ABRINDO CAMINHO ATRAVÉS DA NEVE
Uma mensagem de Deus canalizada por Gloria Wendroff em
29 de dezembro de 2008
 
Deus disse:

Existe uma expressão que diz que tens o que mereces. O fato é que às vezes tens e às vezes não tens. É mais verdadeiro dizer: "Tens o que tens." O que o merecimento tem a ver com isto?

Oh, é lógico que às vezes atrais alguma coisa para ti. Estás dirigindo teu carro, olhas para umas vacas que estão ao lado da estrada e a próxima coisa que ficas sabendo é que tiveste um acidente. Neste caso, olhaste para o lado, portanto sem dúvida és responsável pelo acidente. Entretanto não aceito o julgamento que parece acompanhar isto: "Mereceste."

Se és estudante, não estudas para uma prova e és reprovado, o mundo pode dizer que o mereceste. Como é que o mundo sabe? Outra pessoa não estuda para uma prova e tira uma nota A. Quem pode dizer quem merece o quê?

Ninguém merece o sofrimento, querido. Ninguém. Todo mundo merece todas as bênçãos do Universo, mesmo aqueles que dirias que absolutamente não merecem todas as bênçãos do Universo. Não querendo desculpá-los, querido, se aqueles que pensas que não merecem as bênçãos tivessem sido abençoados com mais bênçãos, é possível que não tivessem cometido aquilo que te faz ir contra eles. Mesmo que tenham cometido crimes hediondos, como sabes que eles merecem que lhes sobrevenham coisas terríveis?

No entanto, existem aqueles que tiveram menos bênçãos e se tornaram anjos na Terra. E, é lógico, ao mesmo tempo existem pessoas que sistematicamente merecem altas bênçãos e não as recebem.

Aparentemente ninguém na Terra recebe todas as bênçãos que merece… que Eu digo que merece.

Todo mundo tem o que é chamado de boa sorte, e todo mundo tem o que é chamado de azar. Todos têm bênçãos e decepções. Todos praticam boas ações num momento ou em outro, e todos tiveram deslizes e perderam ocasiões para fazer o bem, ou deixaram mágoas por onde passaram.

Então, vamos partir da premissa que todos na Terra merecem e necessitam de mais bênçãos.

Talvez sussurres: "Bem, Deus, por que não as concedes? Por que não concedes mais bênçãos e evitas as decepções?"

Tens livre-arbítrio, e eu te deixo livre. Se te dou livre-arbítrio, te dou livre-arbítrio. Não te dou livre-arbítrio parcial. Tens toda a liberdade do mundo. Posso ser teu consultor, mas o próximo passo depende de ti.

Vou te dizer mais uma coisa. Todas as pessoas no mundo têm mais bênçãos do que jamais calcularam que tivessem. Ah, se ao menos os Meus filhos pudessem conhecer todas as bênçãos que são deles!

A questão não é merecer ou não merecer. A questão é: o que sabes? Em todas as situações, qual é a coisa mais generosa que podes fazer? Independente de quão irracional ou injusta a situação possa ser, a pergunta que deves fazer é: "O que posso fazer de bom com isto? Que bem pode resultar disto?"

É óbvio que não vais revidar uma ofensa, senão descerás a um nível inferior de energia. Estamos falando de energia, querido. Estamos falando de comprimento de onda de energia. Revidar ou provar que alguém está errado, ou criar desculpas para ti mesmo ou para outros, nada disto é tua função. O que estou dizendo? Estou dizendo para saltares sobre o abismo. Estou dizendo para ires mais alto. Não importa quanto estejas certo, não importa quanto o outro esteja aparentemente errado, a instrução para ti é sempre a mesma: eleva-te! Vai para um ângulo diferente. Sai da mira.

Talvez não seja certo o fato de ter nevado. Não era para ter nevado. Não devia, mas nevou. E agora você tem que remover a neve com uma pá ou passar por ela com dificuldade. De alguma forma, abrirás caminho através da neve.
 
 
))))0000(((((
Copyright © 1999-Agora Heavenletters™

Heavenletters™ – Ajudando os Seres Humanos a Se Aproximarem de Deus e de Seus Próprios Corações

Gloria Wendroff, Supervisora

Embora Heavenletters (Cartas do Céu) estejam protegidas por direitos autorais, você está convidado a compartilhá-las, enviá-las para amigos, adicioná-las aos seus informativos, usá-las como assinatura, como adesivo de pára-choque, escrevê-las no céu com um avião – o que quiser. E por favor inclua a Fonte! www.heavenletters.org . E, é lógico, não cobre por elas!

Tradução: Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Gostou! Indique para Seus Amigos

|Topo da Página|    |Voltar Menu Cartas do Céu|    |Voltar Home|