O FLUXO DO GOLFINHO
O Segundo Ato
O Grupo através de Steve Rother
15 de Junho de 2002
 
De Steve:
Esta canalização foi apresentada ao vivo em um seminário realizado em Syracuse, Estado de New York. Eu a estava pensando em guarda-la para um livro a ser publicado, mas quando eu a recebi do encarregado da transcrição, logo soube que ela realmente teria que ser divulgada imediatamente. As recentes mudanças e reposicionamento da energia têm feito a vida ficar um pouco mais difícil para muitos. Aqui, o Grupo nos oferece algumas ferramentas práticas para que possamos passar pela vida de forma confortável.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
Saudações de Casa.
Vocês chegaram aqui com véus dos mais maravilhosos sobre vocês. São véus que não lhes permitem verem-se a si próprios como realmente são. Mas também é como se vocês tivessem pequenas etiquetas pregadas na testa, que revelassem a vossa identidade a todos que os vissem. Ainda assim, vocês não são capazes de as verem vocês próprios. Ahh, e mesmo que se olhassem no espelho, ainda assim não as poderiam ler, pois então elas seriam vistas de trás para frente. Todos os outros conseguem ver quem vocês são, mas são vocês que não possuem a visão de si próprios. Estas são as propriedades do véu, assim como vocês as conceberam. Mesmo assim, apesar de ser muito difícil para vocês verem a vossa própria magnificência, ainda assim as memórias dessa magnificência da Casa se encontram profundamente entranhadas nos vossos seres. Quando vocês sentirem saudades de Casa, pedimos-lhes que entendam que esta é uma das formas pelas quais vocês conseguem lembrar-se de quem realmente são. Durante o tempo em que estiverem conosco, compartilharemos convosco um pouco dessas possantes vibrações de Casa. Inspirem-nas, meus queridos. Elas não são novas para vocês. Elas são suas memórias de um tempo em que vocês se lembravam da vossa verdadeira natureza e de quando cada passo que davam estava sempre de acordo com este conhecimento. Estas são as memórias de Casa.

O Fluxo de Luz que emana de Casa

Dêem vossas boas vindas a esta energia e conectem-se; e hoje, quando vocês se retirarem daqui, levem uma parte dela com vocês. Pois mesmo quando vocês forem ao supermercado, quando irradiarem os vossos sorrisos ou lançarem olhares para aqueles que encontrarem, a mágica acontecerá. Pois vocês compartilharão com eles as vibrações de casa e a memória da própria magnificência deles. E a isso nós denominamos “Trabalho de Luz”. Espalhem a Luz através da auto-capacitação, pois é justamente isso que muitos de vocês vieram fazer aqui. E, às vezes, isso é feito nos lugares mais corriqueiros que se possa imaginar. Algumas vezes, você passa por alguém na rua, você sorri e então algo mágico acontece. A energia é passada de um para outro. É desta forma que a energia é distribuída, até que a vibração coletiva da humanidade seja elevada a um nível tal, que vocês passem a se ver uns aos outros de forma consciente. Trata-se do fenômeno do “véu que se afina”, que vocês estão começando a experimentar. Como dizemos, vocês estão a um passo desse estágio evolucionário. Vocês são seres tão maravilhosos. Não têm qualquer idéia do que já conseguiram realizar. Vocês sentam-se aqui e conversam ou lêem os livros, compartilham conhecimento uns com os outros e tentam imaginar formas de como fazer vosso trabalho avançar para o próximo nível. E nós lhes dizemos, queridos, vocês já ganharam o Jogo.

Em tempos passados, vocês procuravam com muito cuidado por pequenas indicações de caminho, por “idéias” que tivessem ali colocado para o vosso próprio uso. Agora lhes dizemos para parar de procurar, pois essas indicações não mais existem. Daqui para frente, não existe qualquer “Grande Plano” previsto. Vocês são os mestres do Tabuleiro, e o grande plano está agora completo. Vocês são os que seguram a pena em suas próprias mãos, pois tudo que for escrito daqui para frente será de vossa própria vontade. Nós lhes pedimos que ousem planejar apenas o melhor do melhor para vocês mesmos, pois este é o tempo em que vocês assumem a vossa paixão e se tornam de máxima valia para o Universo. Oh, suster o poder pode ser um bocado difícil, quando não se está acostumado a isso. Ninguém disse que isso haveria de ser fácil. Vocês já tentaram tantas vezes suster o vosso próprio poder; e se lembram da dor da queda, das escoriações em seus joelhos e cotovelos. Aqui estamos nós com nossas asas, ajudando-os a se reerguerem. É nesses tempos que nós os amparamos, os abraçamos e lhes trazemos lembranças de Casa, da melhor maneira que podemos. Sabemos que, caso consigamos avivar essas memórias que estão bem fundo em vocês, então as energias começarão a se avolumar. Sabemos que, uma vez que vocês tenham entrado em contato com as energias de Casa, mesmo que apenas uma única vez, então nunca mais poderão voltar atrás.

Oh, queridos, vocês nunca estão sozinhos. Abram espaço para aquela parte de vocês que os conecta com o vosso próprio Eu Superior e então conseguirão ter acesso a uma parcela muito maior do poder que se abriga dentro de vocês. É então que vocês assumirão o vosso verdadeiro trabalho para com a Nova Terra. Este será o momento em que vocês hão de entrar no supermercado e farão uma diferença maior do que jamais conseguiriam imaginar. Às vezes, são justamente as coisas mais corriqueiras de vosso planeta as que fazem toda a diferença. E há muitas ocasiões nas quais vocês, na vossa condição de facilitadores, acabam não vendo o resultado daquilo que iniciaram. Andem com a consciência de que vocês carregam convosco a Luz de Casa; ela os acompanha a todos os lugares que vocês vão. Caminhem com o conhecimento de causa de que poderão representar a diferença na vida de mais pessoas que poderiam sequer imaginar. E divirtam-se com isso.

O Mundo Inteiro não é senão um Palco.

Existem nada mais nada menos do que duzentos de vocês, que agora escutam ou lêm estas palavras, que são pessoas portadoras de habilidades, ainda a serem desenvolvidas, que virão a transformar a face deste novo Planeta Terra. Ahh, vocês devem estar pensando, “Como é que eu posso saber isso? Onde encontro essas coisas?"; e ainda há aquela de que nós gostamos tanto, que é: "Como se pode ganhar a vida com esta habilidade?" Então vocês sacam as canetas do bolso e se preparam para tomar nota das respostas que, vocês pensam, os levarão rumo às vossas paixões na vida. Oh, vocês são pessoas tão maravilhosas. São tão imaginativas e estão tão acostumadas a dar o vosso poder aos outros. No entanto, nós lhes dizemos que vocês já as têm o tempo todo. Vocês sempre souberam isso em vosso interior, pois não é o caso de se tomar notas, nem é o caso de se fazer um aprendizado, mas sim uma questão de se re-lembrarem. É um processo de vocês simplesmente revelarem a si próprios aquilo que sempre souberam em vossos corações, pois vocês o estão trazendo de volta desde os dias de Atlântida, trazendo-o desde os dias de Mu. Vocês se lembrarão da magia desses tempos e haverão de incorporá-la à vossa própria realidade. O mundo que agora estão visitando é apenas um palco. Trata-se apenas de uma ilusão que vocês já vivenciaram muitas, muitas vezes. Mas a novidade é que agora a peça acabou; ela está completa. E vocês agora estão sobre o palco, em vossos últimos agradecimentos e sob uma tempestade de aplausos e pedidos de bis, num nível tal que inunda todos os vossos sentidos. Cada um de vocês pensa que o vosso trabalho deve estar terminado. E aí vocês estão sobre o palco, enquanto os aplausos gradativamente se extinguem; só que as cortinas não se fecham. A partir desse ponto, a peça continua, só que dessa vez não há qualquer roteiro a ser seguido. Nós queremos que saibam que, apesar de vocês não conseguirem enxergar a platéia, vocês não podem ter sequer uma idéia a respeito da intensidade do aplauso que há nesse lado para aquilo que vocês estão realizando agora. Pois agora vocês estão assumindo o papel de Anjos Humanos.

Cada um de vocês pensaria que isso é uma coisa que diria respeito exclusivamente a vocês. E nós lhes dizemos que não é assim. A coisa vai muito, mas muito mais longe. Se assim o tivessem desejado, poderiam ter saído de cena e voltado para Casa. Vocês procuram por um significado para a vida fora de vocês mesmos e tentam entender as vossas bolhas de biologia. Ahh, nós adoramos quando o Guardião faz isso, pois ele ainda está tentando encontrar o manual de instruções que viria junto com a dele. Oh, meus queridos, vocês são os espíritos dos vossos seres. Vocês são as vossas próprias essências quando vocês sorriem, quando vocês gargalham. É quando vocês a passam de um para outro. Aí é quando dão o presente de Casa.

Em vossos esforços de arrastar por aí essas densas bolhas de biologia, vocês acabaram por se esquecer de quem são. Na realidade, era esta a idéia do Jogo. No entanto, agora, o próximo ato da peça estipula que vocês comecem a se lembrar da natureza do vosso poder e que principiem a leva-lo junto com vocês. Aquilo que vocês chamam de ascensão não quer dizer abandonar a Terra. Aquilo que vocês chamam de ascensão não significa o abandono do corpo físico. Na verdade, a ascensão já começou. Queridos, esta manhã vocês já acordaram na quinta dimensão. Antes, vocês só conseguiam experimentar as realidades penta-dimensionais por breves instantes. Alguns de seus períodos de sonho ou estados meditativos os levavam lá. E agora, nós lhes dizemos, vocês estão firmemente assentados na plena realidade, que antes apenas brevemente vislumbravam.

A Deixa para o Segundo Ato

Meus queridos; quando vocês se debatem, dão de encontro a muros de pedra que pensam que vos impedem de encontrar a vossa verdade mais alta. Mesmo quando descobrirem que “o tapete debaixo de vossos pés foi puxado” e que não há mais apoio, nós lhes dizemos que ainda assim ainda existem algumas chaves. Aqueles dentre vocês que detêm as diversas modalidades de cura com altas vibrações podem estar sentindo que atingiram uma parede de pedra. Seja o que for que tenham tentado, não conseguiram fazer com que essa informação fosse liberada. Amados, vocês não entendem que aqui o fator tempo assume uma grande preponderância? É muito fácil ver que, caso vocês decidissem ensinar técnicas energéticas há cinqüenta anos, provavelmente não teriam sido aceitos. Naquela época, a vibração coletiva da humanidade ainda não era suficientemente alta para permitir a utilização dessas modalidades de cura. Ahh, agora vocês começam a entender. Alguns de vocês estão como que em uma “órbita de espera”. E isso é tão difícil para vocês. Vocês vêm se sentindo amarrados, não se têm sentido apoiados e volta e meia se perguntam se estão no caminho certo, porque o seu parece estar barrado. Oh, queridos, algumas vezes uma pedra nada mais é que uma pedra. Não queiram ceder o vosso poder a essa pedra quando procuram por um significado mais profundo. Pois se em vossos corações vocês tiverem a certeza de que têm algo a contribuir, se em vosso íntimo souberem que existe algo que vocês vieram fazer aqui, não deixem que nada nem ninguém os convença do contrário. Veja que esses bloqueios e esses muros de pedra, que parecem restringi-los, são simplesmente uma questão de tempo. Pois vocês não conseguem enxergar o outro lado do véu, não podem ver o que anda sendo orquestrado na coxia do teatro. Alguns de vocês se olham e dizem: “Já estou com sessenta e dois anos e até agora não consegui fazer nada. O que me faz pensar que poderei ser um curador agora?” Vocês não entendem que justamente levou sessenta e um anos e três quartos para que você pudesse ser conduzido à sua verdadeira função de curador? As experiências e dificuldades pelas quais você passou durante os primeiros sessenta e dois anos agora se constituem em vossas credenciais. Na verdade, nós vos dizemos que vocês estão em uma encruzilhada da vossa própria evolução na biologia. Quanto às vossas vidas, dentro em breve se tornará muito fácil chegar a uma idade de trezentos anos. Mesmo que vocês decidam viver apenas mais dez anos, descobrirão que a expectativa de vida terá subido para uma média de cento e vinte anos. Ah… assim sendo, estar com sessenta e dois não soa assim tão mau, não é mesmo? Na verdade, vocês devem estar pensando: "Será que isso significa que eu terei de passar pela puberdade de novo?"

“OverLight” - A Irradiação pela Luz

Existe um processo que os ajudará a subir de um nível para outro, no qual vocês rejuvenescerão emocional, física e espiritualmente. Haverá um processo que vos permitirá aumentar a vossa vibração; e, para a maioria dos que agora experimentam esta energia, isso já começou. É o processo denominado “OverLight”. Por favor queridos, não dêem tanta importância ao nome em si. São vocês os detentores do poder e, se decidirem passar pelo processo de Overlight, ele os levará a um nível vibratório que será equivalente ao das Crianças de Vibração Cristal quando elas vierem. Essas são as crianças mágicas. Elas antes não seriam apoiadas, pois o nível da vossa vibração coletiva não seria alto o suficiente para permitir a sua presença. Estamos falando delas como se elas fossem separadas de vocês, mas em realidade elas não são. Elas são vocês, reencarnadas sob uma alta vibração. Elas carregam habilidades mágicas, pois logo vocês estarão presentes dentro das mentes uns dos outros, conhecerão os pensamentos uns dos outros, os sentimentos uns dos outros, os medos uns dos outros. Nós lhes dizemos que este será um grande lugar quando tudo isso acontecer. Pois será um estado em que não mais haverá lugar para sombras, nem haverá lugar para guerras. Aquilo a que vocês estão assistindo são simplesmente as dores do nascimento de uma nova energia. Dêem-lhe as boas vindas, amados.

Conectando a Paixão

Sejam corajosos e saibam que vocês têm um propósito para estar aqui nestes dias. A chave para encontrar este propósito é procurar pela vossa paixão. Procurem por algo que “os deixe ligados” quando discutirem a respeito disso. Oh, tantos dentre vocês imediatamente pensam: “Oh mas como eu poderia ganhar o meu sustento só fazendo isso?” E perguntam: "Que condições teria eu de só fazer isso em tempo integral?" Adoramos a forma pela qual o cérebro humano trabalha. Alguns de vocês o farão, enquanto que outros não. Não é importante fazer isso em todas as partes das vossas vidas. O importante é que a vibração dessa paixão esteja presente em todas as coisas que vocês façam, em cada ocasião que vocês sorriam. Muitos dentre vocês já disseram que não conseguem encontrar a vossa paixão. Gostaríamos de lhes dar uma sugestão: o primeiro passo desse processo diz respeito a livrar-se dessas restrições.

Agora gostaríamos de lhes propor um exercício. Cada vez que vocês olharem para alguém, sorriam e finjam, apenas finjam, que a pessoa para quem vocês olham consegue enxergar até o próprio centro do vosso ser. Entendam que nada ficará oculto entre vocês. Vocês não têm a mínima idéia sobre a magnitude da beleza que será vista nesta troca. Vocês terão oportunidade de ver até o verdadeiro cerne da pessoa. Vocês não têm nem idéia da verdadeira beleza que verão em cada um, quando se deixarem enxergar em profundidade. Pois aí vocês encontrarão Deus.

Dor e Resistência

Vocês têm passado grande parte de vossas vidas tentando evitar a dor. A dor tem sido um grande motivador. Foi ela que os tem feito irem para cá ou para lá. Dor física ou emocional; existem muitas formas de dor. Cada um de vocês experimenta a dor de forma diferente. Não se pode quantificá-la em uma escala de um a dez, pois cada experiência é única. E isso efetivamente frustra os vossos cientistas. Nós lhes dizemos que a dor, e especialmente a emoção por ela causada, é a conexão entre o tubo de energia, que é a vossa força de vida, e o seu corpo físico. Então, cada vez que vocês experimentarem algum tipo de mudança, ela será acompanhada por algum tipo de dor. No entanto, nós também lhes dizemos que a emoção de sentir-se miserável a respeito disso é absolutamente opcional. Entendam que se trata de uma escolha.

Agora gostaríamos de lhes dizer isso: já é tempo de vocês entenderem em que condição estarão quando voltarem para Casa. Ahh, pois quando para lá voltarem, se olharão uns aos outros e se susterão mutuamente de forma tão estreita, que conseguirão sentir a unidade que compartilham uns com os outros. Vocês se enlaçarão mutuamente e se lembrarão dos tempos em que passaram uns pelos outros na rua sem nem se notarem. E vocês rirão dos tempos em que houve um mal-entendido, de que então nem mais conseguirão se lembrar. Rirão dos tempos em que tentaram se conectar e não conseguiram, e se admirarão de quão extraordinário isso é. Então, vocês se lembrarão da dor como sendo a mais alegre das experiências humanas. Pois ela não é tida como negativa do nosso lado do véu, meus amados. No entanto, quando vocês experimentam dor incessante, isso representa um mau direcionamento da energia. A dor drena vossas energias, energias essas que poderiam ser utilizadas para outros fins. Quando a energia é mal utilizada, isso simplesmente significa que ela é desviada para formas de utilização que não correspondem ao seu uso mais elevado possível. Na condição de humanos, vocês geralmente experimentam maus direcionamentos de energia sob a forma de dores. A dor mais comumente sentida na experiência humana é a da simples resistência. Quando um determinado ser, sob qualquer forma, se movimenta através da energia, ele experimenta resistência. A magnitude dessa resistência e, conseqüentemente, a magnitude da dor, é o fator determinante da energia que deverá estar disponível para o verdadeiro propósito de vida desse ser. Assim sendo, aprender a arte de fluir com Graça através da vida pode ser uma coisa muito útil a ser feita nas vibrações mais elevadas do Novo Planeta Terra.

Devido aos véus que usam, vocês vivem procurando olhar para fora de si mesmos. Não acreditam que já são inteiros, assim procuram constantemente por coisas externas, que os façam inteiros. Conectem-se com a energia uns dos outros, e se sentirão inteiros quando o fizerem. As Crianças de Vibração Cristal conseguirão conectar-se muito mais facilmente que vocês, pois é da natureza delas honrar a unidade. Nós lhes faremos uma sugestão, que poderá ajudá-los a criar esta conexão agora.

O Fluxo da Abundância

Gostaríamos de oferecer-lhes uma sugestão que envolva “fluxo”. Pois muitos dentre vocês vêm trabalhando muito duro para aprender a arte da aceitação graciosa. Vocês são grandes doadores e se sentem muito bem quando conseguem dar, porém a maioria ainda não conseguiu descobrir como aceitar. Vocês se podam a si próprios e na realidade colocam um limite ao que conseguiriam dar, tudo porque não se permitem aceitar. Uma parte do desafio que está embutido nisso é que vocês foram ensinados segundo uma crença de que tudo é finito, mas a realidade é que nada do que existe realmente o é. E vocês ficam com a crença de que, caso recebam, então todos os outros terão menos. Energia não é uma coisa finita, meus queridos; ela é infinita por natureza. Não existe início ou fim para nada. Trata-se apenas de uma ilusão da polaridade, destinada a estabelecer os limites do palco onde vocês atuam. Vocês vivem para sempre. A sua energia “é”, e este é o segredo do Eu Sou. Não existe qualquer fim e, quando vocês aceitam, então todos podem ter mais. Em realidade, quando vocês não aceitam algo o que fazem é bloquear o fluxo de energia. Este é o conceito de fluxo de energia. Quando vocês aceitam energia, ela não pára em vocês, mas simplesmente flui através de vocês. Quando aceitam energia acabam ficando com mais, para poder dar mais aos outros. Vocês estão em vias de criar a Casa do vosso lado do véu; assim, precisarão aprender sobre fluxo, pois lhes dizemos que não existe maior lugar de abundância que a Casa.

“Abundância” – mal nós usamos a palavra e vocês já pensam em um monte daquelas “cobrinhas” engraçadas, cortadas por duas linhas verticais. A vossa concepção sobre dinheiro é apenas um reflexo da energia, meus queridos Ela não é a energia em si. E é muito engraçado olhá-los assim, pois os reflexos podem ser manipulados e vocês adoram caçá-los. Vocês acabam muito desanimados e então pedem ao espírito que os ajude. E, mesmo quando essa ajuda é dada, ela freqüentemente não é aceita. Entendam; aquilo que vocês chamam de dinheiro é apenas um reflexo de energia. Então, vamos à verdadeira essência daquilo que ele está refletindo, pois trata-se da essência da Casa. Eis aí a verdadeira essência da abundância. A abundância é o excesso daquilo que é minimamente necessário. Muitos estão tão preocupados em não serem egoístas, que apenas criam aquilo que é absolutamente indispensável. Eles apenas pedem para ter o absolutamente necessário; então, se em seu campo de consciência aparece alguém que precisa de ajuda, eles não possuem qualquer recurso extra que possam dar. Vocês entendem de que forma a abundância pode funcionar no trabalho dos Anjos Humanos? Vocês formularam o desejo de serem Anjos Humanos, o que lhes permite estarem exatamente no local e na hora apropriados para que possam fazer a diferença, para que possam ajudar a espalhar a luz. Pode ser com um sorriso. Pode ser com um abraço. Pode ser com uma palavra de encorajamento. Pode ser com dinheiro. Seja o que seja, nós lhes pedimos que permitam que a energia flua através de vocês. Abertos à aceitação, pois esta é o próprio fluxo. Vocês não são a energia que “gruda” em vocês; vocês são a energia que flui através de vocês. Do mesmo modo, não é o destino o que lhes interessa, mas sim a jornada..

O Fluxo do Golfinho

Em relação ao vosso aprendizado sobre como se mover através da energia que estão experimentando, nós lhes pedimos que “peguem uma dica” com os golfinhos. Vejam-se na condição de golfinhos, que em realidade são parte da vossa própria linhagem parental. Seus corpos são de um feitio tal, que eles conseguem nadar através das águas mais lamacentas e nada gruda neles. Isso não se dá por acidente. Eles aprenderam a deixar a energia fluir através e ao redor deles, sem se apegarem a ela. O seu feitio gracioso é em realidade o resultado de eons de evolução. Como resultado disso, eles vivem o tempo todo na maior das abundâncias. Tudo de que precisam está sempre diante de seus narizes. Devido à sua evolução, eles vivem em um constante estado de abundância. Eles a experimentam momento a momento, de modo que não necessitam carregar nada consigo. Ao se adaptarem à energia, ao invés de ficarem apegados a ela, vocês aprendem sobre seu fluxo. Hoje, com o processo de infiltração da Energia Cristal na Terra, muitos estão se agarrando a velhos ideais e crenças para que se sintam seguros. Sejam os golfinhos, meus queridos. Saibam que tudo de que vocês precisarem se encontra bem diante de vocês; permitam-se aceitar cada momento. Permitam-se aceitar tudo que flui através de vossos campos de consciência, pois quanto mais se permitirem aceitar o que fluir através de vocês, mais habilidades terão como Anjos Humanos. Não importando as circunstâncias de vossas vidas, adotem a postura do golfinho, que sempre passa por tudo atrás de um lugar para brincar. Não deixem que qualquer coisa fique apegada a vocês. Ao invés disso, aproveitem o fluxo da energia enquanto viajam e simplesmente aproveitem o passeio.

Vocês decidiram vir ao Planeta Terra para colocar esses véus, para que pudessem acordar berrando e confusos, sob a forma de um pequeno bebê. Vocês foram muito bem sucedidos. Vocês se confundiram muito bem. Nós lhes dizemos: usem o riso, meus queridos; pois quando pensarmos que vocês estão ficando muito sérios, nós vamos lá e cutucamos a vossa veia cômica, só para lembrá-los de que é tudo um Jogo. Joguem bem e aproveitem a abundância, que é o vosso direito inalienável. Divirtam-se com o jogo e joguem como os golfinhos o fazem. O papel deles como depositários do planeta Terra já terminou. Aqueles que decidiram permanecer estão aqui para ensiná-los a como fazer para sustentar a energia. Eles estão aqui para ensiná-los a jogar.

Não fiquem preocupados a respeito de qual será o próximo ato da grande peça. Agora vocês estão escrevendo o roteiro à medida que avançam. Não temam qualquer mudança. Dêem-lhe as boas vindas e ajam como os golfinhos, que nadam por toda parte e possuem tudo. Permitam que a energia flua plenamente através de vocês, sem deixar que nenhuma parte fique aderida. Pois são coisas como as vossas crenças aderidas, que fazem com que seja tão difícil para vocês nadar para o nível seguinte. Alguns trabalharam muito duro para obter posses materiais, somente para descobrir que, quando se tem muitas coisas, essas coisas possuem o dono. A verdadeira abundância não se refere a coisas. Ela tem a ver com se ter a coragem de criar aquele estilo de vida que plenamente vos apóie no mais alto grau. Pois é aí que a alegria está. Ousem se tratar bem mutuamente, pois é somente aí que poderão assumir o papel de anjos humanos. Ousem ter tudo aquilo que desejam agora. Ousem criar tudo aquilo que desejam na vida, e ainda mais. Pois será aquele “ainda mais” que lhes trará a oportunidade de fazer o papel de Anjos Humanos. Pois este será “o pedaço” que vocês passarão entre vocês. Estas são as sementes que vocês plantarão nas outras pessoas, sempre que sorrirem. Esta é a alegria do próximo ato.

Vocês são os seres mágicos. Vocês são os “terceiro-anistas mágicos” que mudaram toda a escola. Caminhem com orgulho, meus queridos. Ousem erguer a vossa luz, bem alto e orgulhosamente. Pois então não mais existirão sombras no Planeta Terra. Agora vocês se encontram em uma época vital, pois estão decidindo o que fará parte do próximo ato da peça. Não se preocupem sobre como será o final, nem com quem haverá de fazer qual papel. Esta é a parte do Anjo Humano.

Meus queridos, estamos tão honrados em estar em vossa presença. Isso apenas é possível porque vocês pediram por isso. Estamos aqui com simples sugestões, de que vocês possam ver e se lembrar de vossa magnificência. Pois vocês são os anjos que não se lembram disso. Vocês são aquela parte de Casa de que temos saudade. Parem um momento e sintam o apreço que todos nós deste lado do véu temos por todos vocês, pelos mestres do Tabuleiro.

Meus queridos, estamos tão honrados em estar em vossa presença. Isso apenas é possível porque vocês pediram por isso. Estamos aqui com simples sugestões, de que vocês possam ver e se lembrar de vossa magnificência. Pois vocês são os anjos que não se lembram disso. Vocês são aquela parte de Casa de que temos saudade. Parem um momento e sintam o apreço que todos nós deste lado do véu temos por todos vocês, pelos mestres do Tabuleiro.
ESPAVO.

O Grupo
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-
O Grupo já falou várias vezes sobre o novo papel que deverão assumir os Golfinhos e as Baleias, como em sua mensagem intitulada “A Passagem da Tocha” (Os Faróis de Luz – 09 de Janeiro de 2000). Nós acabamos de passar por uma difícil transição em nosso planeta. Em sua última “Previsão do Tempo Energético”, em 1º de Junho de 2002, o Grupo disse que se tratava de uma época de aclimatação. Quando aprender a me adaptar à Energia Cristal, me lembrarei do Fluxo do Golfinho.

Espavo!

Grandes Abraços e toques gentis

"O Guardião"

Nota de Direitos Autorais:

Esta informação pode circular e ser livremente disseminada, no todo ou em parte. O usuário concorda com que esta nota de direitos autorais seja incluída com o material editado. E concorda com que todos os direitos, incluindo os direitos autorais do material traduzido, permaneçam em propriedade do Lightworker. Mais informação sobre o Grupo pode ser encontrada em: http://www.Lightworker.com  - Agradecemos por ajudar a espalhar a Luz!

Fonte: http://transbeacon.lightworker.com/091502Laughter-pt.html
 
Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página| - |Voltar Menu O Grupo| - |Voltar Home|