POR FAVOR, LIBERTE- ME, DEIXE-ME IR....
por Gillian MacBeth-Louthan em
janeiro de 2013
 
 
À medida que avançamos em 2013 cada centímetro de nós parece confuso, se estamos indo ou vindo, mudando ou permanecendo o mesmo. 2012 nos deixou em um vazio dimensional, por assim dizer.

Temos buscado perceber a verdade de tudo isso. Estamos aqui ou ali? Nós mudamos? É assim que se deve sentir? Será que fizemos direito? A percepção humana está nublada, com possibilidade de chuva. Um grande cinza acontece no reino à medida que preto e branco confundem-se em um vazio. Visível ou invisível, tudo é sentido.

Este ano conduzirá a humanidade a portais de pensamento além da percepção atual de tempo, de espaço, luz e som. Vossa essência nunca foi limitada e linear, o vosso espírito pertence a todos os mundos, a todos os universos, e a todos os níveis de luz. A luz são vossos irmãos, os asteróides são seus primos distantes.

Tudo nesta existência foi cozida na mesma panela de barro cósmica. Vocês vieram da mesma sopa cósmica com os mesmos ingredientes cósmicos e ancestralidade. Neste momento na Terra, o Universo está pedindo aos seus filhos para Completar, para terminar o que está por fazer, não visto, seja de base, ou chamada telefônica, a integridade acena da própria casa.

A luz da Integralidade permite que toda forma de vida cativa seja posta em liberdade na criação concluída. Como uma lufada de ar fresco depois de um cochilo de um longo inverno, a vida é respirada de volta à vida.

É hora de olhar para o que está incompleto dentro de si mesmo e da vida. Para sentar e ver realmente o que ainda está inacabado. Dentro de cada situação incompleta vive uma força poderosa de vida pulsante.

Essa força de vida tomou a forma de tudo o que precisa ser terminado, seja animado ou inanimado. Seja pensamento ou ação. Vossas paixões na vida estão emperradas e precisam de lubrificação.

A vida acelera crianças, ponham o cinto de segurança, esperem pela querida vida. O que está inacabado assombra vocês, à medida que vocês apressam-se na tentativa de preencher-se de forma ilusória.

As pessoas falam sobre não ter energia suficiente ou força da vida ou o desejo de fazer isto ou aquilo, esquecendo que elas são feitas da mesma matéria que o Pai Celestial (um pouco diluído). A maioria das pessoas têm muito mais energia do que elas estão mostrando em seus perfis.

Vossa força de vida está amarrada em sonhos e desculpas. As coisas que vocês querem fazer, mas por algum motivo (ou desculpa) não se permitem experimentar. Dêem um passo para trás e olhem para quanta força de vida vocês mantém cativa na não-ação.

Decretem em voz alta a conclusão de tudo o que está inacabado em vossas vidas. Vejam como já feito! Dêem permissão aos vossos sonhos para nascerem no vastíssimo vácuo de 2013. Visualizem a força da vida internamente preenchendo vocês com uma luz poderosa e impressionante que se estende até a eternidade.
 
----.....---==II==----.....----
 
Gillian MacBeth-Louthan -
PO box 217 - Dandridge,
Tennessee
37725-0217 -
 www.thequantumawakening.com   thequantumawakening@hughes.net 


Tradução: Luciana Pellegrini Drucker <luzpelegrina@gmail.com>
 
Gostou! Indique para seus amigos.
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Despertar Gillian  II - IIVoltar HomeII