AMOR E EVOLUÇÃO
O Grupo Arcturiano - Por Marilyn Rafaelle
Em 18 de novembro de 2012
 
 
 
Queridos, novamente os saudamos amorosamente nesta época de muito caos aparente.

É a limpeza de energias antigas e densas que se apresenta como as tempestades e os problemas relacionados ao clima que vocês estão tendo em sua querida Gaia.

Gaia é uma alma viva, não um pedaço de terra para ser usado como depósito de lixo e como recurso inesgotável.

Ela escolheu ascender para fora dessas energias densas e debilitantes.

Igual a vocês, ela também precisa liberar e limpar aquilo que ainda está preso em seu campo de energia para trazer a luz dimensionalmente superior.

Esses eventos também servem para tirar as pessoas do denso hipnotismo de suas atuais dependências da tecnologia.

Quando esses eventos acontecem, as pessoas começam novamente a interagir e a falar umas com as outras de modos carinhosos e amorosos, ao invés de se permitirem permanecer isoladas dentro da tecnologia que somente serve para separar.

O Grupo Arcturiano hoje deseja falar de amor e como ele é a energia de conexão entre todos os seres vivos.

Nós vemos muita distorção na palavra amor.

Tudo na vida é interpretado através do estado de consciência do indivíduo.

Tal como com toda verdade, o amor foi e ainda é largamente interpretado ignorantemente através de conceitos e crenças falsas.

Estes, então, por sua vez, manifestam-se exteriormente nas formas rudes e distorcidas de "amor" ainda presentes por todo o mundo.

Frequentemente o "amor" é usado como um meio de servir aos próprios desejos egoístas - uma ferramenta de manipulação, mesmo quando encoberto como amor materno, amor marital, ou até amor religioso.

Há uma identificação rude de sexo ser amor, o que por sua vez faz com que muitos experimentem transtorno interior, dor emocional e uma sensação de vazio.

Há aqueles em posição de autoridade que usam a palavra "amor" em sua retórica para fazer os outros cumprirem suas ordens e frequentemente isto funciona porque no coração de todos os indivíduos está a consciência inconsciente de que o amor é muito importante.

Contrariamente às aparências, todos os indivíduos vivificam seu mais alto sentido do que é certo, mas seu mais alto sentido de certo por ser totalmente de autosserviço porque seu estado de consciência pode ser muito involuído.

Até os homicidas acreditam estar servindo a uma boa causa ao livrar o mundo de alguém que eles censuram.

O problema é que o desejo deles de fazer o "certo" é orientado por um sistema que ignora a verdade.

Vocês que leem essas mensagens evoluíram para além dos conceitos tridimensionais de amor e estão mais do que preparados para agora abraçar o mais alto sentido do que é o Amor.

O Amor não é bajular alguém ou alguma coisa, nem significa ser um capacho como frequentemente é mostrado nas histórias dos "santos".

O Amor nada tem a ver com luxúria ou cupidez ou desejo.

O Amor é a consciência de unidade.

O Amor é a conscientização de que todos os seres vivos são facetas da Consciência Onipresente Una e, assim, estão conectados dentro dela.

Esta verdade não se refere somente aos seres humanos, pois a Vida Una somente pode ser a vida de todos os seres vivos.

Esta conexão é o Amor.

Quando um indivíduo começa a evoluir espiritualmente, ele inconscientemente começa a experimentar mais dessa energia conectora em seu pensamento e suas ações.

Porque ele reside principalmente num sistema de crença tridimensional, ele expressa esse novo estado de consciência nos níveis que lhes são familiares - ele começa a sentir e expressar a necessidade de ajudar os menos afortunados.

Este é um belo começo, mas porque o indivíduo ainda vive a partir das crenças de dualidade e separação, ele se vê como separado daqueles que ele está ajudando, e suas boas intenções podem ser poluídas pelo interesse próprio e autoengrandecimento.

Isto não é dizer que a alma desperta não faça caridade ou sirva das formas que os ainda não despertos possam precisar, pois muitos somente entendem o amor neste nível, e é no servir enquanto consciente da verdade que os mais altos níveis de serviço acontecem.

Ninguém dá uma pedra a alguém, quando este precisa de pão, enquanto declara: "Tudo é ilusão".

Quando um estudioso da verdade desperta para as verdades mais profundas, ele começa a se conscientizar de que toda vida deve estar conectada porque somente existe uma Vida.

Agora ele não tolera a crueldade com animais e a dor que é imposta aos outros sob os muitos pretextos apresentados por aqueles que detêm a dita "autoridade".

A guerra começa a ser entendida pelo que ela é - assassinato organizado.

E o indivíduo começa a se sentir ofendido por todas as falsas ciladas e a dita necessidade de guerras.

Vocês não são mais crianças espirituais, queridos, vocês são seres de luz em evolução que têm medo de largar os brinquedos de sua infância espiritual.

É hora de realmente praticar aquilo que vocês sabem ser verdade.

Por que vocês continuam a apoiar a guerra quando vocês percebem o que ela é?

Dizem-lhes que ela é para a sua própria segurança - é? - ou ela simplesmente é o meio utilizado para saciar o apetite sem fim de uma máquina que já é obsoleta há tanto tempo?

A conscientização final e mais profunda do amor é a conscientização de sua própria unidade com a Fonte.

Eu sou amor porque eu estou e sou da única Consciência una que existe - a Consciência Divina onipresente, onisciente e onipotente.
A conscientização de tudo dentro do Um é misticismo e é o próximo estágio numa jornada evolucionária.

Agora vocês estão preparados.

Escolham sabiamente, queridos, pois o tempo está se esgotando.

A escolha é sua.

Aceito a unidade de tudo na Consciência Divina una ou continuo a fazer os jogos de dualidade e separação por mais um tempo?

A escolha é sua, queridos.

Nós somos o Grupo Arcturiano
 
 
----.....---==II==----.....----
 
http://www.onenessofall.com/
Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com
 
Gostou! Indique para seus amigos.
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu Arcturianos Outras Canalizações II - IIVoltar HomeII