O PALÁCIO DO REI NO CÉU
Uma mensagem de Deus canalizada por Gloria Wendroff em
18 de junho de 2008
 
És um raio de luz do Meu Ser. Não existe nenhuma outra explicação para ti, querido. Sem a luz e o amor que são Meus (Nossos), tu não existirias. Isto é, não saberias que existes. Agora, é aqui que as palavras são enganosas. Tu não existirias como Ser Humano, embora nunca tenha havido um tempo em que não existias, assim como nunca haverá um tempo em que não existirás. Existes eternamente. Apenas imaginas que pode haver um tempo em que não existes. Tua imaginação assume o comando e não consegues diferenciar a Verdade da ficção. Permaneces fiel ao tempo e ouves o tique-taque. Acreditas no temporário e zombas do permanente.

Tua existência verdadeira é contínuo amor. A tua existência terrena começa e pára, enquanto teu verdadeiro eu, o teu valor, não se deixa abalar.

És uma maravilha da Minha criatividade! O que é a Minha criatividade senão o Meu amor? Isto é o teu Ser. Isto é a tua Verdadeira Identidade. É como se fosses o salto do Meu coração pulando de pico para pico, de onda para onda, de coração para coração.

Deixa que a batida do teu coração expresse o teu amor por tua vida, que é a Minha vida. Tu existes para a Minha vida. Pertences a ti mesmo e no entanto pertences a Mim. Ainda não conheces a tua própria Vastidão. Tens apenas uma vaga idéia dela. Deixa que essa vaga idéia cresça até seu pleno potencial de Luz Universal; luz tão clara que normalmente não é vista de perto nem de longe; luz tão clara que muitos fecham seus olhos e não reconhecem a luminosidade para a qual estão fechando os olhos.

Mas não te importes com teus olhos. Simplesmente abre teu coração. Teu coração tem olhos. Teu coração consegue enxergar no escuro. Teu coração consegue transformar as trevas, a ilusão das trevas, na Realidade da Verdade, com um simples toque no interruptor. O interruptor está na entrada do teu coração.

Imagina, se quiseres, que és o iô-iô do Meu coração. Imagina que vais para cima e para baixo, não de acordo com a linha em volta dos Meus dedos, mas de acordo com a tua própria visualização. É claro que não és um iô-iô. As idas e vindas são um mero exercício da tua mente e não a Verdade, em absoluto.

Pensas realmente que algum dia Eu permitiria que te afastasses de Mim? Nem sequer por um piscar de olhos, Eu permitiria que te desgarrasses do ninho do Meu coração! Tens livre arbítrio para reconhecer Quem realmente és e onde a tua vida está. Existe um quarto nos fundos, talvez um esconderijo, e pensas que vives lá. Pensas que esse quarto é o mundo inteiro e que moras lá e em nenhum outro lugar. Alugas o quarto dos fundos por algum tempo, enquanto o tempo todo teu verdadeiro lar é o Palácio do Rei no Céu. Esse é o teu verdadeiro endereço, não o mundo dos homens, mas o Céu de Deus, o Lar de Todos os Corações e Almas. Neste sentido, não existem quartos vagos e nunca saíste de lá. Coexistes em supostas dimensões, embora sejas adimensional.

Muito compreensivelmente, podes fantasiar que a fantasia é real, e que a Realidade é uma estória inventada.

Não importa, tudo é bom, e marchas junto com o Bando de Marchadores, um Bando de Marchadores com o uniforme de Seres Humanos, embora o tempo todo eles sejam um bando de anjos voadores, que muitas vezes negam inexoravelmente a Realidade.
 
 
))))0000(((((
Copyright © 1999-Agora Heavenletters™

Heavenletters™ – Ajudando os Seres Humanos a Se Aproximarem de Deus e de Seus Próprios Corações

Gloria Wendroff, Supervisora

Embora Heavenletters (Cartas do Céu) estejam protegidas por direitos autorais, você está convidado a compartilhá-las, enviá-las para amigos, adicioná-las aos seus informativos, usá-las como assinatura, como adesivo de pára-choque, escrevê-las no céu com um avião – o que quiser. E por favor inclua a Fonte! www.heavenletters.org . E, é lógico, não cobre por elas!

Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Gostou! Indique para Seus Amigos

|Topo da Página|    |Voltar Menu Cartas do Céu|    |Voltar Home|