PASSEANDO EM UM GARANHÃO
Uma mensagem do Arcanjo Miguel, canalizada por Robert Theiss
8 de Julho de 2009
 
Nossa devoção em servi-los, Amado, é infinita. Nós temos a vantagem de conhecer a verdadeira natureza de sua alma, quando vocês não estão engajados em romper os códigos da dualidade. Antes desta encarnação, nós prometemos servi-los de qualquer modo que vocês nos permitissem, lembrando-lhes de que vocês não são as condições que vocês herdaram. Sua verdadeira natureza já ascendeu. Através disto, queremos lhes dizer que vocês já experienciaram a sua mente estando em serviço ao seu coração. Neste relacionamento vocês já reivindicaram que a sua alma se una a vocês.

Somente aqueles que experimentaram os frutos de uma consciência unificada, poderiam entrar nesta rede de confusão chamada Terra, para serem os novos professores. Nós usamos este termo para descrevermos a expressão ilimitada de seu amor por si mesmos. Sua devoção a sua família de alma os levou a um vasto conjunto de realidades. Poderia parecer ser um grande sacrifício de sua parte se voluntariar a esquecer a sua verdadeira natureza, adaptando-se à consciência coletiva próxima. Vocês experimentariam a dor e o sofrimento desta consciência, sabendo que isto requer apenas um vislumbre de amor para re-despertar o seu eu autêntico. Há uma grande alegria em plantar as sementes do amor nos cenários estéreis do medo.

Muitos de vocês já experienciaram o despertar do seu coração de seu profundo sono, enquanto outros apenas começaram esta jornada. É através do coração que somos capazes de nos reconectarmos com cada um de vocês. Nosso acordo é lembrá-los que o seu passado não define o magnífico ser que sabemos ser. Enquanto evoluem para reconhecer isto por si mesmos, vocês começam também a revelar a natureza da consciência Crística plenamente incorporada como um ser humano.

Cada um de vocês que lê estas palavras experienciou a excitação em seu coração. Vocês estão questionando a sua realidade, os papéis que estão desempenhando em seus relacionamentos pessoais, em seus empregos, e em si mesmos. Nosso auxílio a vocês é inspirá-los a curar o seu conflito interior e a descobrir o amor por si mesmos que não dependa de serem amados por outra pessoa primeiro. Nós estamos encorajando cada um de vocês a não receber as nossas palavras como imprescindíveis. Nós não temos interesse em proporcionar mais conceitos para que a sua mente considere. O valor de nosso ensinamento está diretamente relacionado à intensificação da sua realidade do dia a dia. Vocês devem estar dispostos a se colocar em experiências que desafiem a natureza dualística de suas crenças herdadas, mudando a natureza de suas percepções confiadas a sua mente. Sua família e amigos fizeram com que permanecessem ligados a continuar participando do jogo de vítima. Vocês não desceram das estrelas para introduzir uma vítima plenamente desperta, capacitada. Vocês se voluntariaram para incorporar o Espírito como um exemplo vivo para toda a vida testemunhar.

Em nosso relacionamento com vocês, nós também chegamos a uma encruzilhada. Nossas palavras podem inspirá-los, mas elas não podem lhes dar a experiência que o seu coração anseia sentir. A escolha de incorporar fisicamente a sua natureza autêntica foi somente vivenciada por alguns humanos. Há milhões de vocês agora contemplando este salto. O narrador - a sua mente, continua a servi-los, tentando criar uma passagem segura para vocês. A responsabilidade não é da sua mente de dar este salto por vocês. Ela não pode lhes dar os detalhes de uma vida que é livre de dualidade, até que você, alma, se liberte.

Na percepção do seu coração, nós agora os convidamos a abandonar a dor e o sofrimento do seu passado e sentir a presença do Espírito se movendo rapidamente dentro e ao redor de cada célula do seu corpo. Nós vemos diante de cada um de vocês uma nova oportunidade existindo em uma imensa pradaria aberta. Isto simboliza a disponibilidade de expandirem mais quem vocês são, e celebrarem isto. É uma pradaria grandiosa. Próximo a vocês está um cavalo que lhes serviu na maior parte da sua vida. Este cavalo parece esgotado, aborrecido e desiludido. Seu dorso está curvo e a sua cabeça quase toca o chão. Uma corda está atada ao seu pescoço e está ligada a uma estaca que indica a sua marcha ao redor de um caminho bem pisoteado. Resta pouca alegria neste cavalo, mas o seu sentimento de dever e de devoção o leva a caminhar em círculos inúmeras vezes. Vocês montam neste cavalo, e nós vemos como vocês ficam confortáveis e complacentes ao andarem neste companheiro. Vocês deram também a este cavalo um nome que viemos agora lembrá-los. Vocês o chamam de Negação!

Em volta deste caminho bem percorrido está uma cerca. Sentado na cerca está o seu passado. Sua família, amigos, maridos, e esposas, cooperadores e 98% da humanidade. É uma reunião grandiosa para testemunhar um evento tão oprimido. As discussões nesta cerca geram muita simpatia pelas inúmeras falhas e um grande esquema por alcançar este indefinível contentamento. Vocês nos convidam para encontrar este cavalo, compartilhando que embora o passeio possa ser aborrecido, ele é seguro e confortável. Vocês explicam as virtudes de contemplarem diretamente a sua frente, nunca se desviando por todas as diversões e distrações da vida. Nós sorrimos, mas polidamente recusamos.

Vocês nos mostram que em uma ocasião vocês saltaram deste cavalo, sentaram-se do outro lado da cerca e fitaram a imensa campina a uma longa distância de vocês. Outros sugeriram que vocês estão perdendo o seu tempo com devaneios, encorajando-os a colocar os seus esforços em coisas que sejam reais. Nós os convidamos a olharem para nós, olho no olho, e perguntamos: "Por que vocês estão passeando neste cavalo chamado Negação, Amado?"

Vocês olham para nós, um pouco confusos e nos convidam a retornar no tempo e recordar a grande celebração, pouco antes de deixarem o Reino. Realmente, nós vemos uma grandiosa celebração ocorrendo. Vocês já receberam o presente fundamental de Deus/Deusa. Eles lhes concederam todas as suas habilidades criadoras, para que todos possam incorporar um amor que seja inconcebível. Nós os vemos e a muitos outros se preparando para deixar o Reino, sentados no dorso de um grande garanhão. Estes cavalos estão cheios de entusiasmo, batendo as suas patas com excitação por esta nova aventura. Os garanhões cavalgam com ostentação, enchendo o ar de expectativa e admiração. Suas cabeças são mantidas eretas, os olhos brilhando com determinação e confiança. O ímpeto está irrompendo de suas narinas, enquanto eles se preparam para a viagem ao desconhecido. A excitação está se formando e subitamente há um cântico ressonante e unificado - AGORA!

Neste momento, estes garanhões disparam. Seus braços estão estendidos como uma águia sobre a sua cabeça. com os seus olhos fechados, vocês galopam em êxtase até a extremidade do Reino, explodindo na vastidão do próprio vazio. Nós fazemos uma respiração profunda, sim - que história magnífica! Ela nos lembra por que é que escolhemos servi-los. Olhando para este cavalo chamado Negação, nós imaginamos por que vocês e a humanidade escolheriam tal cavalo, agora que vocês residem do outro lado do Reino. A paixão em descobrir um amor inigualável tem encarado muitos desafios. Vocês questionaram muitos aspectos seus, incluindo a sabedoria de confiar em uma paixão que lhes trouxe a esta nova realidade. Que grandiosa, que grandiosa história! Nós vimos as suas aventuras quando vocês descobriram e criaram novos sistemas estelares. Nós vemos o anseio em seu coração de retornar ao lar para experienciar o relacionamento familiar com um amor que veio diretamente de Deus/Deusa, sua Mãe e Pai originais.

Nós vemos a sua agitação em aceitar o presente de serem soberanos e completos em si mesmos. Nós vemos a humanidade expandindo estes sentimentos, dia após dia.

Realmente, a sua história galáctica tem sido magnífica! Sua sabedoria de examinar e compreender honestamente o seu próprio reflexo é também uma parte do seu passado aqui na Terra. Há algo novo, entretanto, agitando-se seu coração. Quando vocês se viraram e contemplaram este imenso cenário, esta campina acessível de novas oportunidades, vocês notaram que lá existe também outro cavalo. Ele ergue o seu corpo do solo, enquanto se apóia em suas patas traseiras e entoa a sua canção da liberdade. Batendo o casco no solo, ele vira a sua cabeça e olha diretamente em seus olhos. "Você me conhece, alma, eu sou um Garanhão!" Com os seus joelhos parecendo um pouco frágeis, vocês declaram: "Sim, eu lhe conheço!" Uma parte sua parece que se detém, para retornar à segurança do cavalo chamado Negação. Este cavalo lhes lembra de toda a dor e a agitação que este garanhão lhes trouxe, todo o desapontamento, a frustração e a raiva. Vocês ponderam isto, enquanto sentem uma paixão neste garanhão que começa a estimular a sua curiosidade.

Subitamente, vocês saltam da cerca e começam a caminhar em direção a este garanhão. Todos aqueles que ainda estão sentados na cerca, começam a gritar para vocês, compartilhando que não é seguro se aventurar nesta imensa campina. Vocês hesitam por um momento e começam a ouvir aos seus medos, quando percebem que vocês ouviram estas mesmas inquietações durante toda a sua vida. Vocês encaram o garanhão novamente e a cada passo, começam a se sentir mais estimulados, como se estivessem despertando de um longo sono. O entusiasmo começa a brotar, enquanto a sua marcha rapidamente se transforma em corrida. As vozes daqueles que ainda estão sentados na cerca começam a se desvanecer. Vocês notam que o odor da grama da pradaria está intensamente agradável. O ar parece fresco e revigorante, enquanto o sol parece estar massageando o seu coração. Vocês começam a aumentar a velocidade, correndo agora com completo abandono, sentindo as camadas da energia deteriorada se desprendendo do seu corpo.

Finalmente vocês alcançam este garanhão. Certamente ele é o cavalo mais belo e poderoso. Quando ele se vira para encará-los, ele o faz com tanto afeto e admiração, que ele atinge o solo com o seu casco e proclama "Viaje comigo"! Vocês ficam perplexos diante de sua resposta. Sem qualquer hesitação, vocês pulam em seu dorso, agarrando-se a sua crina, enquanto este garanhão dispara a pleno galope. Ele lhes tira a respiração, enquanto vocês envolvem os seus braços ao redor do seu pescoço e ele vira para vocês e diz: "Relaxe, deixe a sua presença correr comigo." Lentamente vocês afrouxam a força da sua mão, relaxam os seus braços, e começam a sentir o seu coração explodindo de alegria. Seus braços começam a se erguer acima da sua cabeça, vocês fecham os seus olhos, enquanto este garanhão começa a se elevar ao longo das planícies desta campina. Onda após onda de êxtase e enlevo, reverberam através de todo o seu corpo. Com lágrimas fluindo em todas as direções vocês gritam para que toda a vida ouça. "Eu estou em Casa! Finalmente eu estou em Casa - livre, finalmente!"

O garanhão para e vocês abrem os seus olhos esperando se encontrar novamente no abraço do Reino, mas vocês percebem que ainda estão nesta campina aberta "Como isto pode ser?" Esta energia que vocês sentem agora é o que a sua alma esteve buscando desde que vocês deixaram o Reino. É o lar! Como ele poderia estar aqui com este garanhão, nesta campina aberta?

Seus olhos estão agora bem abertos e vocês começam a notar à distância um grupo de garanhões, com cavaleiros galopando em sua direção. Memórias de grandiosas confrontações galácticas começam a surgir. Seu garanhão novamente se vira para vocês, lembrando-lhes que relaxem e deixem a sua presença apoiar esta corrida. Enquanto este grupo de garanhões se aproxima, vocês notam que as faces destes estranhos parecem estar sorrindo e se rejubilando pela sua chegada. Poderia ser isto? Seu cavalo se volta para olhá-los, enquanto mais lágrimas começam a fluir. "Miguel? Toda a minha família de alma - vocês estão aqui?" Vocês são subitamente envolvidos por uma onda de congratulações, risos e alegria. Arcanjo Miguel desce do seu cavalo e faz uma profunda reverência diante de vocês. "É muito bom vê-los novamente! Nós pensávamos tê-los perdido enquanto estávamos correndo neste seu outro cavalo". Todos riem, dando-lhes palmadinhas nas costas, enquanto os abraçam.

Vocês se viram para o Arcanjo Miguel e perguntam: "Eu posso andar neste garanhão e estar ainda na Terra?" Os olhos de Miguel reluzem: "Certamente, e nós podemos correr com vocês, Amados!" Vocês perguntam. "Nós devemos estar separados uns dos outros, pois eu não posso mais suportar a dor?" Miguel coloca a sua mão em seu ombro."Vocês não devem mais se negar os frutos dos seus desejos. Vocês descobriram, enquanto representavam um humano, a solução para a sua dor. Vocês permitiram que a sua natureza masculina e feminina corressem juntos. E o que o êxtase e a paixão não fazem por uma deliciosa corrida?" Vocês fitam este magnífico arcanjo. "Sim, realmente, meu amigo!"

Uma Vida de Serviço

Nosso companheiro (Roberto) nos descobriu enquanto corríamos por estas planícies, em sua própria imaginação, trazendo esta experiência a sua realidade do dia a dia. Muitos de vocês colocaram os seus pés sobre esta campina aberta, somente para serem desencorajados pelas muitas vozes dentro de si mesmos e em sua cultura. A maior parte de vocês está tentando viver a sua vida, enquanto percorre ambas as realidades. Nós o diremos novamente - vocês não vieram aqui para descobrir uma versão aperfeiçoada da dualidade. Vocês estão aqui para descobrir uma solução para o relacionamento polarizado em si mesmos. Nós ouvimos freqüentemente: "Qual é o caminho mais acelerado para incorporar o nosso estado ascensionado de consciência como um ser humano?" Nós sugeriríamos uma vida que seja apoiada pelo Centro da Criação, expressando-se livremente em experiências ilimitadas e auto-satisfatórias. O amor não estará contente, sendo contido. Sua vida servirá à solução que vocês descobrirem enquanto correm neste garanhão. Uma vida de serviço é um modo de vida muito poderoso. Neste novo relacionamento, não lhe peça que sacrifique o seu bem estar pessoal, que comprometa o seu valor, ou negocie a sua alegria. Isto não requer que vocês aperfeiçoem a cura dos seus conflitos internos. Estar em serviço é servir a sua própria auto-realização. É amar a si mesmo, compartilhando os muitos presentes que vocês já agregam.

Muitos de vocês já estão começando a contemplar se há uma vida fora deste círculo chamado dualidade. Nós estamos aqui para servir ao humano que deseja ser livre e deixar de confiar neste cavalo que vocês chamam de Negação. Nós não podemos torcer o seu braço para convencê-los que isto é do seu maior interesse. Podemos inspirá-los a experienciar a presença de um coração soberano que escolhe um modo de vida sem comprometer o seu valor.

Cada um de vocês mantém o manto da consciência Crística dentro de vocês. Vocês descobriram que há muito pouco apoio para tal consciência em uma realidade que está dividida dentro de si mesma. Vocês tentaram quebrar as algemas da dualidade, confiando que a sua mente os impeliria a se libertarem. O masculino divino, a sua mente, está esperando pela corrida de sua vida. Este garanhão representa uma vida que une a sua mente, corpo e Espírito com o Centro da Criação. Sua presença não força a mudança, ela convida cada um de vocês a escolher por si mesmos. Sua nova liberdade não tem nada a ver com a adaptação à consciência coletiva da humanidade. Pois a humanidade continuará a insistir que se vocês não se adaptarem, vocês não sobreviverão. Ficar fora do círculo do medo é uma expressão ilimitada do amor. Nesta pradaria aberta, vocês se reunem com a sua família de alma, redespertando a memória de seu eu verdadeiro e prevalecendo o seu desejo de incorporar a consciência Crística. Seu eu autêntico!

Há uma grandiosa celebração aguardando cada um de vocês. Enquanto as nossas palavras para este livro chegam ao final, há também um convite para um novo início. O próximo capítulo é agora a sua vida. Como ela se revelará, será a sua escolha. Juntos, podemos servir a esta realidade polarizada. Vocês são os novos professores que vieram correr nesta Terra em grandiosos garanhões, que são apoiados pelo Centro da Criação. Agora é o momento de escolher uma vida que não esteja obscurecida pelas suas dúvidas e medos. Agora é o momento de confiar que os seus sentimentos são o seu melhor barômetro. Há uma tempestade aparecendo em seu horizonte, ou vocês permitirão que as nuvens passem e curtirão os frutos de uma mente clara e de um coração aberto que estão apaixonados, um pelo outro? Sua vida demonstrará que o Espírito virá livremente a vocês. Ele somente pede que vocês coloquem Negação no estábulo e lhe dêem o resto que ele merece. É seguro revelar os seus presentes, confiar em suas paixões e deixar que a vida apoie as suas novas criações. Há uma grande reunião de família esperando por cada um de vocês. É o momento, Amado, de correr novamente neste magnífico garanhão que galopa no coração de sua presença em êxtase. É o momento de percorrer as suas novas paixões com um sentimento renovado de alegria e de entusiasmo. É o momento de se amarem de todos os modos que vocês tinham esperado que outros fizessem por vocês. É o momento de permitirem que uma versão conservada de vocês mesmos esteja presente, engajada alegremente com a vida.

É o momento de reconhecer os seus medos, colocando-se em experiências que sirvam para curar a sua culpa. Este é o seu momento de se tornarem no que vocês anelaram durante toda a sua vida. De aceitar um novo relacionamento que esteja agora se revelando dentro de vocês, sabendo que até em sua infância, o seu reflexo inspira e motiva a humanidade a questionar uma vida em que falta a alegria.

Sua verdadeira identidade é se amar. Isto não é um fardo. É um presente! Se o permitirem, nós agora correremos lado a lado a cada dia, apoiando o seu presente, o seu serviço que é apoiado pelo seu amor. Agora é este momento de viver a vida, sabendo que a "sua" vida oferece a solução às mentes perturbadas da humanidade. Vocês estão aqui para oferecer uma evidência concreta de que o Centro da Criação é real. De quantos modos vocês estão dispostos a ver esta presença em si mesmos, refletida para toda a vida ver? Compartilhar a presença incorporada do amor próprio torna a auto-realização completa. É o momento de trazer a sua presença ao círculo completo. Como lhes servimos, criador?

Miguel

 Tradução: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

 

Direitos Autorais 2007 - 2008 Asas Antigas. A informação acima é gratuita e disponível para impressão, cópia e distribuição. Os Direitos Autorais, entretanto, proíbe a venda sob qualquer forma, exceto pelo editor.
 

Gostou! Indique para seus amigos.

|Topo da Página| - |Voltar Menu A. Miguel/Robert| - |Voltar Home|