AVANÇANDO ALÉM DA RELIGIÃO PARA A ESPIRITUALIDADE
Arcanjo Miguel através de Ronna Herman
Mensagem 082 de setembro de 2004
 
Amado mestre, os ventos de mudanças estão soprando fortemente dentro de seus mundos, interior e exterior, freqüentemente se sentindo derrubado pelos ventos do destino. Está sendo bombardeado com tanta informação que seu corpo e cérebro estão em sobrecarga. Todas as coisas estão mudando tão rapidamente em seu mundo que já não pode depender daquilo que foi considerado ser a "norma" e há tal pletora de novas informações que está difícil saber em que acreditar. Velhos conceitos estão sendo atualizados e as filosofias dos mundos Oriental e Ocidental estão se mesclando, à medida que elevadas, expandidas verdades estão sendo dadas para seu aprendizado, enquanto a humanidade se esforça para se tornar adultos espirituais e mestres de seus destinos.

Há muitos caminhos para ILUMINAR-mente (esclarecimento) e muitas variações e níveis de verdade porem, as leis universais e a verdade do Criador são imutáveis. Há verdades essenciais em todas as religiões se tirar fora o dogma, as superstições e limitações feitas pelo homem, encontrará que todas contem mais semelhanças do que diferenças. Ao invés de criticar ou condenar a crença de outros, não seria melhor buscar uma área comum de entendimento? A maioria da humanidade não tem pistas sobre as origens ou principais crenças de outras religiões e ainda há a condenação de todas as crenças que não as suas próprias. A causa núcleo de todas as guerras do passado e das que estão presentemente enfurecendo ao redor do mundo é baseada em conflitos de crenças religiosas. Como é triste e como é fútil. Onde não pode haver vencedores; todos perdem na raiva e fúria por supremacia, que está extremada na Terra.

Pedi ao meu mensageiro para pesquisar e dar-lhe uma sinopse condensada de algumas das similaridades e diferenças entre as visões do mundo Oriental e Ocidental, como também uma rápida visão geral das principais religiões do mundo, passado e presente. É importante que entenda os costumes e crenças de seus irmãos e irmãs ao redor do mundo, se está avançando no caminho da reunificação e harmonia. A humanidade está, gradualmente, indo além dos estreitos conceitos de separatismos e "religião" secular, para a expandida e coesiva verdade da espiritualidade, pela qual você se volta para o seu interior e conecta-se a sua própria Divina Fonte, para ser guiado pela verdade do Criador e leis universais, ao invés de sintonizar-se com alguém, que pense ser mais sábio e poderoso. No passado, a grande maioria da humanidade tinha uma mentalidade de "estado de rebanho" e foi uma prática comum seguir as artificiosas leis religiosas definidas por outros: crenças dogmáticas ou superstições, as quais foram/são, freqüentemente, maceradas no medo.

Listaremos algumas das similaridades e também algumas das diferenças:


SIMILARIDADES:

CONCEITO DE DEUS:

- Visão Oriental: Crença em uma Divindade Suprema, criadora de todas as almas e coisas, em menor divindade.

- Visão Ocidental: Crença em uma Divindade Suprema, criadora de todas as almas e coisas, incluindo seres angélicos e hoste celestial.

NA SALVAÇÃO E DIVINO QUERER:

- Visão oriental: Salvação através de estreita obediência ao Divino Querer e a herança de Sua graça através da iluminação espiritual.

- Visão Ocidental: Salvação através estrita obediência ao Divino Querer, usualmente através de um messias, profeta, ministro ou padre.

NA BOA CONDUTA:

- Visão Oriental: Viver moralmente é essencial para o pregresso espiritual, pois pensamentos, palavras e ações injustas impedem sua libertação espiritual.

- Visão Ocidental: Religião está baseada na conduta ética e moral, tal qual esboçado nos dez mandamentos; direções opostas o afastam de Deus.

NA NATUREZA DA REALIDADE:

- Visão Oriental: Há mais na realidade do que podemos experimentar com os cinco sentidos. A alma é imortal, eterna e sem fim, no final das contas seremos libertados do ciclo de renascimento.

- Visão Ocidental: Há uma realidade alem da que experimentamos na Terra. A alma é imortal, eterna e sem fim, vivendo eternamente na presença de Deus ou separada Dele, em um inferno eterno.


DIFERENÇAS:

RELATIVO A CRIAÇÃO:

- Visão Oriental: O universo existe em ciclos infinitos de criação, preservação e destruição. Não há nenhum fim absoluto para o mundo. Nós somos uma parte de Deus e Deus está dentro de nós. A Unidade é enfatizada.

- Visão Ocidental: O mundo foi criado por Deus e a algum ponto no futuro será destruído. Ele é distinto disto e governa de acima. Uma natureza dualista do mundo e humanidade é acentuada.

O VERDADEIRO DEUS:

- Visão Oriental: Há apenas um Deus, verdadeiro e absoluto. Todas as almas estão destinadas a receber a graça Divina através de experiências, em muitos caminhos, de acordo com o entendimento, temperamento e maturidade de cada uma delas. Deus é puro amor e Consciência.

- Visão Ocidental: Há apenas um Deus Verdadeiro e uma religião verdadeira. Esses que aceitam isto desfrutam a graça Divina; todos os outros, a menos que se arrependam e venham para "seu" Deus, sofrerão eternamente no inferno. Deus é amoroso, como também irado.

NO CONHECIMENTO DE DEUS:

- Visão Oriental: Pessoal, intimo e, freqüentemente, experiência mística de Deus é a fundação de religiões orientais. O homem pode e, no final das contas, deve vir a conhecer a Deus durante a vida terrestre. Individualmente orientada e introspectiva.

- Visão Ocidental: É presunção humana a busca pessoal pelo conhecer Deus. A base da religião não está na experiência, mas na crença, fé e uma vida virtuosa. Orientação social e extrovertida.

POR INFERNO E MAL:

- Visão Oriental: Deus é amor e todas as almas são uma faceta de Deus. Cada alma é guiada enquanto experimenta interações cármicas dentro do darma (esclarecimento e alinhamento com as leis universais). Inferno é o baixo plano astral, não um local físico e não é eterno. Sofrimento cármico é um estado mental durante a vida ou entre vidas. Intrinsecamente nada é mal. Tudo é bem. Tudo é Deus. Somente há o véu cobrindo nossa intuição-mente intelectual, privando-nos de perceber nossa relação pessoal com Deus.

- Visão Ocidental: No dia do julgamento os corpos físicos de todas as almas, que em algum tempo viveram, serão trazidos à vida. Às almas puras é garantida a entrada no céu, enquanto às pecadoras são enviadas para o inferno perpétuo. Há mal genuíno no mundo, uma força viva, que se opõe ao querer Divino. Satanás e seus demônios encarnam esse mal, como também em homens, se ele desenvolve más tendências e não segue os mandamentos Divinos.


UMA BREVE SINOPSE DAS PRINCIPAIS RELIGIÕES MUNDIAIS:

HINDUÍSMO: O Hinduísmo é a mais antiga religião do mundo; antecede aos registros históricos e não tem nenhum fundador humano. Sua principal escritura é chamada O Vedas. Há aproximadamente um bilhão de seguidores, a maioria na Índia. É uma vasta e profunda religião cujos seguidores acreditam em um, todo-penetrante Ser Supremo, que é ambos - o Criador e a realidade não manifestada. Acreditam que todas as almas estão evoluindo para união com Deus e, no final das contas, ganharão sabedoria espiritual e libertação do ciclo de renascimento. Acreditam no carma, nas leis de causa e efeito, pelas quais cada individuo cria seu próprio destino, através de seus pensamentos, palavras e ações.

BUDISMO: O Budismo começou na Índia, há aproximadamente 2.500 anos e foi fundado por Gautama Sidhartha, o Buda, "O Iluminado". Os ensinamentos essenciais búdicos estão contidos em Quatro Nobres Verdades. Há mais de 300 milhões de crentes ao longo da China, Japão, Sri-Lanka, Tailândia, Birmânia, Indochina, Coréia e Tibet. Há três seis principais, Theravada, Tibetana e Mahayana. O Zen Budismo, famoso no Oeste, é uma escola Mahayana japonesa. Suas metas na vida é o nirvana (salvação). Acreditam no "Caminho do Meio", vivendo moderadamente, evitando os extremos do luxo e asceticismo. Acreditam no amor e compaixão para todas as criaturas vivente e que a verdadeira natureza do homem é Divina e eterna. Acreditam no carma, darma, reencarnação e na passagem na Terra, como uma oportunidade para terminar do ciclo de nascimento e morte.

TAOÍSMO: Começou na China há aproximadamente 2,500 anos e foi fundado por Lao-Tzu, a quem Confúcio descreveu como um dragão que cavalga o vento e nuvens. O Tao-te-Ching, ou "O Livro de Razão e Virtude", está entre os mais curtos de todas as escrituras, contem somente 5.000 palavras. Há aproximadamente 50 milhões de crentes, a maioria na China e outras partes da Ásia. O Tao ou o Caminho, nunca foi inscrito em palavras, particularmente é deixado ao buscador a descoberta interior. A principal meta do Taoísmo pode ser descrita como a mística intuição do Tao, que é o Caminho, o pensamento primordial, a indivisível unidade e a última realidade. Aquele que concretizou o Tao, descobriu as camadas de consciência e viu a verdade interior de todas as coisas. O Taoísta acredita na unidade de toda criação, na espiritualidade do reinos materiais e na irmandade de todos os homens.

CONFUCIONISMO: Começou na China, há aproximadamente 2.500 anos, pelo sábio supremo, K'ung-fu-tsu (Confúcio) e a Segunda Sábia Meng-tzu (Mencio). Seus principais textos sagrados são Os Anacletos, Doutrina de Má, Grande Aprendizado e Mencio. Há mais de 350 milhões de adeptos, a maioria na China, Japão, Birmânia e Tailândia. O Confucionismo é, e foi durante mais de 25 séculos, o sistema filosófico dominante na China e a luz guia em quase todos os aspectos da vida chinesa. Confúcio encoraja o esforço individual para a perfeita virtude, retidão e o aprimoramento de caráter. Ele ensinou que o homem cresce espiritualmente vivendo com sinceridade, servindo abnegadamente e alinhando-se com o caminho Eterno, através da humildade, simplicidade, serenidade e ação sem esforço. Acreditam que Deus é o soberano, o onipotente, imortal e pessoal Criador, um ser além de todo o tempo e espaço. Acreditam na unidade de toda criação, na espiritualidade dos reinos materiais e na irmandade de todos os homens.

ISLAMISMO: Começou há aproximadamente 1.400 anos, onde hoje é a Arábia Saudita. Foi fundado pelo Profeta Maomé e sua principal escritura é O Alcorão. Há mais de um bilhão de seguidores, a maioria no Oriente Médio, Indonésia, Paquistão, Bangladesh, África, China e Europa Oriental. Há duas divisões principais no Islamismo. O Sunitas são seguidores dos sucessores políticos de Maomé. O Shiitas são dos sucessores da família de Maomé, todos martirizados na infância. Islamismo quer dizer "submissão", render-se ao querer de Deus, chamado Alá. Os que se submetem são chamados muçulmanos. O Islamismo é baseado em Cinco Doutrinas e observância dos Cinco Pilares. As virtudes da honestidade, temperanças e humildade na presença de Deus, são as principais para o Islamismo, a prática do jejuar, peregrinação, oração e caridade, para a comunidade muçulmana, são as mais necessárias para agradar a Alá. Acreditam que a alma do homem é imortal, encarnando somente uma vez na Terra, então, quando da morte, entrando no céu ou inferno, de acordo com sua conduta e fé quando na Terra. A primeira meta do Islamismo é desfrutar a vida eterna, ambas - física e espiritual, no paraíso celeste com Alá.

JUDAÍSMO: O Judaísmo começou por volta de 3.700 anos atrás, no Egito-Canaã, hoje Israel. Foi fundado por Abrão, que iniciou a linhagem, e Moises, que libertou as tribos judias escravizadas do Egito. Sua principal escritura é O Torá (os cinco primeiros livros do Velho Testamento e o Talmude). Há em torno de 12 milhões de crentes no mundo, mais da metade no Estados Unidos. O Judaísmo está dividido em Ortodoxo, Conservador e Reformista, com outras divisões regionais e étnicas. A religião judaica é inseparável da história deles como pessoas. De fato a mais profunda característica do judaísmo é o rígido monoteísmo. Os judeus mantêm uma inabalável convicção em um Deus e somente um Deus, de quem todas as criações fluíram. Muita ênfase é colocada na consagração da vida diária, culto em sinagoga, oração e leitura das escrituras. Acreditam que a obediência às leis de Deus traz recompensam para vidas futuras, quando o Messias virá subverter o mal e recompensar o íntegro, no reino de Deus na Terra. A alma, desde então, desfrutará a presença e o amor de Deus. Acreditam que o homem tem dois impulsos: o bem e o mal; pode seguir a lei de Deus ou rebelar-se e ser influenciado pelo Satanás, causador da perda da Criação Divina. A pessoa deve se esforçar para seguir a justiça, caridade, princípios e honestidade, sendo verdadeiro ao único verdadeiro Deus, Yahweh.

CRISTIANISMO: Teve um pequeno inicio há aproximadamente 2.000 anos onde hoje é Israel. Sua principal escritura é a Bíblia, o Velho e Novo Testamento e foi fundada por Jesus (Yeshua) de Nazaré. Há cerca de 1,5 bilhões de cristãos. O Cristianismo consiste de três seitas principais: Católica Romana, Ortodoxa Oriental e Protestante. Entre os Protestantes há mais de 20.000 denominações. A principal fé cristã gira ao redor dos princípios básicos do Credo dos Apóstolos, com importantes exceções para suas várias crenças. O Cristianismo tem a firme convicção que é a única verdadeira religião, o único caminho para a salvação. Acreditam que o apuro do homem é causado pela desobediência ao querer de Deus. O homem necessita de redenção das forças do mal, que o escravizam e destrói: medo, egoísmo, desejo e forças sobrenaturais do Diabo, pecado e morte, contra as quais ele é impotente. Enfatiza a aceitação de Jesus como Deus e Salvador, na boa conduta, compaixão, o serviço à espécie humana, fé e preparação para o Julgamento Final. Somente os "bons" cristãos serão salvos e aceitos no céu. A meta do cristianismo é a vida eterna com Deus no céu, uma perfeita existência na qual a gloria e a bem-aventurança Divina são compartilhadas.

Para sua maior compreensão, mencionamos algumas das principais religiões e crenças do mundo. No próximo mês daremos um breve visão de algumas das menos conhecidas, mas importantes religiões: Janismo, Sikhismo, Xintoísmo, Zoroastroismo, Shamanismo, e Espiritualismo.

Querido, como pode ver há um forte padrão, uma compatibilidade filosófica que é a base para todas as crenças religiosas: a crença em um Ser Supremo, um desejo pessoal em conhecer o Criador, uma crença intrínseca na bondade do tipo humano, e o inestimável valor do amor, harmonia, caridade e fé. As diferenças são tão importantes que justifiquem o horror de guerras e separação de famílias, culturas, e nações devem prevalecer? Unidade de consciência é a fundação dos ensinamentos espirituais do presente e futuro, não a separatista visão do passado. As atuais religiões do mundo são baseadas em ensinamentos espirituais de um particular tempo, crenças e energia do passado. Está na hora para liberar os ensinamentos baseados no medo, negatividade, restrição, não autorizada do passado, enquanto a humanidade se prepara para avançar para reinos de elevada aprendizagem e auto mestria. Por quê não colher a beleza e positivos aspectos de cada religião, enquanto se esforça para abraçar e viver sua própria, elevada verdade? O Criador e nosso Deus Pai/Mãe não se importam de qual religião você é, ou ao que chama suas crenças. Você é conhecido por sua radiação e pelo Amor/Luz que propaga. Nosso maior desejo é que entenda e experimente o êxtase da harmonia e Unidade que estão disponíveis, a você, nos elevados reinos de Luz. Estamos sempre próximos para guiá-lo e protegê-lo.

EU SOU Arcanjo Miguel

Direitos Autorais:

1998-2007 Ronna Herman, Star Quest All Rights Reserved

775-856-3654 begin_of_the_skype_highlighting 775-856-3654 end_of_the_skype_highlighting • ronnastar@earthlink.net * 6005 Clear Creek Drive • Reno, NV 89502

Fonte Original: www.ronnastar.com 

Agradecemos qualquer auxílio, inspirado em Espírito, na divulgação destas mensagens.

Livre para Cópia, Compartilhamento entre amigos e por grupos de meditações; para qualquer tipo de publicação/impressão é necessário pedir solicitação por escrito.

Gostou! Indique o site para seus amigos.

|Topo da Pagina| - |Voltar Menu Ronna| - |Voltar Home|