ou imaginação.

Assim que respiramos cheios de paz e amor, pedimos a Uriel que se ponha em nossa frente e Zadquiel se ponha atrás de nos e coloquem suas mãos à altura do chakra do coração.

Eles irradiarão uma bela luz dourada que em união com a luz turquesa fará uma frequência de Luz, formando um pilar de equilíbrio que ajudará a desfazer os medos e a encontrar de modo consciente o seu eixo de enraizamento.

Com este exercício vocês poderão equilibrar sua realidade diária e encerrar as resistências inconscientes.

Lembrem-se, irmãos, de que o coração é o motor da vida e o veículo da realidade.

Ele é sua conexão com o infinito.

E agora é tempo de ajustá-lo.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
  Direitos Autorais:
Fonte: http://ascensionalquimicageometrica.blogspot.com.es/

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/ 
 
 
Gostou! Compartilhe com os  Seus Amigos.
 
Facebook    
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Elsa FarrusII - IIVoltar HomeII