NAMASTÊ, QUERIDO
Uma mensagem de Deus canalizada por Gloria Wendroff
3 de abril de 2008
 
Oh, Meu amado, por que o teu coração dói? Nem sabes por que, no entanto ele dói, como se estivesse machucado ou passando fome ou perdido em algum lugar. Teu coração está são e salvo. Teu coração está inteiro neste momento, só que estás olhando apenas para uma pontinha dele.

Os corações são grandes. Teu coração é grande. Por acaso fechaste teu coração? Bem, então abre-o novamente. Os corações estão destinados a estar abertos. Teu coração está destinado a estar aberto, tão aberto quanto um oceano. Teu coração é uma coisa linda, maravilhosa. Como ele é forte! Como está sempre presente para você, pronto para qualquer notícia inesperada! Teu coração bate como se estivesse marchando, marchando, marchando.

Ama a batida do teu coração! Ama o pulsar da vida! Ama a aventura da vida! Estás numa aventura sem fim, querido. Tu nunca fechas o livro da vida. Ele é uma série, e é infinito. A estória continua indefinidamente. É uma estória de amor, uma estória do amor do teu coração, sim, desse coração que pensas que é teu porque bate dentro do teu peito.

Teu coração bate ao ritmo de um metrônomo estabelecido há muito tempo atrás. Como o tempo realmente não existe, teu coração bate uma vez. Ouves o eco instantâneo. Sim, estás ouvindo um batimento cardíaco que não cessa. Só existe Um Coração no mundo, e é o Meu, e ele ecoa no teu coração que está batendo e que pensas que está encaixado no teu peito, como se fosse uma coisa pequena.

Teu corpo inteiro é uma descrição. Não é uma realidade. É um esboço prescrito, desenhado no Meu coração para todos verem. Ouve o eco da batida do Meu coração. Ouve bem, e saberás o que bate dentro de ti. Ao fazeres isto, os contornos do teu corpo se desvanecerão e não haverá nada na Terra além da batida do Meu coração, e saberás que tu também és o Coração do Mundo, e que não existe mais nada. Nosso coração abrange o mundo inteiro. Tudo está contido nele. No Nosso coração – no Meu coração e no teu, no coração que é conhecido como teu e no que é conhecido como Meu. Não faz diferença nenhuma, pois Nosso coração é como um sino que toca e reverbera e é ouvido, como um chamado de clarim, chamando todas as replicações do seu ser de um-só-coração para se encontrarem como uma canção que sempre esteve tocando, e que agora escuta a si mesma.

Como é inocente a melodia cantada pelo Universo contido no teu coração, que agora dizes que está doendo. Se teu coração está doendo, querido, ele está doendo para se expandir. Está doendo para amar. Teu coração não é isento de amor. Meu coração é exatamente amor, e o teu também. Não escondas mais de ti mesmo este amor. Traze-o para a luz do dia. Teu coração bate em uma simples Unidade. Vem, traz teu coração para mais perto do Meu, que, na verdade, é ele mesmo.

Até as figuras dos desenhos animados foram desenhadas por alguém. É preciso que haja uma mão que as desenhe. Nem as figuras de desenhos animados podem desenhar a si mesmas. Nenhum Ser Humano sequer pode desenhar a si mesmo, no entanto a verdade é que tu e Eu somos Um. Teu Verdadeiro Eu realmente te trouxe à existência, só que não és aquele ser pequeno que pensas que és. Aquele pequeno ser nem mesmo existe! És Plenitude embalada em papel decorativo, só isto! Não existem duas embalagens iguais, no entanto o coração de todos vós é Um Só.

À medida que abandonas tua imagem de pequeno ser, mais enxergas Deus em ti mesmo. Namastê, querido. Enxerga Deus em ti e o pequeno ser desaparecerá. Como o pequeno ser pode permanecer, quando está consciente da Grande Presença? De qualquer jeito, teu pequeno ser era só fogo de palha. Não tinha nenhuma ousadia própria. Era como uma grande inspiração que não sabia o suficiente para poder expirar.
 
))))0000(((((
Copyright © 1999-Agora Heavenletters™

Heavenletters™ – Ajudando os Seres Humanos a Se Aproximarem de Deus e de Seus Próprios Corações

Gloria Wendroff, Supervisora

Embora Heavenletters (Cartas do Céu) estejam protegidas por direitos autorais, você está convidado a compartilhá-las, enviá-las para amigos, adicioná-las aos seus informativos, usá-las como assinatura, como adesivo de pára-choque, escrevê-las no céu com um avião – o que quiser. E por favor inclua a Fonte! www.heavenletters.org . E, é lógico, não cobre por elas!

Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Gostou! Indique para Seus Amigos

|Topo da Página|    |Voltar Menu Cartas do Céu|    |Voltar Home|