BIORRITMOS E O CORPO FÍSICO - PARTE 1
William LePar e O Conselho
Postado em 12 de outubro de 2014
 
  Neste intercâmbio entre um interlocutor de nosso Grupo de Pesquisa e Estudos e a fonte espiritual de William LePar, O Conselho, nós recebemos informação referente aos biorritmos e sua utilidade para nós.

Interlocutor: Em referência aos biorritmos, eles realmente não têm tanta quantidade de validade, têm?

O Conselho: Ah, sim, eles têm.
Muito de sua, como diremos, aceitação da vida diária e a digestão dessas experiências são governadas pelos biorritmos ou ciclos que são naturais para seu corpo físico.
Esses ciclos controlam em algum grau os componentes químicos do recipiente físico.
Então, esses componentes físicos em relacionamento com o cérebro, o órgão do cérebro, podem tornar a recepção ou a atitude, a atitude espiritual, ou a recepção dessa espiritualidade um pouco mais favorável para o recipiente físico.
Você entende?

Interlocutor: Sim.

O Conselho: Então, nesse sentido, eles são muito importantes.
Agora, não é uma questão de você crescer espiritualmente ou não.
Em outras palavras, não é uma questão de poupar sua alma, se você quiser usar esses termos, mas ajuda a situação e esses ritmos realmente afetam a reação externa que você tem para com o mundo.

Interlocutor: Bem, vou modificar a pergunta. Eu firmemente acredito que há ritmos, mas estou questionando como o ciclo físico é suposto ser 28 dias a partir do dia de nascimento. Mas ele progride assim durante toda a sua vida? Ou se você está doente, ele fica fora de sincronismo?

O Conselho: Tudo isso está relacionado aos ciclos naturais da manifestação material.
Você tem muito mais do que três ciclos em sua constituição.
No total você poderia ter muito acima de uma centena de ciclos diferentes e todos eles se mesclam ou intercambiam ou inter-relacionam uns com os outros.

Interlocutor: Sim, mas os três ciclos em que estamos pensando, o modo como eles se figuram é um modo válido de fazê-lo.

O Conselho: Sim, eles se baseiam nos ciclos físicos da manifestação material que é bastante constante. Na verdade, absoluta. Você entende?

Interlocutor: Entendo.

O Conselho: Se você fosse observar os ciclos naturais da manifestação material, tome por exemplo, os ciclos da lua, eles são bastante precisos.
Com o passar de um longo período de tempo, há ajustes necessários, mas não numa única vida.
Você entende o que estamos dizendo?

Interlocutor: Eu entendo o que vocês estão dizendo.

O Conselho: Os ajustes são tão mínimos que levariam muitas, muitas vidas até para se pensar neles, então esses são ciclos que são constantes na manifestação matéria, como os próprios elementos de que você é composto ou do que o corpo físico de sua alma é composto.
Todos eles precisam operar em relacionamento uns com os outros.
Isto é parte do processo da alma ou entidade de se manter em manifestação material.
Se você quer observar a situação em relação ao quadro geral, esses ciclos que são representados pelo vocabulário humano ou intelecto humano são extremamente essenciais para você manter uma forma material para seu crescimento.
Agora, nós não diríamos que você deveria dizer que todos precisam ter uma imagem desses ritmos.
Você poderia viver, pela maior parte, muito bem sem qualquer conhecimento dessas coisas, mas para aqueles que desejam prestar atenção a eles, o que diremos, ajudantes, bem, naturalmente, por que não usá-los se eles lhes interessam?
Agora, o que você deveria saber junto com isto é que eles são ciclos muito sutis ou eles influenciam o seu quadro geral muito sutilmente.
Então, se você fosse dizer que esses ciclos têm manifestações drásticas na sua vida cotidiana, não, este não é o caso, não é o caso.
Mas eles existem e eles têm uma influência direta em você.
É a sua capacidade de se controlar através de sua espiritualidade, de sua sabedoria, de seu bom julgamento que impede que esses ciclos afetem radicalmente suas atividades exteriores.
Você entende isso?

Interlocutor: Sim.

O Conselho: Então você pode ficar, diremos assim, “doido” com esses ciclos como você quiser ficar.
Mas a cortesia comum, educação, sabedoria, condições, ajudam a manter o exterior, mais as experiências passadas em sua vida.
Se uma pessoa fosse observar muito atenciosamente seus sentimentos interiores e se sintonizar ao humor deles, aos níveis de energia deles, à aparência deles e à atividade mental deles, sem muita dificuldade, ela seria capaz de sentir esses ciclos.
Então, eles existem e têm um papel importante em sua estrutura geral, mas a qualidade da alma, a qualidade da alma de poupar essas coisas, não, você está observando de um ponto de vista errado. Está entendido?

Interlocutor: Sim.

O Conselho: Então, ignorar seus ciclos não determina se você vai crescer espiritualmente ou não.
Eles irão ou poderão ajudar na sua autocompreensão em seus relacionamentos ou atividades cotidianas.
Então, nesse sentido, num sentido indireto, é possível ajudar você de um modo espiritual se você escolher observar deste modo.
Mas somente como um, como diremos, ajudante uma vez removido.



 
-.....---==II==----.....-
 
  Direitos Autorais:luzdegaia
Mais sobre William LePar e o Conselho visite www.WilliamLePar.com
Fonte: http://lightworkers.org

Tradução: SINTESE http://blogsintese.blogspot.com 

 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.