VIVENDO EM TEMPOS DE GRANDE MUDANÇA
O Conselho dos 12 através de Selacia
Julho 2008
 

Vocês sabem que vivem em tempos de grande mudança. O que isto realmente significa? Como vocês dão sentido ao absurdo? O que vocês precisam saber a fim de agir apropriadamente nas coisas que fazem sentido? Como vocês ficam mais confortáveis com a contínua incerteza que é um elemento natural destes tempos?

Vocês estão testemunhando inúmeras mudanças na estrutura do seu mundo, e em vocês mesmos, enquanto evoluem e se adaptam à contínua mudança dentro da humanidade. Além de simplesmente testemunharem estas mudanças, vocês são de fato uma parte integrante do movimento de mudança.

Quanto mais vocês se tornarem plenamente conscientes disto, e aplicarem esta compreensão a sua vida, mais capacitados serão.

Quando começam a visualizar o caos e a mudança nesta grande cena, vocês têm o estímulo para começar a entrar em seu autêntico poder. Quando vocês sabem que são uma parte instrumental do que está acontecendo, e que podem alterar as suas experiências do modo com que respondem a elas, vocês entram em sua habilidade de se tornar um mestre de sua realidade humana.

Despertando para a Sua Mestria

É o seu Direito Nato Divino despertar a sua mestria e incorporar plenamente o espírito em sua forma humana. Devido a sua verdadeira natureza - que é Divina - vocês têm a habilidade de conquistar isto em alguma existência na Terra.

Esta é a jornada da iluminação empreendida pelos grandes Mestres que vieram antes de vocês - incluindo Gautama Buda, o Cristo e Quan Yin. Eles lhes deram para seguir uma jornada de despertar. A jóia que eles descobriram pode ser sua, entretanto vocês mesmos devem encontrá-la.

É sua decisão interior descobrir por si mesmos, esta jóia que os diferencia do homem comum. Sua decisão, feita inicialmente e então reafirmada regularmente, eleva a sua jornada para uma que seja estimulada pelo espírito. Isto muda tudo!

Portanto, por que não tomar a decisão consciente de que ficarão iluminados, com o melhor de sua habilidade, dentro do seu atual tempo de vida humano? Permitam esta decisão em se tornar uma real e energética força motriz dentro de vocês, impactando tudo o que vocês fazem e tudo o que vocês são. Fortaleçam os benefícios desta decisão inicial com atenta apreciação do seu progresso espiritual, e com uma contínua renovação com a sua jornada do despertar.

Lembrar O que é Importante

A cada vez que vocês se sentirem desafiados por algo, vocês podem se libertar do dilema mais rapidamente, lembrando-se do que é verdadeiramente importante. Lembrem-se, portanto, do seu maior objetivo da mestria. Disponham-se a não encarar superficialmente o seu desafio para compreender o que ele pode lhes ensinar quanto a serem capacitados e íntegros.

Vocês não podem ser capacitados e uma vítima ao mesmo tempo. Portanto, a cada vez que vocês entram em seu verdadeiro poder, como um autêntico ser humano, o eco da sua energia anterior de vítima obscurece mais.

Os humanos por milhares de anos aprenderam a se considerarem como insignificantes e impotentes, com muitas coisas a temer. Esta mentalidade de vítima acompanha a raiva, o ódio e outras energias de vibração inferior. Uma mentalidade de vítima estimulou todas as guerras do planeta, envolvendo o domínio e o controle. As guerras atuais ocorrem em locais politicamente suscetíveis, como o Oriente Médio, mas também nas salas de estar das pessoas, onde a televisão libera mensagens subliminares de medo.

Quanto mais vocês despertam, mais vocês compreendem o contra-senso das guerras e as estruturas de poder baseadas no medo em uma entidade que tem poder sobre a outra. Afinal, esta perspectiva obsoleta de fatores externos baseados no poder - conduz somente à destruição e à desconexão. Isto estimula o medo nas pessoas, e o momentum do medo mantém o velho sistema no lugar.

É da responsabilidade de cada pessoa, ao nível individual, dizer "não" ao medo e escolher o autêntico poder. Esta é a abordagem sensata ao contra-senso.

É normal ter muitas questões quando vocês embarcam neste tipo diferente de jornada. A estrada em que um humano autêntico e capacitado viaja é muito diferente da estrada da vítima. Para a maior parte das pessoas, ao entrar em um treinamento de condição de vítima desde uma idade precoce, esta nova jornada pode parecer muito estranha. Na verdade, a jornada da capacitação vem com a sua própria linguagem, seu próprio projeto energético, e as suas próprias indicações.

A Linguagem da Capacitação

Quando estão expressando o autêntico poder, vocês transpiram energias de afirmação da vida através de sua mente, de sua voz e de seu ser. Seus pensamentos estão isentos do medo, do julgamento e da necessidade de controle. Vocês têm que deixar ir o maquinador e tentar ser alguém que não são, tendo se dado permissão e aos outros de simplesmente ser. As palavras que vocês usam quando se expressam com outros são amáveis e sem agenda. Seu próprio discurso está alinhado com a sua alma, fornecendo-lhes uma confiança interior e uma energia jovial. Ao mesmo tempo, este seu discurso capacitado os ajuda a descobrir o significado e o propósito em tudo o que vocês observam e tocam.

Projeto Energético de Capacitação

Uma vez que aprendam esta nova linguagem, e a apliquem em sua vida, a sua energia espirala em uma direção ascendente. É uma "elevação" natural. Vocês têm um poder interior que é inabalável, pois vocês não mais dependem do poder externo como o seu estímulo. Sua força da vida aumenta, e o seu projeto energético mudado, irradia a vibração da autenticidade e da integridade. Este novo projeto é harmonioso com familiaridade, permitindo-lhes que se tornem confortáveis em relação aos outros. Sua energia capacitada é naturalmente difundida ao mundo, enquanto vocês interagem com as pessoas, lugares e coisas.

Indicações da Capacitação

Quando isto acontece, vocês se tornam um ímã de todos os tipos de experiências positivas e de aberturas de consciência. Novas pessoas começam a entrar em sua vida, e até "velhos" amigos são vistos e experienciados de modo diferente do que antes.

Sua energia mudou. Como parte disto, vocês começam a atualizar relacionamentos e situações que refletem onde vocês estão agora na consciência. Algumas vezes significa sair de circunstâncias muito tóxicas.

Em outras vezes, vocês poderiam se tornar amigos íntimos com uma familiaridade que tinham anteriormente mantido à distância. Um romance com um amigo platônico poderia também se desenvolver. A intimidade não é mais a coisa assustadora que foi uma vez. Ao terem abandonado o seu papel de vítima, vocês agora são capazes de vir de um espaço autêntico enquanto se relacionam com outros. Os relacionamentos que vocês formam são baseados no amor, na confiança e no respeito mútuo. Vocês deixaram de tentar mudar as pessoas, e não se sentem mais levados a se modificar para que se adaptem. Seus relacionamentos lhes fornecem meios para expressar a sua alegria interior, e quando assim o fizerem vocês geram até mais alegria!

O que vocês fazem no mundo - o seu trabalho, seus hobbies, o seu cuidado, a sua prática espiritual - se tornam agregados de significado e de propósito. Há um entusiasmo que vocês nunca tiveram antes. Há uma confiança, bem profunda, de que vocês estão colocando as suas energias no que importa mais no momento.

Vocês não mais confiam em autoridades externas para validar se estão no lugar certo, no momento certo. Este ponto de referência do velho paradigma não mais lhes serve. Vocês sabem inerentemente, em cada estrutura do seu ser, que o que é realmente importante é estar plenamente presente em cada atividade que vocês são orientados a empreender. Esta orientação é interna, originada interiormente e conectada com a sua alma. Quanto mais nela confiam e trabalham com ela, mais esta orientação se tornará um farol natural para os seus próximos passos.

Sua própria capacitação é um fator fundamental em sua habilidade para ver claramente o absurdo destes tempos. Contanto que vocês estejam vindo do medo, seja consciente ou subconscientemente, não notarão ou interpretarão erroneamente a voz da sua própria razão orientada intuitivamente. Esta voz poderia lhes trazer sanidade e um sentido de paz, onde não haja nenhuns sinais externos óbvios de sanidade ou paz em seu mundo.

A Distorção do Medo

A seguir vem um exemplo de como o medo pode distorcer a sua realidade.

Seu sustento típico pode ser ameaçado por um declínio econômico ou outras mudanças em seu local de trabalho. Talvez aplicar dinheiro em seu tipo de trabalho esteja em questão. Vocês são muito bons no que fazem, e gostariam de continuar fazendo-o. Vocês sabem que têm habilidades adicionais, também, que poderiam ser aplicadas em outras coisas, mas o seu medo os leva a omitir isto. O seu foco, entretanto, está na possível "perda" e em seu desejo de manter as coisas em seus próprios termos.

Este foco, naturalmente, é o seu medo se expressando e não a sua razão orientada intuitivamente.

Quando investigam o seu medo, vocês podem descobrir que ele se baseia em alguns sistemas de crenças obsoletos, registrados em seu DNA. Estas crenças, armazenadas em sua mente subconsciente e sem a visão comum, podem vir da sua linhagem ancestral.

De certo modo, estas crenças é uma parte de vocês, pois elas estão em seu DNA, entretanto de outro modo, elas são velha energia que vocês adotaram de outras pessoas há muito tempo que viveram em épocas diferentes. Quando vocês compreendem que têm estas crenças limitantes, naturalmente, vocês vêem como elas estão debilitadas com o atual "você" desta existência. Vocês compreendem que estes sistemas de crenças estão lançando uma sombra escura em sua experiência, impedindo-os de verem as coisas claramente.

Seus antepassados podem ter vivido durante um tempo em que era a norma trabalhar nos negócios da família. Este trabalho era o seu sustento, e os frutos disto eram apreciados por gerações subseqüentes, quando os filhos amadureciam e assumiam as responsabilidades. Talvez a guerra ou os prolongados e severos padrões do tempo destruíram os negócios da família.

O jovem prestes a assumir o papel do seu pai era forçado a uma vida de servidão com outra família distante.

Este jovem, um dos seus antepassados, em resposta ao que acontecera, desenvolveu os seguintes sistemas de crenças que lhes foram transmitidos através de gerações.

1 . Quando eu perco o meu emprego, eu perco a minha liberdade.

2 . Quando um negócio fracassa, eu fracasso.

3 . Quando o meu negócio vai à falência, eu nunca mais sou bem sucedido.

4 . Quando o meu emprego termina, eu fico pobre.

5 . Quando a minha família é desafortunada, eu estou destinado ao infortúnio.

6 . Quando eu perco o meu emprego, eu perco o espaço que eu conheço como lar.

Se vocês tiverem crenças, tais como estas em seu DNA, e o seu sustento estiver ameaçado, a perda potencial do emprego pode catalisar as crenças em expressão ativa.

Então, sem a sua direção consciente, estas crenças baseadas no medo podem começar a influenciar como vocês respondem à incerteza no trabalho.

Tipicamente, quando isto acontece é uma força muito sutil, porém potente, na experiência. Desde que as crenças provocadas são do seu subconsciente, e não de algo que vocês experienciaram pessoalmente nesta vida, é improvável que vocês liguem os pontos para reconhecer o que está ocorrendo.

Mudando as Crenças em seu DNA

Quando vocês se conscientizam das crenças específicas e limitantes que mantêm em tal circunstância - e as clarificam do seu DNA no ponto de origem - vocês podem começar a mudar a sua experiência dos declínios econômicos e das perdas de emprego.

Quando vocês mudam a sua experiência de algo, isto tem mais a ver com mudar a sua perspectiva e resposta ao que está ocorrendo. Vocês nem sempre podem impedir uma perda de emprego ou algum outro tipo de infortúnio.

Entretanto, quando incorporam o autêntico poder, vocês não deixam que estas coisas os derrotem. Vocês vêem as perdas e outras dificuldades como veículos para a aprendizagem e o crescimento. Vocês sabem que muitas vezes estas situações são muito diferentes do que parecem. Vocês aprenderam a vê-las como cutucões do espírito para pensarem de modo diferente, ou para se moverem para outras direções em alinhamento com a jornada da sua alma.

Na verdade, muitas das mudanças envolvidas na mudança de paradigma envolvem este último ponto. Isto é verdadeiro para os indivíduos, assim como para as inúmeras estruturas e abordagens da sociedade, que foram originadas em épocas muito diferentes.

Os Humanos em um Caminho Rápido da Aprendizagem

Os humanos estão em um caminho rápido na aprendizagem de modos novos e mais iluminados de viverem juntos.

Grupos de pessoas - reunidas em corredores de prédios de apartamentos, nas prefeituras, em institutos de pesquisas interdisciplinares internacionais e nas capitais nacionais - estão se movendo além da consciência do "EU" e "E quanto a nós?" para considerarem as inovadoras soluções de construções de pontes para impactarem o todo.

Algumas das mais brilhantes invenções da humanidade podem resultar destes momentos.

O momentum de mudança positiva está se acelerando intensamente, não obstante a como isto possa parecer em grande parte do tempo. Lembrem-se disto nos dias em que sentirem que as coisas não estão mudando com suficiente rapidez, e nos dias em que parecer que a sua vida foi virada de cabeça para baixo muito rapidamente.

Usem a Sua Inquietação como uma Ferramenta de Navegação

Vocês já tiveram um sentimento de que algo estava prestes a acontecer, entretanto se sentiram incapazes de compreender o que era ou como isto poderia os afetar? Vocês então tiveram um sentimento alarmante na boca do estômago ou em sua garganta?

Nestes dias, se vocês se sentirem preocupados em algum momento, não estão sozinhos. Afinal, muito está mudando com muita rapidez, e é cada vez mais comum se sentir um pouco ansioso quanto ao que virá em seguida.

Pode ser útil se vocês aprenderem a usar a sua inquietação como uma ferramenta de navegação. Algumas vezes este sentimento de inquietação é uma mensagem do espírito para mudarem o curso, ou para ficarem tranqüilos. Em outros momentos, é simplesmente o medo os assustando. Lembrem-se o que é o medo - Uma Evidência Falsa Parecendo Real.

A seguir estão algumas sugestões para ajudá-los a usar a sua inquietação como uma ferramenta de navegação:

1 . Não lutem com a sua inquietação.

2 . Não insistam que ela desapareça.

3 . Não ajam incorretamente.

4 . Não a tornem mais do que ela é.

5 . Não ajam até que estejam certos do que a sua inquietação está lhes dizendo.

6 . Questionem a sua própria razão orientada intuitivamente para determinar se a sua inquietação é simplesmente o seu medo se expressando, ou se é uma mensagem do espírito para que fiquem tranqüilos, para mudarem o curso, para se preocuparem, agirem imediatamente ou simplesmente aguardarem.

Enquanto vocês continuam a jornada da redescoberta de sua natureza Divina, nós os envolvemos com o nosso amor e bênçãos.

Nós somos o Conselho dos 12.
 

 
....~==00==~....
Direitos Autorais 2010 * Selacia.com
Você está convidado a compartilhar estas mensagens do Conselho dos 12 com outros, e colocá-los na Internet, na mídia social, em blogs e em sites. Por favor, inclua toda a mensagem, a fonte e o endereço do site. Que possam caminhar em um mundo cheio de amor e de bondade.
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Gostou! Indique para seus Amigos.


|Topo da Página| - |Voltar Menu Selacia| - |Voltar Home|