RECLAMANDO EM 2012
Uma mensagem de Gillian MacBeth-Louthan
Quarta-feira, 18 de janeiro de 2012
 
Nos últimos meses temos sido inundados por reclamações de pessoas ranzinzas. Tanto que eu fiz um comercial de rádio para a nossa loja sobre isso. Eu tento ver tudo na minha vida como uma bênção e um ensinamento, não importa a forma ou a cor da aprendizagem. Eu sempre olho primeiro para mim mesma, para ver o que eu possa estar refletindo a partir da pessoa / situação e depois faço o máximo possível, da forma mais humana, para abençoar a pessoa e situação. Possuir uma loja de móveis é como ir à batalha diária do varejo (é assim que você sabe que Deus tem senso de humor). As pessoas estão zangadas e tristes, e se sentem traídas. Todos estão apontando um dedo afiado com quatro dedos voltados para si mesmos. Línguas bifurcadas transformaram-se em colheres, servindo a justiça em uma forma verbal tóxica.

Eu tento culpar as energias impessoais irritadas, o tempo, a lua cheia, a política, o preço da gasolina ou a Bossa Nova. Não importa o que há de bom, há sempre algo ruim. É exaustivo assistir. Eu trabalho duro de verdade para me manter equilibrada em um lugar de harmonia todos os dias. Eu faço minhas orações e falo meus mantras ao dirigir por estradas no sopé do monte Smokey, e logo que eu chego ao “mundo real” a viagem começa. Como montar um touro de salto alto e colocar rímel com um par de gêmeos em seus braços, ao preparar um jantar para seus sogros. Ficar de pé sob a luz, no centro do picadeiro do circo, não é para aqueles de natureza fraca.

2012 é um ano de ponto de mutação, não importa o que aconteça em nosso caminho, em qualquer nível na vida. É um ano para ser respeitado e observado bem de perto. Cada pensamento conta. A luz e a escuridão contam cada voto seu e não estou falando de política. Quando vocês reclamam, vocês estão envenenando seu futuro. Quando andamos por aí resmungando e reclamando estamos chamando mais desse veneno para cada parte da nossa vida. Quando reclamam de uma dor, vocês estão chamando mais dor. Tentem fazer todas as coisas sem resmungar, buscar falhas ou reclamar. Vejam o bem em cada situação e sejam gratos. Encontrem alguma razão no seu dia para agradecer - isso vai ajudar a diluir o tipo de queixa que cria o veneno em seus corpos e em suas vidas.

Há sempre algo sobre o que reclamar, mas vocês precisam procurar muito para encontrar o que há para serem gratos. Vejam o bem em torno de vocês – sejam aqueles a fazer a diferença. Deixem que Deus e o Universo lutem contra vossas injustiças. Até que vocês estejam em um ponto de gratidão bem onde estão, Deus não vai ajudá-los a mudar essa situação. Sejam gratos pelo que está certo em vossa vida, em vez de se queixarem sobre o que está errado nela. Façam todas as coisas sem reclamar e vocês verão a magia e milagres em sua vida se multiplicarem. Quando vocês estiverem com dor ou preocupados, imediatamente encontrem uma razão para gratidão sobre algo em vossas vidas. Esses pensamentos os levam a uma vibração mais elevada que os ajudará e demoverá de qualquer situação negativa. Olhem para o copo meio cheio, não para a água derramada sob a ponte.
 
----.....---==II==----.....----
 
Gillian MacBeth-Louthan - PO box 217 - Dandridge, Tennessee 37725-0217 - www.thequantumawakening.com  thequantumawakening@hughes.net

Tradução: Luciana Pellegrini Drucker <luzpelegrina@gmail.com>
 
Gostou! Indique para seus Amigos.

||Topo da Página||    ||Voltar Menu Gillian MacBeth||    ||Voltar Home||