A RESPIRAÇÃO DE DEUS
Conectando-se ao Eu Infinito
O Grupo através de Steve Rother

15 de Agosto de 2002
 
De Steve:

Todos nós podemos sentir que algo grande está para acontecer. Algo de escala cósmica, de uma magnitude nunca antes alcançada. Aproximadamente há um ano atrás, em um evento na Holanda, o Grupo pela primeira vez nos deu informação acerca da tessitura do Tabuleiro. Falaram sobre o modo como ele funciona como um palco, no qual todos nós desempenhamos algum papel. Naquela mensagem eles disseram que existia uma equação matemática na qual todo o Jogo está baseado. Disseram que se tratava do Número de Ouro, definido pela equação matemática: f = (1+ Ö5)/2 ou, de uma forma mais simples: 1.618 (1,6180339887499 para se ser mais exato). Esta equação pode ser encontrada em toda a natureza. Ela é a base da série de Fibonacci e também da espiral de Fibonacci, que pode ser encontrada em todas as coisas. O Grupo afirmou que esse número é a base para tudo que existe em nossa realidade. A Flor da Vida, a Merkabah e a maior parte da geometria sagrada se baseiam nesta simples equação. Tanto o Parthenon quanto a Acrópole da antiga Grécia ainda hoje estão de pé devido ao fato de seus construtores terem aplicado esta simples equação.

Nos tempos em que eu e Barbara começamos a promover nossos seminários, o Grupo me orientou a construir um Cetro. Ele tinha o comprimento de um cajado de caminhada, com um grande cristal encaixado em seu topo. Sob seu envoltorio de couro, eles me orientaram a colocar uma espiral de cobre que fosse de alto a baixo, até a ponta que toca o chão. O enrolamento foi feito em sete segmentos distintos, todos enrolados com passos diferentes, seguindo proporções que obedeciam à equação do Número de Ouro. Como aqueles que compareceram ao seminário “O Cetro do Amor Próprio” devem se lembrar, no começo do evento aquele cristal estava totalmente opaco. Depois dos primeiros dois seminários, o cristal ficou totalmente límpido. E até hoje ele continua límpido. Será que isso foi “mágica”, ou se trata de ciência aplicada? O Grupo diz que a coisa vai muito mais fundo do que nós pensamos. Talvez já seja hora de afastar os véus e dar uma olhada nisso.


 
Saudações de Casa,

Estamos honrados por estar na presença dos mestres do Tabuleiro do Livre Arbítrio. Sim, sabemos que vocês nem sempre se sentem mestres. Ainda assim, quando vocês começarem a se ver como realmente são, saberão o porque de nós os chamarmos assim. Os avanços que vocês conseguiram, utilizando o poder da vossa própria livre escolha, tornaram possível a ocorrência de um grande evento cósmico.

Em Busca de Respostas Universais.

Do vosso ponto de vista sobre o cosmos, vocês vêem que o Universo se encontra em contínua expansão. Pelo vosso estudo das estrelas, isso pode ser comprovado em vossas próprias ciências naturais. A partir daí, vocês concluíram que se deu um evento cósmico, que vocês chamaram de Big Bang. Nós gostamos tanto das vossas nomenclaturas humanas! Por favor, entendam que vocês em realidade são expressões finitas do que é infinito. Assim, vocês não conseguem ter uma compreensão verdadeira acerca de como é ser infinito, apesar do fato do vosso espírito possuir todos esses atributos. Numa condição de seres infinitos, vocês nunca haveriam de fazer esse tipo de perguntas, que pensam que os levarão a um melhor entendimento acerca do verdadeiro significado da vida. Mas sob forma finita, vocês têm uma predeterminação a procurar por respostas. Trata-se daquela parte dos atributos humanos de que gostamos tanto, pois é uma coisa que simplesmente não existe por aqui, no que vocês chamam de Céu. Aqui, em uma realidade infinita, nós simplesmente permitimos, e tudo vem até nós. Na condição de seres finitos, vocês ficam sob a influência da polaridade e, assim, não se enxergam como sendo parte do todo. É por isso que vocês estão continuamente em uma “busca”. Quando falamos sobre isso, por favor, entendam que não estamos dizendo que uma realidade infinita é “melhor” que uma realidade finita. Ambas servem como uma parte importante do todo. Elas são, muito simplesmente, diferentes expressões da energia Universal, da qual se constitui tudo o que existe.

O Número de Ouro

A vossa realidade está mudando como resultado dos vossos progressos. Ela agora está se aproximando mais de Casa; o resultado disso é que nós agora podemos lhes revelar mais acerca das realidades interdimensionais e de como elas interagem entre si. Vocês vivem em uma realidade de polaridade. Ela foi um ingrediente necessário ao Jogo, pois permitiu que vocês carregassem com vocês os vossos atributos de finitude. Para que pudesse ser criada a ilusão da separação, foi necessário introduzir a consciência de polaridade. Agora, no momento em que vocês sobem para um patamar de vibração mais alto, não têm mais necessidade de uma polaridade como essa. Vocês estão aprendendo a enxergar a unidade através de “lentes“ que ainda se encontram empanadas pela polaridade. Quando fizerem isso, prestem atenção às chaves e aos sinais em vosso caminho. Um deles é o fator denominado Número de Ouro. O Número de Ouro resulta da expressão matemática que converte o que é infinito naquilo que é finito. Aqui lhes pedimos para compreender uma verdade importante, a de que a recíproca disso também é verdadeira. É esta simples expressão que regula toda a tessitura do Grande Jogo que vocês estão jogando. Sendo objetos cênicos no grande palco da vida, tudo que você vê do seu lado das cortinas é estabelecido a partir desta simples expressão. Em nossas comunicações convosco existem certas frases que nós propositadamente utilizamos como lembretes, para reavivar memórias que se encontram profundamente entranhadas nas vossas almas. Aqui, nós utilizamos esta mesma fórmula matemática, sob a forma das palavras que transmitimos através do Guardião. Essas vibrações invocam as memórias de Casa, bem fundo em vocês, pois elas os remetem aos tempos em que o Jogo foi primeiramente criado. É como quando uma pessoa sente o cheiro de grama recém-cortada e isso a remete ao seu tempo de criança. Essa pessoa sabe que, caso queira se lembrar de pessoas e sentimentos de sua meninice, apenas precisa encontrar um gramado recém-aparado. Da mesma forma, nós frequentemente nos valemos de palavras, ou códigos nas palavras, que vos invocam memórias que os lembrem de Casa. Uma delas é: “Saudações”. Esta palavra carrega em si uma vibração pura. Imaginem que as portas do Céu se abrem de par em par quando vocês escutam isso, pois é por isso que nós a utilizamos. Vocês também poderão notar que quando canalizamos através do Guardião, seja sob forma falada ou escrita, nós utilizamos em nossas expressões um ritmo e uma sintaxe cuidadosamente escolhidos. Tudo isso está planejado para vos servir como auxílio no processo de despertar vossas próprias memórias de Casa, delicadamente despertando-os do vosso estado de sonho.

O Big Bang?

Trata-se da vossa própria necessidade de busca, sob forma finita, que os levou à teoria do Big Bang. Essa teoria é que explica a atual condição de tudo que existe, de tal forma que isso se adapta à vossa realidade finita. É o que lhes permite contemplar o conceito de tudo aquilo que é. Se nós lhes dissermos que tudo aquilo que está lá, sempre foi e sempre será, vocês não serão plenamente capazes de compreender a natureza do Universo. É a vossa própria concepção, mais aquilo que vocês chamam de evidências científicas, que os levam a procurar por um ponto de origem. Nós não desejamos nos envolver em polêmicas a respeito desse assunto, mas sim oferecer uma outra perspectiva.

Imaginem que aquilo que vocês chamam de Universo, assim como todos os Universos, existe simultaneamente em uma infinidade de realidades dimensionais. Até mesmo pode-se dizer que a vossa própria existência se dá em várias realidades dimensionais simultâneas. Na realidade existem muitos “vocês”, todos existindo lado a lado, em realidades dimensionais ligeiramente diferentes. Em cada uma delas, vocês podem tomar decisões ligeiramente diferentes; assim sendo, cada uma dessas realidades dimensionais poderá levá-lo por um caminho ligeiramente distinto. Até agora, tem-se evitado que todas essas realidades dimensionais se entrecruzem mutuamente. Isso foi necessário, em vista da grande capacidade que a polaridade tem para criar uma ilusão de se ser finito em uma dada realidade.

O “Tudo que Existe” existe de acordo com certo ritmo. O bater dos vossos próprios corações físicos determina a vossa base vibracional. Os corações físicos que batem de acordo com uma determinada freqüência harmônica de vibração afim, determinam quais os seres humanos que existem em uma determinada realidade dimensional. A Terra, em sua condição ser vivo e que respira, também existe em uma amplitude de vibração harmônica à vossa. O oceano, em sendo um microcosmo do Universo, apresenta fluxos e refluxos, que servem para estabelecer a vibração de tudo aquilo que ele contém. Tudo que vocês enxergam em vossa realidade é no fundo um ser vivo, que se encontra vibrando em ressonância harmônica à vossa própria vibração. Se existisse algo que vibrasse em uma freqüência não harmônica à vossa, isso simplesmente existiria em uma realidade interdimensional e não seria parte do vosso Jogo.

Em uma escala maior, o “Tudo que Existe” também apresenta fluxos e refluxos. Sob uma perspectiva cósmica, aquilo que vocês enxergam como sendo o ponto de origem do Universo nada mais é que o ponto em que aquela realidade se originou sob a forma de uma expressão finita. Vocês, na condição de seres finitos, enxergam isso como um ponto de origem, ao qual denominam Big Bang. Nós lhes dizemos que já existiu uma infinidade de Big Bangs, pois em verdade eles são uma parte do processo de fluxo e refluxo do Universo. Sintam que cada início é na realidade uma nova batida do grande coração, aquele que determina a vibração de base do “Tudo que Existe”.

O Bater do Coração e a Respiração de DEUS

O Universo, assim como conhecido por vocês, tem sido visto se expandindo, não importa para onde vocês olhem. No entanto, nós lhes afirmamos que isso é apenas a metade dessa história. O Universo apenas se expande até alcançar um ponto em que todas as realidades se interceptam. Quando chega a esse ponto zero, então o Universo começa a se contrair de uma forma similar. Novamente entra em colapso, até atingir outro ponto zero; então, ainda com o mesmo movimento, ele mais uma vez começa a se expandir para o outro lado. Por favor, entendam que os astrônomos não conseguirão descobrir este fato até que o movimento já esteja em andamento. Na verdade, quando olham para as estrelas com os vossos telescópios, estão olhando para uma máquina do tempo. Há de vir um tempo em que serão capazes de olhar para uma máquina do tempo ao reverso, quando descobrirem a natureza da Luz. Isso acontecerá quando vocês descobrirem as novas aplicações do Número de Ouro.

O fluxo e refluxo do Universo, se expandindo e contraindo, é o que estabelece a vibração de base da Energia Universal. Trata-se do bater do coração de DEUS, aquilo que dá expressão ao que é infinito, só que sob forma finita. Nós vos dizemos que esse processo já se deu mais vezes, até mais vezes do que o vosso próprio coração físico já bateu em vossas vidas. Cada vez que o coração de Deus bate e atinge um ponto zero, as realidades se misturam umas às outras; assim, por um instante, o que é finito mais uma vez se mescla ao que é infinito.

Realidades que se Interceptam na Unidade

Já houve tempos em que realidades alternativas se cruzaram. Quando isso acontece, elas se mesclam por um instante, deixando impressões permanentes uma na outra. Isso tem sido a origem de muitos daqueles que vocês chamam de mitos e histórias, que têm sido retransmitidos sem alteração, de geração em geração. A história de Camelot diz respeito a um desses cruzamentos de realidades. São histórias que hoje estão tão vivas quanto no primeiro momento em que foram canalizadas através da imaginação de uma só mente humana. Mas nós vos dizemos que, a não ser por essas interceptações momentâneas, duas realidades alternativas nunca se fundiram de forma permanente. Será que vocês conseguem conceber o entusiasmo que perpassa todas as dimensões da realidade, quando percebemos que, pela primeira vez, uma mescla de realidades dimensionais está para acontecer? A melhor maneira pela qual conseguimos descrever o que está a ponto de acontecer é dizendo que, no momento em que a pulsação de Deus se expande e contrai, toda a vida se renova. Nunca antes uma manifestação consciente de Deus, sob forma finita, presenciou um momento de mudança de direção. E esse padrão está em vias de ser mudado.

Mais uma vez, nós lhes dizemos que não podemos prever o futuro, pois são vocês que ainda deverão escrevê-lo. No entanto, sempre existiu um ciclo de tempo baseado no Número de Ouro. Se nós lhes disséssemos que nós, na condição de Anjos do Céu, em realidade estivemos canalizando vossos “seres” futuros, isso poderia lhes dar um vislumbre das diferentes realidades que coexistem em uma mesma condição de tempo e espaço. Vocês poderiam perceber claramente a diferença da realidade dos vossos seres atuais para a dos vossos futuros seres, sendo que nós ficaríamos na condição de intermediários. Agora, se porventura essas realidades viessem a se mesclar, mesmo que ligeiramente, vocês descobririam que cada um teria o benefício de poder contar com a orientação interior de um futuro “você”. Nós lhes dizemos que se trata de um bom exemplo do que anda acontecendo ultimamente, pois uma maior quantidade de informação de inspiração divina vem a vocês todos os dias. Vossa tarefa, neste momento de tempo, é a de simplesmente aprender a confiar em si próprios e na vossa orientação interior. Quantas vezes você já não disse a si mesmo a velha frase: "Se ao menos eu tivesse escutado a mim mesmo!"

Canalizando Vosso Ser Futuro

Trata-se de um bom exemplo, pois este é um conceito que vossos seres finitos conseguem compreender facilmente. Agora avançaremos mais um passo com essa idéia. Se vocês puderem pegar este exemplo e altera-lo de forma a ver que o “você” sob forma finita em realidade está se conectando ao “você” infinito, então essa conexão será melhor compreendida. Mais uma vez, na condição de Anjos do Céu, agimos como intermediários e estamos aqui para lembrá-los de que existe um “você” infinito. Esse você infinito é também possuidor de uma ampla gama de tempo, de forma que consegue se mover tanto para trás quanto para frente no tempo. Essas são as realidades que estão a ponto de se mesclarem mutuamente como uma única. Quando isso acontecer, vocês terão sempre disponível a orientação do vosso “eu” infinito. A vossa própria evolução na condição de expressões, sob forma finita, daquilo que é infinito, os levará a um contato mais íntimo com vossos seres infinitos. Trata-se daquilo que vocês conhecem como os vossos “Eus Superiores”. Os véus que vocês usam são cruciais para o Jogo de Esconde-esconde. Eles os mantêm separados de vossos eus infinitos e são indispensáveis. Ao mesmo tempo, eles estão se tornando mais diáfanos do que nunca. Trata-se da mescla de duas realidades, que virá a preparar o terreno para o maior dos acontecimentos. A próxima respiração de Deus está mais próxima do que vocês pensam. E é devido a isso que todos os olhares do Universo estão agora voltados para vocês. Vocês são os mestres do Tabuleiro. Vocês são aqueles que são honrados em toda parte do “Tudo Que Existe”.

O que está à frente vai além de qualquer entendimento. Aproximem-se dele com expectativa entusiasmada. Esperem por um milagre! Por favor, vão com calma e mantenham vosso equilíbrio, pois os tempos que vêm são plenos de maravilhamento e alegria. Juntem-se a outros de vibração afim nos dias que virão, pois isso ampliará e aumentará a vibração coletiva. Saibam que nunca estão sozinhos, e que nós estamos sempre um passo atrás de vocês, sempre abraçando-os com nossas asas, a cada passo que dêem. Nós somos os guardiães da energia do vosso eu infinito; nós o faremos até que chegue o momento em que vocês consigam sustenta-la por si próprios. Fazemos isso com a maior gratidão e amor. Nós lhes pedimos que não levem a vida tão a sério e que aprendam a aproveitar o passeio. É com a maior honra que vos lembramos de se tratarem mutuamente com respeito, cuidarem uns dos outros e jogarem bem juntos.

ESPAVO.

O Grupo

Espavo!

Grandes ABRAÇOS e toques gentis

" o Guardião"
 

Nota de Direitos Autorais:

Esta informação pode circular e ser livremente disseminada, no todo ou em parte. O usuário concorda com que esta nota de direitos autorais seja incluída com o material editado. E concorda com que todos os direitos, incluindo os direitos autorais do material traduzido, permaneçam em propriedade do Lightworker. Mais informação sobre o Grupo pode ser encontrada em: http://www.Lightworker.com  - Agradecemos por ajudar a espalhar a Luz!

Fonte: http://transbeacon.lightworker.com/081502BreathofGOD-pt.html
 
Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página| - |Voltar Menu O Grupo| - |Voltar Home|