~ 555 ~
O Retorno de Mu

O Grupo através de Steve Rother
15 Outubro de 2000
 

De Steve:

Esta canalização teve lugar em Las Vegas, Nevada durante o evento denominado “Quill of Re-membrance” (A Pena da Lembrança), em 20 de Agosto de 2000. Como sempre acontece quando canalizações ao vivo são transcritas na forma dos “Faróis de Luz”, faz-se necessário algum trabalho de edição. O Grupo sempre se encontra presente “no meu ombro” quando efetuamos essas mudanças. A maioria delas geralmente se refere pura e simplesmente a cobrir a diferença entre a linguagem falada e a escrita. No entanto, esta mensagem em particular se revelou muito extensa; assim, decidi remover uma parte de seu conteúdo original. Fiz isso de propósito, sabendo que a parte removida deverá ser reinserida como parte dos “Faróis” do mês que vem, que serão canalizados ao vivo de Nova Jersey e deverão se intitular: “AGORA”.

Quando dei início ao procedimento de incluir canalizações ao vivo em nossos seminários, meu acordo com o Grupo foi de que eles sempre me informariam com antecedência acerca do tema sobre o qual iriam falar. Isso era importante para mim, pois eu é que sou responsável pela interpretação da energia, de modo que ela possa ser claramente convertida em palavras da língua inglesa; isso me ajuda a ter uma idéia sobre que palavras utilizar. A primeira vez que eles não cumpriram com o acordo foi quando meu pai “se graduou” em Fevereiro de 1999. Duas semanas após o seu súbito passamento, Barbara e eu ministramos um seminário em Laguna Hills, Califórnia. Quando chegou o momento da canalização ao vivo, fechei meus olhos sem ter qualquer certeza de que o Grupo estaria lá. Foi uma estranha sensação, que desde então nunca mais tive. No instante em que tomei fôlego e abri a boca, lá estavam eles. A primeira coisa que fizeram foi se desculpar comigo, por não terem sido capazes de cumprir sua parte no acordo. Disseram-me que a minha tristeza estava de tal modo empanando o meu campo energético, que lhes era impossível passar qualquer mensagem claramente. A segunda ocorrência desse fenômeno se deu alguns meses depois, com a nossa primeira canalização ao vivo num encontro do V.I.C – Centro Internacional das Nações Unidas de Viena, Áustria. Mas dessa vez, foi simplesmente um caso de exaustão devido a termos “pulado” vários fusos horários.

Com o tempo, tenho começado a me acostumar mais com a idéia de me sentar de fronte a grupos de pessoas que aguardam nossos pronunciamentos sem ter qualquer idéia sobre o que deverei falar. Algumas vezes ocorre de eu ter uma idéia geral acerca do assunto tratado, devido ao fato do Grupo ter me mostrado certas questões, ou deles terem me chamado a atenção para alguma coisa. Aí eu sei que mais tarde falaremos sobre isso. Algumas vezes ocorre de alguma pessoa dizer alguma coisa, ou fazer alguma pergunta, que faz a semeadura das idéias que eles desejam “plantar”. A presente canalização é um exemplo desse tipo de ocorrência.

Cinco minutos antes do início da canalização, alguém me perguntou acerca do significado do número 555. Ela me disse que vinha vendo esse número em todos os lugares possíveis e imagináveis em que olhava. Eu lhe respondi que o Grupo já tinha dito que todos os números mestres funcionam como “gatilhos” para a nossa biologia. Então ela me perguntou se haveria algum significado especial, ou coisas que deveríamos saber sobre o número 555. Eu já tinha aberto a boca para responder “não”, quando me vi face a face com o “Grande Mestre do Tempo”. Trata-se daquele membro do Grupo que é alto e magro, usa uma barba branca e tem como única missão a de controlar o tempo de transmissão da informação. Vendo seu dedo levantado, todo o Grupo se recolheu a um silêncio reverente; até o maravilhoso riso deixou de ecoar por alguns momentos, quando ele graciosamente baixou o seu dedo, num sinal de que já era oportuno falar acerca do 555. Quando voltei a me dar por mim, vi que a jovem senhora continuava a me fitar, ainda aguardando uma resposta. Ao invés de responder “não” à sua pergunta, simplesmente ergui meu próprio dedo. Ela se sentou e o Grupo principiou a falar....

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-
Saudações de Casa

Vocês sentem as vibrações desta sala. Quando vocês entram aqui, vocês as refletem de um para o outro... e vocês sentem a Casa. Vocês são a Casa. Estão criando a Casa no próprio lugar em que se assentam e nós estamos muito orgulhosos de vocês e de seus esforços. Vocês estão fazendo um trabalho maravilhoso Honramos cada um de seus movimentos, pois nem todas as suas escolhas necessariamente os levariam em direção à sua auto-capacitação ou ao seu poder. E, ainda assim, vocês tiveram a coragem de se auto-capacitar a si próprios. Tiveram a coragem de ficar em companhia de pessoas auto-capacitadas. E ainda tiveram coragem de tomar as decisões que os levam em direção à sua própria auto-capacitação. Somos nós que nos sentamos aos vossos pés, em admiração aos grandes mestres que se sentam perante nós.

Dizemos-lhes que vocês são Anjos Humanos. São vocês os que tiveram a coragem de colocar o véu. São vocês que tiveram a coragem de caminhar, sem mesmo saber em que lugares seus pés haveriam de pousar. Nós não somos os únicos que estão assistindo, pois a vossa jornada vem atraindo muita atenção. Nós vamos lhes falar um pouco sobre isso em nosso tempo juntos esta tarde. Pedimos-lhes que, por favor, olhem para a sala ao seu redor antes de saírem, para que cada um leve consigo um pedacinho do outro. A conexão que vocês atingiram, durante este encontro de anjos que caminham em bolhas de biologia, abre-lhes as portas para os reinos que agora se encontram à vossa frente. O potencial que vocês criam, quando se conectam com os membros de sua própria família espiritual, é sem dúvida tremendo. Dizemos-lhes que vocês são honrados. Algumas vezes, é exatamente o tumulto que vocês experimentam em vosso dia a dia que contribui para com os grandes avanços do Planeta.

Vocês agiram bem. Nós os observamos. Nós os honramos. Nós os ajudamos e os amamos. Sim, somos nós que os abraçamos, quando às vezes sentem uma leve pressão em seus braços. São as nossas asas que os estão tocando. Nós os envolvemos em nossas asas e os sustentamos, quando vocês não conseguem se sustentar sozinhos. Quando vocês descobrem que não conseguem se lembrar quem são, nós estamos a seu lado. E refletimos a vossa energia, o vosso amor. Nos sentimos honrados em podermos fazer isso. Não estamos aqui ao vosso lado por nosso próprio capricho. Estamos aqui porque vocês nos chamaram. Não estamos falando com vocês só para ouvir o som de nossa própria voz falando por intermédio do Guardião. Falamos-lhes porque vocês pediram para nos ouvir. Nós não vamos lhes dizer nada sobre que direção tomar; Não lhes diremos qual é a vossa verdade. Tudo o que faremos será oferecer-lhes informações que os ajudem a lembrar-se quem são. Nós os honramos por terem perguntado, pois vocês são os anjos humanos e a vossa versão de Paraíso sobre a Terra está sendo criada agora mesmo. A cada momento em que mesclam o mágico e o mundano, em que principiam a caminhar “com o Espírito em seus ombros” a cada passo de vossa jornada, vocês levam um pedaço mais de Casa para o vosso lado do véu. A vossa presença angélica não é em nada inferior à nossa. Na realidade, nós apenas abrimos nossas asas de modo a que possamos refletir a vossa própria energia, para que vocês consigam enxergar, por um breve momento que seja, a vossa própria magnificência. Somos nós que nos sentimos honrados em estar na vossa presença e vos agradecemos por nos terem requisitado.

Os números em vosso campo de consciência

Hoje desejamos falar-lhes sobre os vários sinais que lhes vêm sendo dados. Vocês não estão sozinhos, pois existem muitos que virão a atender a este chamado; e ainda haverá muitos mais que virão a ler estas palavras e então haverão de compreender o que antes os havia surpreendido. Vocês vêm recebendo aquilo que denominamos “a dádiva dos anjos”, pois muitos já há muito tempo vêm notando os números mestres em seu campo de consciência. Isso se dá porque a vossa biologia agora se encontra apta a efetuar a mudança para o próximo nível. O vosso DNA principiou a ser re-conectado; para isso ele necessita de sinais externos que desencadeiem o processo. Foi por isso que nós, do nosso lado do véu, começamos a lhes dar sutis toques para que, nos momentos precisos e exatos, olhassem para os mostradores de seus relógios. Nós os tocamos para que estivessem atentos no instante exato em que os números lhes fossem apresentados. Esses números agem como “gatilhos” da vossa biologia. Eles são um sinal para que a vossa biologia principie um processo de avanço em direção a estados vibratórios mais elevados, em conexão com o vosso DNA. Esses números mestres não são os únicos gatilhos, pois já houve muitos outros. Também é esse o objetivo maior daquilo que vocês vieram a chamar de círculos nas plantações. Eles são sinais para a vossa biologia. Quando ela fica pronta para aceita-los, nós simplesmente chegamos e lhes indicamos o caminho, dizendo: “olhe e aceite o sinal.” Acontece quando vocês olham e tentam concatenar algum significado racional para todos esses números. Nós amamos a vossa índole humana de querer fazer isso, mas lhes dizemos que o sinal é sempre entendido pela vossa biologia, mas geralmente não pela vossa mente racional.

11:11, 12:12, 911, 333, 444: O que são todos esses números?

É nisso que se encontra contido o verdadeiro significado de todos esses números mestres que têm magicamente achado uma maneira de penetrar na vossa realidade. Hoje, vocês já se sentem confortáveis com todos esses números mestres em vosso campo de consciência, assim como também se sentem à vontade com todo tipo de interações numerológicas que se permitam observar em vossas vidas. Ah, no exato momento em que vocês aprendem as regras, o Jogo muda... E é isso mesmo que está acontecendo agora. Pois, justamente quando vocês começavam a se sentir “em casa” com os 11:11, os 333, os 444, os 12:12 e os 911 que têm visto, também começa a aparecer uma nova série de gatilhos. Agora, os humanos estão começando a aceitar a dádiva do 555.

O número 5 e, em particular, um triplo número 5, tem recentemente se mostrado predominante em todo o mundo. Você os verá mais com o correr do tempo, pois trata-se de um sinal muito específico de que a vossa biologia se encontra pronta para receber. É a sua própria presença angélica que requisita esta dádiva dos anjos. Vamos agora nos dedicar a explicar a progressão de números que vocês andam observando.

Era '1' vez...

Comecemos pelo início, pelo número um. No princípio havia o verbo... O UM é a vibração do OM. O Um é a vibração una do EU SOU. Trata-se da consciência da unidade personificada. O Um é a consciência da unidade, assim como expressa na terceira dimensão. Trata-se daquilo para o que vocês retornarão no tempo certo. O Um é o lugar em que o Jogo se iniciou. O Um é infinito, pois é ele que contém todas as coisas. E é difícil para vocês conseguirem compreender até mesmo o simples conceito de infinitude, pois vocês vivem em um mundo finito. Por agora, apenas encarem o Um como sendo o começo.

Adentrando o campo de Polaridade da Segunda Dimensão

A segunda dimensão nos oferece o campo de polaridade. A segunda dimensão não se constitui em um local de descanso final, e nem mesmo consegue proporcionar um grau de apoio completo à vossa energia. No entanto, da mesma forma em que nós lhes mostramos que a quarta dimensão se constitui em uma “ponte”, a segunda dimensão tem sua importância como um local a visitar para receber “imprints” - impressões energéticas. Essas impressões energéticas são o que lhes permite assumir características de polaridade, o que era uma coisa necessária para lhes permitir jogar o Jogo. São os contrastes da polaridade que lhes permitiram verem-se a si próprios. Foram esses contrastes que lhes proporcionaram as ilusões que os ajudaram a definir o que antes era indefinível. Vocês, humanos, assim se tornaram essas expressões maravilhosas da energia Universal. Vimos que vocês apreciam tanto o seu Jogo, que sempre que ele se torna chato, dão um jeito de criar alguma outra nova pequena área da vida para jogar. É maravilhoso poder ver quanta imaginação vocês têm demonstrado. E vocês fizeram bem. Ao ajustar a energia a uma biologia, vocês codificaram sinais em vosso DNA, sinais esses que são ativados pelo 11:11. Foi esta a “senha” para que o vosso DNA começasse a processar vossa reconexão. O significado dos dois conjuntos de dois “um” juntos significa a passagem da primeira dimensão através da segunda..

Quando vocês passam pela segunda dimensão e assumem os atributos da polaridade, têm então a divisão em dois sexos. Nessa polaridade, vocês enxergam preto e branco, em cima e em baixo, certo e errado; vêm medo e amor. Dizemos-lhes que tudo isso são apenas ilusões, fruto da polaridade. Pois não existe nem preto nem branco, apenas diversos tons de cinza. Em cima ou em baixo apenas têm relevância quando se referem ao lugar em que você se encontra no momento. Certo e errado são ambos produtos dos vossos julgamentos e, em realidade, amor e medo são apenas dois lados diferentes de um mesmo círculo. Cada um deles é parte de um todo. No entanto, ao passar pela segunda dimensão, vocês enxergam a polaridade, que é o artifício de que o infinito se vale para estudar a si próprio sob forma finita. E este é o significado e propósito do Jogo. O 12:12 é um sinal à sua biologia, cujo significado é a primeira expressão da terceira dimensão. Ao emergir da segunda dimensão, aparecem dois jogos de três cada um.

O 333 e a Terceira Dimensão

Então vocês chegam à segunda parte da terceira dimensão, onde tudo se resume a três's. Gostaríamos de lhes dizer que essa parte do três foi uma transição difícil, mas vocês conseguiram se dar muito bem com o três. De fato, vocês ainda não terminaram com esta parte do três em vosso Jogo. Mesmo agora, quando a quinta dimensão está sendo introduzida, sob a forma do número 555 nos vossos mostradores de relógio, gostaríamos de lhes chamar a atenção para o fato de que nesse número existem “três” dígitos cinco. Ah... os três ainda não estão terminados. Agora, em vosso Jogo, toda a vossa existência pode ser explicada através de divisões em três. Tudo no vosso campo de consciência se trata de múltiplos de três. O Formato triangular da energia, que é o que define a terceira dimensão, é o que estabelece a base para essa energia do três.

Adoramos ve-los jogar seu Jogo na terceira dimensão. Mesmo que fiquem entediados, assim mesmo vocês conseguem se divertir com o drama de que tanto gostam. Não se julguem muito duramente por serem tão atraídos pelo drama, pois ele serviu-lhes muito bem na terceira dimensão. Oh, nós os amamos tanto! E rimos muito quando vocês dizem que o seis, seis, seis é a marca do diabo. Achamos muito engraçado que vocês tenham tomado os três três, os dobrado e chamado o resultado de marca do diabo. Vocês são tão criativos! E nós os amamos quando constatamos a vossa atração pelo drama. Vocês são os três, pois também são a manifestação de Deus sob forma finita. Assim sendo, vocês definem tudo aquilo que criam. E agora, o vosso Eu Superior está começando a lhes mostrar algo novo. Como vocês já passaram tanto tempo jogando na terceira dimensão, agora essa dimensão finalmente passou a um terceiro estágio. Não é nenhuma coincidência que vocês agora se encontrem às voltas com um tremendo acontecimento diretamente em vosso caminho.

O Terceiro Milênio

Agora vocês adentram ao terceiro milênio. Trata-se de um tempo mágico. É um passo nunca antes dado, pois não estava previsto que vocês estivessem onde estão agora. Do jeito que o “Plano A” estava esquematizado, previa-se que vocês a essa hora já teriam terminado. Não era para vocês estarem aqui e, ainda assim, foram as suas escolhas que abriram as portas para o novo Jogo. Foram elas que tornaram tudo isso possível, pois vocês agora dão um passo rumo ao desconhecido. À medida que vocês criam o caminho, a cada passo, nós sempre estamos lá para lhes dar “piscadelas cósmicas”. Estamos lá com alguns pequenos sinais, pedindo-lhes que olhem para os vossos relógios em determinados instantes, para dar-lhes pistas de que são mais do que pensam ser. Vocês são os mestres que caminham em bolhas de biologia. Vocês são os exaltados; e estão começando a presenciar a mágica tendo lugar.

444 – Maestria e Auto-capacitação

O 444 que vocês vêm é uma representação da quarta dimensão, quando encarada da perspectiva da terceira. Vocês estão adentrando a quarta dimensão. A vossa relação com tudo que os rodeia está agora se alterando; isso é representativo desse processo de movimentação. Este é o tempo de incorporar maestria do ser. Este é o tempo de vocês assumirem seu próprio poder. Apesar dos atributos da quarta dimensão não lhes permitirem enxergar-se a si próprios como poderosos, saibam que a incorporação de técnicas de auto-capacitação é uma prática que virá a servi-los bem nestes dias. Cada vez que enxergarem o 444, lembrem-se sobre maestria e auto-capacitação.

A Magia de MU

Há um tempo mágico pelo qual vocês passaram neste Planeta. Há um tempo mágico, no qual vocês viveram em contato com o vosso poder. Os dias de MU estão voltando. Será que isso os surpreende? Vocês estavam todos lá. Alguns de vocês estiveram lá mais de uma vez. Os dias de MU foram um tempo mágico, no qual cada um caminhava em seu poder. Pois dizemos-lhes que o nível máximo de poder daquilo que vocês realmente são é um potencial atingível enquanto vocês se encontram na biologia. As infraestruturas ao vosso redor estão começando a mudar. Vemos isso se realizando agora. Vocês são um e não estão separados um do outro. Agora, quando alguém gritar por socorro, todos irão ouvir. E já houve muitos que deram suas vidas, só para ajudar a ilustrar este processo. Os governos estão mudando. As empresas estão mudando. Foi dito que, caso vocês mantenham o vosso rumo e continuem a integrar o mágico ao mundano, então os dias de Mu haverão de retornar. A Lemúria não é um mito, e lhes dizemos que vocês estiveram lá. E vocês se lembrarão disso caso peçam para faze-lo. Pois trata-se de um tempo no qual vocês caminhavam pela terra em plena posse de seu poder. E isso voltará a acontecer, se vocês decidirem dar início aos dias do cinco. Sim, isso agora responde à sua pergunta, não é mesmo? Pois vocês estão agora integrando o três com o cinco; e então, ainda consideram estranha a ocorrência de três números cinco aparecendo em vosso campo sensorial? Os dias da Lemúria estão voltando. Mu agora voltou para casa. E foram vocês que criaram isso.

Um Direcionamento Inadequado da Energia

À medida que esse processo vá se desenrolando, ele há de encontrar muita resistência, pois a memória dos dias de Atlântida ainda está gravada a fogo na vossa memória celular, mas isso a um nível muito, muito profundo. Assim, vamos antes aproveitar alguns momentos para falar sobre a Atlântida; sobre quais foram exatamente as causas de sua destruição. Pois foi um direcionamento inadequado de energia que precipitou todo um processo de mudança, que abruptamente terminou com a Atlântida. Faz parte da natureza humana a tendência de hierarquizar a si mesmos e a todos. Esta tendência à hierarquização naturalmente os faz colocar uma categoria como mais importante que outra. Dizemos-lhes que nada pode estar tão longe da verdade,pois todos se encontram desempenhando papéis muito importantes neste tabuleiro de Jogo. Se ao menos vocês tivessem adotado um comportamento de discernimento ao invés de julgamento, tudo aquilo poderia ter sido evitado. No futuro haverá mais comentários acerca deste aspecto de vossa própria história; por hora permitam-nos mostrar-lhes algumas maneiras bem simples através das quais isso pode ser constatado no vosso dia a dia.

Inicia-se a História de Amor

Temos uma história para lhes contar agora; é a história de um rapazinho de doze anos, que vivia na época de Mu. Por enquanto, falaremos sobre o que aconteceu a esse mesmo rapaz de doze anos durante os dias posteriores a Mu, pois acontece que ele sobreviveu. Ele sentiu o chamado e se mudou para a Atlântida. Lá, era prática corrente se integrar o mágico ao mundano na esfera tecnológica. Essa mesma tecnologia, que agora está mais uma vez disponível ao vosso Planeta, já esteve aqui em muitas ocasiões diferentes. Muito do que vocês ainda não descobriram se encontra disponível, esperando por vocês. Quando olham para vossos computadores e para a vossa Internet, vêem a vossa tecnologia “explodindo” bem diante de vossos olhos. Dizemos-lhes que isso é um reflexo direto do vosso próprio desenvolvimento espiritual, pois é a vibração espiritual coletiva do Planeta o sustentáculo de toda essa tecnologia. Está funcionando. Vocês a estão criando e estão indo bem.

Voltando à história, Amor já era um homem de quarenta e cinco anos quando arranjou um emprego no Templo do Rejuvenescimento. Amor trabalhava todos os dias no templo. Ele amava seu trabalho; apesar de sua parte no processo ser bem pequena, ainda assim ele conseguia ajudar as pessoas. Apesar de se preocupar muito com o que estava acontecendo, Amor sabia que tinha que fazer a sua parte, ajudando as pessoas. A sua tarefa consistia em ajuda-las a entrar no templo e livrar-se de suas roupas e de quaisquer outras impurezas que pudessem ter consigo, pois aquele era o tempo em que elas deveriam rejuvenescer-se a si próprias. Era aquele o período de tempo no qual elas deveriam entrar em contato com aquela poderosa tecnologia, que era um produto da Mãe. E os Atlantes usavam excelentes tecnologias no campo do rejuvenescimento. Amor teve a oportunidade de ir da Lemúria para a Atlântida, para que pudesse fazer uma síntese entre tecnologia e espiritualidade. Ahh, mas sempre há uma parte do Jogo que se impõe, pois só existe uma regra no Tabuleiro . . . Livre Arbítrio. A síntese oferecida por Amor foi escolhida apenas por alguns poucos.

O 555 é o início da quinta dimensão

O conceito que prevalecia entre os Atlantes era o de sua superioridade em relação aos povos de Mu, pois Mu estava afundando. Os Lemurianos se viram tendo que emigrar para a Atlântida para poder escapar. E Amor acabou vivendo como refugiado numa terra que lhe era estranha. E, ainda assim, ele sentia que tinha algo importante a realizar. Amor buscou se ligar aos que viviam a seu lado e se empenhou em fazer com que nesse novo local ele pudesse se sentir em Casa. O seu objetivo era trazer o amor de Mu para as terras de Atlântida. Por algum tempo, a coisa funcionou, pois a mágica lá estava. E a vibração do cinco prosperou. A quinta dimensão estava sendo ancorada em terras Atlantes. E o 555 teve início.

Foi durante essa época que vocês escolheram enxergar falta e limitação. Quando um grande influxo de almas escolheu se refugiar na Atlântida, isso sobrecarregou os sistemas, pois não havia sido desenvolvida tecnologia suficiente para acomodar aquele vasto número de pessoas. Apesar de disporem de tecnologia para rejuvenescimento, vocês pensaram que não dispunham do suficiente para viver e, ao invés de se concentrar naquilo que tinham, acabaram “voltando suas câmeras” de percepção para o ponto que dizia: “não dispomos do suficiente, assim precisamos desenvolver um sistema para tomar conta daqueles de quem podemos cuidar.” Foi neste ponto que se estipulou um sistema de classes nos dias da Atlântida. Foi aí que uma sutil doutrina escravagista veio a existir em seu “altamente sofisticado” Planeta de Livre Arbítrio. Desde então, esse direcionamento inadequado das energias tem voltado a visitar o vosso Jogo em certas épocas. Mas foi aí que todos os ensinamentos de Mu, ensinamentos esses que traziam a capacitação para o poder, foram todos perdidos num piscar de olhos. Vocês sentiram que deveriam decidir quem haveria de se beneficiar da tecnologia e quem haveria de ser deixado de lado. Mas nós lhes dizemos agora que havia o suficiente para todos, e vocês teriam descoberto isto se apenas tivessem adotado a percepção de que todos tinham papéis importantes a desempenhar. Ao invés disso, preferiram considerar que uns eram mais importantes que outros. E foi esse direcionamento inadequado das energias que desencadeou a queda de Atlântida. Esse foi um período no qual vocês adentraram a quinta dimensão. E os efeitos da entrada na quinta dimensão quando se carrega energias desbalanceadas são impiedosos.

Todo esse tempo Amor trabalhou ajudando as pessoas a se purificarem, para que não adentrassem ao Templo do Rejuvenescimento carregando impurezas. Se ao menos ele tivesse conseguido evitar que vocês entrassem na quinta dimensão carregados de crenças impuras, então a Atlântida estaria bem hoje.

O Retorno de Mu

Nós estamos lhes contando isso agora porque, mais uma vez, vocês estão chegando a esse mesmo estágio; ahh- mas agora vocês estão fazendo a coisa de modo muito diferente. Pois vocês vêm de um campo de desenvolvimento espiritual, no qual previamente assumiram o vosso próprio poder. Agora, vemos que vocês estão gradativamente incorporando os passos de integração da mágica aos aspectos mundanos das vossas vidas e assumindo seu poder a cada passo de vossa jornada sob forma humana; por isso, nós os honramos. Vemos o cenário de conflito em que vocês vivem. Sabemos sobre as restrições que vocês enfrentam e os amamos por isso. Pois apenas através da vossa capacidade em dar esses passos, da vossa capacidade de jogar em um campo como esse, é que se torna possível esse Jogo para vocês. Nós assistimos a todos os momentos em que vocês duvidam de si próprios e então os abraçamos com nossas asas, lhes dizendo que a coisa não é com vocês, mas sim diz respeito à vossa conexão com o Tudo Que Existe. Por favor, lembrem-se dos dias de Mu. Voltem aos tempos em que vocês assumiram o vosso poder, pois estão mais uma vez trilhando esse caminho. Sintam que o medo contido na vossa memória celular, relativo aos tempos de Atlântida, está de volta. Sintam o medo e dessa vez tenham a coragem de fazer as coisas de modo diferente. Saibam que têm escolha. Assumam a responsabilidade de encarar o panorama global, de ver o todo, e então se moverão rumo ao 555. Vejam que todos estão desempenhando papéis importantes, porque a escada do desenvolvimento humano não avançará até que todos os seus degraus estejam ocupados.

Uma das formas mais destrutivas que esse direcionamento inadequado das energias geralmente toma entre os Trabalhadores da Luz é o que o Guardião chama de “Competição Espiritual”. Para ilustrar isso, muitos dos que estão lendo isso agora acreditam que o fato de enxergarem o 555 significa que vocês são mais evoluídos do que os que estão vendo o 11:11. A sua biologia irá precisar de sinais diferentes em épocas diferentes, de modo que vocês poderão ver muitos desses gatilhos em fases diversas. Eles não virão em nenhuma ordem de importância; assim, por favor, não procurem aplicar atributos humanos ao nosso lado do véu.

Entendam que a prática de colocar uma coisa acima da outra acaba prejudicando todas elas indistintamente. É a vossa própria hesitação em assumir plenamente o próprio poder que causa este direcionamento inadequado. Quando vocês conscientemente centram a vossa energia e escolhem caminhar plenamente em vosso próprio poder, não há necessidade de estabelecer quaisquer hierarquias. A prática de tomar decisões sem julgar é aquilo que nós chamamos de Discernimento. Trata-se da primeira ferramenta da vibração mais alta, à qual vocês estão se aclimatando.

Vocês já foram mais longe do que nós sequer ousávamos imaginar, pois nós estávamos lá no início. Nós os ajudamos a conceber o Jogo. Nós os ajudamos a delinear os papéis que vocês estão agora terminando. Foi nesse ponto que nós nos olhamos e dissemos: “Talvez, apenas talvez, se vocês tomarem tais e tais decisões, poderão então prosseguir.” Não tínhamos a mínima idéia de que vocês realmente se lembrariam de quem são. E aqui estão vocês. Ousem abraçar a vossa paixão. Encontrem algum pequeno sucesso e ampliem-no. Encontrem alguma coisa de que gostem em si próprios e a amplifiquem, e estarão agindo acertadamente.

555 uma visão de Mu

Quando virem os cincos, lembrem-se da Lemúria. Lembrem-se de quem eram e, mesmo que isso seja difícil, sustentem uma vibração de pleno entendimento, pois isso lhes pertence. Será um sinal de que ela está retornando. Abram espaço para ela em suas vidas. Abram espaço para que humanos auto-capacitados e poderosos caminhem lado a lado com vocês. Abram espaço para que se tornem poderosos, pois é isso que estão fazendo. É isso que vocês estão vendo. Os três cinco's são um número mágico e eles agora irão começar a freqüentar os vossos campos de existência de uma forma mais consistente. A Lemúria está voltando à Terra. O 555 é um sinal à sua biologia para que se prepare. Vocês estão criando isso. Benvindos à Casa.

Existem muito mais coisas que vocês aprenderão sobre os números, à medida em que eles lhes aparecerem. Vocês estão agora firmemente ancorados na quarta dimensão. É por estarem vislumbrando a quinta dimensão que o 555 agora se encontra disparando gatilhos nos vossos campos de existência. E a quinta dimensão não possui a salvaguarda do lapso de tempo para manifestação. Assim sendo, as pessoas precisam se tornar mestras de seus pensamentos antes de poderem adentrar com segurança a quinta dimensão. Este é o período de tempo para a Maestria do Eu. Podem começar com os seus próprios pensamentos e crenças.

Hoje vocês se perguntam: “O que está se passando? Sinto-me perdido. Sinto-me separado de meus guias.” Por favor, lembrem-se da história sobre Ana e seu Pássaro, pois o Espírito está sendo integrado em vocês. Vocês estão se tornado unos com o todo e, à medida que principiem a incorporar a quinta dimensão, a mágica terá início. Em primeiro lugar, vocês precisam se livrar das amarras que os prendem firmemente à terceira dimensão. Pedimos-lhes que não se esforcem demais. Não fiquem procurando por coisas de que se livrar; simplesmente estejam prontos para deixarem ir tudo aquilo que os vossos corações pedirem que vocês deixem. Estejam prontos para se soltar daquilo que os estorva, na medida que se esforçam por alcançar as verdades da Lemúria. O Planeta de Mu está retornando. A terra de Mu está voltando para Casa. Dizemos-lhes que se trata de um momento mágico. Vocês o fizeram ser assim. Vocês estão indo bem. Percebam os números, e quando vejam-nos, pronunciem as palavras mágicas: obrigado; obrigada...

Com grande alegria em nossos corações, dizemos-lhes que lhes agradecemos por nos terem convidado a freqüentar este encontro de mestres. Pedimos-lhes que, por gentileza, tratem uns aos outros com respeito, incentivem-se mutuamente tal como o fariam consigo próprios e, não se esqueçam, joguem bem juntos.

O Grupo
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-
Uns tempos atrás, O Grupo me disse que em breve eles iriam começar a contar uma história muito especial. Eles me disseram que seria a história de um rapazinho de Mu, e que a história finalmente iria ser compreendida. Eles já começaram a dar informações a respeito de Amor em suas canalizações ao vivo. Cada canalização trará um novo capítulo desse relato. Essa foi a primeira oportunidade em que eles fizeram menção ao nome "Amor." Desde esta primeira canalização, vários capítulos já foram adicionados a esta história. Quando ela estiver completa, então nós apresentaremos a informação.

Grandes abraços e toques gentis




 O Guardião da Espada.

Nota de Direitos Autorais:

Esta informação pode circular e ser livremente disseminada, no todo ou em parte. O usuário concorda com que esta nota de direitos autorais seja incluída com o material editado. E concorda com que todos os direitos, incluindo os direitos autorais do material traduzido, permaneçam em propriedade do Lightworker. Mais informação sobre o Grupo pode ser encontrada em: http://www.Lightworker.com  - Agradecemos por ajudar a espalhar a Luz!

Fonte: http://transbeacon.lightworker.com/100400_555-pt.htm
 
Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página| - |Voltar Menu O Grupo| - |Voltar Home|