TRABALHANDO COM AS MUDANÇAS NA JANELA DE 2012
Uma mensagem do Conselho dos 12, canalizada por Selácia
1º de Julho de 2009
 
Não obstante a sua idade ou posição na vida, nunca houve outro tempo como este. Sua busca por um propósito e conhecer o seu espaço no mundo, está ocorrendo no meio do maior ciclo de mudanças que vocês já testemunharam.

É normal agora, nesta janela da energia de 2012, ter uma série de questões sobre o que está realmente acontecendo. É típico também imaginar como vocês podem encontrar o seu perfeito espaço e prosperar. Vocês querem saber como vocês se adaptam, e o que podem fazer para encarar adequadamente o fluxo constante de desafios.

Como vocês podem compreender tudo o que está ocorrendo? Como vocês podem se perceber, como realmente existem na cena maior? O que vocês podem fazer de modo diferente agora, para encontrar um sentimento mais intenso de paz? Como vocês podem fazer amigos com a mudança, especialmente quando a mudança envolvida é tão significativa e tão incessante? O seguinte é algum conhecimento que os ajudará a compreender melhor o que está acontecendo, e saber como vocês podem passar para a auto-capacitação, começando agora.

A Dança da Criação Envolve a Mudança

Saibam que a dança da criação naturalmente envolve a mudança. Vocês estão vivendo e respirando esta dança, até quando pensam que estão parados ou bloqueados. Uma das diferenças agora é que vocês estão mais despertos. Vocês têm mais consciência do que tinham antes, e como parte disto, vocês sentem mais as coisas quando elas acontecem. Esta habilidade de sentir o que está ocorrendo se torna mais aguda enquanto vocês progridem em sua jornada espiritual. De modo crescente, enquanto vocês se tornam mais hábeis em acessar o seu conhecimento intuitivo, vocês sentem também as coisas que estão em seu provável futuro. Tenham em mente quando isto acontecer, que o futuro que vocês percebem é somente um de muitas opções. Vocês não estão vendo algo que deve acontecer do modo exato que o vêem. Vocês não se permitem a entrar na fantasia ou no medo. Deixem ir as expectativas também. Quando vocês esperam algo, vocês se limitam e o que poderiam experienciar. Vocês se determinam para o desapontamento e o sofrimento.

Freqüentemente quando vocês estão fora do equilíbrio ou envolvidos com o comportamento autodestrutivo, podem sentir um futuro com algumas conseqüências potencialmente desagradáveis. Enquanto estiverem respondendo a esta informação, pensem na possibilidade de que algo ou tudo o que vocês estão sentindo possa ser o discurso do seu medo. Isto requer uma habilidade desenvolvida para discernir se é a sua intuição ou a comunicação do seu medo. O medo pode ser traiçoeiro. Ele tem muitos disfarces, como vocês aprenderão com o decorrer do tempo. Se realmente for a sua intuição se expressando, não haverá táticas ou avisos alarmantes. Simplesmente lhes serão mostrados alguns modos para que vocês possam mudar o curso. Vocês serão guiados a diferentes escolhas.

Quando vocês agem nestas escolhas, acionam um futuro diferente e mais positivo. Então vocês estão no assento do condutor da mudança.

Sua Sensibilidade Intensificada

Outra coisa que ocorre enquanto se tornam mais despertos é que a sua sensibilidade se intensifica. Aos poucos, enquanto vocês progridem, se tornam conscientes de mais e mais. Esta consciência é algumas vezes um conhecimento, outras vezes mais como um sentimento, e algumas vezes, ambos. O que isto significa? Em geral, vocês se tornam mais sensíveis à energia, incluindo o que está dentro e fora de vocês. Isto significa que vocês podem entrar em contato mais facilmente com a sua própria alegria, assim como com a sua própria tristeza. Significa que vocês são mais capazes de sentir quando outros ao seu redor estão sob stress, sentindo-se zangados, ou tentando os manipular.

Ser mais consciente vem com a responsabilidade de estar disposto a encarar o que vocês vêem. Algo disto será agradável. Algo disto será repulsivo. O que vocês perceberem provocará um excesso de sentimentos, variando da satisfação e da alegria para o medo e a repulsão. Uma parte vital da sua jornada do despertar é se tornar consciente dos seus sentimentos. A fim de progredir, vocês precisarão aprender como trabalhar inteligentemente com as emoções que são uma parte natural do ser humano. Mascarar os seus sentimentos através de meios artificiais, somente impedirá o seu crescimento espiritual.

Vocês não podem estar entorpecidos com vocês mesmos e com a sua experiência de vida e se tornarem iluminados. Vocês devem estar dispostos a saber o que sentem, transformar os sentimentos negativos, e evitar expressá-los no mundo. Quando vocês agem com o seu ódio ou outras emoções negativas, vocês prejudicam tanto a si mesmos quanto aos outros. Este mal é uma energia real que vocês enviam para a sua experiência, e como um bumerangue, ele retornará a vocês em algum tempo futuro.

A Aceleração

Outra diferença agora é a aceleração das energias que é parte deste grande ciclo de mudança. O ritmo acelerado das mudanças, e da própria evolução, pode ser surpreendente. Simplesmente não há nenhum ponto de referência nos dias de hoje para esta magnitude da mudança. Mesmo os seus guardiões da sabedoria estão evoluindo, e enquanto o fazem, eles podem oferecer insights atualizados que os podem ajudar a dar o próximo salto na consciência.

Enquanto muito está mudando, e os seus bisavós provavelmente reconheceriam pouco do seu moderno estilo de vida, muitas coisas são iguais. Por exemplo, há muito tempo a natureza humana resiste à mudança. Esta luta com a mudança permanece um obstáculo fundamental para a humanidade hoje. Os humanos gostam de acreditar que eles são superiores a todas as outras formas de vida. Este parecer não leva em conta como as outras espécies são adaptáveis. Por exemplo, as formigas têm sido capazes de se adaptar a inúmeros ciclos de mudanças planetárias, incluindo aqueles que envolvem temperaturas quentes. Alguns grandes mamíferos alteraram as suas dietas para sobreviver há um milhão de anos, quando as geleiras da América do Norte derreteram.

Afastando-se da Sua Zona de Conforto

Considerem, por um momento, uma época em seu passado quando vocês quebraram uma perna ou perderam um emprego. Quão fácil foi para vocês chegarem a um acordo com a mudança em sua rotina? O que vocês fizeram para se adaptar? Como vocês encontraram o seu centro enquanto estavam curando ou encontrando outro emprego? A adaptação às circunstâncias externas inconstantes, significa freqüentemente o afastamento da sua zona de conforto. Vocês gostam daquilo com o que estão confortáveis, assim vocês tendem para pessoas e situações que já conhecem. Vocês fazem isto com os sentimentos também. A pessoa habitualmente zangada estabelece um ciclo de cenários que estimula mais raiva. A pessoa habitualmente deprimida observa a vida através das lentes de sua tristeza, assim se sente deprimida muito tempo.

Na verdade, se vocês soubessem que estavam criando mais energia da raiva, ao se focalizarem na fonte da sua ira, vocês seriam inspirados a fazer as coisas de forma diferente. Vocês procurariam soluções que levariam à paz e à alegria. Vocês se afastariam da sua zona de conforto, o tempo suficiente para encontrar a sanidade mental e um modo melhor de ser.

A Mudança é o Mecanismo em Constante Movimento

A mudança é o mecanismo em constante movimento. Pode parecer estar acontecendo lenta ou rapidamente. Pode parecer que não está acontecendo sob qualquer condição, especialmente quando vocês não estão sintonizados aos modos sutis com que a energia se movimenta. Vocês podem sentir que não estão mudando com a rapidez suficiente. Vocês podem se sentir presos no limbo. Vocês podem ficar frustrados diante de sua aparente falta de progresso, notando somente o que está errado.

Para avançarem mais habilmente, vocês querem desenvolver alguns novos modos de se observarem e ao seu mundo. Para começar, saibam que vocês estão experienciando as mudanças, e que as estão também criando, enquanto prosseguem. A cada vez que vivenciam algo, vocês são parte integrante da criação.

Vocês são como cozinheiros-chefes amadores sem uma receita, atirando coisas na panela. Ao usarem o seu bom senso e experimentarem as preferências, vocês fazem o melhor que podem. Seus hábitos desempenham um papel também, refletindo que tipos de alimentos vocês gostam tipicamente. O condicionamento da sua família também lhes provoca um impacto. Vocês aprenderam a gostar de alimentos que associam com o conforto e o amor. Quando estão criando a sua refeição, podem fazer isto ou consciente ou inconscientemente. A cada momento, a sua criação exigirá uma destas formas. Vocês podem estar muito conscientes do que estão escolhendo para colocar na panela, selecionando cada ingrediente com cuidado e atenção. Algumas vezes podem ter o seu foco em outras coisas, corrigindo os mesmos ingredientes que usaram ontem ou anteriormente. De qualquer modo, vocês criarão algo. Vocês podem ficar muito entusiasmados com os resultados.

Algumas vezes, entretanto, a sua criação pode faltar um ingrediente chave ou ter muito de uma coisa e não o suficiente de outra. Vocês podem até decidir jogar fora o que fizeram e recomeçar. Vocês já sentiram isto na vida? Vocês imaginam que ingrediente chave vocês estão omitindo? Vocês questionam como podem estar mais preparados para o que chegará em seguida?

Inventário para Criar do Assento do Condutor

O seguinte é um inventário para criar a partir do assento do condutor durante estes tempos caóticos. Trabalhem com estas idéias, tão freqüentemente quanto se sintam orientados, convidando a sua sabedoria mais elevada a cutucá-los quando saírem do curso.

1 - Vivam a vida a cada dia tão plenamente quanto possam. Sejam gratos por terem a oportunidade de estarem na Terra durante esta janela de tempo, para testemunharem e vivenciarem alguns momentos mais auspiciosos da criação. Lembrem-se de que vocês são parte integrante das coisas. Vocês não são simplesmente uma testemunha. Saibam que até o seu testemunho, a mera observação da revelação da grande mudança, é parte de alquimia destes tempos. Decidam que assumirão um papel ativo e consciente.

2 - Monitorem os seus pensamentos. Tenham em mente como são poderosos os seus pensamentos ao criarem o que acontecerá em seguida. Isto é verdadeiro, não obstante se vocês expressam os pensamentos em voz alta. Vocês estão em um contínuo processo de criação. Decidam que farão isto com amor. Isto significa ter compaixão por si mesmos e pelos outros quando a jornada ficar complicada. Significa deixar ir a necessidade de estar certo, de criticar e de julgar. Ninguém é realmente perfeito, entretanto há uma perfeição Divina em toda a criação.

3 - Lembrem-se de que realmente não há casualidades. Procurem o propósito mais elevado nas coisas. Quando vocês não puderem perceber isto diretamente, confiem que as coisas freqüentemente não são como parecem. Aprendam a observar mais intensamente do que o fizeram ontem, a questionar mais do seu coração, e a agir mais a partir de uma percepção fundamentada no conhecimento intuitivo. Lembrem-se de que vocês e os outros estão evoluindo, e ao fazerem isto, podem aprender de tudo a sua volta. Evitem a tentação, através de sua última respiração, de se tornarem arrogantes e pensarem que têm todas as respostas.

4 - Decidam que verão o que está lá. Isto significa perceber como se sentem, o que estão pensando, e como estão respondendo aos acontecimentos do seu mundo. Quando perceberem que estão se sentindo felizes, permitam-se a reconhecer esta alegria e a ancorarem este sentimento em seu coração. Entrem em contato com o que lhes traz a verdadeira alegria e encontrem meios de contribuir com a sua alegria. Quando perceberem que estão se sentindo zangados, se questionem interiormente para descobrir a fonte da sua raiva, trabalhando inteligentemente com o sentimento, de modo que não a permitam que corrompa a próxima coisa que pensem, digam ou façam.

5 - Coloquem o seu foco no que realmente importa. Permaneçam no rasto com o que importa durante o seu dia, aprendendo a viver tão conscientemente quanto possam. Desenvolvam o discernimento e a autoconfiança em sua sabedoria interior que lhes mostrará, passo a passo, ao que prestar atenção e ao que desconsiderar. Evitem se fixar em minúcias e trivialidades que tendem a dominar a vida humana comum. Retornem freqüentemente ao seu centro, permitindo a renovação e a reflexão. Permitam os insights que vocês recebam deste espaço para orientar os seus próximos passos.

Enquanto vocês continuam a jornada da redescoberta de sua natureza Divina, nós os envolvemos com o nosso amor e bênçãos. Nós somos O Conselho dos 12.
 
....~==00==~....
Direitos Autorais 2010 * Selacia.com
Você está convidado a compartilhar estas mensagens do Conselho dos 12 com outros, e colocá-los na Internet, na mídia social, em blogs e em sites. Por favor, inclua toda a mensagem, a fonte e o endereço do site. Que possam caminhar em um mundo cheio de amor e de bondade.
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Gostou! Indique para seus Amigos.


|Topo da Página| - |Voltar Menu Selacia| - |Voltar Home|