ÉS UM SER DIVINO
Uma mensagem de Deus canalizada por Gloria Wendroff
em 15 de janeiro de 2009
 
Deus disse:

Do modo que Meus filhos percebem a vida na Terra, não existe cura. Não tens procurado continuamente a cura para a vida humana? Não tens buscado este workshop ou aquele workshop, este livro ou aquele livro, este medicamento, aquele medicamento, este elixir da vida, aquele outro, esta pessoa, aquela pessoa? Queres uma solução. Queres crescimento, entretanto a cura que pareces estar procurando pode ser o esquecimento.

Não existe nenhum remédio para a vida relativa, querido. Enquanto te agarrares à vida no mundo por causa da preciosa vida, estarás sujeito a ela. Enquanto separares perdas e ganhos, estarás fugindo da vida.

Existe uma condição chamada Condição Humana. Imersa nesta condição, existe uma procura por uma vida mais grandiosa, por maior satisfação, e – ao que parece – existe também a procura pela fuga. Achas que a rua da vida, na qual caminhas, está carregada de tachinhas e minas, e então deves fugir dela de um jeito ou de outro.

Farás qualquer coisa para escapar das mãos da vida. Comerás, beberás e ficarás alegre, numa tentativa de escapar da vida. Querido, o que realmente desejas é escapar da tua atual percepção da vida. Tua percepção atual parece exigir sofrimento para fugires dele.

Sofrimento é apenas um aspecto da vida do mundo que vês. Tens um medo tremendo do sofrimento! Apesar do que penses, enxergues ou sintas, não precisas vivenciar o sofrimento. Podes inclusive sofrer, querido, sem sofrimento. Será que consegues Me acompanhar pelo caminho que desejo levar-te?

Quando perdes teu brinquedo favorito, não precisas sofrer. Quando perdes tua ostentosa fortuna, não precisas sofrer.

Mesmo o que percebes como perda (a perda só pode ser percebida) de um ente querido não precisa fazer-te sofrer. A perda percebida e o sofrimento não precisam andar de mãos dadas. Podes sentir a perda e não sofrer, pois a perda não é verdadeira. Os tesouros do mundo relativo são tesouros do mundo relativo. Por definição, o mundo relativo é temporário.

Não carregues as oportunidades de sofrimento como distintivos. Deixa cair os distintivos. Não existe mérito no sofrimento! Sofrer não é nobre. É desprezível.

Agora é o momento de mudar toda a base do teu pensamento.

Não há necessidade de procurar um outro remédio ou atividade para afogar tuas mágoas. Não tenhas mágoas, não tenhas arrependimentos, não tenhas nenhum desses castigos auto-impostos. Parece que castigas a ti mesmo por seres um ser humano em um corpo. Choras porque és um ser humano, e pareces esquecer que és irrevogavelmente um Ser Divino.

Deixa o Ser Divino ser a fonte da juventude da qual bebas. Aplica a tua Divindade generosamente a cada manhã e noite. Repete isto várias vezes ao dia.

Já te perguntastes tantas vezes: "O que há de errado comigo?" Agora te pergunta: "O que há de certo em mim?" Pergunta e responde. Bebe esta mistura e deixa os remédios em paz.

Não há nada de errado contigo, a não ser que vês o fato de seres um ser humano como um impedimento à vida feliz.

Sai dos movimentos que fazes na vida. Não te agarres ao passado. O sofrimento faz parte do passado, ou talvez do futuro. É atenção demais em algo que não merece atenção. Não existe recompensa para o pensamento naquilo que te cansa.

Aproveita a tua vida com outras coisas. Aceita que és um Ser Divino. Mesmo enquanto te irritas com os aspectos relativos da tua vida muito humana, aceita que és um Ser Divino.
 
))))0000(((((
Copyright © 1999-Agora Heavenletters™

Heavenletters™ – Ajudando os Seres Humanos a Se Aproximarem de Deus e de Seus Próprios Corações

Gloria Wendroff, Supervisora

Embora Heavenletters (Cartas do Céu) estejam protegidas por direitos autorais, você está convidado a compartilhá-las, enviá-las para amigos, adicioná-las aos seus informativos, usá-las como assinatura, como adesivo de pára-choque, escrevê-las no céu com um avião – o que quiser. E por favor inclua a Fonte! www.heavenletters.org . E, é lógico, não cobre por elas!

Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Gostou! Indique para Seus Amigos

|Topo da Página|    |Voltar Menu Cartas do Céu|    |Voltar Home|