A CRIATIVIDADE NECESSÁRIA
Uma mensagem de Gillian MacBeth-Louthan
16 de maio de 2008
 
ENTRE NO PORTAL DAS MUSAS!

As Musas foram criadas para inspirar criatividade, música, escrita, arte e a inspiração pura e simples. O ano que entra será de grandiosidade divertimento, pois a humanidade está entrando num portal de criatividade necessária, em um nível nunca antes alcançado. Você vai se divertir na sua vida, como uma borboleta que dança de flor em flor, de galho em galho, pistilo em pistilo, colhendo, colhendo e colhendo ainda mais.

O Universo oferece o divertimento para a humanidade, como um alívio muito necessário da pressão, abrindo o portal das Musas para que a humanidade possa curar seu caos e traumas internos; usando a modalidade curadora da criatividade, do canto, da dança, do movimento, da escrita, criando com as mãos, com palavras que são escritas, com palavras que são faladas, com palavras que estão guardadas no fundo do coração e que há tanto tempo desejavam ver a luz do dia!

As Musas vêm para toda a Terra para se reunirem em volta de cada um de vocês. Se quiser que elas o ajudem no processo de cura, você deve convidá-las para entrar. Permita que a sua criança interior finalmente se liberte. Abra a porta do seu coração, onde ela se manteve em silêncio por tanto tempo. Deixe nascer, do seu interior, os dons criativos que você seqüestrou desta vida, bem como de outras.

Lembre-se de quando você foi um ceramista, de quando foi um curador, de quando foi um escritor. Lembra-se quando a música das esferas cantava por seu intermédio? As Musas o ajudam, com um ungüento curador, a pôr para fora o que tem sido doloroso, tudo o que esteve escondido. Muitos de vocês não permitiram que seu pleno potencial fosse experienciado. Permaneceram como um eterno botão, uma flor que nunca desabrochou completamente em sua doçura, sua beleza, em seu potencial e em seu coração.

Mesmo aqueles de vocês que estão num relacionamento, apaixonados, casados, não se permitiram penetrar completamente no amor. Não se permitiram doar-se totalmente de coração, em comprometimento. Tudo o que você oculta de si mesmo e daqueles que você ama, o envenena. Você deve doar de si mesmo, como se fosse o último grão de trigo, e a sua vida e seu coração fossem o fazendeiro. Permita que seu coração seja colhido completamente. Sua recompensa é o amor.

Cada um de vocês tem o potencial para cantar como um anjo; para declamar poesias que farão Reis e Rainhas caírem de joelhos com humildade; para escrever uma verdade que derreterá a alma dos outros. Cada um de vocês tem o potencial para se movimentar como o vento, dançar na sua vida e permitir que seu corpo não seja mais pesado, tenso e estressado, mas leve, flexível e bonito. Abrace a liberdade e a sacralidade de tudo isto. Liberte-se dos fingimentos e permita-se tornar-se um com a natureza.

A natureza será sua grande Curadora nos próximos tempos. Permita que a Terra, os animais, a areia, as plantas, a água, o fogo e o vento o abracem. Pois as Musas não são apenas musicais, poéticas e cheias de canções. As Musas guardam dentro de si segredos antigos que estiveram adormecidos durante muitíssimo tempo. A criatividade pode vir numa receita que você cria para uma pessoa que está cansada da vida, doente do corpo e do coração. Enquanto sova a massa do pão ou bate a massa do bolo, coloque dentro dela grandes doses de cura, punhados de amor e pitadas de paz, todos os ingredientes da alma.

A Terra inteira lhe pede que expresse o que está escondido e separado no seu interior. Você confiscou aquilo de que se esqueceu. Lembre-se de quando era criança e fazia de conta. Você fazia de conta que era mamãe ou papai; fazia de conta que era enfermeira ou médico; fazia de conta que podia voar com ou sem avião; fazia de conta que era o Rei e a Princesa. Você estava fazendo de conta que era os desejos do seu coração. Conforme você foi crescendo, aquele faz-de-conta foi ficando pretensioso e você se esqueceu como brincar, como dançar com a música, como bater palmas quando está entusiasmado e pular para cima e para baixo quando se sente pleno de alegria. Você começou a caminhar em vez de andar aos pulinhos, e a falar em vez de cantar. Você se esqueceu da magia! A Terra inteira tem um grande peso no coração que está à espera de que você se lembre. Conforme as Musas são libertadas, assim também são as energias da Fé, da Esperança e da Caridade. Estes seres angélicos vêm à Terra porque a Mãe Terra pede que mais fé, mais esperança, mais caridade e mais amor estejam presentes (e sejam os presentes) no seu coração e na sua vida.

As essências das Musas e dos Anjos dançam à sua volta o tempo todo. Eles não podem entrar na sua vida, mesmo que batam muito forte, a não ser que você abra a porta para eles no seu coração, na sua mente e nas suas palavras.

Convide a Fé para entrar onde não existe nenhuma. Envie a Fé para onde não existe nenhuma. Convide a Esperança para entrar onde você sente que não pode ir nem mais um dia. Embrulhe-a com Amor e Doe-a para outra pessoa. Convide a Caridade para entrar, para aconchegar e aquecer. Muitos precisam se curar em relação aos seus consangüíneos e familiares. Convide o Amor para entrar, pois embora pense que o tem, você só tem um pequeno fragmento do ser do Amor. Convide para entrar um Amor que é maior e mais grandioso do que todos os outros Amores. Deixe que o Amor entre e estenda suas asas douradas em volta de tudo, elevando aqueles cujos corações estão fechados, levando-os a um amor mais elevado.

Deixe que as Musas sussurrem os desejos que você teve uma vez quando era criança e depois se esqueceu. Você se embrulhou com os cueiros de adulto. Fechou o corredor e estrangulou suas qualidades infantis. Existe uma criancinha em todo mundo, mesmo naqueles que já são muito velhos e enrugados. Permita que seu coração se abra para aquelas pessoas que se sentem como uma criancinha abandonada. Envie-lhes Fé, Esperança, Caridade e Amor.

Faça com que todos saibam que são amados, porque todo mundo anda se sentindo muito mal amado, nesta época no planeta Terra. Todos estão se sentindo abandonados, abandonados por Deus, abandonados pela esperança, abandonados pela fé, abandonados pela caridade e, mais do que tudo, abandonados pelo amor. Peça para as energias da Fé, Esperança, Caridade e Amor andarem com você durante todo o seu dia. Permita que estes lindos seres sejam Um consigo. Toque cada pessoa que passar por você, salpicando-a com pó mágico, criando um brilho em seu coração, em seus olhos e em seu futuro.

Eu Sou um Ser Angélico que fala pelas Musas e pela Fé, Esperança, Caridade e Amor. Não tenho um nome, apenas um som, uma cor e um brilho, mas você pode me sentir. Ouça estas palavras no seu coração e depois as estenda de modo que sirvam para todos no seu mundo.

Deixo-os com Paz na Terra.

Gillian MacBeth-Louthan 
 
 
---.=.=.0\0/0.=.=.----
 
Gillian MacBeth-Louthan - PO box 217 - Dandridge, Tennessee 37725-0217 - www.thequantumawakening.com  thequantumawakening@hughes.net

Tradução de:  Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br 
Gostou! Indique para seus Amigos.

||Topo da Página||    ||Voltar Menu Gillian MacBeth||    ||Voltar Home||