A CHAVE PARA OS RELACIONAMENTOS
Uma mensagem de Deus canalizada por Gloria Wendroff,
13 de maio de 2012
 
Apressa teu coração para falar sua própria linguagem. A linguagem do teu coração é o amor. As linguagens foram feitas para serem faladas. É para isso que elas existem. Palavras não constituem a única linguagem. O amor pode ser falado muito bem sem palavras.

Podes estar meio enferrujado para falar a linguagem do amor. Se teu amor estiver rangendo, lubrifica-o com a prática. Pratica a dádiva do amor e serás um orador natural; não saberás como parar de expressar amor. É natural expressar amor. O amor foi feito para ser expressado. A vaca dá leite. O coração dá amor. Estimula esse teu coração e o amor se expressará.

Se tua linguagem de amor estiver guardada no porão ou no sótão, tira-a de lá agora. Esfrega as suas juntas, massageia-a um pouco. Ativa esse motor. A hora é agora. O momento certo é agora. O momento certo não é para ser esperado. Sempre é um bom momento. É sempre o momento certo para o amor.

Se fosses o amor, neste momento – amor total – como achas que te sentirias? Como serias?

Se Eu te declarasse Rei ou Rainha do Amor, como começarias? Qual seria a primeira lei que decretarias? Talvez estabelecesses leis como estas: “Ninguém deve sair de casa sem amor. Ninguém deve sair da cama de manhã sem amor. Ninguém deve rejeitar amor.”

É claro que nenhuma lei no mundo cria amor. Só o coração o faz. O amor vem do coração. O amor também vem da mente. A mente pode dizer para o coração: “A todo vapor! Avante! Avante!”

O coração responderá: “Faz tempo que espero um sinal, e agora ele chegou. A todo vapor! Lá vamos nós!”

O amor sempre desejou ter liberdade. O amor não gosta de ser reprimido. O amor não deve ficar acorrentado. Ele sabe muito bem como se comportar. O amor é modesto; ele sai pela cidade, mas não fica chamando atenção sobre si mesmo. Ele simplesmente faz suas coisas. O coração fica feliz, todos que o coração abençoa ficam felizes, e o mundo todo fica feliz porque o amor veio para fora.

O amor não foi feito para ficar na reserva.

Há muito tempo vem sendo dito que a comunicação é a chave dos relacionamentos. Sim, isto é bom, entretanto é o amor que deve ser comunicado. O amor se mostra. O amor é duradouro. O amor pode ser sentido e o amor pode ser comunicado. Às vezes o amor é comunicado em silêncio. Em silêncio não significa que o amor é silencioso. O amor está falando onde quer que esteja.

Agora o amor vai chamar de cima dos telhados. O amor vai pronunciar seu próprio nome. O amor prefere o amor, não as causas. O amor proclama a si mesmo. Não há nada além de amor para se proclamar. Não existe falta de amor. O que falta é amor expressado. O que falta é pensar no amor. O que falta é sentir o amor.

Como é possível que o poder mais forte do mundo não seja compartilhado abundantemente? Como é possível que o maior bem do mundo não seja lançado aos ventos para todas as pessoas? Como é possível que o amor não seja aproveitado alegremente como um acontecimento diário? Não faz nenhum sentido que o amor seja reprimido. O que estás esperando? Começa agora. Simplesmente ama, ama, ama e ama um pouco mais.

O amor não é novo, entretanto é sempre renovado. Existem recargas de amor em abundância. Amado, não existe nada como o amor, e não há nada no mundo inteiro que não seja amor. Até o amor reprimido é amor. Mas hoje, abre as comportas de amor do teu coração. A barragem quebrou. Deixa o amor transbordar do teu coração hoje e cobrir toda a terra!
 
----.....---==II==----.....----
Fonte: http://www.heavenletters.org/the-key-to-relationships.html
Copyright © 1999-Agora Heavenletters™

Heavenletters™ – Ajudando os Seres Humanos a Se Aproximarem de Deus e de Seus Próprios Corações

Gloria Wendroff, Supervisora

Embora Heavenletters (Cartas do Céu) estejam protegidas por direitos autorais, você está convidado a compartilhá-las, enviá-las para amigos, adicioná-las aos seus informativos, usá-las como assinatura, como adesivo de pára-choque, escrevê-las no céu com um avião – o que quiser. E por favor inclua a Fonte! www.heavenletters.org.  E, é lógico, não cobre por elas!

Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Gostou! Indique para Seus Amigos

|Topo da Página|    |Voltar Menu Cartas do Céu|    |Voltar Home|