O CAMINHO SIMPLES PARA A PERFEIÇÃO
William LePar e O Conselho
24 de abril de 2015
 
 
  O Conselho: A última vez que nós falamos com vocês, nós mencionamos um modo simples de terminar toda essa provação que cada um de vocês vivencia e foi mais tarde na experiência que alguém foi corajoso o bastante para perguntar qual era esse modo simples, mas a hora passara e a simplicidade não poderia ser dada tão diretamente.

Bem, chegou a hora novamente, e nós não vamos esperar pela coragem de uma alma, e sim vamos passá-lo para vocês muito simplesmente.

Quando vocês puderem elevar sua vontade à Vontade de Deus, ao seu Criador, vocês terão vencido, conquistado e concluído.

Quando vocês começarem a se observar como os embaixadores pessoais desse Deus Divino, que vocês foram pessoalmente escolhidos por Ele para administrar o Amor d’Ele para cada pessoa com quem vocês entram em contato, vocês terão alcançado a perfeição.

É simples assim.

Quando a sua vontade é a Vontade de Deus.

E a Vontade de Deus é algo complicado?

É algo oculto?

É algo misterioso?

Não, não.

Ela é isto: Que você deveria ser o guardião de seu irmão.

A mesma coisa antiga repetida e repetida e repetida e repetida desde o começo do tempo.

Amem incondicionalmente alguém e vocês estarão fazendo a Vontade de Deus.

Aceitem alguém tal como ele é.

Não julguem e vocês estarão realizando a Vontade de Deus.

Algumas pessoas têm uma vida que não é fácil.

A vida pode ser cheia de estresse, de muita doença, muita decepção, muito abuso, mas isso não é indicação de que as pessoas são almas divinas ou algo inferior.

Há muitas almas que têm uma vida muito abaixo do desejável, mas elas têm essa vida, esse estilo, essa situação, porque é o meio de elas amarem cada um de vocês.

Então, não julguem e vocês não serão julgados.

E lembrem-se: quando se trata de julgamento, vocês são seus próprios juízes, porque dentro de vocês, em seu eu superior, tudo que é honesto e bom, tudo que é certo e tudo que é errado, está dentro de vocês e vocês se julgarão e vocês serão juízes muito mais severos de suas atividades do qualquer juiz externo poderia ser.

De fato, como dissemos antes, há horas quando aqueles que evoluíram acima do seu estado, seja qual for o estado no momento em que vocês se julgam, precisam às vezes moderar seu próprio julgamento.


 
-.....---==II==----.....-
 
  Direitos Autorais:luzdegaia
Mais de William LePar e O Conselho vá em www.WilliamLePar.com
Fonte: http://www.williamlepar.blogspot.com

Tradução: SINTESE http://blogsintese.blogspot.com 

 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.