ACELERANDO O PROCESSO DO DESENVOLVIMENTO DA INTUIÇÃO
Mensagem de Selacia
12 de Julho de 2013
 
 
  Há um anseio natural dentro de você de se reconectar com a sua sabedoria intuitiva.

Isto é natural porque ser intuitivo é uma parte do seu direito inato divino.

Quando você entrou na forma humana, não estava ainda condicionado pelos temores do mundo e pelas dúvidas do invisível. Portanto, em seus primeiros anos de vida, você está muito mais ligado às suas habilidades intuitivas naturais do que pode estar quando adulto. Você pode sentir os seus guias angélicos e os mestres espirituais invisíveis. Você pode até conversar com eles. Você pode ver ou ouvir seres que os adultos ao seu redor não podem sentir.

Por algum tempo, no início de sua vida, você pode até ter tido lembranças de suas experiências antes de encarnar nesta vida. Estas lembranças podem incluir um conhecimento sobre a sua verdadeira natureza espiritual, incluindo a sua capacidade de se comunicar telepaticamente tanto com seres visíveis, quanto invisíveis.

Seu corpo serve como um detentor de registros energéticos de todas as suas experiências na Terra. Ele se lembra de tudo o que você viu e experienciou na vida humana. Ele tem a memória de tudo em seu passado, incluindo as suas primeiras conexões com os mundos invisíveis. Seu corpo, por exemplo, lembra-se do momento em que você viu ou conversou com um ser angélico.

Ele se lembra da época em que você teve um conhecimento do seu Eu Superior. Lembra-se da sabedoria e dos ensinamentos específicos que os seus guias espirituais invisíveis lhe transmitiram. Ele até se recorda dos sentimentos e aromas que você experienciou quando você se conectava com os reinos invisíveis. A um nível muito profundo, ele sabe que você é uma parte do Criador Divino.

Quando você desejar se reconectar com a sua natureza intuitiva, é útil prestar atenção ao seu corpo e a sua sabedoria. Seu corpo, com os seus inúmeros sentidos, podem comunicar muito sobre os reinos invisíveis.

Ele pode alertá-lo sobre a presença e as mensagens dos seus anjos da guarda e de outros mestres espirituais. Ele pode ajudá-lo a validar sentimentos e informações. Ele pode proporcionar sinais de alerta quando você estiver prestes a tomar medidas que não se referem ao seu bem maior.

Cada um de vocês irá experienciar um conhecimento intuitivo de uma forma um pouco diferente. Não há maneira errada de fazê-lo. Alguns de vocês são muito clarividentes. Seus guias espirituais podem lhe falar através de imagens que você “vê” com os olhos da mente, ou através do que parece ser a imaginação.

PEDINDO UM SÍMBOLO AO SEU EU SUPERIOR

Você pode receber símbolos desta maneira que servem como gatilhos para acessar a sabedoria superior.

Às vezes, os símbolos são concebidos como um tipo de código para deixá-lo saber que os seus guias estão próximos e acessíveis. Você pode desejar pedir aos seus guias este símbolo que ajude a tornar a presença deles muito real e tangível na vida cotidiana.

Para pedir o seu próprio símbolo pessoal, simplesmente concentre-se e relaxe.

Feche os seus olhos e inspire e expire algumas vezes.

Quanto mais relaxado estiver o seu corpo quando fizer a sua conexão, mais fácil será.

Uma vez que se sinta relaxado, imagine que uma parte de você se torna como uma bola de luz dourada e viaja suavemente para cima do seu espaço.

A partir desta perspectiva mais elevada, reserve alguns momentos e peça silenciosamente ao seu Eu Superior que forneça um símbolo de sua presença.

Confie na primeira imagem que chegar a sua mente ou imaginação.
Pode ser uma cor ou uma forma.
O importante é que confie no primeiro símbolo que lhe for dado.

Dedique alguns minutos para se concentrar no símbolo, talvez pedindo ao seu Eu Superior que elabore qualquer informação adicional que lhe seja útil neste momento.

Em seguida, expresse a sua gratidão ao seu Eu Superior e sinta o seu amor incondicional por você, antes de retornar suavemente ao seu corpo e a sua consciência normal.

Depois que se sentir novamente ancorado em seu corpo, você pode desejar gravar o que experienciou, seja desenhando o símbolo, ou escrevendo uma palavra para que se lembre da imagem ou cor.
 
 
-.....---==II==----.....-
 
 
Direitos Autorais 2013 * www.selacia.com

Você está convidado a compartilhar estas mensagens do Conselho dos 12 com outros, e colocá-los na Internet, na mídia social, em blogs e em sites. Por favor, inclua toda a mensagem, a fonte e o endereço do site. Que possam caminhar em um mundo cheio de amor e de bondade.

Traduzido por: Regina Drumond Chichorro  – reginamadrumond@yahoo.com.br 
 
 
Gostou! Indique o site para Seus Amigos.
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Conselho 12 - Selacia II - IIVoltar HomeII